Jump to content


Photo

Livros que viraram filmes


  • Please log in to reply
57 replies to this topic

#41 Calvin

Calvin

    Designer de Figurino

  • Members
  • 958 posts

Posted 12 agosto 2011 - 08:58

Legal...fiquei sabendo que "The Stand" foi adaptado para uma mini-serie em 1994:  http://www.imdb.com/title/tt0108941/


Alguns romances e roteiros do Stephen King que foram adaptados para o cinema:

segue a lista "modesta" do cara :


• Sede de Vingança (2009) ... romance

• Nevoeiro, O (2007) ... romance

• 1408 (2007) ... conto

• Desespero (2006) ... romance e roteiro para tv

• Janela Secreta (2004) ... romance

• Mansão Marsten, A (2004) ... romance

• Apanhador de Sonhos, O (2003) ... romance

• Carrie, A Estranha (2002) ... romance

• Lembranças de um Verão (2001) ... livro

• Comboio do Terror (2000) ... conto

• Tempestade do Século, A (1999)

• Maldição de Carrie, A (1999) ... personagens

• Colheita Maldita 666 - Isaac Está de Volta (1999) ... conto

• À Espera de um Milagre (1999) ... romance

• Aprendiz, O (1998) ... romance

• Maldição de Quicksilver, A (1997) ... conto

• Às Vezes Eles Voltam 2 (1996) ... personagens

• Fenda No Tempo (1995) ... romance

• Eclipse Total (1995) ... livro

• Sonho de Liberdade, Um (1994) ... conto

• Sonâmbulos (1992)

• Colheita Maldita 2: O Sacrifício Final (1992) ... conto

• Louca Obsessão (1990) ... romance

• It - Uma Obra-prima do Medo (1990)

• Cemitério Maldito (1989) ... romance e roteiro

• Sobrevivente, O (1987) ... romance

• Show de Horrores (1987) ... histórias

• Comboio do Terror (1986) ... conto e roteiro

• Conta Comigo (1986)

• Bala de Prata (1985) ... romance e roteiro

• Olhos de Gato (1985) ... roteiro

• Chamas da Vingança (1984) ... romance

• Colheita Maldita (1984) ... história

• Hora da Zona Morta, A (1983) ... livro

• Christine - O Carro Assassino (1983)

• Cujo (1983) ... romance

• Creepshow - Show de Horrores (1982) ... roteiro

• Iluminado, O (1980) ... romance

• Vampiros de Salem, Os (1979) ... romance

• Carrie - A Estranha (1976) ... romance








essa mesma lista ilustrada com poster em um top 40 de um usuario imdb no link aqui: http://www.imdb.com/list/O8__u5XUl0g/





 

 

 

 

 

.
Calvin2011-08-12 12:00:48
"a verdade é que nao há verdade" Neruda




#42 Calvin

Calvin

    Designer de Figurino

  • Members
  • 958 posts

Posted 19 agosto 2011 - 12:40

Navegando pelo imdb achei por acaso essa sen-sa-cio-nal lista que veio muito a calhar, pelo menos para mim:

"a verdade é que nao há verdade" Neruda




#43 Lucy in the Sky

Lucy in the Sky

    Designer de Produção

  • Members
  • 12.933 posts
  • LocationOn the hill

Posted 19 agosto 2011 - 12:59

Tem filmes que a gente nem sabe que são adaptados de livros. Deu vontade de ler o livro que usaram pra fazer Trainspotting.

t52c74.jpg


#44 Calvin

Calvin

    Designer de Figurino

  • Members
  • 958 posts

Posted 02 setembro 2011 - 11:46

Acabei de Ler A Outra volta do parafuso e assistir sua Adaptaçao "The innocents"de 1961 ambos MUITO bons!top!



Creio que talvez tenha me dado melhor com o Livro, achei que o suspense é bem elaborado e a trama é muito bem "costurada" trazendo diversas possibilidades de suspeitas e possibilidade de angulos e recortes de visualizaçao...um leque de possibilidades a medida que o efeito espiral da narrrativa se desenrola.



O filme é de muito bom gosto e traz varias novidades, algumas surpresas a fim de encaixar novos detalhes à trama sem prejudicar a sua essencia nao obstante o "timming" do filme acabe em alguns momentos sendo prejudicado.Sem querer ser mais explicito,mesmo que o filme se arraste em varias cenas, varias cerejas aparecem no bolo! No final das contas a adaptaçao foi válida!



SPOILER: WTF'EST END hu?Calvin2011-09-03 12:10:56
"a verdade é que nao há verdade" Neruda




#45 studioworks

studioworks

    Auxiliar de Câmera

  • Members
  • 423 posts

Posted 02 setembro 2011 - 18:22

Uma ótima dica de livro é Ilha do Medo, que virou filme nas mãos de Scorsese ano passado.

