Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
watchman

Batman: Versões do Joel Schumacher

Recommended Posts

Mensagem

 

Tópico: Batman: Versões do Joel Schumacher

 

Enviada 19/Jul/2009 as 12:06 por Jorge Soto

 

Postada por amgcine

 

 

 

De fato são ruins os filmes de Joel Schumacher.

 

 

 

 

 

Batman Eternamente é um filme capenga. O tom sombrio dos filmes de Tim Burton é substituído por luzes de neon. Os vilões do filme só convenceriam como vilões de bob sponja.

 

 

 

Val Kilmer é um Batman totalmente sem sal.

 

 

 

Duas Caras de Tommy Lee Jones é um personagem totalmente equivocado. Ao contrário dos quadrinhos, esse duas caras só vive pulando, gritando, fazendo piadas.

 

 

 

Charada de Jim Carrey é uma mistura do máscara com ace ventura.

 

 

 

O filme gerou uma continuação só porquê deu dinheiro. Na época a produção recebeu inúmeras críticas. Mas, como foi rentável, teve uma sequela a seguir que foi muito pior.

 

 

 

 

 

Batman & Robin é um dos piores filmes da história do cinema.

 

 

 

Nesse filme Batman não tem mais trauma. Ele combate o crime nessa história por motivos torpes. O sujeito sério dos filmes de Tim Burton dá lugar a um cara boa praça, cheio de piadas.

 

 

 

Robin na história é só um adolescente rebelde.

 

 

 

Batgirl é totalmente inexpressiva.

 

 

 

Os vilões do filme não tem um pingo de seriedade.

 

Mr Freeze só vivia falando piadinhas sobre gelo. O personagem parecia o boneco da Michellin.

 

 

 

Bane, que nos quadrinhos é o cara que aleijou Batman, no filme é um sujeito totalmente imbecil. O personagem parece um Shrek descerebrado.

 

 

 

Gotham City, que nos filmes de Tim Burton era uma cidade sombria, virou uma cidade alegre e colorida.

 

 

 

O filme tinha cenas pra lá de toscas : Batman escorregando pela cauda do dinossauro que nem Fred Flinstone, o bat cartão de crédito, etc.

 

 

 

 

 

Não recomendo ambos filmes.

 

 

 

a impressao com q fiquei dos filmes do Schumaquer foi q houve uma tentativa (frustrada) de resgatar o ar trash/camp do seriado do morcegao.. so faltou colocar " Pow" .." Crash" .." Bang" ..mas infelizmente o resultado nao serviu nem p/ homenagem do saudoso e divertido seriado do Adam West & Burt Ward, ja q o filme quer tb se levar a serio com tds os absurdos acima citados pelo colega..

 

 

 

 

 

 

 

Com certeza, só faltou nos filmes de Joel Schumacher as onomatopéias e o telefone vermelho.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ressuscitando o tópico.

 

Batman Eternamente não é tão ruim quanto sua sequência, apesar de estar longe do nível dos filmes de Burton e Nolan. O que destrói o filme, na verdade, é o fato de ser uma sequência dos filmes anteriores do Burton. Poderiam ter feito um reboot meia boca, ao nível do que fazem na série 007 toda vez que mudam de ator: é continuação, mas num estilo meio "foda-se", não vamos fazer muitas referências ao que ocorreu antes. O filme do Schumi faz quase isso, mas mantém laços claros com a série anterior, apesar do visual e do tom mais alegres. Já ouvi histórias de que o diretor queria seguir adiante com a abordagem gótica de Burton (que inclusive se manteve como produtor do filme), mas o estúdio impôs sua visão escrota. Schumacher, por sua vez, topou largar sua visão sombria por algo mais alegre, que também contentasse sua persona gay.

 

O resultado é muuito abaixo dos filmes de Burton, mas é um filme suficientemente bacana e eficiente para se assistir novamente. O maior erro é se levar a sério demais, em contraste com o roteiro kitsch. O filme da década de 60 funcionava porquê era uma comédia trash, que tinha consicência do ridículo de ter um cara saindo vestido de morcego para combater heróis fantasiados. Funcionava exatamente por isso, e eu agradeço por alguém ter feito essa visão sobre o lado ridículo do personagem. Schumacher não. Os personagens se levam a sério demais (em especial em seu segundo filme), mesmo com o tom da série de TV. Os diálogos são pavorosos, mas sem a graça e auto-consciência da série com Adam West. Se Schumi tivesse feito seus filmes à luz do dia e com poucos recursos (um dos motivos pelo qual o filme de 66 é tão delicioso de assistir, mesmo com seus defeitos), teríamos um tributo sincero (e menos ofensivo) ao lado cômico do personagem.

