Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
Jailcante

Salve Jorge, de Glória Perez

Recommended Posts

Tópico já para próxima novela de Gloria Perez, que entra depois de Avenida Brasil.




30/03/2012 - 13h16 - Atualizada em 30/03/2012 - 13h17

"Salve Jorge", próxima novela das 21h, poderá ter título alterado


da Redação







img20120330131726.jpg
Glória Perez será a autora da próxima novela das nove - Divulgação
Com
receio de perder audiência e ter rejeição do público evangélico, a
Globo está estudando mudar o nome da próxima novela das 21h, então
batizada de "Salve Jorge".



O folhetim, que será escrito por Glória Perez, tem como título atual o
nome de um dos mais populares santos da Igreja Católica e, devido ao
fato do crescimento das igrejas evangélicas, sabe-se que pode haver
rejeição. Glória é a principal defensora do nome, mas já foi informada
de que o mesmo poderá ser alterado.



"Salve Jorge" terá como pano de fundo o morro do Alemão, pacificado em
2010 no Rio de Janeiro, e a Turquia, onde haverá uma abordagem
relacionada ao tráfico de pessoas.



Com informações do jornalista Daniel Castro.






Notícias







Flávia Alessandra, Rodrigo Lombardi e Nanda Costa viverão triângulo na TV

Com elenco escalado, Glória Perez define o triângulo amoroso de 'Salve Jorge'


A nova novela de Glória Perez (63), Salve Jorge, ainda levará um tempo para estrear na telinha da Globo, mas os protagonistas já estão escalados. Flávia Alessandra (37), Rodrigo Lombardi (35) e Nanda Costa (25) viverão um triângulo amoroso na história. O folhetim será o substituto de Avenida Brasil, que estreou nesta segunda-feira, 26.

A trama abordará o tráfico de pessoas e a personagem de Nanda será uma dessas vítimas. “A
novela fala sobre tráfico de pessoas, que hoje só perde para o tráfico
bélico. Meu personagem vai se envolver com isso porque vai se apaixonar
por uma garota, vivida por Nanda, que foi ‘exportada’”, contou ele, que deve começar a gravar em junho como Téo.

Além de abordar a cultura da Turquia, que terá neste núcleo o ator Tiago Abravanel (24). E Claudia Raia (45) dará vida para uma vilã.

O elenco é ainda mais estrelado, já que tem Odilon Wagner (57), Fernanda Paes Leme (28), Antonio Calloni (50), Giovanna Antonelli (36), Cleo Pires (29) e Nicette Bruno (79).





Notícias







Tiago Abravanel será turco em novela de Glória Perez

Tiago Abravanel começa a gravar no final do semestre suas primeiras cenas como turco Demir em 'Salve Jorge'






Depois de várias especulações, Tiago Abravanel (24) finalmente confirmou sua participação em Salve Jorge, próxima novela de Glória Perez (63) que vai ocupar horário nobre na Globo. “Vou viver o Demir, um turco. O nome dele significa ferro”, disse o ator à CARAS Online nesta quarta-feira, 7, durante a estreia do musical A Família Adams, em São Paulo.

“Não posso dar muito detalhes, mas vou contracenar bastante com o Rodrigo Lombardi (35)”, disse. Lombardi será Téo, protagonista da trama ao lado de Nanda Costa (25).

Tiago começa a gravar no final deste semestre. A novela vai abordar o tráfico de pessoas na Turquia e será substituta de Avenida Brasil.



















































08/03/201211h28



Thammy Gretchen fará participação na nova novela da Glória Perez





Do UOL, no Rio





Thammy Gretchen, filha da cantora Gretchen, é mais um nome confirmado
no elenco de "Salve Jorge", nova novela de Glória Perez. A notícia foi
confirmada pela própria autora por meio de sua página no Twitter.

"Quem vai fazer uma participação em 'Salve Jorge' é a Thammy. Ela fez
um teste muito bom e ganhou o papel. Mais do que merecido", escreveu
Glória no microblog. A autora disse ainda que Thammy vai "surpreender".

Thammy ficou conhecida por se apresentar ao lado da mãe e chegou a
posar nua para a revista "Sexy". Em 2006 ela causou polêmica ao assumir a
homossexualidade. Thammy também participou de filmes pornôs.

Além de Thammy, Tiago Abravanel é outro nome estreante em "Salve Jorge".

