Jump to content


Photo

O Fantasma Da Òpera (Os Filmes)


  • Please log in to reply
11 replies to this topic

#1 Questão

Questão

    Roteirista

  • Members
  • 8.826 posts

Posted 25 fevereiro 2012 - 09:45

 
 Tods nós ao menos já ouvimos falar do Fantasma Da Opera, personagem criado por Gaston Leroux no romance que carrega o nome do protagonista.

 

  A historia do misterioso Fantasma, um homem que oculta o rosto deformado com uma mascara, e vive escondido no subsolo de uma Casa De Òpera, e se apaixona por uma bela e jovem corista chamada Christine, passando a fazer de tudo para que ela suba na carreira, inclusive matar, já foi levada as telas diversas vezes e com diversos enfoques. Embora nunca tenha lido o romance de Gaston Leroux, já assisti a algumas versões cinematograficas da historia.

 

 O filme de 1925 que trazia Lon Chaney no papel principal é bem interessante. Arrisco a dizer que talvez seja a versão mais redonda da historia que ví até então. O filme continua um otimo entretenimento, mesmo tendo se passado 87 anos desde seu lançamento. Possui cenas classicas como o primeiro momento que vemos o rosto do Fantasma, ou a cena do baile de mascaras. Chaney conseguiu equilibrar muito bem todas as diferentes facetas do fantasma como assassino, erudito, e homem apaixonado e atormentado. Alem do mais, a maquiagem que o proprio Chaney desenvolveu para o personagem continua assustadora até hoje.

 


 

 A versão de 1943, que traz Claude Rains no papel principal é bastante querida por muita gente, mas devo confessar que foi a que menos gostei. Adoro o trabalho do Rains, e ele esta otimo aqui. Mas o filme não me pega de jeito nenhum, e não existe nenhuma passagem memoravel pra mim. Todos os elementos de horror da historia foram sublimados, transformando-a em uma especie de melodrada sem sal. Aqui, diferente da maioria dos outros filmes, Erik (o alter ego do Fantasma na maioria das versões) se transforma no Fantasma Da Opera durante o filme, e não antes do inicio da narrativa. E de certa forma é o que salva o filme, pois Rains consegue compor bem o personagem como um homem tímido e quase patético que acaba mergulhando na loucura.

 

  

 

   Ví tambem a versão da Hammer lançada em 1962, desta vez trazendo Herbert Lom, mais conhecido por ser o chefe do Inspetor Closeau na serie "A Pantera Cor De Rosa". A versão da Hammer é visualmente linda, e pessoalmen, gostei bastante do visual do Fantasma, aqui representado de forma realmente trágica. Lom faz um excelente trabalho de expressão corporal aqui, pois atua a maior parte do tempo com o rosto coberto totalmente. Diferente de todas as outras versões, este filme não mostra o Fantasma apaixonado por Christine, mas sim pela sua voz. Infelizmente, o filme sofre de sérios problemas de roteiro, especialmente no que diz respeito a algumas atitudes dos personagens no 3º ato. Mas ainda sim, tem uma atmosféra gótica muito bem construida na maior parte do tempo, e a cena da visita a opera vazia já vale o filme.

 


 

 

  Por fim, assisti a versão de 1989, que trazia ninguem menos do que Robert "Freddy Krueger" Englund na pele do Fantasma. Este aqui é terror mesmo, com o Fantasma não hesitando em estripar e decapitar quem ficar no caminho de sua amada Christine. Este aqui podia ser bem melhor do que é. Tem uma trilha sonora fantastica (o que é muito bom se tratando de um filme que se passa em um universo musical). O visual do filme é super bem cuidado, O filme tem umas boas sacadas ao retratar um pouco da "vida social" do Fantasma, e a forma bizarra com que ele consegue passar mais ou menos despercebido pelas ruas. Mas a historia se perde em algumas situações que deixam o filme desnecessariamente confuso. como o prologo e o epilogo passados nos dias de hoje. Robert Englund consegue nos fazer esquecer a maior parte do tempo do Freddy Krueger, embora vez ou outra, baixe o FreddY nele. E pelo contexto destas escorregadas, nem foi culpa do ator, mas do diretor mesmo.

 

    

 

 

  Então, alguem tem alguma versão favorita do Fantasma Da ópera?

 

 

  
Questão2012-02-28 08:37:25

"We all go little mad sometimes"


#2 Questão

Questão

    Roteirista

  • Members
  • 8.826 posts

Posted 27 fevereiro 2012 - 08:48

 
 A trilha do filme de 1989, que na minha opinião se encaixa perfeitamente com a história.

 

 

 

 

"We all go little mad sometimes"


#3 graci

graci

    Editor de Som

  • Members
  • 2.382 posts

Posted 27 fevereiro 2012 - 11:50

Questão n me lembro de ter visto algum desses, mas depois de ler o seu comentário, fiquei bem curiosa, irei vasculhar pelas locadoras da vida e farei meu comen.

zqt6.png


#4 LEospider

LEospider

    Supervisor de Roteiro

  • Members
  • 3.179 posts

Posted 27 fevereiro 2012 - 14:38

Eu assisti pela metade um versão antiga (não sei de quando) e a versão do Joe Shumacher.

