Jump to content
Forum Cinema em Cena
Tensor

O Que Você Anda Vendo e Comentando?

Recommended Posts

"Get the Girl" é uma divertida matinê que lembra os velhos bons filmes do John Hugues dos 80, mas com muito mais violência. Ágil e bem simpática, imagina uma fábula de amor teen não correspondido contada pelo Tarantino..é isso! 8,5-10

1491102073581
 

"Lady Macbeth" é um interessante teatro filmado onde a protagonista principal carrega a producão facim nas costas, embora tb seja impecável tecnicamente. As feministas vão adorar tudo.. exceto do seu desfecho dúbio.  8-10
MV5BMTkzNzA5MzQxNV5BMl5BanBnXkFtZTgwNjcyMjUyMjI@._V1_UY1200_CR90,0,630,1200_AL_.jpg

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Primeiro vez que vejo esse filmaço.

Collateral

2004-collateral-1.jpg



Filme tenso, subverte clichês, com ótima trama e atuações. Tom Cruise em um de seus melhores papéis.

Os aspectos visuais do filme são excelentes.

Provável o melhor trabalho de Michael Mann.

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutes ago, Jailcante said:

Esse é bão mesmo.

Também diria que é o melhor do Mann.

 

Tenho que rever, já que só o vi na época quando comprei o DVD.

Tem no netflix e está lindo em FullHD.

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Chips" é uma bobagem acéfala e grosseira que consegue entupir de clichês inúteis um seriado que era bacana. Imagina um Máquina Mortífera tocado como comédia chula teen. Recomendável apenas pra quem curte o humor "inteligente" do Adam Sandler.. 3-10

image.thumb.png.6d450fd247421c1a74d824a655cb528b.png


"Kill the Messenger" é um bom drama investigativo que explora bem a ligação dos governo dos States e o narcotráfico. O Gavião Arqueiro manda bem no papel principal, neste filme que pra muitos passou despercebido. 8,5-10

image.thumb.png.4eeeee165c6681e2dc1247f7d5d648cd.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

The Legend of the Drunken Master (1978)
drunken_master_poster_01.jpg

Ótima comédia de kung fu.

Apesar de estrelado Jackie Chan e dirigido por Woo-Ping Yuen (provavelmente o melhor coreógrafo do cinema), a verdadeira estrela são as coreografias e humor que puxa do Buster Keaton mas introduz a visão própria com as artes marciais.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Happy Death Day

hdd-teaseronesheet-5940d0221309f-1.png

Filminho despretensioso, previsível e nada mais do que okay. Tenta ser uma comédia de terror como Scream, mas acaba ficando atonal e bipolar.

Senti falta de uma classificação 17+ e uma direção mais firme.

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Thor Ragnarok" é tão divertido e colorido quanto "Guardiões da Galaxia" por não se levar a sério como os (ruinzinhos) filmes anteriores do marteludo e por buscar ser tão transgressor humoristicamente quanto "Deadpool"Parece um reboot do Deus do Trovão que funciona. E quem rouba as cenas são os coadjuvantes Goldbrum, Blanchet e Thomson. 8,5/10

image.png.9e454c8561868d01fbdcc1e35c9cf0e1.png

 

 

"Gabriel e a Montanha" é um filme belissimo que pode ser definido como o "Na Natureza Selvagem" tupiniquim. É um road movie com forte apelo e concessão novelesca, mas que te emociona fortemente e te coloca junto da desventura do personagem titulo. É o filme que quanto menos se souber, melhor. 9,5/10

image.png.c0d34614c76287ccb9e0fcd04580e614.png
 

 

"As You Are" é uma interessante versão teen do noventista "Vida de Solteiro" ao exalar movimento grunge em toda sua projeção. Mas tb flerta com o oitentista "Stand By Me" quando fala de rito de passagem. O componente de thriller e as estupendas atuações são apenas cereja do bolo deste drama nostálgico. 8,5/10

image.png.f6a05fac6d54f9df100508d484fee477.png
 

 

"Off Piste" é um thriller apenas razoável sobre culpa e redenção, etc.. Apesar dos personagens (e interpretações) fortes e alguma tensão, não consegue escapar de passar aquele ar de telefilme médio de sábado. 7/10

image.thumb.png.fc22812f9af82405164fcd522f898cd0.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

