Jump to content
Forum Cinema em Cena

TV Aberta

Sign in to follow this  

Discussões sobre tudo relacionado à televisão brasileira: Programas, canais, desenhos, apresentadores, audiência...

177 topics in this forum

    • 60 replies
    • 5,957 views
  1. Pior Coisa na RedeTV!

    • 136 replies
    • 5,753 views
    • 32 replies
    • 1,377 views
  2. TV Digital - O Que Esperar?

    • 97 replies
    • 4,016 views
  3. CNT / TVJB

    • 31 replies
    • 2,500 views
  4. Didi x Dedé

    • 63 replies
    • 7,021 views
  5. Toma Lá, Dá Cá

    • 85 replies
    • 4,831 views
  6. Chamas da Vida

    • 25 replies
    • 1,438 views
    • 202 replies
    • 13,712 views
  7. Duas Caras

    • 97 replies
    • 37,809 views
  8. Acúmulo de Lixo

    • 50 replies
    • 5,198 views
    • 46 replies
    • 4,148 views
    • 5 replies
    • 992 views
    • 157 replies
    • 11,921 views
  9. Record News

    • 82 replies
    • 3,089 views
  10. Hoje em Dia

    • 2 replies
    • 1,195 views
  11. Só para São Paulo...

    • 9 replies
    • 883 views
    • 31 replies
    • 1,847 views
  12. Morreu Bussunda

    • 30 replies
    • 1,756 views
    • 7 replies
    • 867 views
  13. O Sistema

    • 15 replies
    • 1,480 views
  14. Desejos Proibidos

    • 12 replies
    • 2,660 views
    • 15 replies
    • 6,101 views
    • 28 replies
    • 1,207 views
  15. Programa Roda Viva

    • 3 replies
    • 1,101 views
Sign in to follow this  
  • Posts

    • Vidro | Bruce Willis e James McAvoy se enfrentam em novo vídeo da continuação de Fragmentado  
    • Dumbo | Elefante vira estrela de circo em novo trailer do filme live-action de Tim Burton    
    • O diretor britânico Bart Layton contou em entrevista para o site talky! media, o motivo de não ter aceitado dirigir o vigésimo quinto filme de James Bond.   007 | Ator de The Little Drummer Girl recusa papel de Bond e critica seleção: “Precisamos de alguém capaz” Procurado pelos produtores do filme após sua premiada direção em American Animals, Layton afirmou que a fama da franquia foi uma das razões para sua recusa ao projeto. “Para mim, é muito grande. Nesse ponto, eu não me sinto pronto. Eu não quero fazer nada nesse nível. Eu consideraria com certeza no futuro, e acredito que seria excitante e divertido. Mas agora, não me senti preparado para este tipo de pressão”, revelou o diretor. Cary Fukunaga acabou sendo escolhido para dirigir Bond 25. O diretor é mais conhecido pela primeira temporada de True Detective e o filme Beasts of No Nation, da Netflix. Bond 25 estreia no dia 14 de fevereiro de 2020, no Reino Unido. A data de lançamento no Brasil ainda não foi anunciada.   FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA
    • A Casa que Jack Construiu: “Eu sabia que tudo seria mais ou menos permitido”, diz Lars von Trier sobre tom violento do filme (Entrevista exclusiva) Por Renato Hermsdorff — 02/11/2018 às 10:05   Diretor relativiza a violência do longa (que tem como alvo mulheres, animais e até crianças) que provocou debandada de público no Festival de Cannes: “Já vi filmes bem mais sanguinários”.                   Em A Casa que Jack Construiu, Jack diz: “Algumas pessoas afirmam que as atrocidades que praticamos na ficção são, na realidade, os desejos internos do que não podemos cometer na nossa sociedade controlada. Se tomarmos a voz de Jack, interpretado por Matt Dillon, como a possível ressonância de seu criador, Lars von Trier, a provocação é irresistível. “Eu nunca fui violento dessa maneira”, retruca o polêmico cineasta de Dogville. “Eu certamente não matei 64 mulheres. Eu acho que me lembraria se fosse o caso”. Lars von Trier conversou com o AdoroCinema no Festival de Cannes, em maio, onde estreou The House that Jack Built (no original), de volta à Croisette depois de sete anos banido do evento por comentários antissemitas. O retorno foi cercado de mais “polêmicas” (leia aqui), com uma debandada da sessão de gala por conta do teor do filme (veja no vídeo).   Divulgação Uma Thurman e Matt Dillon.
      O longa conta a história do arquiteto Jack, que se torna uma espécie de serial killer de mulheres, que age provocando as autoridades e pessoas “comuns”. Erudito, a partir de discussões (supostamente?) filosóficas, ele compartilha seus casos marcantes com o sábio Virgílio (Bruno Ganz), numa espécie de descida do personagem ao inferno. “Para mim, é sobre a arte e o custo para o artista”, resume Lars von Trier.   O realizador relativiza o tom violento, gráfico mesmo, de seu filme, que tem mulheres, animais e até crianças como “alvo”: “Quando me sentei para escrever um filme sobre um assassino em massa, eu sabia que tudo seria mais ou menos permitido, porque eu já vi filmes bem mais sanguinários, inclusive no Festival de Cannes”. E completa: “Estava escrito no ingresso da abertura que era um filme muito violento”.   Reprodução Lars von Trier.
      Visivelmente fragilizado, depois de um longo período de luta contra a depressão, o diretor, que não lançava um longa desde Ninfomaníaca: Volume 2, em 2013, sustenta um discurso de frases fortes em oposição à figura física. No material de divulgação do longa, fez questão de destacar: “Por muitos anos eu fiz filmes sobre boas mulheres. Agora, resolvi fazer um filme sobre um homem mau”.   Exibido na Mostra São Paulo e no Festival do Rio, A Casa que Jack Construiu está em cartaz em parte do país desde o dia primeiro de novembro.   FONTE: ADORO CINEMA
    • Era Uma Vez em Hollywood, o novo filme de Quentin Tarantino tem atraído atenção da mídia desde o anúncio de sua produção. Seja pelo elenco recheado de estrelas ou pela temática dos assassinatos da Família Manson, o longa promete muitas emoções.   Era Uma Vez em Hollywood | Damian Lewis exalta novo filme de Quentin Tarantino: “Vai surpreender as pessoas” Em entrevista para o site Collider, o diretor de fotografia e cinematografista do novo projeto de Tarantino, Robert Richardson, falou um pouco sobre o que os fãs podem esperar do filme. “Eu acho que o tom do filme é difícil de descrever, é bem moderno, oscila entre o humor, a seriedade e o horror, é bem divertido. Não é fácil de descrever, mas é bem Quentin. Muito, muito, muito Quentin. É claro, Al Pacino também participa do filme, então vamos ter monólogos memoráveis. Os sets também são maravilhosos. Vai ser um filme tremendamente único”, atiça Richardson. No novo filme de Quentin Tarantino, a dupla Leonardo DiCaprio e Brad Pitttoma a frente, interpretando, respectivamente, um ator de TV em decadência e seu dublê na Hollywood de 1969. Timothy Olyphant, Luke Perry, Damian Lewis, Dakota Fanning, Al Pacino, Emile Hirsch, Clifton Collins Jr, Tim Roth, Michael Madsen, Keith Jefferson, Mike Moh, Nicholas Hammond e Bruce Dern completam o elenco. Era Uma Vez em Hollywood tem previsão de lançamento para o dia 15 de agosto de 2019.   FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA
  • Popular Contributors

×