Jump to content
Forum Cinema em Cena

ShyCold

Members
  • Content count

    7,148
  • Joined

  • Last visited

  1. ShyCold

    Superbowl - Quem Curte Futebol Americano?

    Belaza, finalmente, depois de loooongo lockout, negociações, mudanças e etc... Hoje teremos o início da preseason da NFL. Como torcedor dos Jets, digo que esse ano tem tudo pra ser nosso! Mantemos os principais jogadores que levaram o time à semifinal no ano passado, uma das melhores defesas da liga, mantivemos nosso jovem QB, agora com experiencia suficiente pra chegar ao SB e conseguimos, não só manter, como reforçar o ataque. Batemos na trave na contratação do Nnamdi Asomugha - que, pra mim, poderia fechar a liga e nos dar o anel - mas renovamos com o Cromartie. Abrimos mão de Braylon Edwards e Jerricho Cotchery, mas fechamos com o excelente Plaxico Burres e apostaremos no Scotty Mcknight - que tem se mostrado um jogador de futuro. LT vai correr menos esse ano, dando espaço a Shonn Greene que deve assumir as investidas por terra nessa temporada. Sinceramente? Eu não vejo por onde esse time possa errar e/ou escorregar nessa temporada. São experientes, o grupo, na maioria, já se conhece e temos um dos, se não, O MELHOR treinador no comando. O que me assustou um pouco foi ver os treinos do Sanchez, ele continua com a mania de querer resolver tudo antes do inicio da jogada e sem guardar um plano B pra uma possível cobertura no seu primeiro alvo. Mas acho que vai dar tudo certo. O importante é ganhar ritmo na preseason e entrar arrebentando na liga, já que esse ano teremos um calendário difícil.
  2. ShyCold

    Cartola FC

    Tensão, eu fiz o pedido pra participar da liga. Me aceita lá depois?
  3. ShyCold

    19 Dias de Horror

    Ah, curti demais esse filme Insidious. Já tinha um tempo que não assistia a filmes do gênero, porque me parece que está sendo lançado 1 a cada 30min. e ficou um tanto complicado de conseguir um bom. Mas a forma como eles trataram esse, sem muitos exageros, com um certo sentido para as coisas acontecerem... Um bom filme, tenho que dizer. Nem mesmo a tentativa de comédia (uma coisa que vivem fazendo em filmes de terror e que eu simplesmente ODEIO) conseguiu estragar o que o filme já tinha trazido pra mim. Bela surpresa. O último que eu tinha visto, com recomendação desse tópico foi Triangle, que já se tornou um dos meus preferidos. Fora isso, assisti a The Rite um tempo atrás. Horrível! Cochilei várias vezes no cinema... Um saco! Enfim, passei pra pegar mais umas dicas mesmo hehe
  4. ShyCold