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

O neto do Sílvio Santos e a filha da Gretchen? Será que isso vai dar certo? Pelo menos o Tiago parece que é bom ator, está sendo bastante elogiado pela peça onde interpreta o Tim Maia, mas a Tamy é uma incógnita.

 

 

Tetsuo2012-04-03 19:13:01

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho a maior bobagem mudarem o nome e muito preconceito tolo afinal já teve novela com nome de Roque Santeiro a qual cidade idolatrava o heroi como santo e a Viagem que falava de esperitsimo e vidas passadas.

Mas se gloria manter a sinopse e prestar homenagem vai São Jorge vai ser muito bom.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Duas louras pararam o workshop da próxima novela das oito, Salve Jorge, no Projac, ontem de manhã. Depois da recente cirurgia plástica, Vera Fischer chegou pontualmente ao encontro às nove da manhã para assistir à mesa redonda sobre tráfico de pessoas, já que viverá na trama de Glória Perez a traficante russa Irina, comparsa da vilã de Cláudia Raia. De óculos de grau e camisa de seda vermelha, ela fez anotações sobre o tema e se disse impressionada com os depoimentos. Por sua vez, Carolina Dieckmann, que viverá uma jovem traficada, chegou a chorar diante do depoimento de uma vítima do crime.

 

 

 

 

 

Já viram o quanto isso promete, né? den.gif06.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vi uma chamada dessa novela.

 

Rodrigo Lombardi: Eu acho que você esconde alguma coisa.

Cláudia Raia: Imagina, minha vida é um livro aberto.

 

Vejamos:

 

Vera Fischer: confere!

Totia Meireles: confere!

Antonio Calloni: confere!

Cléo Pires: confere!

Estrangeiros falando português perfeito: confere!

Diálogos toscos: confere!

 

É uma legítima novela da Glória Perez.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Glória Perez e o eterno retorno do exótico na TV

 

‘Salve Jorge’, que estreia nesta segunda, recorre a expedientes já surrados da autora: a simbiose da cultura brasileira com a de países exóticos, os romances açucarados e, claro, as indefectíveis dancinhas e expressões estrangeiras

 

 

Imagens bonitas de países exóticos? Confere. Romance açucarado? Confere. Um núcleo popular que vive em festa? Confere. E a dancinha que vira moda nas ruas? Também estará lá. Depois de uma novela repleta de surpresas e reviravoltas como Avenida Brasil, de João Emanuel Carneiro, o horário nobre da Globo vai ser tomado por elementos para lá de familiares ao espectador. E ainda mais à autora de Salve Jorge, novela que estreia nesta segunda na faixa das nove requentando aquilo que caracterizou tramas como O Clone (2001) e Caminho das Índias (2009) e vem marcando a carreira de Glória Perez. Mais do que suceder um fenômeno de popularidade como Avenida Brasil, ela terá pela frente o desafio de convencer com o mesmo repertório que vem usando nos últimos dez anos.

 

De modo geral, são quatro os elementos que estruturam as novelas de Glória Perez. Além da ponte-aérea com um país longínquo, há sempre um tórrido romance criando conflitos, o choque com uma cultura distante (fornecedora de jargões e dancinhas) e o investimento no chamado merchandising social. Este, muitas vezes impregnado pelo pendor da autora para temas da área médico-científica – vide Barriga de Aluguel (1990), Explode Coração (1995) e O Clone (2001).

 

Ainda que possam se converter em obstáculo diante da agilidade e da renovação representadas por Avenida Brasil, as repetições são um trunfo de Glória, de acordo com Claudino Mayer, doutor em teledramaturgia e autor do livro Quem Matou... O Romance Policial na Telenovela (Annablume). Para ele, qualquer semelhança não é mera coincidência. “Glória Perez sabe quais são os padrões que garantem uma novela de sucesso. A reutilização dessa estrutura é uma tática para estabelecer empatia com o público e manter a audiência.”

 

Desta vez, o posto de país exótico a ser retratado ficou com a Turquia. Em O Clone, a posição foi ocupada por Marrocos e, em Caminho das Índias, pelo país de Gandhi. É em Istambul que vive a família do rico comerciante Mustafa, personagem de Antonio Calloni, um dos atores que, vem ano passa ano, aparecem fantasiados em um folhetim da autora. Da cultura turca, virá o bordão da vez – a aposta é em “Merhaba”, saudação que equivale a “Oi”. E, com grande potencial de virar praga, a dança do kavkaz, típica da antiga terra dos otomanos. A coreografia é praticada majoritariamente por homens e consiste em giros, muitos giros, palmas e saltos mortais.

