Jump to content
Forum Cinema em Cena
Tensor

O Que Você Anda Vendo e Comentando?

Recommended Posts

"Mile 22" é um thriller de ação cujo enredo bebe da fonte de "16 Quadras" , mas envereda mais pelo lance da guerra hi-tech com o canastrão Walberg dando uma de Rambo. É legal mas é preciso muita suspenção de descrença pra muita coisa, e garanta uma caixa de aspirinas pois parece filme dirigido pelo Bay...haja tremedeira!  Nesse aspecto, "Invasão a Casa Branca" é melhor. Pretende ser franquia mas não sei se tem fôlego pra tanto. 7,5-10

Resultado de imagem para 22 miles poster

 

 

"Alpha" é um drama de aventura pré-histórico que pretende ser um "Guerra do Fogo" canino, mas no final se mostra um quase documéntario fofinho e estiloso do Disney Channel. Muito bem feito, o filme ta cheio de defeitos que terminam sobrepujando suas qualidades. As atuações são fracas e o roteiro tem mais furos que um queijo suiço, mas e daí? O lance é torcer pelo lobinho, seja ele digital ou não. 8-10

Resultado de imagem para alpha Albert Hughes poster

Share this post


Link to post
Share on other sites

Exercício, mais que tudo, estilístico, de adaptação. Segunda Guerra Mundial; Alemães invadem a França; o povo perseguido precisa emigrar, fugindo dos campos de concentração. Mas, na real, essa é só a história, pois a ação, os acontecimentos, se passam na atualidade, com direito à câmeras de segurança, navios modernos, lojas de grife, letreiros digitais...Às vezes esse desalinhamento temporal dá até um bug nas nossas cabeças.

A intenção é clara: O problema continua, sob formas variadas, parece dizer o diretor.

Mais um belo trabalho do alemão Christian Petzol.

Transit (2018)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uau! Excelentes recomendações meu gênero favorito é drama e recomendo Meu Jantar Com Hervé perssonalmente considero um dos melhores movie drama 2018 . Meu ator favorito é Peter Dinklage, e neste filme eu o amava é muito divertido e eu considero um bom filme para ser visto em qualquer sábado. garantindo diversão para o espectador. Eu acho que o roteiro deste filme foi muito criativo e foi uma peça chave do sucesso que teve. Ele tem que vê-la.

 

My-Dinner-With-Herve-Movie-Peter-Dinklage-Villechaize.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

"The Lesson" é um bacanudo thriller de horror dramático inglês com plot basicão "professor-surta-e-dá-lição-a-seus-alunos-delinquentes" que tem, além de um gore gostoso de ver, criativos diálogos da literatura inglesa pontilhando a trama. Enxuto em sua duração, o único porém é sua introdução e desfecho, que parecem ser um filme a parte. Se a moda deste profe pega no Enem.. 8,5/10

Imagem relacionada

 

 

"The Stolen" é um fraquinho faroeste dramático que emula em enredo os ótimos "Brimstone" ou "Homesman", ao ver uma muié se enfiando no velho oeste atrás de vingança. Seu diferencial é a paisagem e bela fotografia da Nova Zelândia. Mas como filme o roteiro é débil em vários aspectos, beirando o dramalhão, a despeito do esforçado elenco. 7-10

]Resultado de imagem para the stolen  Niall Johnson poster

Share this post


Link to post
Share on other sites

Difícil e exigente, mas impressiona. Demorei uns 40 minutos para entender o que se passava.

John Huston está maravilhoso, por isso mesmo muitos cogitaram uma indicação póstuma a Melhor Ator para ele.

A montagem é assinada por Orson Welles e Bob Murawski (Oscar por "Guerra ao Terror") e deveria ser ao menos considerada para a temproada de premiações. Acontece que...Não sei se muita gente vai conseguir chegar até os quarenta minutos, ou até as duas horas finais.

