UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

Eu também não sou fã de Crepúsculo, mas assisto e li os livros há partir de Lua nova. E concordo com tudo que Pablo Vilaça disse na critica.

Odeio quando comparam a autora Stephenie Meyer a J. K. Rowling. A autora de Harry Potter é o verdadeiro gênio da fantasia e não ela, mas o modismo faz com que as pessoas caiam aos pés de Meyer. Nossa! O que tem nos livros de Crepúsculo para ela ser tratada como a rainha da fantasia? "uma menina doida que coloca os pés em brasa por um vampiro - segundo diz no livro." "Uma garota que quer perder a infância, deixando os amigos pra se transformar em vampira, eu não acho isso normal!

Certo, acho legal o combate entre lobos e vampiros e tal, por isso assisto e leio, mas acho meloso demais Bela dizer que não vai existir paraíso sem Edward. Ela trata ele como um Deus! E parece que os leitores concordam com a loucura dela 09 ...

 

Lembrando que não estou aqui pra ofender nenhum fã de Crepúsculo. Pra mim essa série é mais modismo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pablo, genial o seu comentário gravado - Especialmente pelo diagnóstico acertadíssimo sobre a Bella. A maneira como a personagem se comporta diz muito sobre a visão da Stephenie Meyer a respeito de relacionamentos, e do papel da mulher neles.

 

Só vou assistir o filme quando passar na tv a cabo, como fiz com Crepúsculo (afinal, né, não pago pra ver no cinema de jeito nenhum), mas, curiosamente, as melhores parte do trailer, na minha opinião foram justamente as que mostram os Volturi. Michael Sheen se esforçando pra conseguir nerd cred.

 

Rildo, vou concordar com você que a J.K. Rowling está milhares de degraus acima da Stephenie Meyer como escritora, mas "gênio da fantasia"? Talvez no dia em que ala admitir que chupou Harry Potter desavergonhadamente das páginas de "Livros da Magia", do (esse sim, merecedor da alcunha de gênio) Neil Gaiman.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois é, em um degrau acima na discussão, há quem diga que a Rowling não é nada, e que o verdadeiro mestre da fantasia é J.R.R. Tolkien ou, como disse o James aí em cima, Neil Gaiman. Cada um tem um gosto específico, não há como discutir.

 

A Meyer criou um mundo fantástico de vampiros purpurinados e lobisomens hulks (como o Pablo falou), mas ironicamente, isso é só o plano de fundo de uma história de amor - e só.

 

Ah, sim, deixando a minha experiência dessa saga aqui: Eu li todos os três primeiros livros até o final, o quarto comecei e não terminei até hoje (estava achando muito absurdo).

 

O que chama a atenção nos livros não é a boa escrita da Meyer, já que não é nada demais (bom, talvez se explique pelo fato de que seja o primeiro livro dela, ou não), mas sim uma história facílima de ler pra adolescentes sonhadoras e românticas. TODO MUNDO (de importante, pelo menos) no livro é alguma criatura com super poderes ou coisa assim, com exceção da protagonista. Mesmo assim, todos caem aos pés dela. E que menina adolescente normalzinha não gostaria de "causar" e ter o amor recíproco de um cara lindo e fora do normal?

 

Muitas delas não admitem que o motivo pra gostarem tanto dos livros é esse, mas elas nem sabem que é essa a verdade.

 

 

 

Enfim, o primeiro filme - que foi o único que vi - é bem fraquinho, mas acho que quase nenhuma fã apaixonada vai conseguir ver isso. Gente, obsessão feminina adolescente é uma coisa que só mulheres entendem. E mesmo assim, não são todas. Eu já tive meus tempos de fã alucinada, e posso dizer que nada do que falem sobre o objeto idolatrado afeta. Sim, mesmo que seja uma porcaria. 06.gif

 

Muita gente acha esse tipo de coisa ridícula, mas só quem já passou por isso sabe a sensação boa que dá. É muito legal se entregar ao ridículo, ainda mais na adolescência, que é a época pra isso.

 

 

 

Enfim, Pablo, só um comentário: Os "lobisomens" andam sem camisa no frio e na chuva porque a temperatura do corpo deles é algo em torno de 42°C . Eles não sentem frio mesmo.