A temática social será a do tráfico de pessoas, que de quebra desencadeará o conflito amoroso do folhetim. A mocinha Morena (Nanda Costa) vai ser ludibriada pela vilã Lívia (Cláudia Raia) com um convite para trabalhar na Europa. Além de separar a garota de seu amado, Theo (Rodrigo Lombardi), a armadilha ganhará tons de tragédia quando Morena for forçada a se prostituir. Uma cilada, Bino, diria o Pedro (Antonio Fagundes) do extinto seriado Carga Pesada.

 

O núcleo suburbano e alegre, que foi comandado por Dona Jura (Solange Couto) em O Clone, em Salve Jorge vai ter lugar no Complexo do Alemão. A favela pacificada em 2010 vai servir de cenário para o romance de Morena e Theo, capitão da cavalaria do Exército que participou da retirada do tráfico do local.

 

Público cativo – Apesar de reprisadas, as histórias contadas pela autora são inegavelmente populares. A média de audiência de suas últimas três novelas comprovam seu apelo junto ao público. O Clone (2001) registrou 47 pontos de média. Até América (2005), que foi considerada a sua incursão mais chocha na teledramaturgia, teve média de 49,4 pontos. Já numa época de baixa dos folhetins no ibope, Caminho das Índias (2009) chegou ao fim com 38,8 pontos de média.

 

A explicação para os altos índices de audiência de novelas que, a rigor, não trazem nada de novo está justamente no estilo peculiar que carregam. A espetacularização das produções costuma dividir opiniões. Há os que amam, os que odeiam e os que taxam de cafona, mas veem mesmo assim. A grandiosidade de Salve Jorge, que se verá na riqueza de detalhes dos cenários e dos figurinos, é comprovada pelo tamanho de seu elenco. Foram escalados mais de 80 atores. Em Avenida Brasil, por exemplo, atuaram cerca de 40.

 

“As novelas de Glória Perez são verdadeiras óperas populares. Seu estilo agiganta-se por uma questão artística”, diz o especialista em telenovelas Mauro Alencar, membro da Academia de Artes e Ciências da Televisão de Nova York e autor de A Hollywood Brasileira - Panorama da Telenovela no Brasil (Senac).

 

Salve Jorge, porém, pode ser a última novela de Glória Perez ambientada em países exóticos. Em um dos workshops sobre a cultura turca frequentados pelo elenco, a novelista revelou que a trama vai fechar a trilogia iniciada por O Clone e Caminho das Índias, essa última um sucesso comercial da Globo no exterior e que rendeu à emissora, em 2009, o Emmy de melhor telenovela. Se o voo por cenários distantes acabar, a próxima trama da autora deve se passar no Brasil. Ainda assim, não devem faltar bizarrices. Você duvida?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Elenco da novela tá totalmente inflado. A Globo vai ter que montar uma 10 chamadas de elenco diferentes pra caber todo mundo.

 

Acho que nem se somar todo elenco da Malhação desde que começou dá tanta gente assim. Já começou como cabide de emprego essa novela. Êta lelê Glória...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Toda novela dela é cabide de empregos pros amigos: Antonio Calloni, Cissa Guimarães, Vera Fischer, Totia Meirelles, Nívea Maria, Stênio Garcia, Mussunzinho, Tânia Khalil, a volta da Lisandra Souto... as mesmas caras de sempre interpretando os mesmos personagens de sempre, só se revezando. Senti falta do Victor Fasano e do Raul Gazola... Esperta foi a Eliane Giardini, outra figura carimbada nas novelas dela que aceitou o convite pra Avenida Brasil e se livrou de ter que atuar nesta aqui.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Morro do alemão... Turquia

Ela sempre dá um jeito de inserir cultura estrangeira em suas novelas,de preferências as mais exóticas.

 

O Lombardi foi hoje na AMB, comer arroz doce! Que homem lindo!

Não vejo mais tanto novela, mas gosto dele como ator.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já vi post no Feice dizendo que Salve Jorge é uma expressão ligado ao espiritismo e que o cristão devem boicotar a novela.

 

Globo tava meio com receio de adotar esse nome "Salve Jorge" e já tinha outros na gaveta, mas a Glória Perez bateu o pé com esse nome e ficou ele.