Há uma sequência, de mais ou menos 10 minutos, sem nenhum diálogo (quando o filme dentro do filme é mostrado), incrível. Já valeu o filme para mim. Já valeu a espera de mais de 40 anos. Já valeu o financiamento coletivo. Já valeu tudo.

The Other Side of the Wind (2018)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Remake de um filme israelense, "A Professora do Jardim de Infância" poderia dar a segunda indicação ao Oscar para a subutilizada Maggie Gyllenhaal se este não fosse um ano tão forte em Atriz. Ela está mais uma vez sensacional. Sabe o que acho sinceramente? Que se ela fosse mais bonita, ou tão bonita quanto o irmão, ela seria mais considerada.

Roubar o poema é pouco.

The Kindergarten Teacher (2018)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sessão da Tarde das mais bem-feitas, comédia divertida e muito legal de assistir.

O que importa, na verdade, é o que está por trás do filme, sua sociologia. Sua relevância aponta para o Leste, para o Pacífico, para o dinheiro. E aponta para a deciso étnica de formar a primeira produção com cast inteiramente asiático. 

Em termos de Oscar, Michelle Yeoh luta por uma quinta vaga em Atriz Coadjuvante - que tem 4 candidatas já bem definidas. Não há tanto brilho, mas todo mundo quer compensá-la pela imperdoável não-indicação por "O Tigre e o Dragão".

Constance Wu and Henry Golding in Crazy Rich Asians (2018)

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 11/5/2018 at 7:57 PM, SergioBenatti said:

Remake de um filme israelense, "A Professora do Jardim de Infância" poderia dar a segunda indicação ao Oscar para a subutilizada Maggie Gyllenhaal se este não fosse um ano tão forte em Atriz. Ela está mais uma vez sensacional. Sabe o que acho sinceramente? Que se ela fosse mais bonita, ou tão bonita quanto o irmão, ela seria mais considerada.

Nossa, eu achei um porre esse israelense... quase dormi... nem sabia que tinha sido "remakeado"..😮

 

"The Night Come for Us" é um filmaço de porradaria asiático. Tão bom quanto "Operação Invasão", aqui o roteiro é mera desculpa pra coreografias de tiroteios/pancadarias sucessivas espetaculares, em cenas que deixariam Tarantino, Woo e Ringo lan orgulhosos. Destaque pra sequência no açougue, na viatura e na sinuca, com personagens que parecem ter saído do game "Street Fighter". Tenha uma toalha a mão pra limpar o sangue que espirra da tela. 9-10

Resultado de imagem para the night comes for us poster

 

 

"Mountain Fever" é um curioso caso de thriller que tenta atirar pra tudo quanto é lado mas termina acertando pouco. Tenta ser um "home invasion" feito "The Purge" e claustrofóbicamente gélido  tipo "The Thing" . Ele até vai bem mas seu ritmo lembra muito filme europeu, meio cansativo. Sei lá, curti em parte só. 7-10 

Imagem relacionada

 

 

 

 

"Slice" é uma comédinha de terror que é somente perda de tempo. A premissa dum filme noir numa cidade onde fantasmas, lobisomens, humanos e bruxas coexistem parece interessante, mas a forma com que é tudo feito desagrada. E muito. Tenta ser estiloso e engraçadinho, mas só arranca sorrisos amarelos. A Domino se dá melhor junto do Deadpool. Ah, o melhor desse filme são os créditos iniciais. Passe longe. 4-10

Resultado de imagem para slice  Austin Vesely poster

 

 

 

"Against the Sun" é um drama de sobrevivência de naufragio bacaninha, do naipe de "Vidas a Deriva", "Invencivel", "No Coração do Mar" e "All is Lost".  A precariedade e simplicidade da produção depõe contra uma estória que rendia bem mais, apesar do esforçado elenco.  O filme no geral é apenas correto, mas fica a sensação de que falou algo mais. 8-10

Resultado de imagem para against the sun Brian Falk Poster

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoalmente, detesto "Queen". Acho cafona. Então tive que diferenciar na minha cabeça o que era simples aversão musical, do que era minha concepção do que é um bom filme. Exercício de suspensão.