 

Aliás, foi um jeito que a Meyer arranjou de contrastar ao máximo o Edward do Jacob. Enquanto um é gelado feito um cadáver (porque é um), outro é quente feito fogo.

 

 

 

E outra coisa, não entendi por que 3 estrelas, já que a crítica só fala mal do filme. 06.gifdark_angel2009-11-20 12:25:48

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

É, também não entendi as 3 estrelas... Para mim, pela crítica, deveriam ter sido duas 06.gif

 

Ainda não vi o filme, mas li o livro e o Pablo acertou pelo filme mesmo... A Bella é realmente uma topeira submissa, chega a ser irritante. O terceiro tem tudo para ser o pior filme, devido à qualidade do material (06), e o quarto... Sem comentários rs

 

Kate B.2009-11-20 12:59:47

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

o pablo foi ameaçado de morte por uma corrente de fãs mais radical. além disso' date=' dá pra esperar qualquer coisa de um cara que acha bastardos inglórios apenas razoável. haha[/quote']

 

Verdade... 06

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O fato é que a "saga" Crepúsculo é uma gigantesca Mary-Sue - Aquele tipo de fanfiction em que a protagonista é claramente uma representação da autora. No caso específico de Crepúsculo, a menina desastrada que atrai todos os olhares dos garotos extraordinários e, ao se tornar ela própria alguém com essas características extraordinárias, revela-se muito mais super-extra-mega-extraordinária que os outros.

 

Quanto à J. K. Rowling - Gosto dos livros dela, e admito que ela conseguiu desenvolver um rico e interessante universo para seus personagens. Acrescento ainda que ela merece créditos por incentivar a garotada da geração Playstation a ler, livros enormes e sem figuras. Mas ela tem várias deficiências como escritora, e eu realmente gostaria que, um dia, ela desce aos "livros da Magia" o crédito devido pela "inspiração" para criar Harry Potter.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os "lobisomens" andam sem camisa no frio e na chuva porque a temperatura do corpo deles é algo em torno de 42°C . Eles não sentem frio mesmo.
Mero engano minha amiga!Quanto mais alta a temperatura do nosso corpo mais frio sentimos, um exemplo disso é quando estamos com febre.Parece que essa Meyer matou umas aulas de ciencias.

 

A saga ''Crepusculo'' é puro modismo, todos se esquecerão depois que o quarto filme acabar.

 

Mas nem todos(praticamente nenhum)jovem vai ao cinema para ver uma obra de arte.

 

Porém acho esse modinha melhor que ''Transformers'', e mesmo não sendo fã(longe disso) vou ver todos os filmes.

 

Ah!Também não entendi as 3 estrelas já que o Pablo só esculachou o filme.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os "lobisomens" andam sem camisa no frio e na chuva porque a temperatura do corpo deles é algo em torno de 42°C . Eles não sentem frio mesmo.

 

Mero engano minha amiga!Quanto mais alta a temperatura do nosso corpo mais frio sentimos' date=' um exemplo disso é quando estamos com febre.Parece que essa Meyer matou umas aulas de ciencias.[/quote']

 

Pois é, Movieman. Lembro de estar lendo o livro e ter pensado exatamente isso. 06.gif

 

Mas essa foi a explicação que a Meyer deu, então tava repassando pro Pablo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu assisti.

 

 

 

Achei interessante que a crítica do Pablo girou em torno da história do filme, e pouco falou da parte técnica do cinema, da qual normalmente fala (deve ser porque foi tão ruim, que nem valia a pena).

 

 

 

Dizer que esse filme é melhor do que o 1º é chover no molhado. Crepúsculo é o pior filme que já foi feito, fora do gênero comédia. Lua Nova é "só" ruim.

 

 

 

Algumas partes do filme foram modificadas com relação ao livro... e por incrível que isso possa parecer, conseguiram piorar a história (SPOILER - como a Bella VER o Edward, em vez de ouvir; ou a mesma subir na moto do malfeitor no meio da rua e ele devolver a menina, sem fazer nada. Gente boa esse malfeitor - SPOILER).