    Palmeiras #2

    continuando... Não me lembro de meu time estar há 10 anos na fila, pois fomos campeões paulistas em 2008. E nem me venha dizer que esse título não vale, pois os vários posts falando do “título santista” de 2010 ou de “Santos campeão” em seu blog falam por si só. Ou só vale quando o time da gente ganha? Sobre humildade, será que você era humilde quando seu time estava há 18 anos na fila, antes de finalmente levantar uma taça devido a um regulamento esdrúxulo que permitia que o 8º classificado fosse campeão? Acredito que não. E se falamos de humildade, me parece que mais humilde deveria ser o torcedor de um time que tem 2% de torcedores no país e cuja bilheteria em Brasileiros costuma ser a pior entre os 12 grandes do país. Igualar as cotas? Só pode ser piada mesmo! Resposta de Odir Cunha: Quer dizer que clássico é só entre o “trio de ferro”. Tá bom. Agradeço seus comentários, pois eles me tornam um ser humano melhor, mais paciente e me garante um lugar no ceú. E se o “trio de ferro” é que faz os únicos clássicos do Estado, por que nenhum dos três times está na Libertadores e o mais rico estado do país está sendo representado na competição internacional mais importante do continente pelo Santos? Moderador da Palmeirasnet (Fevereiro 25, 2011 às 3:35 pm): “Quer dizer que clássico é só entre o “trio de ferro”. Tá bom”. Sim! Se eu tenho uma namorada, ela tem que ser informada a respeito, né? (risos) Não adianta o Santos achar que faz clássico com o Corinthians, se para eles o jogo não tem um pingo da rivalidade existente com Palmeiras e São Paulo (o mesmo vale para estes dois clubes). “Agradeço seus comentários, pois eles me tornam um ser humano melhor, mais paciente e me garante um lugar no ceú”. Os seus também não me fazem uma melhor pessoa nem me garantem lugar no céu, nem são esses os objetivos de uma discussão. “E se o “trio de ferro” é que faz os únicos clássicos do Estado, por que nenhum dos três times está na Libertadores e o mais rico estado do país está sendo representado na compeição internacional mais importante do continente pelo Santos?” Pelo mesmo motivo que o Paulista de Jundiaí já nos representou também. Mas, segundo a sua ótica obtusa, o clássico argentino deve ser Argentinos Jrs – Godoy Cruz, não? Boca e River nem pensar, afinal os dois estão fora. Parabéns, Odir, acredito que você deve ter utilizado um dos argumentos mais risíveis, lamentáveis e sem sentido da história do jornalismo esportivo. E em um mundo infestado de Juquinhas e Damatinhos, não é pouco! Essa é para enquadrar! Observação: Esse último comentário não foi aprovado. Questionado pelo @palmeirasptd no Twitter por ter reprovado o comentário, @odircunha mentiu, dizendo que o moderador da Palmeirasnet "escreveu grosserias e coisas sem sentido" e que seu blog "preza a inteligência dos leitores". O comentário foi então reformulado e, desta vez, aprovado, como pode ser visto abaixo. Moderador da Palmeirasnet (Fevereiro 25, 2011 às 6:07 pm): Ué, Odir, não publicou meu último comentário por quê? Ficou muito feio pra você? Editei o comentário para que você não possa argumentar que o mesmo tinha algum conteúdo que o fizesse passível de exclusão. Vamos ver se você publica agora… “Quer dizer que clássico é só entre o “trio de ferro”. Tá bom”. Sim! Se eu tenho uma namorada, ela tem que ser informada a respeito, né? (risos) Não adianta o Santos achar que faz clássico com o Corinthians, se para eles o jogo não tem um pingo da rivalidade existente com Palmeiras e São Paulo (o mesmo vale para estes dois clubes). “Agradeço seus comentários, pois eles me tornam um ser humano melhor, mais paciente e me