UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena

Alexei

Members
  • Content count

    2,772
  • Joined

  • Last visited

About Alexei

  • Rank
    Editor de Efeitos Visuais
  1. Alexei

    19 Dias de Horror

    Olá de volta, pessoal! Já estou por aqui, e às ordens!
  2. Alexei

    Festival CeC de Cinema Francês

    Puxa, ganhei pelo voto do Ltr! Hehe Primeiramente, gostaria de esclarecer que, com apenas três concorrentes, não me senti muito à vontade para atribuir notas às listas e respostas. Também não poderia esperar que tivéssemos apenas um votante. De qualquer forma, valeu, Ltr, Jack, Bs e Leomaran! Muito obrigado pelos comentários elogiosos e pelo prêmio. Fiquei feliz, de verdade! Quanto ao festival em si, estou com uma sensação paradoxal. Sob o aspecto positivo, tivemos a grande qualidade das resenhas e dos textos de uma maneira geral. Dos três festivais que tivemos recentemente, esse foi o melhor nesse quesito, penso eu. Pelo lado negativo, poderia ter sido bem melhor, não fosse tão baixa a adesão. Há muitos usuários por aqui que poderiam ter contribuído bem mais. Não foi por falta de incentivo que isso não ocorreu, hein. De qualquer forma, agradeço muito a esse usuário incrível, o Jack_Ryan, tanto pela iniciativa quanto pela excelência na organização da coisa toda. Parabéns e obrigado, Marcelo!
  3. Alexei

    Festival CeC de Cinema Francês

    Gostei das listas e das tuas respostas também, Bs. E valeu pelo elogio! Enquanto não sai o resultado, um link pra curtir: Jeanne Moreau cantando Le Tourbillon em Jules et Jim. A cena não só é muito poética, como também permite constatar que Truffaut - é, sou fã do cara, vocês já devem ter percebido -, pela composição do cenário, enquadramentos, panorâmicas e direção dos atores, manjava muito de técnica cinematográfica: http://www.youtube.com/watch?v=0h5nVrmypog&feature=related Alexei2011-09-27 09:59:43
  4. Alexei

    Festival CeC de Cinema Francês

    Tentei ser o mais sintético possível nas respostas! Hehe Brincadeiras à parte, minha idéia ao resenhar 5 filmes foi justamente enfatizar quatro traços que considero marcantes no cinema francês: humanismo, agressividade intelectual (ou consistência de argumento), ritmo cadencial e cuidado com a palavra, com os diálogos. Escolhi quatro filmes que representariam bem tais características, nessa mesma ordem : Belleville, Fat Girl, O Filho Preferido e Gabrielle. O quinto filme seria aquele que teria todos esses elementos destacados, que é 35 Doses de Rum. O melhor deles. Infelizmente, não consegui entregar as duas últimas resenhas, por pura falta de tempo. Optei por cinco filmes mais recentes, como forma de tentar passar a idéia de que esses traços existem independentemente da época em que os filmes foram feitos. Encontra-se humanismo poético em quase todos os filmes do Truffaut, mas também em obras contemporâneas de Chomet e de Denis. São atributos sintéticos, portanto; perpassam a história inteira do cinema francês.
  5. Alexei

    Festival CeC de Cinema Francês

    Também conheço o Demy só de ouvir falar - e, obviamente, não vi Os Guarda-Chuvas do Amor. Mas o texto está ótimo mesmo. 3/3 também. E obrigado pelo elogio, Bs11ns!
  6. Alexei

    Festival CeC de Cinema Francês

    Acabei de mandar as respostas, amanhã segue a lista. Uma pena que eu não consegui entregar em tempo a resenha que mais aguardava fazer, 35 Doses de Rum. Dos 5 filmes que escolhi para comentar, é o melhor, feito pelo maior cineasta na ativa atualmente, a francesa Claire Denis. Mas eu vou dar um jeito de escrevê-la e postar aqui, mesmo depois que o festival acabar. Vai que o pessoal anima e vê o filme...
  7. Alexei

    Festival CeC de Cinema Francês

    E aproveitando que a Maria Fernanda dormiu, e que eu estou com um tempinho - até ela acordar... -, posso dizer que eu sou o único sujeito que conheço e que não gostou de O Escafandro e a Borboleta. Parece que todo o resto da raça humana curte o filme, menos eu, hehe. Pra mim, é um filme sobre um babaca cretino que sofre um AVC e vira um babaca cretino desabilitado. Duh... Do mesmo diretor, eu prefiro Basquiat. Mas o texto tá muito bom, 3/3 pontos de reputação, sem dúvida! Aliás, eu dou 3/3 pontos para todos os textos até agora publicados, sem exceção. Deu pra ver o esmero na sua realização, e isso é algo que, pra mim, suplanta questões menores, como problemas na construção dos parágrafos ou períodos muito longos. Esse é um tópico que, quando o festival acabar, eu vou sempre visitar, pra ler com calma e fazer comentários também com mais calma. Ele merece.
  8. Alexei