 

 

 

O Weitz tem uma direção incrivelmente rasa, óbvia e superficial. Parece que ele se esforça para que o espectador não participe da cena... com aquela trilha de fundo tipo elevador de shopping enquanto haviam diálogos (que deveriam ser) significantes para a história acontecendo.

 

 

 

A história é ruim. Mas ela é ruim porque a mulher escreveu isso daí mesmo. Mas dava pra fazer um filme mais interessante para o público adolescente... Se soubessem explorar alguma emoção das cenas... Mas com esse trio principal (bem como os Cullens coadjuvantes)... fica difícil mesmo.

 

 

 

Stewart me decepciona nesses filmes. Achei que ela fosse crescer e se tornar uma atriz mais ou menos... Mas não. Dá pra sentir a diferença dos níveis de atuação para os 3 segundos em que a Dakota Faning fica na tela.

 

 

 

Nhe.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Os "lobisomens" andam sem camisa no frio e na chuva porque a temperatura do corpo deles é algo em torno de 42°C . Eles não sentem frio mesmo.

Mero engano minha amiga!Quanto mais alta a temperatura do nosso corpo mais frio sentimos' date=' um exemplo disso é quando estamos com febre.Parece que essa Meyer matou umas aulas de ciencias.[/quote']
Pois é, Movieman. Lembro de estar lendo o livro e ter pensado exatamente isso. 06.gif
Mas essa foi a explicação que a Meyer deu, então tava repassando pro Pablo.

Eu entendi...

Acho que ela devia ter pesquisado um pouco antes de fazer sua ''teoria''.


Stewart me decepciona nesses filmes. Achei que ela fosse crescer e se tornar uma atriz mais ou menos... Mas não. Dá pra sentir a diferença dos níveis de atuação para os 3 segundos em que a Dakota Faning fica na tela.

Será que ela é realmente uma atriz ruim ou o filme está a estragando?..

Gostei muito dela em alguns filmes que vi, ''Into the Wild'' por exemplo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo conteúdo da crítica, assim como foi a de "2012", este aqui merecia 2 estrelas...

 

Basicamente o Pablo falou mau aqui do que havia falado mau do anterior, o que não é muito animador. Mas confesso que um dos meus poucos interesses no primeiro filme era com relação a Bella, especialmente na relação com seu pai.

 

Enfim... 12
Thiago Lucio2009-11-20 17:35:26

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acabei de ficar sabendo que a Bella no livro é ''sem expressão''.

 

Talvez seja por causa disso que vários críticos estão dizendo que Stewart não é boa atriz, sendo que na verdade ela só está encarnando a personagem como ela é no livro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Acabei de ficar sabendo que a Bella no livro é ''sem expressão''.

 

Talvez seja por causa disso que vários críticos estão dizendo que Stewart não é boa atriz' date=' sendo que na verdade ela só está encarnando a personagem como ela é no livro.
[/quote']

 

Começaram as desculpas esfarrapadas dos fãzóides...

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Acabei de ficar sabendo que a Bella no livro é ''sem expressão''.

 

Talvez seja por causa disso que vários críticos estão dizendo que Stewart não é boa atriz' date=' sendo que na verdade ela só está encarnando a personagem como ela é no livro.
[/quote']

 

Começaram as desculpas esfarrapadas dos fãzóides...

 

Começaram a chegar o povo que só lê o último post HAHAHAHAHAHAHAHAHHHAHAAHAHAHAHAHAHHAHHAHAHAHAAHHAAHA

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Acabei de ficar sabendo que a Bella no livro é ''sem expressão''.

 

Talvez seja por causa disso que vários críticos estão dizendo que Stewart não é boa atriz' date=' sendo que na verdade ela só está encarnando a personagem como ela é no livro.
[/quote']

Começaram as desculpas esfarrapadas dos fãzóides...