garante um lugar no ceú”. Os seus também não me fazem uma melhor pessoa nem me garantem lugar no céu, nem são esses os objetivos de uma discussão. “E se o “trio de ferro” é que faz os únicos clássicos do Estado, por que nenhum dos três times está na Libertadores e o mais rico estado do país está sendo representado na compeição internacional mais importante do continente pelo Santos?” Pelo mesmo motivo que o Paulista de Jundiaí já nos representou também. Mas, segundo a sua ótica obtusa, o clássico argentino deve ser Argentinos Jrs – Godoy Cruz, não? Boca e River nem pensar, afinal os dois estão fora. Belo argumento, Odir, parabéns!!! Resposta de Odir Cunha: Neste blog ironias e grosserias sem sentido vão pro lixo. Agora que você refez seu comentário com termos mais civilizados, ele está publicado -apesar de ficar evidente que seu fanatismo pelo Palmeiras não lhe permite enxergar as coisas como elas verdadeiramente são. Moderador da Palmeirasnet (Fevereiro 25, 2011 às 6:12 pm): E já que o Stefano publicou os dados acima, aí vão mais dois que talvez levem o autor deste curioso post à reflexão: As 31 maiores médias de público do Brasileirão: http://perspectivabr.wordpress.com/2007/09/27/as-31-maiores-medias-de-publico-da-historia-do-brasileirao/ Vendas de pay-per-view dos clubes brasileiros: http://www.futebolfinance.com/vendas-de-pay-per-view-dos-clubes-brasileiros Não encontrei o “popular” Santos Futebol Clube entre os 10 primeiros em nenhuma das 2 listas. Então ficamos assim: a gigantesca torcida santista não vai ao estádio, não vê pela TV e não compra camisa. Mas o Santos merece cotas iguais às de Palmeiras e Vasco, ok, amigos? Resposta de Odir Cunha: Desculpe, mas você acha que quem gosta de futebol bem jogado preferirá o Vasco ou o Palmeiras ao time de Neymar, Elano e Ganso? Só se for masoquista. Moderador da Palmeirasnet (Fevereiro 25, 2011 às 6:58 pm): “Neste blog ironias e grosserias sem sentido vão pro lixo. Agora que você refez seu comentário com termos mais civilizados, ele está publicado -apesar de ficar evidente que seu fanatismo pelo Palmeiras não lhe permite enxergar as coisas como elas verdadeiramente são”. É mesmo? Engraçado que você abusou das ironias e inclusive foi grosseiro logo no início da discussão. Mais engraçado ainda é que comentários com termos como “porcos” ou “gambás” não são deletados. Talvez você não considere isso como grosseria, não é mesmo? E é o seu fanatismo pelo Santos que não te permite ver as coisas como elas realmente são. E sabe como elas são? Elas são assim: Corinthians, Palmeiras e São Paulo têm torcidas grandes. As TVs pagam e continuarão pagando mais dinheiro. O Santos tem uma torcida pequena. As TVs pagam e vão continuar pagando menos dinheiro. E nada do que você possa dizer ou escrever mudará essa realidade. Simples assim! “Desculpe, mas você acha que quem gosta de futebol bem jogado preferirá o Vasco ou o Palmeiras ao time de Neymar, Elano e Ganso? Só se for masoquista”. O torcedor não quer ver futebol bem jogado, quer ver e torcer pelo seu time. Ou o Santos em boa fase dá mais audiência que Corinthians e Flamengo em má fase e com times fracos? Francamente, Odir, você precisa se esforçar um pouco mais, com esse tipo de argumento fica muito difícil você sustentar sua tese. Resposta de Odir Cunha: Você está totalmente desinformado. A comparação entre a visibilidade do Santos e do Palmeiras mostra uma grande diferença a favor do Peixe (viu como pode usar nome de bicho para se referir ao time?). O Santos foi o time de maior visibilidade em 2010, às vezes sendo ultrapassado pelo Corinthians, mas no todo acabou em primeiro no ano.
  5. ShyCold

