UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena

Assuntos Diversos

forums_forum_4_desc

Forums

  1. Geral

    Não quer falar de cinema? Prefere política, religião, sexo, games ou um outro tema que nada tem a ver com a Sétima Arte? Então este fórum é para você!

    126,742
    posts
  2. Música

    Discuta aqui sobre suas bandas favoritas, shows, canções, letras, cifras...

    11,295
    posts
  3. Esportes

    Seu time perdeu? Ganhou? Quer discutir as Olimpíadas ou a Copa do Mundo? Então o lugar é aqui!

    55,305
    posts
  4. Livros & Quadrinhos

    Converse sobre seus livros, quadrinhos, autores e desenhistas favoritos neste espaço!

    6,446
    posts

Announcements

  • Posts

    • Semana olímpica boa para o Brasil, começando do melhor para o pior:   * Sem dúvida, o resultado da semana é o Ouro de Evandro/Bruno Schmidt, na Etapa de Varsóvia do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Olhem que louco: é o primeiro título de uma dupla masculina do Brasil desde 2017! Resutado do desfazimento das duplas. E não foi uma vitória qualquer, eles superaram no tie-brake os noruegueses Mol e Sorum, a dupla do momento, para mim, ainda favoritos ao Ouro olímpico, imbatíveis há 23 partidas consecutivas. No caminho derrotaram ainda a boa dupla da Rússia nas semifinais. Esse jogo contra os vickings está com cara de final olímpica faz tempo. Um dos noruegueses disse em entrevista que era muito bom ver o Brasil voltar a vencer, pois é importante para o esporte. Gente educada é outra coisa...Porém, no momento, ainda deixarei nossos compatriotas com o Bronze em minha previsão. Esperarei até ver o desempenho da Copa do Mundo, que começa dia 28 na Alemanha. No feminino, Bronze de Ágatha/Duda. Ana Patrícia e Rebecca foram derrotadas no caminho pela dupla da Austrália, então virtuais campeãs. No feminino, tudo indica que teremos 2 duplas americanas, duas duplas brasileiras, a dupla theca, a dupla canadense, e a dupla da Austrália, na briga pelas medalhas em Tóquio. No masculino: Noruega, Brasil, Polônia, República Thecha, com uma dupla cada; e duas duplas da Rússia, fortes o bastante para as medalhas. É o desenho do momento. (Foto: FIVB/Divulgação) *O outro resultado de destaque da semana é a vitória de Ana Marcela Cunha na etapa da Hungria do Circuito Mundial de Maratona Aquática. Incrível a performance dela, ganhou todos os torneios do ano, menos a seletiva norte-americana, quando ficou em segundo. Venceu qual italiana dessa vez, Sérgio? Dessa vez foi a Arianna Bridi. Semana passada, venceu a Bruni. Ela mudou a estratégia, está tentando nadar à frente desde o começo, sem guardar tanta energia para o final. Tem dado certo. Mas notem que não são vitórias "de lavada". Na Hungria, ganhou por 0s.8 de diferença. Tive que me render, e desde a semana passada, a coloco com a Prata em Tóquio. No Masculino, Fernando Ponte, em 9º lugar.  * Há uma pletora de resultados bons da natação brasileira nesse giro pela Europa, em torneios preparatórios para o Mundial. Breno Correia venceu os 100m, Bruno Fratus hoje foi Bronze nos 50m livre, 4 brasileiros entre os 6 primeiros lugares nos 200m, durante o torneio Mare Nostrum em Barcelona...Todos resultados bons para essa fase do ano, quando ainda estão "pesados". Fiquei um pouco triste por saber que Marcelo Chierighini está com uma pequena lesão. Nada preocupante, pois ficou em terceiro nos 100m. Mas não gostei de saber. O Mundial está perto. * Etapa da Diamond League em Rabat, no Marrocos, e o atletismo brasileiro não fez nada que prestasse. Mandamos 5 atletas, e todos só alcançaram resultados intermediários. Os jornais esportivos destacam o Bronze de Gabriel Constantino nos 100m com Barreira. Mas, não se enganem, 13s.41 não significa nada em nível Mundial. Pra medalha nos 110m com Barreira masculino, prevejo a necessidade de correr abaixo dos 13s.15 - sendo muito generoso. O melhor do Gabriel é 13s.23. Todo mundo achou que ele fosse melhorar muito neste ano, mas até agora