Começaram a chegar o povo que só lê o último post HAHAHAHAHAHAHAHAHHHAHAAHAHAHAHAHAHHAHHAHAHAHAAHHAAHA

kkkkkkkkkk

verdade.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Respeito muito sua opinião, pois até onde sei é um profissional muito competente. Acredito também que muitas pessoas podem escrever e distorcer ou até fazer observações malcriadas sobre meus comentários. Contudo, pensei que antes de fazer a crítica sobre um filme baseado em um livro, era necessário ter lido o mesmo, ou pelo menos ter feito uma pesquisa sobre ele. Já li muitas obras interessantes, li Shakespeare, Tennessee Williams, Machado, Eça, e tantos outros, mas também acho saudável ler obras descompromissadas, viajar um pouquinho. Acho que a Stephenie nos propõe isso: um romance purista, inocente, um amor que não existe. Permitir que as garotas normais, que são a maioria, se identifiquem com a mocinha sem graça, que consegue a atenção de todos, até mesmo de seres “especiais”. Se nos propomos a ler uma história (ou será melhor dizer estória) sobre vampiros e lobisomens, porque não acreditar nisso também?

Não vi muitos filmes com a Kristen Stewart e até acho que ela é uma pessoa sem graça, mas acho que é justamente isso que faz com que ela se encaixe no papel. Bella é uma menina comum, apática, que não demonstra aquilo que sente e que tão pouco gosta de “ser cuidada”. Isso, é óbvio, fica bem claro para quem leu o livro.

Também não vi muitos filmes com o Pattinson, e não me julgo capaz de julgá-lo, por exemplo, no papel de Cedrico, pois não li Harry Potter para saber sobre o personagem. Não posso dizer se ele é ou não é o ator mais expressivo do universo, porém, quem leu o livro sabe que Edward e os demais vampiros são duros, com a pele rígida como mármore, gelados, seres que não dormem, capazes de passar horas e horas na mesma posição, e que, por isso mesmo, não são seres muito expressivos. Além disso, a questão sexual (aliás, aquela  do avião é meio forçação de barra, não acha?), passa pelo fato de que para Edward causa uma imensa dor estar perto dela e sentir seu cheiro sem atacá-la. Beijá-la é algo difícil. Só não lembro do Edward ter tomado pau em trigonometria ou em qualquer outra matéria...

Quem leu o livro também sabe que o Jacob, que é um personagem, anda sem camisa o tempo todo, mesmo com o clima de Forks, corpo muito elevada e por ser mais fácil na hora da transformação, já que as roupas dos meninos acabam se rasgando. Falar que isso da temperatura não acontece com os seres humanos (como sentir frio quando estamos com febre) não tem muita razão de ser. Não estamos falando em vida real, mas em uma obra de ficção. Se quisermos realidade, devemos ler o jornal.

Quanto ao brilho, qual é o problema de ser criar em cima da lenda? Hoje em dia há filmes com vampiros que não se queimam com o sol, não tem medo da cruz, se transfomam em monstros deformados quando vão atacar. Por que não brilhar?

           

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu não vi o filme, e o primeiro eu realmente não gostei ... a trilha sonora era algo grotesco...e a maquiagem dos atores era de péssima qualidade....

mas...... li todos os livros,e sim gostei e MUITO!!!

      LI  por pura coriosidade,pois adoro ler e já li em minha vida de tudo......

 Tenho certeza que o filme será ruim ,que não será como no livro,mas irei ao cinema ,não sei quando,me recusei de ir na estréia!!!!!!! e depois volto p comentar!!13
Geari2009-11-21 08:33:15

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Contudo, pensei que antes de fazer a crítica sobre um filme baseado em um livro, era necessário ter lido o mesmo

 

Isso não procede. Um filme, ainda que seja uma adaptação, é uma obra de arte independente e que deve se bastar para ser coerente. Ninguém precisa ler o livro do Mário Puzzo para ver O Poderoso Chefão, ninguém precisa ler as histórias em quadrinhos da Dc Comics para poder entender Batman Begins. Um filme que necessite de tal "pesquisa" para ser entendido significa uma adaptação mal feita. Um filme tem que bastar a si mesmo.

 

Não vi muitos filmes com a Kristen Stewart e até acho que ela é uma pessoa sem graça, mas acho que é justamente isso que faz com que ela se encaixe no papel. Bella é uma menina comum, apática, que não demonstra aquilo que sente e que tão pouco gosta de “ser cuidada”. Isso, é óbvio, fica bem claro para quem leu o livro.