#5 Questão

Questão

    Roteirista

  • Members
  • 8.826 posts

Posted 28 fevereiro 2012 - 05:39

 
 LEOSPIDER, essa versão do Schumacher eu não vi. Pelo que lí por ai é um musical, não é? O que vc diz do filme? Presta?

"We all go little mad sometimes"


#6 LEospider

LEospider

    Supervisor de Roteiro

  • Members
  • 3.179 posts

Posted 28 fevereiro 2012 - 09:00

As musicas são legais, a atriz principal é linda e canta bem. O Filme é do Joe Shumacher ou seja, é um show da brodway para o cinema (se bem que foi adaptado de um show da brodway).

#7 Cremildo

Cremildo

    Androide

  • Members
  • 3.879 posts
  • LocationSP/Brasil

Posted 28 fevereiro 2012 - 09:13


O melhor que vi do Schumacher por enquanto e um dos meus musicais favoritos.

As outras versões eu não assisti ainda, mas quero ver, em especial a dos anos 40 e a da Hammer.
Cremildo2012-02-28 12:14:32

#8 Rob Gordon

Rob Gordon

    Produtor Executivo

  • Members
  • 25.746 posts

Posted 29 fevereiro 2012 - 01:09

Eu lembro de ter visto essa versão que tem o Robert Freddy Krueger Englund e pouco lembro do filme. Pretendo rever essa versão quando tiver a oportunidade.

Eu vi tb o filme do Joel Schumacher e deste eu gosto muito. E também considero um dos meus musicais prediletos.





#9 Questão

Questão

    Roteirista

  • Members
  • 8.826 posts

Posted 03 maro 2012 - 03:28

 
 Nossa, sério que a versão do Schumacher é tão boa? Vou dar uma conferida. Tá certo que o cara fez otimos filmes como GAROTOS PERDIDOS e UM DIA DE FURIA, mas tambem tem no curriculo os dois piores Batman já feitos e NUMERO 23. Então minha desconfiança não é exatamente infundada06 Mas fiquei inclinado a dar uma chance ao FANTASMA DA OPERA DO sCHUMACHER.

 

  CREMILDO, uma pergunta  off topic. Você curte os filmes da Hammer?

 

 ROB GORDON, SE PUDER, revema mesmo a versão do Englund como o Fantasma. O cara manda bem, e mostra que sabe fazer bem mais do que Freddy Krueger, embora verdade seja dita, baixe o velho Freddy nele em uma cena ou outra, mas claramente não por culpa dele, mas do diretor. Alem do mais, o filme tem a Christine mais linda que eu já ví, em minha opinião. E a trilha sonora por si só já vale o filme.

 

 Tem uma versçao filmada pelo Dario Argento que ainda não tive oportunidade de ver. Mas sei que ele colocou a filinha Asia pra fazer a Christine. Conhecendo o Argento, deve ter o triplo de sangue da versão do Englund.06

"We all go little mad sometimes"


#10 Rob Gordon

Rob Gordon

    Produtor Executivo

  • Members
  • 25.746 posts

Posted 09 maro 2012 - 00:48

Eu vou rever sim...assim que reencontrar o filme.

Putz, lembrei agora que vi essa versão do Argento, pouco lembro, mas lembro que gostei...era esse que no Brasil recebeu o nome de Um Vulto na Escuridão, não é? Mas o nome em italiano é mesmo O Fantasma da Ópera.




#11 CACO/CAMPOS

CACO/CAMPOS

    Roteirista

  • Members
  • 8.370 posts
  • LocationSantos

Posted 10 maro 2012 - 19:06

Olha Questão apesar de eu saber a hostoria do personagem, não me lembro de ver nenhum filme do Fanstama da Opera, nem mesmo o mais recente do Shumacher que tive a oportunidade mas não vi.
Mas isto me lembrou o musical do Brian de Palma o Fantasma do Paraiso que uma especie refilmagem moderna do Fantasma da Opera qu eu assisti a decadas e era muito bom.

 



#12 Questão

Questão

    Roteirista

  • Members
  • 8.826 posts

Posted 11 maro 2012 - 09:35

 
 Eu vi O FANTASMA DO PARÁISO, CACO/CAMPOS, e particularmente não gostei. Achei um dos trabalhos mais fracos do De Palma.

 

 Na verdade, neste filme, o De Palma fundiu três historias de horror classicas para contar a sua história. Alem de O FANTASMA DA ÓPERA, o filme tem elementos clarissimos de FAUSTO e O RETRATO DE DORIAN GRAY. Mas a influencia mais forte é do Fantasma mesmo, expecialmente das versões de 25 e 43.

"We all go little mad sometimes"





0 user(s) are reading this topic

0 members, 0 guests, 0 anonymous users