Jump to content
Forum Cinema em Cena
Administrator

Defendendo Uma Bomba!

Recommended Posts

 

Alguém assistiu Jason X hoje no SBT? Que acharam? É mesmo uma bomba ou os argumentos do Jailcante os convenceram?

 

A mesma opinião, não me arrependi de ter visto no cinema nem ontem.

Tem o Cronemberg levando facãozada (existe isso?), uma luta insana do Jason vs. Kay-EM,e o Drodsky casca-dura enfrentando o Jason X no braço. Fora a divertida cena emulando Crystal Lake.

Não é melhor da série, mas está longe de ser o pior.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

nao entendi muito bem o tópico. pode falar mal tbm, ou é só pra elogiar?

 

pq eu nao tenho elogios a fazer em relação aos filmes q vou comentar.

 

 

Não acho que Água Negra seja considerado uma bomba. Eu' date=' pelo menos, achei bom.[/quote']

 

eu considero água negra um suspense fraquinho, embora o filme tenha sido vendido como terror. o q mais me incomoda nele é a síndrome de o chamado, da qual outros filmes no mesmo estilo vêm sofrendo nos últimos anos. quero ver um filme de terror (ou suspense q é vendido com terror) q nao tenha água ou uma menina assustadora.

 

 

Alguém assistiu Jason X hoje no SBT? Que acharam? É mesmo uma bomba ou os argumentos do Jailcante os convenceram?

 

é uma bomba.

assisti jason x em dvd, e parece q vi no cinema tbm (a coisa é tão descartável q eu nem lembro direito desses detalhes). é um filme de terror q nao assusta (tem alguns momentos razoavelmente tensos, mas nao mete medo de verdade). aliás, nunca assisti um filme de jason q fosse realmente bom.

Share this post


Link to post
Share on other sites

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><?:NAMESPACE PREFIX = O />

Nesta terceira edição do DUB,temos o prazer de apresentar a defesa do grande vencedor de "O Cinéfilo",FORASTEIRO,para um filme considerado por muitos,uma bombaça: Bad Boys II,do "idolatrado" diretor Michael Bay.Será que o Foras vai conseguir nos convencer?

 

 

 

bad-boys-2.jpg

Nome da "bomba": Bad Boys II – 2003 – Michael Bay

Quem defende: Forasteiro.

Breve resumo do filme: Os detetives da Narcóticos Marcus Burnett (Martin Lawrence) e Mike Lowrey (Will Smith) foram designados para investigar a proliferação do ecstasy na cidade de Miami. As investigações os levam a um alvo maior, Johnny Tapia (Jordi Mollà), um traficante cuja ambição de tomar conta do tráfico na cidade inicia uma verdadeira guerra entre quadrilhas. Em meio a esta situação, Lowrey passa a se interessar por Syd (Gabrielle Union), irmã de Burnett, o que põe a amizade deles à prova.

 

Por que muita gente diz que é uma bomba? Porque não passa de uma sucessão de absurdos, de humor de mau gosto, de cinema caça-níqueis descerebrado.

 

1 motivo para tentar rever os seus conceitos sobre este filme: O cinema é multilateral. É errado negar os vários lados do cinema, é errado admitir apenas uma face deste cinema, nivelando tudo em relação a ela, avaliando tudo tomando apenas esta face como referência.

 

Breve (nem tão breve assim,vinda do Forasteiro) análise defensiva:

 

Michael Bay acordou, um dia, e disse: “vou realizar meu sonho. Farei um filme com explosões do caralho, piadinhas infames, e dois negões estilosos quebrando tudo”. Assim nasceu Bad Boys, de 95, filme que alçou Bay ao nível holywoodiano. Porém, Bad Boys era o filme pelo qual Michael Bay precisava se provar. Não tinha aquele nome todo, não dispunha daquela grana toda. Somente 8 anos depois, já consolidado como prensa de dólares para os estúdios, ele pôde completar o que havia começado. Faltava uma coisa: o exagero.

 

Bad Boys II é o filme que define Michael Bay. É o filme que estipula seus limites, que traça uma linha e diz “esse diretor pode chegar até aqui”. Porém, o “aqui”, no caso de Bay, não poderia ser mais relativo. Pode ser o alto da Torre de Babel como um absoluto fundo do poço, frente aos olhos de duas pessoas diferentes. E exatamente este fator que divide opiniões radicais, este sempre “ame ou odeie” entrelaçado a sua imagem é que fazem de Bay não apenas uma polêmica viva, mas também o anjo do apocalipse do cinema para uns, e o messias redentor para outros.

 

O cinema é polifacetado, é retalhado, é um quebra-cabeças, é um baile de máscaras, é um cubo. Ele não existe somente pela arte assim como não existe somente pelo entretenimento escapista. É errado negar os vários lados do cinema, é errado admitir apenas uma face deste cinema, nivelando tudo em relação a ela, avaliando tudo tomando apenas esta face como referência. Quem assim o faz, não conhece o cinema. Quem só assistiu filmes da década de 50 o conhece tanto como quem só assistiu os dramalhões adolescentes do início de 90. Cinema não é como um quadro de Jackson Pollock, conhecer apenas um fragmento dele não o resume como um todo. É preciso admitir as diferenças entre “gêneros” e não compará-los jamais. Qual foi o melhor filme com o qual Spielberg já trabalhou? De Volta Para o Futuro ou A Lista de Schindler?