    Palmeiras #2

    Isso aqui tava rolando no facebook, eu ri demais com o nível de argumentação do ombudsman do Santos, quase infantil! Isso aqui tava rolando no facebook, eu ri demais com o nível de argumentação do ombudsman do Santos, quase infantil! Ombudsman do Santos ironiza Palmeiras e perde feio na discussão com moderador da Palmeirasnet Em postagem feita em seu blog ( http://blogdoodir.com.br/2011/02/cotas-de-teve-santos-nao-pode-receber-menos-que-vasco-e-palmeiras/ ) na semana passada, o ombudsman do Santos, Odir Cunha, defendeu que Palmeiras e Vasco da Gama não merecem receber cotas de TV maiores que o clube da Vila Belmiro. Com o título "Cotas de tevê: Santos não pode receber menos que Vasco e Palmeiras", o autor escreveu textualmente: Pois é, ia me esquecendo do Palmeiras, que na última década teve um desempenho tão medíocre quanto o do clube carioca: só ganhou um título, o estadual de 2008, e, como o Vasco, também foi rebaixado para a Série B do Brasileiro, em 2002. É claro que também não dá para comparar a visibilidade, a atratividade de Santos e Palmeiras. Quem deixará de ver Ganso, Neymar e Elano para ver a cara de poucos amigos do Felipão? Até aí, tudo bem, direito dele pensar assim. O problema é que ao ser contrariado com argumentos sobre o assunto, o escritor perdeu a linha e acabou falando um monte de bobagens. Odir, que havia se saído tão bem em um texto no qual humilhou o são-paulino e dublê de jornalista Marcelo Damato ( http://blogdoodir.com.br/2010/12/a-analise-de-um-artigo-contra-a-unificacao-dos-titulos/ ), ironizou o Palmeiras nos comentários, dizendo que o Alviverde faz clássico "contra o Comercial do Piauí", que só um "masoquista" prefere ver jogos do Verdão às partidas do Santos e que as únicas crianças palmeirenses que conhece são aquelas "que aparecem chorando depois de mais uma derrota do verde". Em respostas a outros leitores, o ombudsman santista foi além: disse que o Santos tinha muito mais torcida que o Palmeiras nos anos 60 e que hoje as duas torcidas são, no mínimo, iguais em tamanho. Abaixo, transcrevemos a discussão (já encerrada, até porque foram feitas novas postagens que deixaram o assunto algo ultrapassado), para que o leitor veja o nível do senhor Odir Cunha. O nome do moderador da Palmeirasnet não é incluido na transcrição, pois o fim não é se vangloriar pela discussão, mas mostrar como uma pessoa que posa de intelectual imperturbável pode ser um completo imbecil quando é questionado com argumentos sólidos. Ao final, restou a ele acusar o moderador de ter sido grosseiro e dizer "coisas sem sentido". Leia, tire as suas conclusões e dê a sua opinião! Comentários: Moderador da Palmeirasnet (Fevereiro 24, 2011 às 3:12 pm): Odir, o Santos pode ganhar 20 campeonatos seguidos, mas o que rege as transmissões de TV é a audiência, que é maior de acordo ao tamanho da torcida. O rendimento do Palmeiras foi medíocre na última década, mas o clube só ficou atrás de Flamengo e Corinthians em venda de camisas nos dois últimos anos, além de ter faturado alto em bilheteria. O Santos costuma ficar na rabeira em média de público e sua torcida é totalmente inexpressiva. Daí, não tem como a TV oferecer dinheiro se são meia dúzia de velhinhos assistindo, não é? Resposta de Odir Cunha: Venda de camisas não significa nada, ainda. Só significa que o Palmeiras tem mais lojas que vendem camisas. Média de público, no caso do Santos, quer dizer muito pouco, já que o Santos prefere jogar na Vila. Se jogar no Pacaembu, terá média idêntica ou superior ao Palmeiras, como já provou. Dizem que quando queremos ofender pu provocar alguém, usamos as mesmas palavras que nos ofendem, ou provocam. Acho que “meia dúzia de velhinhos” define melhor a torcida do Palmeiras, hoje, que ganhou o seu último título brasileiro em 1994. E aposto que mesmo palmeirenses assistem mais aos jogos do Santos -com Neymar, Ganso e Elano – do que santistas ao time que faz clássicos com o Comercial do Piauí. Aliás, as únicas crianças palmeirenses que conheço são aquelas que aparecem chorando depois de mais uma derrota do verde. Moderador da