 

Bella é uma personagem mal desenvolvida no material original. E a atriz parece não contribuir muito para mudar essa situação no filme (não, não é vantagem ela ser exatamente o que é no livro, se no livro ela é sem graça desse jeito. A idéia aqui não é ser fiel ao livro, mas sim fazer um bom filme, o que não é a mesma coisa). No final, Bella é uma protagonista aborrecida, como Pablo apontou na crítica.

Não posso dizer se ele é ou não é o ator mais expressivo do universo, porém, quem leu o livro sabe que Edward e os demais vampiros são duros, com a pele rígida como mármore, gelados, seres que não dormem, capazes de passar horas e horas na mesma posição, e que, por isso mesmo, não são seres muito expressivos.

 

Fazer um personagem de caráter frio não é a mesma coisa de ser inexpressivo. Atores talentosos conseguem fazer personagens frios terem forte carga dramática. Aprendizes de galã adolescentes fazem o que Pattinson faz.

 

Além disso, a questão sexual (aliás, aquela  do avião é meio forçação de barra, não acha?), passa pelo fato de que para Edward causa uma imensa dor estar perto dela e sentir seu cheiro sem atacá-la. Beijá-la é algo difícil. Só não lembro do Edward ter tomado pau em trigonometria ou em qualquer outra matéria...

 

Essa é justamente a metáfora a respeito da abstinência da qual o Pablo se refere. Não era necessário explicitar, já estava bem entendido.

 

Quem leu o livro também sabe que o Jacob, que é um personagem, anda sem camisa o tempo todo, mesmo com o clima de Forks, corpo muito elevada e por ser mais fácil na hora da transformação, já que as roupas dos meninos acabam se rasgando. Falar que isso da temperatura não acontece com os seres humanos (como sentir frio quando estamos com febre) não tem muita razão de ser. Não estamos falando em vida real, mas em uma obra de ficção. Se quisermos realidade, devemos ler o jornal.

 

Esse argumento das roupas é melhor do que o da temperatura (que, conforme já explicado, simplesmente não faz sentido), ele diz isso das roupas no filme? Sabemos que não estamos falando de vida real, mas um filme tem que ser pelo menos logicamente coerente consigo mesmo. Se é para dar uma desculpa furada, seria melhor não dar desculpa nenhuma e admitir que estão simplesmente explorando o físico dos atores.

 

Quanto ao brilho, qual é o problema de ser criar em cima da lenda? Hoje em dia há filmes com vampiros que não se queimam com o sol, não tem medo da cruz, se transfomam em monstros deformados quando vão atacar. Por que não brilhar?

 

O problema é que a idéia é ridícula. Só isso. Vampiro que brilha? Pelamor. O que virá depois? Lobisomem florescente? 06

 

FelDias2009-11-21 08:47:42

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah, acho a Kirsten Stewart uma atriz com potencial, vide "O Quarto do Pânico", "Eu e as Mulheres" e "Na Natureza Selvagem". Logicamente que ela é uma atriz ainda "crua" para algumas exigências, mas no primeiro filme ela dá credibilidade à Bella.

 

Veja o conteúdo dos comentários no fórum sobre a saga... perco cada vez mais a fé no futuro da humanidade...

 

Thiago Lucio2009-11-21 09:39:10

Share this post


Link to post
Share on other sites

Veja o conteúdo dos comentários no fórum sobre a saga... perco cada vez mais a fé no futuro da humanidade...

 

[/quote']

As/Os fãs de ''Crepusculo'' não conseguem admitir que o filme é fraco. Nenhum dos fãs vai ao cinema pra ver uma boa estória, ótimas atuações e nem ao menos ótimos efeitos especiais(o que deveria ser o mínimo que o filme deveria ter).

Nenhum crítico está gostando de ''Lua Nova''.

 

Não é só porque o filme já tem milhares de fãs devido ao livro e aos galãs que os produtores deveriam fazer um filme ruim. 

Harry Potter tem milhoes de fãs e, na minha opinião, os filmes estão cada vez melhores.Esse último está cotado para concorrer ao Oscar de ''melhor filme''.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×