 

Eternamente tem muita coisa boa, em parte pela ainda presente influência dos filmes de Burton. Claro que aquele monte de tomadas em ângulo (que remetem à Adam West) são uma porcaria, mas Schumacher tem um senso visual apurado para a composição visual, mesmo com a direção de arte pavorosa. Funciona também por não ser tão influenciado pelo lado ruim da série dos anos 60, mas mais pelos quadrinhos dos anos 40, antes de Denny O'Neil e Neal Adams, quando as aventuras eram fantasiosas, mas respeitavam, o lado psicológico do personagem, ainda que de uma forma meio capenga. Depois de A Sedução de um Inocente os gibis viraram um lixo absoluto, piores do que um Batman & Robin. Mas Eternamente tem influência dos gibis antes dessa fase (mas não do início sombrio em 39/40, com roteiros mais elaborados, influenciaram parcialmente o primeiro de Burton).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também gosto do Batman Eternamente, não é uma brastemp mas é bom.

 

Considero que o erro maior do filme seria a caracterização do vilão Duas Caras. Schumacher deveria ter feito um vilão sombrio (Duas Caras) + um vilão palhaço (Charada), ficaria bem melhor, mas acabou ficando com dois vilões palhaços na trama, já que Duas Caras acabou virando um sub-Coringa, que só sabe rir e fazar palhaçadas. De resto, não tenho reclamações maiores sobre esse filme.

 

Dos 4 filmes anteriores do Batman, os que eu curto são o Batman Returns mas mais pela parte técnica (visual + som) que são incriveis mesmo (Burton fez um trabaho primoroso aqui juntando o gótico com o Natal), e esse Batman Eternamente, que considero que tenha a melhor história dos anteriores, justamente por ter como figura central da trama o Batman/Bruce Wayne (e não os vilões). Batman & Robin é um desastre total e já o Batman de 89, não curto muito mesmo, meio sem sal. Nem o Nicholson de Coringa consegue salvar muito o filme.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Batman & Robin tem uma subtrama bacana envolvendo a doença do Alfred, mas nunca evolui para algo mais interessante. Foi uma ideia interessante dar um peso dramático envolvendo uma possível morte do aliado mais fiel do Batman, mas todos conhecemos o resultado final, infelizmente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu fico muito bravo, com o eternamente e até mesmo com o TDK, é o tratamento dado ao duas caras. Sério, ele é um vilão completamente cheio de conflitos e dilemas, tal qual o Batman.

 

Colocam tanto o coringa como a grande antítese do Batman, mas o Duas caras é um vilão e tanto. E em nenhuma das duas obras souberam aproveitar isso.

 

O Nolan, transformou ele num cara amargurado que queria sua vingança pessoal. E O Schumacher.....bom, deixa pra lá.

Share this post


Link to post
Share on other sites
 Piores trajes de super-heróis.
Essa semana, tivemos várias notícias revelando artes com os novos visuais de trajes que serão utilizados nos próximos filmes de super-heróis, como Homem de Ferro e Homem Aranha, ótimos, por sinal. No entanto, é mais divertido, aproveitar para relembrar os piores.

Tentei mesclar entre heróis da Marvel e DC para não parecer um “Marvelete”, por que convenhamos, os heróis da DC poderiam facilmente ocupar todas as posições. Também busquei produções maiores e mais recentes, porque falar mal das versões dos anos 80-90 de Hulk, Capitão América, Super-Homem e cia, seria covardia.

TOP 5 – Piores trajes de super-heróis no Cinema.

 

 

5º Lugar – Demolidor – O homem sem medo.

Couro nunca pega bem.

Demolidor.jpg

4º Lugar – Mulher-Gato.

Parece a mais barata roupa sado masoquista de um Sex-Shop qualquer de esquina. Só não fica em posição pior, porque ao menos deixa bastante do corpo da Halle Berry de fora.

catwoman.jpg

3º Lugar – O Espetacular Homem-Aranha.

Tentando dar uma visão mais realista ao herói (alô? O garoto ganha super poderes ao ser picado por uma aranha?!?!?!), fizeram um traje como algo que pudesse ser adaptado de roupas de esportes radicais compradas na internet. O resultado é tão sem estilo que a primeira imagem da continuação, já revela algo muito mais parecido com a roupa vista na trilogia de Sam Raimi.

Amazing-Spider-man.jpg

2º Lugar – Lanterna Verde

Depois de não aprovar o resultado do traje digital, a Warner ao invés de voltar atrás, usando um convencional, injetou mais dinheiro para ver se melhorava. Só conseguiu um tombo maior.

collage_photocat.jpg

1º Lugar – Batman & Robin.

Não basta um traje ridículo, tem que fazer pose ridícula. “I’m a chicken”. Tem tanta coisa errada no “Batimá” de Joel Schumacher que eu não gosto nem de comentar.