 

As tais diferenças, que definem os “gêneros”, são moldadas pela pretensão de cada filme. Quando Michael Bay quis fazer um filme com explosões, negões estilosos e piadinhas infames, conseguiu o que queria. Bad Boys II não possui um roteiro Shakespeareano, mas tá se lixando pra isso, e quem o aluga na locadora ou paga ingresso para vê-lo no cinema, também. Quem se dispõe a assistir um filme de Michael Bay carregando expectativa definitivamente não tá nem aí pra profundidade do roteiro. Os filmes têm importâncias diferentes. O que importa em A Vila é a fotografia maravilhosa, o grito do diretor em relação a sua armadilha, são as simbologias, as metáforas, as sutilezas. Enquanto isso, o que importa em Jason X é a quantidade de sangue que jorra do faconaço que o próprio dá no casal trepando, e como jorra, em qual direção, e em quantos pedaços Jason os irá cortar e, ainda, se ele os dividirá ao meio.

 

O que interessa em Bad Boys II são as espetaculares cenas de ação. A perseguição da rodovia é incrível, assim como o tiroteio na casa dos haitianos e o ataque à mansão. Além disso, Michael Bay banha sua obra com um humor negro terrível. Durante uma perseguição alucinante, corpos são atirados pela estrada. No IML, cérebros são divididos ao meio, fígados são arrancados e um diálogo nonsense sobre peitos mortos é travado. Fora isso, na cena mais engraçada do filme, Mike e Marcus apavoram o namoradinho da filha do personagem de Lawrence. Tudo isto, inclusive a cena dos ratinhos, funciona no mundo absurdo criado por Michael Bay. Os exageros também fazem parte do filme, e seria incoerência se não existissem. Tudo de Bad Boys pra Bad Boys II foi amplificado, o que é bom quando se fala do tipo de filme em questão. Muitos acharam absurdo um grupo de policiais entrarem em Cuba e destruírem a mansão do traficante. Estavam certos, foi absurdo, mas é disso que eu estou falando. O absurdo faz bem ao trabalho de Michael Bay, que não pode fugir do que é e o que sabe fazer. Bad Boys II é o que é e sabe o que é. Titanic é tão espalhafatoso quanto, mas possui uma pretensão que não condiz com o que realmente tem a oferecer. Por não reconhecer suas limitações, Titanic é inferior a Bad Boys II.

 

Bay não é o apocalipse do cinema, tampouco seu messias. O cinema precisa de Michael Bay, o cinema precisa de Bad Boys II, de Jason, de Kung-Fusão, de Corra que a Polícia Vem Aí, de Amadeus e de Laranja Mecânica. Empobrecer o cinema seria apagar uma de suas faces, seria admitir a existência de apenas um dos lados, o que acontece tanto com o público “comum”, que só curte Bad Boys II, como o público intelectulóide, que só curte Laranja Mecânica. Bad Boys II não faz nada mais que cumprir o prometido. Quem se sentiu enganado precisa, antes de tudo, conhecer a si mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sou fã doente de Equilibrium...08[/Quote]

 

 

 

Equilibrium é um filme que, a meu ver, foi muito injustiçado

pela crítica mas que obteve um reconhecimento merecido por parte do

público. Prova disso é que sua cotação no RT é de 33% e a nota no IMDb

7,7. Eu particulamente não considero o filme uma bomba, muito pelo

contrário.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O cinema não precisa é desse filme, não generalize ele com os demais pipocas, homen-aranha tem morte, persiguição, explosão mas é divertidíssimo.

 

"As tais

diferenças, que definem os “gêneros”, são moldadas pela pretensão de

cada filme. Quando Michael Bay quis fazer um filme com explosões,

negões estilosos e piadinhas infames, conseguiu o que queria"