Nota 9.0


"I AM THE LAW, AND YOU CAN´T BEAT THE LAW."




 


#46 Lucy in the Sky

Lucy in the Sky

    Designer de Produção

  • Members
  • 12.933 posts
  • LocationOn the hill

Posted 02 setembro 2011 - 19:28


Acabei de Ler A Outra volta do parafuso e assistir sua Adaptaçao "The innocents"de 1961 ambos MUITO bons!top!



Creio que talvez tenha me dado melhor com o Livro, achei que o suspense é bem elaborado e a trama é muito bem "costurada" trazendo diversas possibilidades de suspeitas e possibilidade de angulos e recortes de visualizaçao...um leque de possibilidades a medida que o efeito espiral da narrrativa se desenrola.



O filme é de muito bom gosto e traz varias novidades, algumas surpresas a fim de encaixar novos detalhes à trama sem prejudicar a sua essencia nao obstante o "timming" do filme acabe em alguns momentos sendo prejudicado.Sem querer ser mais explicito,mesmo que o filme se arraste em varias cenas, varias cerejas aparecem no bolo! No final das contas foi a adaptaçao foi válida!



SPOILER: WTF'EST END hu?


Eu gosto muito da forma como as aparições acontecem no filme. São vultos que surgem discretamente. Se fossem exageradas, quebrariam o clima. Acho que gosto do livro tanto quanto do filme de 1961.

t52c74.jpg


#47 Calvin

Calvin

    Designer de Figurino

  • Members
  • 958 posts

Posted 03 setembro 2011 - 11:33

Chrome's Fails

Calvin2011-09-03 14:42:45
"a verdade é que nao há verdade" Neruda




#48 Calvin

Calvin

    Designer de Figurino

  • Members
  • 958 posts

Posted 03 setembro 2011 - 11:42


A Outra Volta do Parafuso é um bom livro (não achei assustador, e sim nervoso). Tem várias adaptações. Eu só assisti Os Inocentes (1961), e achei tão boa quanto o livro, talvez ligeiramente inferior.


"os outros" é apenas uma historia com tematica parecida ou tem alguma coisa haver com o romance?
Ouvi uns rumores estranhos....


É parecido, por ter uma protagonista feminina e duas crianças numa casa assombrada. Mas não repete os acontecimentos do livro. Não sei se Os Outros foi inspirado em A Outra Volta do Parafuso. Nunca vi nada a respeito.


 

Depois de ver "Os inocentes" fui procurar "os outros" pra rever para sanar essa questao...excelente lembrança porem é apenas de tematica parecida. ambos sao originais na essencia apesar das muitas semelhanças como um casal de filhos pequenos,algo envolvendo apariçoes, contexto e epoca,centrado em um protagonista feminino jovem abalado por estranhos acontecimentos, envolver uma mansao mal assombrada e tudo mais...
Calvin2011-09-03 14:43:10
"a verdade é que nao há verdade" Neruda




#49 Calvin

Calvin

    Designer de Figurino

  • Members
  • 958 posts

Posted 19 dezembro 2012 - 15:51

Visto o hobbit no cine depois da releitura do livro...

Visualmente: de muita qualidade
Essencialmente: Tolkien se revirando no túmulo com a "liberdade do diretor" em "colocar (zilhões de) detalhes novos na historia"

E mais uma vez Peter Jackson se vê no direito de recontar a historia do jeito que bem entender... Com direito até -SPOILERS(apesar de nao achar isso spoiler JÁ QUE NAO ESTÁ PRESENTE NADA DISSO NO LIVRO)- de enfiar transformes de pedra saindo de dentro de montanhas lutando mma, orc Capitão gancho, bilbo lutando com orc (WTFFF) capitão gancho com espada de canivete elfica e salvando a vida de thorin escudo de Carvalho; enfiar, na bruxa, saruman na historia e Radagast doidao lisergico fumando e comendo cogumelo na floresta - só faltava botar um reggae roots na trilha-; inventa uma caverna em que habita o necromante (???) e que largar à toa uma espada maligna...enfim, merecia PJ passar umas noites na prisão por cometimentos de tais blasfêmias e infrações gravíssimas...Dentre outros absurdos...achei um site que lista outras mudanças descaradas que o Peter jackson faz em o hobbit, a quem possa se interessar ó:

http://www.thedailyb...on-s-movie.html

Mas apesar desses pecados e "roubalheiras" na adaptaçao, só de ver o trabalho visual elaborado e fotografia já vale a pena a sessao obesa de 3 horas ;)