O roteiro não é bom. Tem muitos clichês, é fora de ordem cronológica ( que sempre machuca a racionalidade), higieniza as relações, põe a sexualidade na sombra sem nem perceber que está fazendo isso, e isso é uma coisa muito grave! Percebo diferenças na montagem e na direção - parecem duas linhas diferentes. Mas devo dizer que é o roteiro mesmo que mais me desagradou.

O que salva pra mim é o Rami Malek. Ele segurou o touro à unha. Foi isso que ele fez. Não canta? Não canta. Mas incorpora. Dança, sente, se joga, não tem medo do ridículo, não tem medo da cafonice (disfarçada de "lírico" ou "apoteótico", não são , é só falta de gosto mesmo). Que olhos ideais pro cinema! ( Estava pensando sobre isso e me lembrava da Glenn Close, com seus olhos tão diminutos, ainda mais com a idade...Só prova a grande atriz que ela é).

Vai ser indicado ao Oscar. O filme é um sucesso popular difícil demais de ignorar. Conferi as previsões de mais ou menos 30 gurus de Oscar. Muitos o têm levando a estatueta. Mas sabemos que nos últimos tempos só Jeff Bridges ganhou o Oscar por um filme não indicado a Melhor Filme. É difícil esse caminho. 

 

Rami Malek in Bohemian Rhapsody (2018)

Share this post


Link to post
Share on other sites

"The School" é um drama de fantasia australiano que infelizmente é mal dirigido e muito mal atuado, a despeito de sua interessante premissa inicial. Imagina a turma do "Peter Pan" num ambiente meio "Silent Hill" ou "Re-Cicle".. é isso. Uma pena, pois se este filme estivesse na mão dum Spielberg ou até mesmo do Guillermo del Toro teria vingado um novo crássico fantástico. Fui achando que era terrorzão e caí do cavalo, nada disso.  7,5-10

Imagem relacionada

 

 

 

"Await Further Instructions" é uma boa scy-fy indie saído do antigo seriado "Além da Imaginação" uma vez que em toda metragem permanece o mistério "do quê" ta ocorrendo, a semelhança de "Rua Cloverfield" . Falar muito seria entregar spoiler mas já adianto que este filme é uma ótima revitalizada aos tempos atuais de "Videodrome" , do Cronenberg, pela poderosa mensagem que tem embutida. 8,5-10

Imagem relacionada

Share this post


Link to post
Share on other sites

Oi Pessoal !

Não sei se isso pode ser postado aqui....mas gostaria de saber os sites que vocês usam para assistir essas pérolas. Vocês baixam em torrents ?

Poderiam disponibilizar os links ? Muitos desses filmes não virão para cá em circuito, TV ou streamings...então se possível, gostaria de ter uma outra opção para assisti-los.

Recentemente dois dos blogs que eu usava para baixar coisas mais difíceis foram deletados...o primo Eerie e o filmes cult...então ando meio orfão

Abcs 

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 11/5/2018 at 7:57 PM, SergioBenatti said:

Remake de um filme israelense, "A Professora do Jardim de Infância" poderia dar a segunda indicação ao Oscar para a subutilizada Maggie Gyllenhaal se este não fosse um ano tão forte em Atriz. Ela está mais uma vez sensacional. Sabe o que acho sinceramente? Que se ela fosse mais bonita, ou tão bonita quanto o irmão, ela seria mais considerada.

Roubar o poema é pouco.

