UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena

Bastidores do Cinema

Sign in to follow this  

Espaço para que interessados em produção cinematográfica possam discutir temas técnicos: trilhas sonoras, fotografia, edição, montagem, roteiros...

55 topics in this forum

    • 243 replies
    • 112,737 views
    • 84 replies
    • 69,484 views
    • 21 replies
    • 12,109 views
  1. Tipos de Widescreen

    • 16 replies
    • 10,765 views
  2. John Williams

    • 114 replies
    • 13,575 views
    • 103 replies
    • 29,165 views
    • 61 replies
    • 11,525 views
  3. Você Já Fez um Filme?

    • 49 replies
    • 9,278 views
    • 45 replies
    • 6,699 views
  4. Ennio Morricone

    • 34 replies
    • 5,371 views
    • 33 replies
    • 6,195 views
    • 29 replies
    • 3,643 views
    • 26 replies
    • 14,733 views
    • 22 replies
    • 13,698 views
  5. Dublagem

    • 22 replies
    • 12,722 views
    • 20 replies
    • 20,905 views
  6. Roteiristas do CeC

    • 20 replies
    • 2,837 views
    • 18 replies
    • 14,948 views
  7. ********

    • 16 replies
    • 3,735 views
  8. Roteiro e Edição

    • 13 replies
    • 3,775 views
  9. Alexandre Desplat

    • 13 replies
    • 1,453 views
    • 10 replies
    • 3,930 views
    • 10 replies
    • 13,865 views
  10. Cachês

    • 9 replies
    • 1,728 views
    • 9 replies
    • 4,675 views
Sign in to follow this  

Announcements

  • Posts

    • Aniara é uma boa ficção sueca que lembra um Titanic espacial, com elementos de Wall-E. Mas a embalagem scy-fy é mera fachada pra fazer um interessante estudo sobre a natureza existencial humana aqui na nossa terrinha, e que estamos fudidos de qualquer jeito. Não é pra todos os gostos pois não existe espetáculo pirotécnico nem ação vertiginosa, pois sua proposta é mais intimista e cerebral. Incrivel ver o que os vikings fizeram com pouca grana e boas atuações. 8,5-10
        The Poison Rose é um fraco thriller investigativo que tenta ser o novo Chinatown, mas que mostra um roteiro fraquíssimo que não se sustenta nem com os bons atores que tem, que foi o chamariz que me fez assisti-lo. Personagens caricatos, ação modesta, diálogos mediocres, ar de telefilme e uma reviravolta sem vergonha fazem desta produção unicamente ser opção pro caso de estar sem opção nenhuma. Pois é ver e esquecer... 6-10
    • Antes de Avatar...3D era isso..se tinha um filme com 3D..era apenas uma cena..onde aparecia um aviso para colocar os óculos, acontecia a tal cena em 3D..geralmente uma cena preparada onde jogavam algo na cara do púbico e depois da cena, vc tirava ao óculos...   Qdo Avatar do JC cheogu com um filme em totalmente em 3D...não só na questão de colocar coisas na sua cara mas também  em profundidade no ambiente, nas cenas...
    • O ingresso de AVATAR era mais barato na época. Mas ele foi lançado em uma época menos concorrida também (final ou começo do ano, não lembro bem).  A questão é que AVATAR foi um fenômeno cultural de natureza bem diferente de VINGADORES: ULTIMATO. A Marvel trabalhou com o Hype gerado pelo grande gancho deixado pelo filme anterior, e pela popularidade conquistada pelos filmes do estúdio ao longo dos anos, somado a isso ainda a cultura da "spoilerphobia", ou seja, as pessoas precisavam ver pra não tomar um spoiçer.  AVATAR já foi um fenômeno cultural de natureza bem diferente. A questão ali era apresentar um filme que mudaria a forma como o cinema era feito em termos técnicos, e na própria forma de se assistir um filme no cinema. Isso gera muito menos hype, e discussões, mas ao mesmo tempo cria um filme evento que vai  além da "fan base". Não se tratava de ver a culminação de uma história que te emocionou, até por que que muita gente nem tinha muita ideia sobre o que era AVATAR até ver o filme. Se tratava ali de ver se esse filme era mesmo capaz de mudar a forma como as pessoas viam um filme no cinema. Mesmo quem geralmente não se interessa por blockbusters se sentiu tentado a conferir AVATAR no cinema pela revolução técnica que ele alardeava trazer.
    • QI não é exatamente novidade na Marvel.  Roteirista do Homem de Ferro 2 e 3 foi tudo indicação do Downey JR. O próprio Tom Holland foi recomendado pelo Chris Hensworth (eles trabalharam juntos em NO CORAÇÃO DO MAR). E o Davos da série da extinta série do Punho de Ferro foi outro que foi outro a ganhar indicação, dessa vez do Cumberbarch (os dois trabalharam juntos em SHERLOCK). Então, vai saber.
    • Obra-prima da Agnès Varda. Tudo já foi dito a respeito desse filme, sua inovação, seu feminismo, sua graça...Mas me fez pensar naqueles cineastas contemporâneos que dividem seus filmes por capítulos, com uma tela preta sisuda, e nesta película de 1961, os capítulos estão dividados por minutos de uma maneira tão delicada - a fração das duas horas na vida da personagem. Tantos rostos neste filme, tantos rostos, acrescento, parisienses... Como não pensar nos rostos estampados nas construções de "Visages, Villages"? A cena de Corinne Marchand (ainda viva) e Michel Legrand cantando, entre os filhotes de gato, e as folhas partituras, é deliciosa.  Pode ser uma hora e meia ( da narrativa em tempo real), ou duas horas, se nos deixa feliz, apredemos com a personagem, aquele momento é eterno. "Cléo das 5 às 7" concorreu à Palma de Ouro em Cannes e perdeu para o nosso "O Pagador de Promessas".
  • Popular Contributors

  • Quem foi o melhor intérprete de Batman?   37 members have voted

    1. 2. Quem foi o melhor Batman/Bruce Wayne?


      • Adam West
      • Michael Keaton
      • Val Kilmer
      • George Clooney
      • Christian Bale
      • Ben Affleck

    Please sign in or register to vote in this poll. View topic
×