"The Osiris Child" é um porre de sci-fy que erra em tudo, desde seu desenvolvimento até interpretações. Pior que é bem feitinha, mas não deixa de ter um ar de primeiro piloto de seriado B. 6-10

image.png.6e6ac1ced17581517f86a9de8e1cefdc.png


"Walking Out" é um filmaço que mais que um bom drama de sobrevivência é um belíssimo drama que fala do vínculo dum pai com seu filho. Grata surpresa com ecos do igualemente bão "The Grey".  9-10

image.thumb.png.3d0966ece211719f5b511ba39432d3b0.png


"Blood Money" é um thriller mediano que pretende ser a versão atual outdoor de "O Tesouro de Sierra Madre". Começa capenga mas infelizmente engrena só mesmo no final. O John Cusack, coitado, ta parecendo cada vez mais o Nicolas Cage..em todos os sentidos. 7-10

image.thumb.png.ba069f3969f267593b5653af406cf8f8.png

 

"Deserted" é um bom indie que comeca thriller dramático mas logo se torna survival minimalista. O legal é que o longa dispensa monstros e psicos tornando o deserto mais um personagem ativo e implacável do longa. 8-10

image.thumb.png.3f611b2c31899813a2b5e91e720ab691.png


"Burn, Burn, Burn" é um divertido road movie inglês que entorna o feminismo de "Thelma & Louise" com o luto de "Antes de Partir". Prepare o lenço ao final. 8-10

image.png.39885821f5c242f2b1e9d0908303182d.png


"6 Bellow" é um bom e eficiente thriller de sobrevivência, uma espécie de "127 Horas" só que na neve. Emocionante, só tem dois poréns que é preciso ignorar pra curtir mais: o dispensável sermão moralista e encarar o Josh Harnett como filho(!?) da tesuda Mira Sorvino. 8,5-10

P_HO00004774.jpg


"Tom of Finland" é uma biografia redondinha sobre um famoso artista de obras GLTB. É interesante mais pela vida do cara (que não conhecia) que pelo filme em si, bastante convencional e com pretensão de passar sermão de tolerância, diversidade e blábláblá. 8,5-10

tom-of-finland-french-movie-poster.jpg


"Seuls" é um bacana scy-fy sobrenatural que seria a versão teen de "O Nevoeiro" com "Eu sou a Lenda". Longe de ser original e bem produzido, o longa ao menos prende o interesse diante do que realmente ta ocorrendo na metragem, culminando numa reviravolta já vista antes. O fato de ser francês já o coloca acima da média das produções genéricas ianques com uma dura crítica a imigração. 8,5-10

image.thumb.png.bd374f59d981397161f9546815ce2eb1.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Otherlife" é um interessante thriller scy-fy que com orçamento merreca tira o melhor de "A Origem", "No Limite do Amanhã" e "Linha Mortal" e o coloca em hora e meia que te prendem na tela. Tem precariedade técnica sim, mas vale a bizoiada pra ficar matutando depois. 8,5-10

image.thumb.png.fd70610a6c6caa48ebdf4a1a3edb1ce5.png


"American Made" parece um fraco spin-off de "Narcos" que dava mais caldo pela história do cara. Só consegue ser razoável pelo carisma do eterno Top Gun, que aliás só teve bombas este ano com o igualmente fraco "A Mumia".  7-10

image.png.3f11075780cd0530273df4968f74b55c.png


"Los Parecidos" é uma deliciosa scy-fy mexicana que emula a essência e formato do saudoso seriado "Além da Imaginação". A bizonha estória lembra "El Bar" mas o mistério final tem relação com outro filme do diretor, o que faz dele parte de um universo fantástico do naipe de "Corpo Fechado". E quanto menos se souber dele, melhor. 9-10
unspecified.jpg

 

"Brawl in Cell Block 99" é um foderoso thriller prisional que emula o exploitation B setentista e cujo maior trunfo é o Vince Vough no poderoso papel principal. O diretor de "Bone Tomahawk" faz aqui outra grande pérola ultraviolenta e é pra se ficar de olho. 9-10

image.thumb.png.8adf933aa02cacb2c5b9fb50c4d2a796.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Just now, Mozts said:

Ganhei uma entrada grátis de Dead Awake. É ainda pior que o esperado. Verdadeira, colossal, titânica, vergonhosa bomba.

Foi de graça e ainda queria meu dinheiro de volta.

Esse é ruim mesmo...credo! Tentaram criar um novo "Freddy Krueger" com o papo da paralisia do sono, mas a precariedade técnica, as interpretações e o roteiro meia-boca não ajudam em nada. Pior que tinha material bom pra desenvolver uma nova mitologia a respeito, mas não souberam colocar em prática.. Sorte sua não ter gasto nada pra ver isso. Eu apenas lamento o tempo que perdi baixando, o espaço de hd e a preciosa hora e meia em que poderia estar prestigiando outra coisa melhor.:rolleyes:

Share this post


Link to post
Share on other sites

"24 Weeks" é um drama alemão que tinha tudo pra descambar no melodrama barato, mas foge disso com elegância graças a sua poderosa prota principal. E o dilema que a assombra (entre abortar ou não seu feto) te segura até o emocionante desfecho.  9-10

image.thumb.png.3cb9d0f08a3ec2b27132461afa527e4d.png


"El Incidente" é uma grata surpresa mexicana de "mindblowing" movie do naipe de "Primer", ao utilizar "scy-fy cabeça" numa alegoria da rotina e da velhice. Parece um capitulo esticado de "Além da Imaginação" e é daqueles filmes que fica na mente, matutando depois a respeito. Ah, e tem interligação com outro filme do diretor, "Los Parecidos". 9-10

image.thumb.png.ac29b03a68eff5197cac4d4b41c9878e.png

 

"The Last Face" é um filme razoável que seria um filmaço se ele soubesse acertar o tom certo do que realmente quer passar. Mesmo tendo o Barden e a Furiosa nos papéis principais, é curioso como um romance entre os dois possa acontecer lindo e maravilhoso no meio da carnificina da guerra civil africana. Bola fora do Penn apesar de bem produzido. 6-10

image.thumb.png.75f936f698675dfc62d82e660b3ab078.png
 

"Marjorie Prime" é um interessante drama de scy-fy do naipe de "Ela". Se aquele lá tratava da interação das pessoas online este aqui versa do luto numa época de inteligência artificial. É teatro filmado acima da média e quem rouba de longe a cena é a velhinha. Curiosidade é o casal principal ser feito de buddies: Tim Robbins e a Geena "Thelma" Davis,  uma vez que Robbins foi casado com a Susan "Louise" Sarandon.  8-10

image.thumb.png.c07d94c58e445fe3ae26b2b60ca855d0.png


"Hajwala" é uma produção curiosa que diverte mais pelo bizonho que pode parecer. Imagina um "Velozes e Furiosos" árabe. É isso. Mas os sheikes ainda precisam comer muito feijão pra chegar perto das produções ianques. 6-10
image.png.b4653052eb218ee32f00d699350d90ec.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

The Scarlet Letter

image.jpg

Visto com projeção de película 35mm.

Pretensioso sem razão, o filme acaba se salvando por causa de atuações e nos cenários muito bem feitos.

Personagens acabam de se conhecer e imediatamente estão apaixonados, a edição é terrível e os diálogos igualmente. Uma história de amor nível Padmé e Anakin.

How Green Was My Valley

022-how-green-was-my-valley-theredlist.j

Famigerado por vencer o Oscar de melhor filme que em retrospectiva seria do Citizen Kane.

John Ford não decepciona, ou pelo menos não o fez até agora. Posso ver por que o filme foi premiado no seu ano como foi. Filmaço esperto e bem dirigido que continua relevante.

Só achei um pouco "turvo" em poucos momentos sobre qual mensagem estava sendo passada.

Não me oporia a um remake.:rolleyes:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Revisto: Trilogia dos Dólares ou Trilogia do Homem sem nome

a_fistful_of_dollars_4.jpg

Uma trilogia por causa de temáticas e artistas, não por elementos canônicos, mas quem liga para semântica né?

Continuo achando o primeiro o melhor apesar do óbvio plágio de Yojimbo. Bem. Yojimbo é um filme espetacular e Sergio Leone (e os roteiristas) roubam o melhor dos melhores, e adicionam, Clint Eastwood, Van Cleef e Ennio Morricone. Legalidades de lado, a obra sobe nos ombros de Kurosawa.

A simplicidade faz do primeiro meu favorito. Cada progressão na trilogia os filmes ficam mais extensos, mais caros e carregados. No terceiro, onde a produção é simplesmente impecável, eu sinto um pouco de sobrecarga com as "side quests" que a trama pega.

Todos os três são icônicos e produzem um certo tom bastante particular. Tem uma qualidade "leve", no melhor dos sentidos, que não sei explicar.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Um roteirista prestigiado de cinema (Hugh Grant), autor de um grande sucesso que influencia inúmeras pessoas, vive uma grande crise criativa, sem dinheiro e emprego e tecnicamente obrigado a se mudar  para E.U.A para dar aula em uma universidade de jovens aspirantes. Pretensioso, arrogante e machista ele de cara arruma intriga com a diretora(Allison Janney)do local.  Entretanto a incursão de uma aluna mais velha mãe solteira(Marisa Tomei) a contra gosto o faz questionar a si próprio e sua relação com os alunos. O eterno grande garoto Hugh Grant continua mantendo o seu velho charme e humor na medida certa, Para mim e disparado sua melhor colaboração com o diretor Marc Lawrence que foram 4, uma comedia leve na medida e com elenco codjuvante (J.K Simmos, Bella Heathcote, Chris Elliott  historia) que dão o ritmo a historia e claro Marisa Tomei sempre arrasando como sempre recomendo

image.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Atomic Blonde

atomic-blonde-t-poster-gallery.jpg

Ótimo filme de ação, bom o suficiente para fazer par com John Wick. A ação, stunts e brigas são espetaculares, com destaque para um set-piece que provavelmente é a melhor cena de ação do ano. Nada surpreendente quando se tem um dos diretores do filme do Keano Reeves e Charlize Theron.