The Kindergarten Teacher (2018)

 

Veja a Maggie Gyllenhaal na ótima série The Deuce da HBO. Ela está excelente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Do diretor Morgan Neville, premiado com o Oscar por "A um Passo do Estrelato", este documentário Netflix ajuda-nos a entender melhor a fase de vida de Orson Welles quando decidiu filmar "The Other Side of the Wind". Eu piro o cabeção quando vejo diretores falarem do trabalho de outros diretores, e aqui é John Huston, Peter Bogdanovich e Orson Welles. É demais! São milhares de curiosidades, bem como tira a dúvida de milhares de questões. O plano que me deixou esbabacado, a que me referi quando vi o filme, é analisado profundamente (foi gravado em momentos diferentes, em dois países, e até com atores! diferentes). Tem Frank Sinatra, tem Cybill Shepard, tem Antonioni, tem a história resumida da carreira do Wells. Enfim, eu amei!

Acho que tanto faz se você assistir o doc antes de ver o filme, ou assisti-lo depois.

They'll Love Me When I'm Dead (2018)

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, frossit said:

Oi Pessoal !

Não sei se isso pode ser postado aqui....mas gostaria de saber os sites que vocês usam para assistir essas pérolas. Vocês baixam em torrents ?

Poderiam disponibilizar os links ? Muitos desses filmes não virão para cá em circuito, TV ou streamings...então se possível, gostaria de ter uma outra opção para assisti-los.

Recentemente dois dos blogs que eu usava para baixar coisas mais difíceis foram deletados...o primo Eerie e o filmes cult...então ando meio orfão

Abcs 

http://legendas.tv/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Demorei pra ver, mas consegui finalmente.

"Benzinho" é um bom filme, realmente. Mas não é essa maravilha que as pessoas estão falando. Eu amo naturalismo no cinema, tipo Kore-eda e tal, mas gente...TODOS os filmes do Kore-eda têm "conflito". Em "Benzinho" o conflito é muito ...na falta de palavra melhor...é muito "brando". "_ Ah, Sergio, você não entendeu, é a dificuldade feminina, é a dificuldade da classe média brasileira, é o cansaço da mulher dona de casa pra criar uma família..." Eu entendi. Só que a realização dessa ideia foi, para mim, muito branda.  Filme sem conflito ficará dependendo muito dos atores - aqui eles estão muito bem a começar pela Karine Telles. Adriana Esteves, dessa vez, não me chamou a atenção.

Há uns cacoetes de cinema nacional que eu não suporto mais, a saber: elenco falando muito baixo! Socorro, ar-ti-cu-lem as palavras! Não condiz nem com o realismo, já que brasileiro em geral fala alto, fala gritando.

(Tenho reparado também na tendência mundial de o título vir passados cerca de 10, 13, 15 minutos iniciada a projeção, depois de apresentado o contexto básico daos personagens. Até o "Bohemian Rhapsody" é assim)

Benzinho (2018)

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Hold the Dark" é um thrillerzaço cujas duas horas passam voando de tão grudado que se fica na tela, pois é tão bom (pela similaridade temática) quanto o também ótimo "Wind River" . Boas atuações e algum errinho aqui e ali não desmerecem esta obra, que é daquelas que depois de vista se discute por conta de seus trocentos significados e metáforas embutidas. Prestar atenção aos detalhes de cada cena. 9-10

Resultado de imagem para hold the dark Jeremy Saulnier poster

 

 

 

"Boarding School" é um indie que não dava nada e também me surpreendeu positivamente não so pela temática (o travestismo e discriminação infantil) como pelas estupendas atuações do elenco mirim. Parecendo um spin-off dark de "Extraordinário", este thriller dramático tem personagens que fogem totalmente dos estereótipos dos "filmes de colégio" onde só sua guinada violenta no final destoa do resto. Mas ainda assim vale a visita pela proposta fresca e original.  E viva as diferenças!  9-10

Resultado de imagem para boarding school Boaz Yakin Poster

Share this post


Link to post
Share on other sites

Volto à década de 1960, ao gênio de Elia Kazan, ao tormento de Montgomery Clift, à beleza de Lee Remick, ao talento de Jo Van Fleet..."Rio Violento", um filme pouco falado, mas que abre extraordinariamente com imagens da enchente do Rio Tennessee nos anos 1930, que devastou a região, e a necessidade de uma barreira...E o filme depois é uma contra-argumentação ao seu prólogo, na defesa da população local contra as barragens.