Palmeirasnet (Fevereiro 25, 2011 às 2:19 pm): Odir, você é uma pessoa inteligente, não é possível que defenda a tese de que venda de camisas não significa nada e que o Palmeiras vende mais porque “há mais lojas que vendam”. Você pode pesquisar, o Palmeiras vendeu quase o mesmo número de camisas oficiais que o Corinthians no ano passado. O Santos passou muito, mas muito longe disso. Porque não tem torcida, é simples! Quanto a média do Santos no Pacaembu, ela é alta porque o público paulistano dificilmente vê o Santos. Ora, se o Santos jogasse todas as rodadas na capital, você realmente acredita que a média continuaria sendo alta? Não! E o argumento de o Santos preferir jogar na Vila não cola, porque é muito difícil a torcida santista ocupar sequer a metade do estádio. Quanto a ideia de que “quando queremos ofender ou provocar alguém, usamos as mesmas palavras que nos ofendem, ou provocam”, não tem nada a ver. Primeiro, porque não me provocaria nem ofenderia que falassem que na torcida do Palmeiras há muitos velhos, até porque um dia vou ser um e porque a maioria no estádio sempre é de jovens. Segundo porque eu não quis ofender, a torcida do Santos é composta maioratariamente por idosos, dizer isso não é ofensivo, é apenas constatar a realidade. Você menciona que o Palmeiras conquistou seu último Brasileiro em 1994. E daí? O Flamengo havia conquistado o último em 1992 e nem por isso sua torcida diminuiu ou ficou velha. Além disso, depois da conquista de 94, o Palmeiras faturou títulos como a Copa do Brasil e a Libertadores, aquela mesmo que o Santos só conquistou na época em que jogavam 6 times e em que os registros eram todos em preto e branco. Sobre a sua provocação infantil de que nós fazemos clássicos contra o Comercial-PI (alô? quem havia dito que buscamos ofender com as palavras que nos ofendem?), nós fazemos o maior clássico do estado (do país, talvez?) contra um adversário que vocês consideram o maior rival, mas que nem sabe que vocês existem. Vocês não tem clássico, a não ser que Jabaquara ou Portuguesa Santista contem. Finalmente, se você não conhece crianças palmeirenses, deveria dar uma volta por escolas e parques. Eu lembro da época de colégio, sempre havia no máximo “o santista da turma” (quando havia). E as derrotas do verde a que você se refere podem acontecer contra qualquer adversário, menos contra o freguês da vila, que mesmo com Neymar e Ganso toma de 4 em seu próprio estádio contra o carrasco que não perdoou nem Pelé. Assim sendo, não tenho por que ver jogadores que amarelam quando vêem uma camisa verde do outro lado, pois para nós até o seu 10 histórico não foi nada mais do que um… FREGUÊS! (como é, aliás, dos três times grandes do estado). Resposta de Odir Cunha: Às vezes você tenta ser elegante, mas não consegue esconder a grosseria. Quer que eu leve a sério alguém que diz que o clássico do Santos é contra o Jabaquara? Eu poderia dizer que hoje o grande clássico do Palmeiras é com o Juventus,m outro time da colônia italiana. Se é para entrar no nível de discussão idiota de torcedor, eu prefiro deixar você falando sozinho. Os feitos falam pelos times. O torcedor de um que está há dez anos na fila, deveria ser mais humilde. Veja o exemplo de outro time de colônia, a Portuguesa. Já foi grande… Essa arrogância pode levar o velho Palestra para o mesmo caminho. Ah, as únicas crianças palmeirenses que eu conhecia, viraram santistas. Moderador da Palmeirasnet (Fevereiro 25, 2011 às 3:10 pm): Ora, ora, ora! Então sou eu o grosseiro? Quem foi que disse que o clássico do Palmeiras é contra o Comercial-PI? Quem entrou no nível da discussão idiota de torcedor foi você, Odir, eu apenas segui o seu exemplo e é absolutamente covarde da sua parte que você queira imputar a mim a grosseria. Escreveu, assume! Não acho que o Santos faça clássico com o Jabaquara nem com a Santista. Aliás, para mim não faz clássico com ninguém, porque para que isso aconteça as duas partes precisam ser informadas. Nenhum palmeirense, são-paulino ou corintiano dirá que o seu maior rival é o Santos. Nenhum. E isso deve querer dizer algo…
  6. ShyCold

