Jump to content
Forum Cinema em Cena
joao_spider

Shazam (2019)

Recommended Posts

 A indicação do BALROG acho que é carta fora do baralho, pois segundo o IMBD ele já vive o Rei do Relógio em ARROW, e vai reprisar o papel no seriado do Flash. Quer dizer, acho que nada impede, mas acho melhor não.

 

  Já a sugestão do PRIMO eu acho mais interessante, pelo menos visualmente. até por que esse cara do LAW AND ORDER parece até emular bem aquele aspecto meio roedor que o Sivana tem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Realmente BALROG, o PRIMO mandou muito bem na sua indicação. Pelo menos no que diz respeito ao fator físico.

 

 Mas lanço aqui uma questão. Como a orfandade de Billy seria tratado na tela? 

 

 Digo, na origem clássica, Billy vai parar nas ruas de Fawcett City vendendo jornal depois que seu tio rouba a sua fortuna e o joga na rua. Não querendo ir para um orfanato, Billy passa a viver nas ruas, embora seja constantemente vigiado por Dudley, zelador de sua escola, que lhe dá abrigo e comida. Nos novos 52, Billy é um garoto mais problemático, que vai de orfanato em orfanato.

 

 Eu prefiro a versão menos marrenta de Billy, e que conhece um pouco da malandragem das ruas da versão clássica. Algo meio Oliver Twist. Mas como apresentar isso na tela?

Share this post


Link to post
Share on other sites

 De fato, PRIMO. Mas acho que mesmo sendo um "garoto das ruas", Billy deve preservar uma certa inocência (acho que ele tem que ser mais "escoteiro" que o Super em alguns aspectos). Acho que é possível equilibrar essa benevolência natural do garoto, que inclusive o faz ser o escolhido do Mago Shazam, com uma certa malandragem das ruas. Talvez ai até entre a bondade com que o zelador Dudley trata Billy no período de desamparo que ele vive após a morte dos pais, e o abandono do tio.

 

 Mas a minha pergunta PRIMO, seria como mostrar isso de uma forma crível nos cinemas. Nas primeiras histórias, Billy sobrevive vendendo jornais (algo comum nos States até pouco tempo) para não depender só do Dudley, e mais tarde, já tendo se tornado o Capitão Marvel, arranja um emprego de assistente técnico em uma das rádios da cidade, devido a uma indicação de seu alter ego. Posteriormente Billy recuperaria a sua fortuna roubada.

 

  Mas a questão é, como mostrar a sobrevivência de Billy nas ruas de Fawcett City, sem que ele vire um "trombadinha" (ou talvez ele tenha que virar) de uma forma crível? Afinal, vender jornais não convence mais. Pelo menos não nas telas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma boa forma é mostrar como a maldade de alguns garotos acabou por trazer algo negativo para a vida dele, como se ele percebesse na rua o quanto uma postura diferente diante das mesmas adversidades pode fazer a diferença. Poderia ser alguma primeira incursão dele no crime, com os garotos, que acabou gerando uma tragédia, a morte de alguém. Talvez até mesmo a morte de alguém que o ajudou.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 PRIMO, pode desenvolver um pouco mais essa ideia? Acho que não peguei muito bem. Mas já adianto que sou contra outra tragédia envolvendo morte na vida de Billy, pois o garoto já vai ter perdido os pais, e se seguirem a origem clássica, acreditar ter perdido a irmã também.

 

 Outra pergunta, essa primeira incursão de Billy no crime ocorreria antes de seu encontro com o Mago Shazam? E ele já teria feito outra tentativa de se sustentar antes?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ainda perdido, sem saber como lidar com as ruas, ele acaba tentando se enturmar e é levado para alguma "travessura". Um assalto ou algo parecido. O infortúnio gerado pelo crime do grupo pode ser um incêndio que faz com que um dos moradores perca todo o seu empreendimento, algo assim. Esse morador seria um cara que ajudou Billy em algum momento. Isso talvez ajudaria no processo de construção do personagem.

 

 

 essa primeira incursão de Billy no crime ocorreria antes de seu encontro com o Mago Shazam? E ele já teria feito outra tentativa de se sustentar antes?

 

Você escolhe.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 ESPECTRO, acho que não. O Dudley funciona meio como uma figura paterna pro Billy (o Mago é mais um mentor mesmo). Não acho uma boa Billy prejudicar Dudley dessa forma, mesmo que seja acidental. Seria melhor que fosse um cidadão qualquer mesmo. Talvez um cara que Billy roube a carteira, e que acabe atropelado pelo carro ao tentar perseguir os moleques ou coisa assim. Ou um incêndio acidental como sugeriu o PRIMO.