Só que a questão social, a violência do sul, seu racismo, é pontuado também por muita sensualidade, muita entrega emocional. 

Wild River (1960)

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 10/15/2018 at 8:23 PM, SergioBenatti said:

O filme de hoje não poderia ser outro.

Na seção das Previsões para o Oscar, apontei o filme como futuro Best Picture. Tem cara, mesmo. Mas não com o meu voto. É muito bom, em alguns momentos ótimo, mas não é nada de mais como arte. Vale como entretenimento de qualidade.

Revi os três filmes anteriores há pouco tempo, e aplaudo a reatualização do roteiro, indo mais fundo na questão da industrialização das personalidades e dos talentos. A montagem é outro aspecto excelente, tornando o filme muito dinâmico e cativante. O final destoa da versão de 1976, sendo elíptico como a versão de 1954. Boa decisão.

Lady Gaga está ótima na personagem, antes e depois de se tornar ..."Lady Gaga". O argumento "ela está de cara limpa, sem maquiagem" é um argumento fraco para consagrá-la na categoria. Merece sim a indicação, mas não o prêmio. Sam Elliott tem uma única cena foda, mas, pra mim, é inconcebível que falem até em premiá-lo com o Oscar de Coadjuvante. Um exagero publicitário.

Quem dá show de verdade é o Bradley Cooper. Não na Direção, esta é só correta e redonda - o que não é demérito. Mas o show mesmo é como Ator. Ele está excelente, do início ao fim, unindo ternura e tristeza. Tem a persona 2.0 de Kris Kristofferson emulada, mas há muito mais talento. Favorito ao Oscar na categoria. Assim como a Canção "Shallow" está mais que garantida.

Provavelmente Bradley Cooper se tornará a pessoa indicada em mais categorias: Produtor, Diretor, Ator, Roteirista, e Canção. Parabéns!

(Vejam legendado)

A Star Is Born (2018)

Vi ontem, achei bom apenas, esperava mais. A história andou rápido, a coisa toda do relacionamento, o encontro, compor, casar foi tudo voando. Dito isso, gostei muito da atuação do Bradley Cooper, ele está excelente de fato, a postura, tom de voz, sotaque, enfim. A Lady Gaga tb está muito bem. As músicas são ótimas e os números musicais também.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Amo Johnny Cash, então pra mim já valeu e muito. Detesto o Nixon. O Minidoc da Netflix ajuda a pensar as relações entre música e política, como - creio eu -  os artistas deveriam se preservar de contatos com o poder. Como diz o Bono Vox: "Nunca diga em quem você votou, nem onde escondeu o dinheiro".

ReMastered (2018)

Share this post


Link to post
Share on other sites

O filme foi muito bem recebido em Toronto, o que me encheu de expectativa, contudo...fiquei levemente decepcionado. Tem uma aura de filme dos anos  1980, um ar galhofeiro adolescente meio tosco, o que não é ruim, mas podia ter alguma inovação. O roteiro perde um precioso tempo em um romance irrelevante, esquecendo a Jamie, mas o terço final me prendeu. A trilha é icônica. Só de ela tocar já me abre um sorriso no rosto (Lembro-me do medo que eu tinha dela na infância e não tenho mais).

Meus favoritos continuam sendo o filme de 1978, e o H20 de 1998. Esse pode estar em um honroso terceiro lugar.

MV5BNGMxZTY0MGMtOTQzZS00YjdmLTk3NWEtYTgxYzgwNzc5MTM0XkEyXkFqcGdeQXVyMTYzMDM0NTU@._V1_SY1000_CR0,0,631,1000_AL_.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×