Jump to content
Forum Cinema em Cena

Sadness

Members
  • Content count

    21
  • Joined

  • Last visited

  1. Os Melhores e os Piores Casais do Cinema

    Os MELHORES casais para mim foram "Charlotte & Bob Harris" em Lost in Translation (Scarlett Johansson & Bill Murray ) Além é claro do conhecido casal: Joel Barish & Clementine (Jim Carrey & Kate Winslet )
  2. Homossexualismo no Cinema

    Dook se retire do tópico se você não tem mais nada a acrescentar. Obrigado pelos seus "toques" e passe bem!
  3. Homossexualismo no Cinema

    Simplesmente não é para pesquisa nenhuma. Meu deus escolhi certos filmes para ver sobre esse tema já que vi um filme chamado "A última festa" no TNT independente, encontrei esses que foram recomendados em alguns sites, pronto. Quero saber a opinião de cada um pq além de uma conta de telefone, água, luz e internet, além de te que pagar aluguel IPVA, eu não quero simplismente gastar 7 reais na minha locadoura atoa sendo que eu posso saber oque cada um achou do filme, e consequentimente saber mais ou menos se vou gostar do filme ou não. Realmente alguns usuários conseguem ser extremamente chatos, aliás para que eu iria querer algo assim na faculdade, curso direito, então WTF? Obrigado para quem ajudou e quem ainda vai ajudar, e para os que sabem somente floodar muito obrigado assim mesmo pelo menos você mantém o tópico sempre up com post inuteis como os de "alguns". Agora poderia AO MENOS voltar ao assunto proposto do tópico ou será que uma intervenção com banimento da moderação seria bem vinda?! Obrigado a todos que ajudam e ajudaram!
  4. Homossexualismo no Cinema

    Eis um post que comprova minha impressão: você está atrás de indicações para os filmes citados... Cara se você viu algum desses filmes eu quero saber oque você achou deles, só isso. P/ que complicar tanto? Custa falar oque achou? Vai mudar sua vida? Bem, se disser algo de útil obrigado desde já se não, obrigado assim mesmo
  5. Bem tem muitas, mas há somente duas que eu escuto todo os dias sem falta: -Eternal Sunshine of The Spotless Mind (Brilho Eterno de uma mente sem lembraças) -Lost in translation ( Encontros e Desencontros) E pra vcs?!
  6. Homossexualismo no Cinema

    Bem então procura-se Amy já está na lista de locação para segunda agora Alguém mais viu pelo menos UM desses filmes?
  7. Homossexualismo no Cinema

    MEU QUERIDO COMPANHEIRO (Longtime Companion, 1990) - Diretor: Norman René NOITES FELINAS (Les Nuits Fauves, 1992) - Diretor: Cyril Collard AMOR E RESTOS HUMANOS (Love and Human Remains, 1993) - Diretor: Denys Arcand FILADÉLFIA (Philadelphia, 1993) - Diretor: Jonathan Demme O BANQUETE DE CASAMENTO (Hsi Yen/The Wedding Banquet, 1993) - Diretor: Ang Lee ALMAS GÊMEAS (Heavenly Creatures, 1994) - Diretor: Peter Jackson MORANGO E CHOCOLATE (Fresa y Chocolate, 1994) - Diretor: Tomás Gutiérrez Alea e Juan Carlos Tabio ROSAS SELVAGENS (Les Roseaux Sauvages, 1994) - Diretor: André Téchiné O LIVRO DE CABECEIRA (The Pillow Book, 1996) - Diretor: Peter Greenaway DELICADA ATRAÇÃO (Beautiful Thing, 1996) - Diretor: Hettie MacDonald MINHA VIDA EM COR DE ROSA (Ma Vie En Rose, 1997) - Diretor: Alain Berliner PROCURA-SE AMY (Chasing Amy, 1997) - Diretor: Kevin Smith DEUSES E MONSTROS (Gods and Monsters, 1998) - Diretor: Bill Condon SAINDO DO ARMÁRIO (Get Real, 1998) - Diretor: Simon Shore GOTAS D'ÁGUA EM PEDRAS ESCALDANTES (Gouttes d'Eau sur Pierres Brûlantes, 2000) - Diretor: François Ozon DELICADA RELAÇÃO (Yossi & Jagger, 2002) - Diretor: Eytan Fox FILHOTE (Cachorro, 2004) - Diretor: Miguel Albaladejo Todos filmes com o tema "Homosexualismo" Bem não há muito oque explicar. Se você já viu algum desses poderia me dizer oque achou de cada um que você já viu?! Espero a colaboração de todos. Até! E obrigado desde já veras2007-01-07 17:29:47
  8. Qual o Melhor Remake?