"a verdade é que nao há verdade" Neruda




#50 Questão

Questão

    Roteirista

  • Members
  • 8.820 posts

Posted 23 dezembro 2012 - 19:00

 É curioso ler os livros do 007 dedpois de conferir as adaptações. Livros como COM 007 SÓ SE VIVE DUAS VEZES e 007 CONTRA O FOGUETE DA MORTE são completamente diferentes dos originais. Quando se vai ler um livro do Ian Fleming, tem que ter em  mente que as sequências de ação e tiroteios constantes vistos na serie não se repetem na literatura. Em alguns casos, a ação só surge mesmo no final do livro, e olhe lá.

 

 Embora alguns filmes da serie foram bem fieis aos livros, como 007 CONTRA O SATÂNICO DR. NO e 007 CONTRA GOLDFINGER. E mesmo não sendo 100% fiel, CASSINO ROYALE mantém muito do espirito do romance que lhe deu origem, acrescenta generosas doses de ação, que são muito bem vindas, alías.


  • Calvin likes this

"We all go little mad sometimes"


#51 Calvin

Calvin

    Designer de Figurino

  • Members
  • 958 posts

Posted 27 janeiro 2013 - 12:59

Attached File  lavoura.jpg   50,06KB   0 downloads

 

Lido Lavoura arcaica e Revisto o Filme! Que trabalho genial de Adaptação!

"Lavoura Arcaica" Não é uma leitura Fácil... Só de pensar no esforço dispendido para adaptar essa obra já cansa.

Para tanto, requer muito talento e competencia, e, convenhamos, Luiz Fernando Carvalho tem de sobra. Existem trechos do livro que exigem ler a pagina varias vezes que deram cenas Sensacionais!!
Adaptaçao de alto nivel e direção de arte / fotografia que impressionam.

 

Com certeza muita gente que fala mal do filme nao tem ideia da complexidade que é adaptar uma obra literaria para o cinema que esta longe de ser objetiva. O filme é por si só uma superação , revolucionando, por adaptar uma obra que possui um gênero atípico e até mesmo dentro da literatura tem um viés modernizante de ruptura formal em que prosa e lírico se misturam.

 

Dez anos se passaram, e chega a ser triste que, em se tratando de cinema, pouco é produzido no Brasil com qualidade que chegue perto de um trabalho deste.

Eu,particularmente,tenho algumas ressalvas quanto a extensão do filme que poderia ser mais "acessível"... ter um timming mais "fluido", tbm nao sou muito chegado à dimensão excessivamente poética e algumas atuaçoes demasiadamente teatrais no filme porem todas essas opções do diretor mostram como ele preferiu ser fidedigno à obra, homenageando-a do que estar preocupado em acumular publico.

 

Senhor Raul Cortez "subtraindo para si ou para outrem, mediante violencia ou grave ameça" (roubando) a cena!! O cara destrói. Simplesmente fantastico o controle pleno do personagem que o ator teve encenando o pai de André! Para mim a atuação de Raul cortez é um dos pontos altos do filme.

 

O dialogo entre o pai (Raul Cortez) e o filho (Selton Mello) é uma das MELHORES cenas DE TODOS OS TEMPOS no Cinema Brasileiro e magistralmente adaptada do livro!! 

 


"a verdade é que nao há verdade" Neruda




#52 Calvin

Calvin

    Designer de Figurino

  • Members
  • 958 posts

Posted 11 outubro 2013 - 11:23

puzo-1.jpg


 O Livro

 

                   O livro escrito Mario Puzo tem muita qualidade, a história é quase um tratado antropológico da máfia. Chega a passar a impressão que de fato o autor teve um contato com a máfia ou, no mínimo fez um trabalho de campo de imersão neste submundo.

                 É apresentada a ética, a lógica e a conduta desses indivíduos em meio a sociedade com habilidade. Aproximando o leitor à racionalidade da máfia e também ao “código da máfia” (o leitor acaba compreendendo os motivos e tendo contato às razões que motivam as atitudes criminosas e a “filosofia” das “famílias”). Através do personagem de Don Corleone, é mostrado um modo de sobrevivência que se transforma em estilo de vida, injetando doses de simpatia e carisma na atitude de organizações criminosas e invertendo os papeis do Estado (maquina burocrática, polícia, políticos) que passa a ser associado ao papel de corrupto/corruptor. É muito interessante pois passa bastante naturalidade nas atitudes da máfia italiana (metaforizada na família corleone) como algo comum, corriqueiro, não exatamente “aceitável/juistificável” mas a certo ponto verossímil, uma realidade que existe. Uma curiosidade interessante é que Marlon Brandon  ficou inicialmente com um pé atrás e demorou um pouco de aceitar o papel de de Don Corleone com receio de que fosse contribuir para “propaganda da máfia”. Tanto é que no filme, propositalmente, evita-se, literalmente, a pronuncia da palavra “máfia”.