    Festival CeC de Cinema Francês

    Guardo uma memória muito bacana de O Filho Preferido. Eu o vi numa sala antiga de cinema, em Recife, quando ele foi exibido no âmbito de um projeto que era intitulado "Sessão de Arte". A ideia desse projeto era, como o próprio nome leva a entender, exibir filmes que não se encaixavam no circuito comercial, filmes de menor apelo popular, mas ainda assim - ou, talvez, exatamente por isso, é algo a se discutir - bons. O Filho Preferido foi o primeiro de uma série de filmes que eu vi na Sessão de Arte, em meados da década de 90 (sim, já sou meio velhinho, hehe). Tenho saudades daquela época. O que me marcou nesse filme foi exatamente a ênfase que eu dei na resenha, o ritmo. Lembro que eu fiquei impressionado com a lentidão - não no mau sentido - com que as coisas aconteciam. Ao invés do andamento acelerado, usual nos filmes norte-americanos aos quais eu estava acostumado - afinal de contas, frame é dinheiro - tudo acontecia bem mais devagar, dava tempo pra digerir melhor as idéias e os eventos. Desde então, meu gosto pelo cinema europeu de uma forma geral só aumentou. Esse vale a pena. Não é tão bom quanto os dois anteriores que eu resenhei - Belleville e Fat Girl -, mas é bem bom ainda assim.
  9. Alexei

    Festival CeC de Cinema Francês

    Marcelo, como eu te falei por MP, lamento pela sua tia. Espero que você e sua família, dentro do possível, estejam bem e em paz. Ela está, certamente. Bom, quanto a Fat Girl, é um filme feito realmente para provocar, cutucar nosso intelecto. E Bs11ns, eu acho o final a melhor coisa do filme. É a libertação de Anaïs de seus dois grandes grilhões, tanto que a expressão dela, ao final, não é de tristeza ou de repulsa. E, com isso, a diretora põe ainda mais lenha na fogueira. Breillat é perversa, hehe. E genial. Ô mulher inteligente.
  10. Alexei

    Oscar 2012: Previsões

    Esse eu não vi ainda, mas tô doido pra ver. Link me through PM, Vicking? Alexei2011-09-12 18:41:52
  11. Alexei

    Oscar 2012: Previsões

    Karim Aïnouz é o melhor diretor brasileiro na ativa. É dele um dos filmes mais lindos de toda a década passada, O Céu de Suely. E Madame Satã também é show, viu...
  12. Alexei

    Festival CeC de Cinema Francês

    Aproveitando o gancho do Silva. Já eu ainda estou numa situação bem complicada. É que a minha filhinha de 2 meses está com cólicas muito fortes. É algo natural (aproximadamente 20% dos recém-nascidos têm cólicas a partir da 3ª ou 4ª semana), mas quando ocorre, não tem remédio. Como resultado, ela chora muito, e tem dificuldades pra dormir. Em consequência, vocês nem imaginam o estado de humor que eu e minha mulher ficamos... As crises são intensas e não há como ter concentração pra mais nada - inclusive para escrever resenhas. Estou bem atrasado com o Marcelo, e sinceramente nem sei se vou conseguir mandar as outras três. Talvez no trabalho, de onde estou teclando agora, eu consiga escrever algo. Mas isso se o serviço permitir. Bacana você ter visto Fat Girl, Marcelo. Eu, humildemente, considero esse filme um dos melhores de toda a década de 00. É brilhante: inteligente, ousado e muito agressivo em sua linguagem e estética. O tipo de filme que fica na cabeça por dias e dias (no meu caso, ficou por meses mesmo). Recomendo muito! E eu acho que não tem amor ali não, hehe. Tem atração física, não amor. Mas não há nenhum problema com isso. Aliás, é essa noção arcaica de que, para haver desejo e sexo, tem que haver algum tipo de amor (principalmente por parte das mulheres, pois os homens são menos cobrados a esse respeito), que a diretora denuncia. Como diz Anaïs, "a virgindade é uma merda, como é que ninguém se dá conta disso?". P.S.: Legal que vocês gostaram da resenha sobre Belleville. Valeu pelos elogios!
  13. Alexei

    Festival CeC de Cinema Francês

    Realmente, o nível está bem alto. Tô devendo quatro resenhas ainda e o cansaço tá grande, mas chego lá, ainda que devagarinho. Nesse final de semana, sai o dO Filho Preferido, marcelo, prometo!
  14. Alexei

    Festival CeC de Cinema Francês

    Não sabia que era pra avaliar o texto do Jack Ryan (que está excelente, de leitura gostosa), mas é 3 pontos de reputação também. Assim como os do Le Mascot (nunca nem tinha ouvido falar desse, foi interessante conhecer) e o do Astérix et Cléopâtre, bem nutrido em termos de informação. Nunca fui lá muito fâ do Asterix, mas a resenha tá bem bacana mesmo! Alexei2011-08-25 11:26:26
  15. Alexei

    Festival CeC de Cinema Francês

    Luccasf: 3/3 pontos de reputação. Resenha elegante, sintética, fluida, muito gostosa de ler. Abordou os dois aspectos mais importantes do filme, a teatralidade e o pioneirismo. E a do Marcelo também ficou muito legal. Mas que coisa bacana está saindo este festival, viu. Quanto à cobertura (ótima idéia), pode publicar minhas resenhas, Marcelo. Amílcar Figueiredo como autor mesmo. Alexei2011-08-25 11:29:29
×