O filme deixa a desejar da história, confusa e inacessível. Beneficiaria de uma trama mais simples, ou talvez de editor melhor que consiga tirar mais sentido da montagem.

Adoraria ver uma sequencia.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 13/10/2017 at 10:52 AM, Jailcante said:

É, eu assisti em 3D, e tô querendo rever no 2D mesmo. Mesmo tendo problemas pontuais, é um filme que quero rever mais.

**Não sei porque insisto no 3D. Em cinema nunca fiquei muito impressionado assim, só em casa é que acho diferença, já que uma coisa que o 3D faz, é aumentar a imagem, mas no cinema a imagem já é grande o suficiente, em casa numa TV é que tudo fica numa escala maior (pelo menos, pra mim eu sinto essa diferença).

Na verdade não é que você insiste, os Estúdios é que não dão muitas opções, qualquer blockbuster hoje tem de vir em 3D, que quando bem trabalhado é um diferencial (vide o recente Animais Fantásticos e Onde Habitam) mas quem produz os filmes não parece muito interessado em entregar um trabalho digno de nota. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Wind River

Wind-_River-_French-poster.jpg

 

O roteirista de Sicario e Hell or High Water se arrisca na direção e faz um trabalho muito bom. Elenco bem legal, destaque pro Jeremy Renner.

Nem tenho muito o que comentar, Wind River é simplesmente muito bom, sequer saberia apontar um negativo. A trama se sustenta sozinha, mas é elevada por temas e comentários, não só focados ao contexto social. O filme vai além.

Wind River é dotado de uma direção e edição invisíveis, no melhor dos sentidos. A edição em particular me deixou hipnotizado. A cinematografia também é chique, bastante econômica e contida.

Algumas cenas são particularmente chocantes e não tem uma tomada desperdiçada, nenhuma cena que eu cortaria.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

"The Villainess" é um bom exemplar de cinema de ação oriental, quasa e pau a pau com o "Atomic Blonde" no quesito pancadaria. Espécie de "Nikita" coreano, o único ruim são os trocentos flashbacks que mais confundem que elucidam a bagaça. 8-10

image.png.9f977440c26fb24105d84364ef24a5b6.png


"Smiley Face" é uma comédia indie de orçamento merreca que é a versão piscotrópica de "Cara, cadê meu carro". É divertidinho sim, mas a precariedade técnica depõe contra este filme,onde quem destoa de longe é uma hilára Anna Faris e ex do Chris Pratt, chapadona. 8-10

image.png.a2c255495905ed8b75d68e799288efc7.png


"Maudie" é um delicioso drama onde a Sally Hawkins carrega o filme nas costas. Com ecos de "Meu Pé Esquerdo" e "Benny e Joon", o longa é daqueles dramas românticos á antiga embora tenha um desfecho precipitado. 9-10

maudie-poster-compressed-1.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, Jorge Soto said:

"The Villainess" é um bom exemplar de cinema de ação oriental, quasa e pau a pau com o "Atomic Blonde" no quesito pancadaria. Espécie de "Nikita" coreano, o único ruim são os trocentos flashbacks que mais confundem que elucidam a bagaça. 8-10

Opa, meu caneco.

Share this post


Link to post
Share on other sites

The Killing

The_Killing_1956_Movie_Poster_2_sjxiq_mo

Um dos primeiros filmes do Kubrick e uma bela porcaria.

Apesar de ter menos de 1h30 é tremendamente arrastado, mal tem conteúdo para um curta-metragem. O corte entre diversos pontos de vista as vezes é confuso, outras vezes repetitivo. Ambos uma chatisse.

O resto não é digno de menção.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 18/11/2017 at 3:24 PM, Nacka said:

Na verdade não é que você insiste, os Estúdios é que não dão muitas opções, qualquer blockbuster hoje tem de vir em 3D, que quando bem trabalhado é um diferencial (vide o recente Animais Fantásticos e Onde Habitam) mas quem produz os filmes não parece muito interessado em entregar um trabalho digno de nota. 

É. Acho que foi poucos filme que vi em 3D que realmente tiveram grande diferença.

Em TVs 3D, tão sendo extintos, nos cinemas só continua porque tem ingressos mais caros e muita gente ainda vão ver assim.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×