nada...No Lançamento do Disco, as brasileiras seguem indo à final e não fazendo nada. Enquanto Andressa Morais obteve só 63m.13 em seu melhor lançamento, as cubanas seguem brilhando: 68m.28 pra vencedora Yaimé Perez, por exemplo. Em competição na Polônia, o Bronze de Darlan, com 21m.77, no Arremesso do Peso, também não me diz nada. O fenomenal neozelandês Thomas Wash, 22m, 18, para o Ouro. E é pouco pra ele. No Atletismo a previsão agora é de dois Bronzes: Almir Júnior e o revezamento 4x100 masculino. *  Na Canoagem Slalom, em etapa de Londres da Copa do Mundo, Ana Sátila tinha tudo pra ficar com o Bronze no C1, mas...perdeu uma porta em sua descida e foi penalizada com 50s, não avançando à final. Não fosse isso, teria ficado em segundo na classificação, num bom indicativo para a final. Meu pódio no feminino nessa prova, no entanto permance inalterado: Austrália, Grã-Bretanha, e Brasil.  Já no K1 (K de Kayak em inglês, quando o canoísta vai sentado), ela ficou em 14º lugar no geral. Nunca foi a prova dela, na verdade. No masculino, o 6º no Rio, Pepê Gonçalves, que trocou de barco recentemente, continua falando muito e fazendo pouco. Ficou lá pra trás...Osso! Na semana que vem tem outra etapa da Copa do Mundo, dessa vez na Eslováquia. Vamos ver se eles acertam. O Mundial é em setembro  na Espanha. Pondo fé, minha previsão continua a mesma do início do ano: Bronze para Ana Sátila, C1 feminino.   (Foto: Breno Barros/ rededoesporte)    
    • "Country", ou "Minha Terra, Minha Vida", é a cara dos anos 1980. Permanentes nas cabeças, calça jeans até o umbigo, mas, mais importante, um feminismo "família", um feminismo sob controle, desabrochando.  Começa com um tornado na fazenda, prenunciando a temporada de problemas; e depois tem nevascas e tudo o mais;  as condições climáticas no cinema sempre servindo como suporte à ação heróica. A heroína aqui é Jessica Lange, em uma linda atuação, assumindo o controle da fazenda deficitária, e o controle da família ante o alcoolismo do marido, interpretado por Sam Shepard. Seria a terceira indicação dela ao Oscar, perdendo, em 1985, para Sally Field. E depois viriam outras, em sua passagem vitoriosa pelos anos 1980.  Bom filme. Pouquíssimo visto.
    • Não achei ruim tb. Logo de cara vi o Xavier jovem numa cadeira de rodas conservando com a Jean Grey ainda criança e quando comeci a tentar entender onde isso se encaixava, me lembrei que a cronologia da saga eh toda fudida e recostei na poltrona e comecei a ver o filme como um reboot. Mais um reboot. Fora isso estou com o Jail, o filme tem seu charme, deve ser algum tipo de memória afetiva. Eh legal ver eles lutando, o Magneto flutuando e sempre tem algum X-Men esquisito no meio da luta. Desta vez um cara com dreads no cabelo, tioi rastafari. Destaque pra cena da cadeira de rodas com a Jean e o Xavier. Enfim eu gostei, não é um grande filme mas valeu o ingresso. Em 2D. Kkkkk  
    • Vaiado em Cannes em 1992, mas progressivamente vai ganhando fãs. Sobretudo os da série.  É uma cacetada no cérebro, mas a música de Badalamenti e aquele clima, ora de telenovela, ora de filme de horror, me fascina. Por mais que eu não continue entendendo todo o desenho lógico. Nunca irei.
    • Primeiro livro que me chega às mãos do búlgaro-inglês, Prêmio Nobel de 1981, Elias Canetti. São ensaios escritos de 1962 a 1974, sobre a responsabilidade do ato de escrever, abrangendo figuras tão diferentes quanto Tolstói, Kafka, Hitler, Confúcio, e um médico japonês que descreveu em seu diário a destruição da bomba de Hiroshima. "Um poeta é original, ou não é poeta". Já começamos bem. Quanto mais ganho idade, mais gosto de ler ensaios.
  • Popular Contributors

  • Quem foi o melhor intérprete de Batman?   37 members have voted

    1. 2. Quem foi o melhor Batman/Bruce Wayne?


      • Adam West
      • Michael Keaton
      • Val Kilmer
      • George Clooney
      • Christian Bale
      • Ben Affleck

    Please sign in or register to vote in this poll. View topic
×