    Pelo jeito você não pegou oque eu quis dizer, mas deixa pra lá, acho que somos muito divergentes mesmo, por exemplo pra você diretor para você é um fator crucial. Já para mim oque faz realmente diferença é a Edição e Roteiro do filme, diretor é o cargo burocratico do cinema (e infelizmente o mais reconhecido e leva credito as vezes por trabalho de muitos). Não há mal nenhum de se "refilmar" (vulgo copiar) um filme. Só critico a ação de aproveitam que o público casual muitas vezes não conhece outro tipo de cinema a não ser o americano. E por essas razões eles sugam o Cinema Asiatico e Europeu e colocam um titulo diferente e tratam algo como se fossem deles. Mas já tá tarde e eu já manisfetei minha opinião to indo . Fuiz! Sadness2006-12-17 04:42:34
  9. Qual o Melhor Remake?

    Me revolta, e muito (se você é cinefilo como eu deve sentir o mesmo) ver que Hollywood tem se tornado uma máquina sanguesuga cada vez mais discarada. Nunca reclamei de Hollywood, e apesar de muitas vezes eu ser ferrenho com aqueles que vêem somente filmes hollywoodianos admito que Hollywood é uma máquina de filmes fantastica, e muita coisa de ótima qualidade saiu de lá, e vai continuar saindo pois lá é maior centro cinematografico do mundo. Mas vem acontecendo algo que me revolta, que é o fato de Hollywood estar se aproveitando do cinema asiatico e do europeu para sua ascensão, e pior de tudo! isso tem acontecido com maior frequencia. A maioria das pessoas que não ligadas muito ao cinema, e que tem qualquer outra coisa como hobby nunca irão saber que muitas vezes muitas filmagens são "roubadas" e colocadas com um selo americano, que nunca existiu. Bem mais chega de balela, quer três exemplos disso?! Abre los Ojos (Atuação extremamente fodaz do Eduardo Noriega, que deixa o Tom Cruise *logo abaixo* no xinelo) Hollywood Transformou em: Outro Exemplo: Conflitos Internos (Filme extremamente fod@ do cinema Asiatico) Transformado em: Os Infiltrados *que o pior de tudo é dirigido por nada menos que Martin Scorsese que vai fazer desse filme um tremendo sucesso, SENDO QUE ELE NÃO TINHA QUE LEVAR MERITO NENHUM NESSE PROJETO!!! Que conta com nada menos que Leonardo DiCaprio, Matt Damon, Jack Nicholson é mole?!* Mais um p/ completar: Ju-On Transformado em: O grito Além de muitos outros como Alfie de 1966, que meteram a mão e lançaram outro em 2004, que apesar de tudo não posso reclamar pois Jude Law esbanja atuação nesse filme. Mas é assim, e isso me revolta pois quem gosta de filmes tanto quanto eu odeia perceber que as pessoas só conhecem a versão "hollywoodiana" dá coisa, e pensam que ela é a original. E mal sabem que dá onde veio essa filmagem, e que a fonte é muito, mas muito melhor. E isso me aborrece. Bem no mais é isso. Alguma critica? Quer me bater? 20 cm te maxucaria?! Deixe sua opinião! Sadness2006-12-17 02:34:25
  10. Encontros e Desencontros

    Bem lembrado a fotografia também é outro ponto fortissimo do filme. A verdade é que ele é indiscutivelmente 10/10 e não há muito oque comentar quanto sua perfeição (AO MEU VER É CLARO).
  11. Encontros e Desencontros