Ou seja: banal06

O problema não é ter essas características, é não ter um roteiro decente, que consiga contagiar o telespectador.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Li o que o Foraste escreveu e não concordo. O que ele não entendeu (ou parece não ter entendido), é que ninguém aqui odeia Bad Boys 2 por ser um filme de "diversão escapista", mas sim por que mesmo nessas condições, ele é mediocre. Humor besta (não, não fiquei chocado com os cadaveres sendo jogados pela alta estrada, apenas achei ridiculo mesmo, e também nao morro de rir por ver um casal de ratinhos transando), situações estupidas (Era intenção serem estupidas? Pois é, então eles realmente conseguiram isso) e protagonistas ridiculos (e olha que eu gosto do Will Simith, mas aqui ele está insuportavel e totalmente sem graça! E eu nem quero falar do OUTRO cara 07). Ah, tem as explosões ! Sim, é óbvio que o cara teve bastante bufunfa pra gastar nessas cenas e tem horas que elas saem bem caprichadas, até por que, as explosões não giram em torno do roteiro, mas sim o roteiro gira em torno das explosões, é como se tudo aquilo fosse escrito pra logo chegar na parte das explosões, e que mesmo sendo bem feitas em certas partes, começam a ficar cansativas graças ao, veja só, exagero que você tanto defende. é legal ver algo indo pro ares de vez enquando e principalmente quando é bem feito, mas apenas quando eles não dão mais importancia há isso do que o próprio roteiro (você citou Kung Fusão e Corra que a Policia Vem Aí, esses dois tem ótimos roteiros e com situações e dialogos inteligentes e muito bem trabalhadas, o "ridiculo" pode ser engraçado ou simplesmente, ridiculo, caso do Bad Boys). Sim, o Bay tem um humor peculiar e uma maneira excentrica de ver as coisas, sim ele não faz filmes com pretensão de serem OP, sim ele é honesto em seus ideais, que aqui são, fazerem as coisas voarem. Mas será que um filme apenas por ser "assumidamente" idiota tem que ser tratado como algo bom? Não. Resumindo, concordo quando você fala que todos os cinemas são importantes. Existe filmes de "arte" ótimos e péssimos, assim como existe filmes de "diversão escapista" ótimos e péssimos, Bad Boys 2, é péssimo. Simples.

Share this post


Link to post
Share on other sites

OK, let's:

 

Em nenhum momento ousei comparar Kung-Fusão e Corra Que a Polícia Vem Aí ao Bad Boys II. São filmes muuuito inteligentes, na minha opinião. Bad Boys II não é inteligente. Bad Boys II é burro feito uma porta, mas sabe disso. Um filme assumidamente "idiota" deve ser considerado bom se análisado frente a outros filmes "idiotas". Quando você fala "diversão escapista" está colocando Bad Boys II no mesmo saco que  Kung-Fusão e Corra Que a Polícia Vem Aí. Há, ora, vários tipos também de diversão escapista. Há os que você não precisa, com o perdão do clichê, desligar o cérebro. Bad Boys II precisa ser visto com boa vontade, você precisa recostar e se deixar levar pelo filme, não ligando pra suas aberrações nem ratinhos trepando. Considero Bad Boys II neste contexto. Repare no nome deste tópico, Bad Boys II nada mais é que uma ótima bomba. É excelente pelo que se propõe. Isso é mais simples.

 

Ps: não sabia que você gostava do Will Smith.1306 Pra mim, ele só serve pra fazer filmes do Michael Bay mesmo. Ele importa as piadinhas infames pra todo trabalho do qual perticipa, deve estar no contrato. Veja Eu, Robô, por exemplo. "Docinho?".0706 Nem quero imaginar no que Matrix teria se transformado caso ele tivesse resolvido participar do filme. Deus abençoe James West por isso!1606

 

Ps2: a assinatura é pra mim?1906

Share this post


Link to post
Share on other sites

"""Bay não é o apocalipse do cinema, tampouco seu messias. O cinema precisa de Michael Bay, o cinema precisa de Bad Boys II, de Jason, de Kung-Fusão, de Corra que a Polícia Vem Aí, de Amadeus e de Laranja Mecânica. Empobrecer o cinema seria apagar uma de suas faces, seria admitir a existência de apenas um dos lados, o que acontece tanto com o público “comum”, que só curte Bad Boys II, como o público intelectulóide, que só curte Laranja Mecânica. Bad Boys II não faz nada mais que cumprir o prometido. Quem se sentiu enganado precisa, antes de tudo, conhecer a si mesmo."""

 

Belo comentário!!!!10 Aproveitando a citação, Kung-fusão é uma obra-prima...06 ah, e tbm gosto de Bad Boys II, porém odiei os últimos 20 minutos...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Li o texto do Forasteiro e ... DISCORDO !!! Acho que nenhum usuário do Fórum que diz detestar Bad Boys II esperava ver discursos filosóficos, excelentes atuações ou sair do cinema refletindo sobre sua vida. Acontece que o filme funciona mal até como mera diversão escapista. Aqui entra o que o nosso amigo Tensor disse:

 

 "Humor besta (não, não fiquei chocado com os cadaveres sendo jogados

pela alta estrada, apenas achei ridiculo mesmo, e também nao morro de

rir por ver um casal de ratinhos transando), situações estupidas (Era

intenção serem estupidas? Pois é, então eles realmente conseguiram

isso) e protagonistas ridiculos (e olha que eu gosto do Will Simith,

mas aqui ele está insuportavel e totalmente sem graça! E eu nem quero

falar do OUTRO cara 07)."

 

Eu pelo menos encaro cinema como arte e diversão, o que me faz gostar tanto de Magnólia como de Um Maluco no Golfe. 01

Engraxador!2006-10-17 13:21:39

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que me espanta nesta "análise" de Bad Boys II é que o Forasta pesquisou sobre o assunto! : ) O texto está bom colega cozinheiro, mas não me convenceu... sorry. Para mim o filme serve ao menos par testar o meu subwoofer... nisto ele passa com louvor.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×