Batman-and-Robin.jpg

Menções desonrosas para: O conjunto da obra de X-Men, o Supeman de Brian Singer, o que mais?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os uniformes do X-Men são bacanas. Os filmes não podem ser 100% realistas (como aquele lixo do novo hómi aranha tentou ser), mas dar uma roupagem (digo, o visual em geral) mais sóbria (e caindo, conscientemente, um pouquinho, no ridículo) foi uma boa sacada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os uniformes do X-Men são bacanas. Os filmes não podem ser 100% realistas (como aquele lixo do novo hómi aranha tentou ser), mas dar uma roupagem (digo, o visual em geral) mais sóbria (e caindo, conscientemente, um pouquinho, no ridículo) foi uma boa sacada.

 

Somos dois...tb concordo q os uniformes da equipe mutante foram apropriadamente adaptados pras telas..lembrar q na epoca Matrix bombava e os trajes sao bem parecidos. Dureza ia ser fiel aos quadrinhos, com roupa colante preta e amarelo.

 

E Primo, tb sou dos q acha a roupa do Demolidor bacana. Veja bem..bacana, nao formidavel... ;)

 

Nao sei quem fez esse ranking, acho q o podcast do C&C..mas concordo em genero , numero e grau com os horriveis trajes de biscate da Mulher-Gato e dos baitolas bat-mamilos do Schumaquer.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Somos dois...tb concordo q os uniformes da equipe mutante foram apropriadamente adaptados pras telas..lembrar q na epoca Matrix bombava e os trajes sao bem parecidos. Dureza ia ser fiel aos quadrinhos, com roupa colante preta e amarelo.

 

E Primo, tb sou dos q acha a roupa do Demolidor bacana. Veja bem..bacana, nao formidavel... ;)

 

Nao sei quem fez esse ranking, acho q o podcast do C&C..mas concordo em genero , numero e grau com os horriveis trajes de biscate da Mulher-Gato e dos baitolas bat-mamilos do Schumaquer.

 

Também não acho o uniformes dos X-Men ruim. Até hoje não sei porque o povo implica com eles. É aquele mimimi eterno de "não é igual ao HQ". Blé.

 

E Batman & Robin e Mulher Gato da Berry, nem tem o que discutir, são ruins demais mesmo. Deveriam ser al-concurs (é assim que se escreve? nem sei), não deveria entrar na votação porque é covardia demais pro outros candidatos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

GEORGE CLOONEY PEDE DESCULPAS POR SEU BATMAN

 

"Foi um desastre"

23/05/2015 - 13:12 - ALINE DINIZ

George Clooney  foi ao programa The Graham Norton Show para promover seu novo filme, Tomorrowland - Um Lugar Onde Nada é Impossível , mas acabou falando também sobre uma outra produção que estrelou há alguns anos.

O ator explicou que já havia estado na San Diego Comic-Con para o lançamento deBatman & Robin e assume que o filme "foi um desastrei". Quando Norton pergunta se ele se desculpou com os fãs, Clooney replicou: "eu sempre me desculpo por Batman & Robin".

 

FONTE: OMELETE

Share this post


Link to post
Share on other sites






Batman Eternamente | “Era horrível”, diz Michael Keaton sobre o roteiro
Ator falou por qual motivo recusou terceiro filme da franquia

04/01/2017 - 12:23 CAMILA SOUSA













capaKeaton.jpg

 

Durante entrevista ao THRMichael Keaton criticou o roteiro de Batman Eternamente e disse que esse foi o motivo de não ter aceitado voltar ao personagem no longa:


“Era horrível! O roteiro nunca foi bom. Eu não conseguia entender por que ele queria fazer o que queria fazer. Eu me segurei em muitas reuniões. Soube que o filme tinha problemas quando [Joel Schumacher] disse ‘por que tudo tem que ser tão escuro?’”.


 


FONTE: OMELETE







Share this post


Link to post
Share on other sites
Batman Eternamente | Joel Schumacher revela que queria sequência no Asilo Arkham

 

Mudança de elenco, porém, fez projeto se tornar "Batman & Robin"

 

 

Em entrevista para o THR (via Screen Rant), Joel Schumacher revelou que queria fazer uma sequência de "Batman eternamente" no Asilo Arkham:

 

"Eu sempre quis um filme completo no Arkham e fiz uma cena no fim de 'Batman eternamente', quando Jim [Carrey, o Charada] está em uma camisa de força e Nicole [Kidman] aparece para vê-lo. Era uma dica para o Asilo Arkham, que eu amo e acho que seria divertido colocar outros vilões lá".

 

Porém, com a troca do elenco, a sequência se tornou "Batman & Robin", filme que completou 20 anos de lançamento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×