    Um dos filmes mais brilhantes que já assisti, e com certeza entra em um Top 100 de qualquer cinéfilo (isso se é claro se esse entendeu a delicadeza do filme). Ficha Técnica Título Original: Lost in Translation Gênero: Drama Tempo de Duração: 105 minutos Ano de Lançamento (EUA): 2003 Site Oficial: www.lost-in-translation.com Estúdio: American Zoetrope / Elemental Films / Tohokashinsha Film Company Ltd. Distribuição: Focus Features Direção: Sofia Coppola Roteiro: Sofia Coppola Produção: Sofia Coppola e Ross Katz Música: Brian Reitzell e Kevin Shields Fotografia: Lance Acord Desenho de Produção: K.K. Barrett e Anne Ross Direção de Arte: Mayumi Tomita Figurino: Nancy Steiner Edição: Sarah Flack Efeitos Especiais: Gray Matter FX / Rods & Cones Elenco Scarlett Johansson (Charlotte) Bill Murray (Bob Harris) Giovanni Ribisi (John) Fumihiro Hayashi (Charlie) Daikon (Bambie) Hiroko Kawasaki (Hiroko) Anna Faris (Kelly) Asuka Shimizu (Tradutor de Kelly) Akiko Takeshita (Sra. Kawasaki) Ryuichiro Baba (Concièrge) Kanuyoshi Minamimagoe (Agente de imprensa) Sinopse Bob Harris (Bill Murray) é uma estrela de cinema, que está em Tóquio para fazer um comercial de uísque. Charlotte (Scarlett Johansson), por sua vez, está na cidade acompanhando seu marido, um fotógrafo workaholic (Giovanni Ribisi) que a deixa sozinha o tempo todo. Sofrendo com o horário, Bob e Charlotte não conseguem dormir. Eles se encontram, por acaso, no bar de um hotel de luxo, e em pouco tempo tornam-se grandes amigos. Resolvem então partir pela cidade juntos. A eles junta-se uma jovem atriz chamada Kelly (Anna Faris), com quem vão viver algumas aventuras pela cidade de Tóquio. (Tirado do adorocinema) Opinião Pessoal Sobre o Filme: O filme é simplismente impecável, desde sua trilha sonora magnifica até o momento em que aparece os creditos. Sem dúvida o melhor trabalho de Sofia Coppola (que espero muito ancioso por um novo filme seu). Não há como não se identificar com o filme, pelo simples fato que ele trata de algo que todos nós estamos submetidos a vida inteira e a qualquer momento, a solidão. O filme inteiro tem seu clima nostalgico que te deixa com aquele sentimento de que você sabe muito bem oque os atores estão sentindo oque é muito estranho pois a melancolia no filme não sai de cena a nenhum momento, nem nos momentos alegres e festejantes (graças a trilha sonora). Porém não sei com que magia isso acontece POIS O FILME NÃO É EM NENHUM MOMENTO TRISTE oque é muito legal de se sentir. Gosto muito de compara-lo ao Brilho Eterno de uma Mente sem lembranças, pois os dois retratam de certa forma um assunto em comum: O amor. Em brilho eterno temos uma luta não para manter o "amor vivo", e sim uma prova de que um dia ele existiu (como diria Francisco Russo). Já em Encontros e Desencontros temos um amor efémero que nos remete a um outro filme, que acredito eu, também outra Obra Prima do Cinema chamado: Antes do Amanhecer com Ethan Hawke e Julie Delpy. Deixando o enredo um pouco de lado, as atuação de Bill Muray é uma coisa fantastica e indiscritivel, é engraçado pois gosto de salientar que tanto ele quanto Jim Carrey (Denovo entra Brilho Eterno) são sempre lembrados como atores de comédia por causa de seus filmes de maior repercussão como Ace Ventura, e Caçadores de Fantasmas. Oque é simplismente ridiculo pois eles se mostram como um dos atores mais versáteis de hollywood e pra falar a verdade como o maior potencial, pois na minha visão um ator mediocre como Nicolas Cage (que diga-se de passagem odeio) não consegue transmitir a carisma e seriedade desses atores, e quando se trata de ser versatil mal consegue a menos fazer um filme de comédia se retendo aos de drama/ação e outros generos por exemplo. Contando com uma Scarlett Johansson impecável também em sua atuação que na minha opinião foi a melhor (A ilha e Em Boa Companhia foram meio que leite com café, apesar de não ter visto Match Point) e simplismente não consigo pensar em outra pessoa para fazer seu papel pois ela realmente foi sublime, pois ela preencheu o papel de uma moça acanhada divertida e ao mesmo tempo digamos assim de "depre com a vida" com tamanha pureza que poderia dizer que ela é assim na vida real. Sem contar que pelo menos ao meu ver, o figurino e a edição do filme ficou simplismente a altura, principalmente o figurino. Enfim é uma obra marco no cinema (A menos para mim) e na carreira de Cappola, infelizmente só não gosta do filme realmente quem não tem maturidade o suficiente para entende-lo (minha namorada por exemplo detestou, mas ela é uma menina que se não tiver Julia Roberts no papel principal o filme pra ela já é lixo, ou seja só ama os filmes "hollywoodianos"). Bem espero que quem ainda não viu VEJA E para os que já viram qual sua opinião sobre o filme?! Sinta-se a vontade para jogar pedras em mim! O fórum foi feito para discutir =) Espero que dessa vez eu tenha feito certinho né modera Sadness2006-11-05 21:59:52
  12. O Cinema em Baixa?

×