    Palmeiras #2

    Eu discordo de você em alguns pontos aqui, Bauer. 1 - Não creio que o Tinga deva sair do time. Ele tam errado sim algumas jogadas em posições de acabar cedendo o contra ataque. Mas na verdade, creio que isso só esteja acontecendo com tanta frequencia, porque o Palmeiras estava jogando sem um meia até alguns jogos atrás e, mesmo com a volta do Valdívia agora - que ainda está sem confiança, só recebendo a bola e tocando de lado na maioria das jogadas - ele continua sendo a referencia que o time tem na armação das jogadas. Portanto, passa mais tempo com a bola no pé, tem mais obrigação de criar - que, convenhamos, não deveria ser papel dele - e por consequencia acaba participando também da maior parte dos erros. Eu vejo ele como um típico volante do futebol moderno. Ele é marcador, sabe sair com a bola em velocidade muito bem e tem uma boa precisão, tanto em passes de média e longa distância, quanto nos chutes a gol. É o tipo do cara que se destaca quando o ataque está bem marcado pelo adversário e creio que vai ainda evoluir muito e se passar a jogar como jogava o Elias, no Corinthians. 2 - Sobre o Thiago Heleno, creio que nem de longe ele é zagueiro pra titularidade no Palmeiras. Nós temos que insistir nele, porque não teremos outro pro Brasileiro, então pelo menos entrosado com o time ele precisa ficar. Mas vejo o Thiago Heleno como um zagueiro pesado, duro, grosso, limitadíssimo! O que me leva a perguntar, por que diabos trazer esse jogador para o time e dispensar o Fabricio que era sim o zagueiro que poderia render muito jogando conosco. Pois bem, o Thiago Heleno comprometeu SIM a nossa defesa. Só lembrar o jogo contra o Corinthians, o gol besta que sofremos por total falta de capacidade dele. Por preferencia minha, ficaria com Leandro Amaro e Mauricio Ramos na zaga, ou até mesmo deixaria o Gualberto jogar, ao invés de insistir com o Thiago Heleno. Mas, agora que está feito, que pelo menos treine o time pra não deixar mais ele mano a mano com ninguém, porque é certeza que ele vai perder. 3 - Sobre o esquema do time, eu preferiria jogar no 4-3-3. Ficaria Deola, Cicinho, Mauricio Ramos, Thiago Heleno, Gabriel Silva, Márcio Araújo, Tinga, Valdívia, Luan, Adriano e Kléber. Nossa zaga não é rápida e não é boa. Eu creio que a melhor forma de resolver isso, seria manter o time numa formação atacante, pra aliviar ao máximo qualquer pressão no sistema defensivo. Teríamos um time rápido pelos lados e articulador no meio. Quando os volantes precisassem sair num contra ataque, Cicinho e Gabriel ficariam pra marcar, assim como os dois volantes se manteriam fixos quando os laterais fossem fazer o fundo. Com 3 atacantes rápidos e dribladores, ninguém precisaria simular o 9, podendo assim fazer um rodísio - como é feito no vôlei - entre os lados na linha de frente, ou seja, quando o Kléber cai pro lado, o Adriano vai pro meio, depois vai pra direita, deixa o Kléber na outra ponta e o Luan no meio, e assim por diante. Isso ajuda muito a confundir a defesa, além de ter 3 homes dribladores na frente que poderiam facilmente deixar qualquer defesa pendurada, sempre com esse rodísio, pra não deixar que os defensores joguem no homem-a-homem. Enfim, é o que eu penso.
  7. ShyCold

    NBA

  8. ShyCold

    Superbowl - Quem Curte Futebol Americano?

    O futebol brasileiro era economicamente mais parecido com o americano antigamente, mas aí chegou a lei Pelé e o tornou economicamente mais parecido com o baseball. Ou seja, os jogadores ficam cada vez mais ricos, fazem o clube tirar dinheiro de onde não tem para fechar um novo contrato ou se mudam para um clube que o faz. Isso quando não se utilizam das duas opções. Já na NFL, o jogador - que ganha sim muita grana também - tem que a todo momento provar o seu valor, pois a cada ano entra em cena um novo batalhão de talentos que conseguem, além de manter o alto nível dos veteranos, colocar o clube numa posição de conquistas novamente. Eu sempre achei a questão do draft bem interessante. Cada time tem o direito a 7 escolhas de novos jogadores. E é no draft que aquele ditado "os últimos serão os primeiros" torna-se realidade. O campeão é sempre o último a escolher, seguido pelo vice e assim por diante. Eu creio que, mesmo sabendo ser impossível mudar a mentalidade do futebol brasileiro, ser essa a melhor saída sim. Devolver a oportunidade aos clubes de realmente lucrar com os jogadores que eles investiram, que é o que sempre - até antes da lei Pelé - manteve os clubes menores de pé. Já o baseball nisso tudo, tá quase perdendo a graça de assistir. Você vê um Albert Pujols fazendo os Cardinals chorarem sangue pra continuar contando com ele, enquanto o bonitão pede cerca de 275 milhões por uma renovação de contrato por mais 10 anos. Enfim, se vira, né?
  9. ShyCold