                    O escritor consegue deixar o leitor imerso naquele universo da máfia e passar a impressão que de fato os personagens vivem em um lógica e ética diferente da sociedade.

Manifestadamente um tributo a cultura italiana, não tem como após a leitura não ficar familiarizado com expressões reiteradas no bojo da obra como “omertá, consigliere, don, pezzonovante, etc...

                  Enfim sem querer estragar detalhes relevantes da obra, ainda sendo um bestseller e tendo  alguns inevitáveis clichês comuns, o livro é muito bom, muito bem escrito, tem cenas realmente emocionantes e ler o livro antes de assistir o filme é um “esforço” que é muito bem recompensado com a sublime adaptação do livro, de fato, “projetado” nas telas.

                Realmente é coisa de mestre conseguir ser fiel ao livro sem omitir muitos personagens ou mudar o perfil psicológico de alguns, ferindo a obra original para, supostamente, colocar um “ritmo de cinema”, ou puramente para lucrar algumas cifras milionárias, descaradamente, a fim de lucrar algumas milhões de cifras de dólares americanos, ou até mesmo escrever a historia como gostaria que realmente tivesse sido escrita! E, convenhamos O Poderoso chefão é Brilhantemente adaptado (pelo menos a “parte I”).

 

 

 

 

godfather_cat.jpg

O Filme

 

                                  A essência do livro é totalmente presente no filme, a trilha sonora, figurino, cenário, ATUAÇÕES etc não foram nem um pouco modestos. Tudo é de qualidade Premium; musicas vibrantes, atores escolhidos a dedo, uma classy atmosfera noir dão vida ao livro. Não poderia também ser diferente tendo o próprio puzo como roteirista hahaha. E os poucos 33 anos de Francis Ford Coppola, literalmente “calou a boca de muita gente”!!

                                Ainda que alguns detalhes, como a tensão de iminência constante de guerra só possa ser captada por quem tenha lido o livro ela está ali presente e latente o tempo todo! Alguns detalhes tais como a morte de Paulie Gato, o estupro da filha de Amerigo Bonasera, Vida Pessoal de Jhonny, Nino Valenti infelimente acabam sendo omitidos no entanto conseguem  dar mais ritmo a narrativa! E muitas partes boas acabam se perdendo porque ficaram difíceis de ser costuradas nas seqüências e acabaram sendo substituídas por “barrigas” nas continuações (parte II e parte III) que apesar de “bons” não tem nem de longo o brilho do Excelente prequel Godfather: Part I.

                               Deste modo, a primeira parte da “trilogia” esbanja fidelidade à obra e não cria eventos novos! Basicamente o livro concentra-se em Don Corleone e o filme talvez pela brilhante atuação de Al Pacino, muda os rumos das coisas, dá muito pano pra manga para que Michael ganhasse uma projeção independente nas continuações e ele acaba alçando o posto,de fato, de poderoso chefão. Presencia-se o despertar de um príncipe à evolução de um rei.

                          Por ser da década de 70, o filme foi um marco inquestionável na carreira de Al Pacino que até então era iniciante e não tinha feito nada de visibilidade!!! Consagrou a imagem de badass de Al pacino forever que viria a ser absurdamente aprofundada e mais consagrada ainda com o maravilhoso SCARFACE.... Dustin hoffman tbm havia sido cotado pra encarnar Michael Corleone que eu aposto que iria fazer muito bonito mas convenhamos q Al pacino é 140%  psicopata sinistro from hell....

                         Enfim... Um filme fantástico, uma adaptação de peso com qualidade extraordinária que consagrou diversos ícones do cinema e REVOLUCIONOU absolutamente os filmes de gangster/máfia.

 

Não é a toa que em qualquer lista que quer ser levada a sério de tops do cinema tem esse filminho no topo.


"a verdade é que nao há verdade" Neruda




#53 Lucy in the Sky

Lucy in the Sky

    Designer de Produção

  • Members
  • 12.933 posts
  • LocationOn the hill

Posted 12 outubro 2013 - 10:57

484528.jpg76-130654-0-5-ensaio-sobre-a-cegueira.jp

 

Recentemente eu li The Brave (Gregory Mcdonald) e Ensaio Sobre a Cegueira (José Saramago). Lendo os livros a gente nota que nos filmes eles suavizaram as coisas, mas eu ainda gosto muito de O Bravo (filme). De Ensaio Sobre a Cegueira eu nunca gostei muito. São livros chocantes, o primeiro mais pela inversão de perspectiva do que pela violência, o segundo por escancarar o quanto o ser humano é nojento.