 

Mas Jorge é santo, não? Então, os católicos não devem embirrar, só os evangélicos mesmo (e creio que Universal/Record vai fazer campanha pra isso).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Toda novela dela é cabide de empregos

 

Mas essa acho que tá bem mais que o normal. Já tinha visto umas três ou quatro chamadas dessa novela e achei o elenco grande, mas depois veio a chamada de elenco e apareceu um monte de gente que não tinha dado as caras nas outras chamadas.

 

Ou seja, tem ator/atriz aí que a gente só vai saber que tá na novela quando ela começar (ou quando tiver no ar ha algum tempo porque nem vai dá tempo de mostrar todo mundo logo de cara).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, isto é. Esta mulher é especialista em criar núcleos completamente desconexos da trama principal, que não acrescentam nada à história e só estão lá mesmo para fazer volume e tirar do marasmo os amigos dela.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acabei de ver o primeiro capítulo de Salve Jorge.

 

O herói da cavalaria é apático, e ter fixação pelo carinha do título só contribui pra que ele seja enjoativo. A autora deve ser louca pelo santo também, já que ele aparece de um jeito que lembra merchandising. Tem até pregação na igreja. Mais irritante impossível (ainda bem que os fones não são colados nas minhas orelhas).

 

Da heroína é fácil gostar, por causa da simpatia e do bom trabalho da atriz. Tragicamente, ela vive um momento Edward e Bella com o herói do cavalo, no primeiro encontro dos dois, o que indica um futuro romance.

 

Humor ruim, como de praxe, mas o capítulo quase não dá espaço para a comédia. Na parte séria, os diálogos são decentes. A disputa entre a delegada e o advogado promete momentos irritantes e desnecessários, embora a boa atuação de Giovanna Antonelli ajude. Desconfio que a novela tem personagens em excesso, mas pelo menos eles evitam que o herói montado apareça mais.

 

O clichê país-estrangeiro-"exótico"-estereotipado traz o que já era esparado: imagens bonitas do local, sotaque, música típica, dança (por enquanto rapidamente e sem destaque) e alguma palavra que deve virar bordão.

 

Não acompanho novela, mas resolvei conferir o primeiro capítulo por curiosidade, e fiquei com vontade de ver o desenrolar da história da personagem de Carolina Dieckmann, que cai na armadilha do tráfico de gente. Por causa da ligação com o sujeito tosco, fiquei pouco interessada na história da heroína principal, mesmo tendo gostado dela.

 

O capítulo erra em alguns pontos e acerta em outros. Nada que me faça querer acompanhar, principalmente porque o lado ruim supera o lado bom. Tenho coisa melhor pra fazer.

Share this post


Link to post
Share on other sites

visto e gostado, meno do 1º cap. hehehe

a morena ta bem no papel, ja que não é novata no ramo de atuar, acho q vai da uma boa protag.

qdo se tem tv a cabo, a aberta fica em 2º, 3º, 4º plano, mas se n tiver nada de bom rolando, darei uma espiadinha

gosto de vê outros países e suas peculiaridades B)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Foi só eu que reparei na cena da bandeira? Aquilo doeu o olho...

 

Quando pacificaram o morro, o exercito ergueu a bandeira do brasil lá, e aí mesclaram cenas reais com cenas do personagem do Rodrigo Lombardi erguendo a bandeira. O problema é que a bandeira real era bem grande e bonita, a do Rodrigo era bem vagabundinha, pequena, parecia essa bandeira de papel que se vende em época de copa do mundo. Doeu o olho mesmo ver ele olhando orgulhoso aquele trocinho de bandeira lá.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E não é que falei: Ontem apareceu a Nívea Maria, Stenio Garcia, Letícia Spiller e o Caco Ciocler. Não tinha visto eles ainda em nenhuma chamada da novela (e vi muitas até). Nem sabia que eles estariam na novela, fiquei sabendo ontem.

 

Vai ter ator assim lá longe. A Gloria rapou o tacho e pegou todos atores que não estavam em nenhuma novela e socou tudo nessa Salve Jorge. E se continuar assim até atores de outras novelas podem dar as caras aqui. Não me espantaria se aparecesem o Tony Ramos, a Juliana Paes ou a Patrícia Pillar em futuros capítulos (E quem sabe até atores da Record fazem uma pontinha aí. Sei lá...)

 

E com isso mais um núcleo: O dos ricos falidos. Já tem quantos?

 

Núcleo da Favela

Núcleo do Exercito

Núcleo de Madri

Núcleo de Istambul

Núcleo da Milionária que vai dar herança pro cachorro

Núcleo dos Ricos falidos

 

Êta, que ninguém segura a Glória!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×