    Superbowl - Quem Curte Futebol Americano?

    Parece que os Jets vão deixar mesmo o Cromartie rodar no Free Agency por um tempo. Eles quebraram o silencio e divulgaram que tem intenção, antes de mais nada, de renovar os contratos de Braylon Edwards e Santonio Holmes. Segundo a idéia que rola pelos treinadores, é preciso manter os WR's que já estão entrosados com Mark Sanchez e não teria sentido uma troca da linha ofensiva justamente no ano que promete ser o melhor para o nosso QB e no momento em que ele tem mais experiência adquirida, justamente trabalhando com os dois. Concordo completamente com esse pensamento. Já sobre a renovação de Cromartie - que também é importante, pra não ter que trocar o playbook logo agora - parece que o lance não é técnico - e nem poderia ser - mas sim pelas atitudes que Cromartie tem tomado desde a derrota para os Patriots no segundo encontro entre eles na regular season. Ele tem usado o twitter pra criticar e até agredir os adversários, até nomes como Tom Brady e Hines Ward. Eu creio que estejam fazendo isso só pra dar um susto nele mesmo. Cromartie tá longe de ser o melhor CB da liga, ou mesmo dos Jets. Mas ele tem muita qualidade e mostrou que no momento de decisão ele fez o que era preciso pra resolver. Espero que dê tudo certo. Continuamos aí atentos nos updates. Assim que eu tiver mais informações, vou continuar trazendo pra cá. smileys/05.gif" align="middle" /> ShyCold2011-02-17 17:18:41
  10. ShyCold

    A Casa da Mãe Joana

    <FONT size=3 face=Times New Roman, Times, serif">De reputação, lógico. Dos meus amigos já estão há muito. Esse top de reputação é manipulado. Aqueles que estão ficam trocando pontos [/quote] huahuahuahauhauah Foi nesse ponto da discussão que acabou com o top de reputação da outra vez. Eu ignorava ele antes e continuo ignorando agora. Claro, você percebe se ganhou ou perdeu pontos, mas nada que transforme isso numa meta.
  11. ShyCold

    A Casa da Mãe Joana

    Se ele for jogar na espanha, vira rei. Se for jogar na Inglaterra ou na Itália, vira presunto. Pode ter certeza.
  12. ShyCold

    Palmeiras #2

    Tem o Bruno Turco também que tá até entrando em alguns jogos.
  13. ShyCold

    A Casa da Mãe Joana

    Olha o sopa ae E ae, sopa. como estão os preparativos para o carnaval 2011? fiquei sabendo que o carnaval já tá pegando fogo no Rio
  14. ShyCold

    A Casa da Mãe Joana

    Sou um homem persistente
  15. ShyCold

    A Casa da Mãe Joana

    <font face="Times New Roman, Times, serif" size="3">Sim, há muitas mulheres gatas mesmo nos cursos de Engenharia. Dá uma olhada na grade currícular, Cold:http://sistemas.eng.ufmg.br/curso.php hhuaahuahauahuahauahuah Só tem as dançarinas do Faustão no curso de engenharia, mano. Scofa, eu vi tanto cálculo ali que me deu até arrepios. Acho que é isso que vai me derrubar quando eu for fazer a minha, nunca gostei de cálculos. Mas, caramba! Tem de tudo ali, você só não aprende a fazer café nesse curso, meu Deus!
×