 

 

Eu, Christiane F., 13 Anos, Drogada e Prostituída (Livro 1978; Filme 1981)

 

Christiane F. – Wir Kinder vom Bahnhof Zoo (br: Eu, Christiane F., 13 Anos, Drogada e Prostituída ) é um filme alemão de 1981, baseado no livro homônimo, escrito pelos jornalistas Kai Hermann e Horst Hieck, publicado e editada pela revista alemã Stern em 1978, que narra a história da personagem principal Christiane F., uma consumidora de drogas.

 

É irritante como sempre aparece um livro que eu quero ler, mesmo que minha lista de leitura já seja enorme.


  • Calvin likes this

t52c74.jpg


#54 Calvin

Calvin

    Designer de Figurino

  • Members
  • 958 posts

Posted 12 outubro 2013 - 18:43

Recentemente eu li The Brave (Gregory Mcdonald) e Ensaio Sobre a Cegueira (José Saramago). Lendo os livros a gente nota que nos filmes eles suavizaram as coisas, mas eu ainda gosto muito de O Bravo (filme). De Ensaio Sobre a Cegueira eu nunca gostei muito. São livros chocantes, o primeiro mais pela inversão de perspectiva do que pela violência, o segundo por escancarar o quanto o ser humano é nojento.
 
 


Já eu tive uma impressão um pouco diferente (...mas ainda assim parecida com a sua) em assistir ensaio sobre a cegueira sobre o que vc falou sobre "suavizar" as coisas. Acho ambos (livro e filme) legais mas tive a impressão que a essência do livro nao foi totalmente captada!! Nao sei explicar...nao acho que o sofrimento da obra foi "mitigado" na adaptação....MAS achei que o filme peca um pouco na trilha....fotografia fria....nao sei ao certo! Alguns detalhes no conjunto da obra quando transposto para as telas deram uma atmosfera por demais pálida, meio insossa...dava para o filme ser ter um visual mais DARK mais intenso e consequentemente um pouco mais de sofrimento do que aquela ótica chuvosa e nublada e com névoa apenas....


No entanto, apesar das criticas, gosto bastante do filme pelo respeito aos detalhes e integridade do roteiro em relação ao livro de Saramago!
"a verdade é que nao há verdade" Neruda




#55 Lucy in the Sky

Lucy in the Sky

    Designer de Produção

  • Members
  • 12.933 posts
  • LocationOn the hill

Posted 13 outubro 2013 - 08:59

Eu assisti ao filme antes de ler o livro e assim que apareceu em DVD. Gosto dos dois basicamente pelo mesmo motivo, só que acho o livro muito mais forte, acho que mostra uma degradação e um sofrimento mais intensos, por isso o livro me atingiu mais que o filme.


t52c74.jpg


#56 Calvin

Calvin

    Designer de Figurino

  • Members
  • 958 posts

Posted 25 outubro 2013 - 09:15

Novidade! (Pelo menos para mim)

 

A menina que roubava livros virou filme! 

prévia do elenco e poster!

 

 

 

 

Elenco_A-menina-que-roubava-livros.jpgMV5BOTE3NzkyMjAyNF5BMl5BanBnXkFtZTgwMDc5

 

Tem trailer já no imdb!
(http://www.imdb.com/...2/?ref_=nv_sr_1)

 

parece ser beeeeem pipoca, aquele tipo de adaptação do tipo "o caçador de pipas" mas...enfim, fiquei com vontade de ver.


"a verdade é que nao há verdade" Neruda




#57 MajinBoo

MajinBoo

    Member

  • Members
  • PipPip
  • 10 posts

Posted 25 outubro 2013 - 12:31

Dois que achei muito fodas é Dr Jehyll e Mr. Hyde e Clube da Luta.

 

Que curte Clube da Luta, leia o livro Zona Autônoma Temporária do Hakim Bey.,



#58 Calvin

Calvin

    Designer de Figurino

  • Members
  • 958 posts

Posted 02 janeiro 2014 - 13:04

Eu li o próprio clube da luta do palahniuk e depois fui rever o filme e a experiência eh bastante rica. O filme se transforma.


Qual é a relação desse "ZONA AUTÔNOMA TEMPORÁRIA" com o filme, majinboo???
"a verdade é que nao há verdade" Neruda







0 user(s) are reading this topic

0 members, 0 guests, 0 anonymous users