 

  PRIMO, Acho que esse incidente tem que acontecer pouco antes do encontro de Billy com o Mago. Transtornado, ele corre para os tuneis do metrô, onde acaba transportado para a Pedra da Eternidade.

 

 PRIMO, acho interessante sim que Billy tente algo honesto antes de tentar o "caminho do crime". Mas o que poderia ser? Como eu disse, jornaleiro não cola mais. O que poderia ser, então?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que tal ficar limpando os para-brisas dos carros? ou ser um tipo de "flanelinha"?e bem eu não sei se ainda cola no cinema mas o Billy também podia trabalhar engraxando sapatos,o que acha?E Questão sobre os Sete Pecados Capitais voce acha que eles poderiam serem os vilões de um Capitão Marvel 2,podendo até ter uma cena pós- créditos do primeiro filme com eles aparecendo,o que acha?.

Share this post


Link to post
Share on other sites

PRIMO, Acho que esse incidente tem que acontecer pouco antes do encontro de Billy com o Mago. Transtornado, ele corre para os tuneis do metrô, onde acaba transportado para a Pedra da Eternidade.

 

Boto muita fé!

 

 O que poderia ser, então?

 

Ele pode trabalhar na loja (supermercado?) que depois sofrerá o incêndio. O proprietário, um sujeito altruísta, até costuma usar sua empresa para ajudar outras pessoas (podemos ter cena anterior envolvendo uma família carente precisando de alimento ou algo menos óbvio, claro heheh). Mesmo ressabiado com algumas investidas negativas dos garotos contra ele e a loja, o cara resolve ajudar Billy. Inclusive esse primeiro emprego pode deixar incomodado um dos líderes dos garotos, que, enciumado, tenta aliciar Billy para a "travessura", com o objetivo de macular essa aura positiva de apoio que Billy acaba atraindo por sua postura menos cínica diante da vida nas ruas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 ESPECTRO, acho que os Sete Pecados seriam mais adequados para o desfecho de uma trilogia. Afinal, o Capitão Marvel não tem inimigos mais poderosos que eles. Acho que existem algumas opções de vilões não tão overpower que renderiam melhor em uma sequência.

 

  PRIMO, a ideia de ajudante de mercadinho é boa. Mas acho que o cara não precisa nem ser altruísta ou coisa assim. É um cara de bem e ponto. Se não, acho que é forçar a barra demais para que o publico tenha empatia com o tal dono do mercado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho legal a possibilidade do filme do Shazam, ser independente do universo da turminha de ARGO. Abre possibilidades para um futuro próximo. Espero que façam mesmo Legião dos Super Heróis e que ela tb seja independente. 

 

Tipo, o filme do Shazam poderia ser a Terra 5(que se não me engano, é a terra do Shazam no DC Multiverse) e o filme da Legião dos Super Heróis seria a Terra 12(a terra do Bruce Timm).

Share this post


Link to post
Share on other sites

 PRIMO, a ideia de ajudante de mercadinho é boa. Mas acho que o cara não precisa nem ser altruísta ou coisa assim. É um cara de bem e ponto. Se não, acho que é forçar a barra demais para que o publico tenha empatia com o tal dono do mercado.

 

Boto fé, Questão! E a relação proprietário / turma do barulho / Billy? Curtiu? Curtiu só uma parte? Acho que isso pode conectar os plots e passar uma mensagem interessante.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boto fé, Questão! E a relação proprietário / turma do barulho / Billy? Curtiu? Curtiu só uma parte? Acho que isso pode conectar os plots e passar uma mensagem interessante.

 

 Acho interessante, PRIMO, mas não me aprofundaria muito não também. Até pra desenvolver bem a relação de Billy com personagens mais significativos do universo do herói, como o Zelador Dudley (versão benevolente do Zelador Willie dos Simpsons :D ), que dá abrigo e comida a Billy sempre que pode, e acaba funcionando como uma espécie de figura paterna.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo que vc sabe sobre os personagens, acha que, a exemplo de outras adaptações recentes para o cinema, algumas poucas características do zelador ou do status de sua relação com Billy podem ser cedidas ao dono do mercado? (caso fosse benéfico à trama)

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Não sei, PRIMO. Acho que não muitos. Por que a relação do Billy com o Dudley é um ponto clássico do personagem, e não vejo por que transferir as suas características para outro personagem. Acho que o pequeno drama desse trecho tem que estar mais no ato do Billy em si de ceder a tentação do caminho mais facíl do que por algum dano na relação dele com o dono do mercadinho. O garoto não tem que ficar mal por ter cometido tal ato contra o cara, e sim por simplesmente ter cometido o ato.

 

 Alias, o Billy pode conseguir esse emprego através do Dudley, que pode ser amigo do cara e tal.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×