Jump to content
Forum Cinema em Cena
Questão

Liga da Justiça (2017) #2

Recommended Posts

3 minutes ago, primo said:

hum...

Tem que ver isso aí. Afinal, são incomparáveis os níveis de "dilema" já na fase dos conceitos:
Em Guerra civil", o público não tem, em um dos lados, um déspota com poderes supremos cuja
intervenção mudou o status quo de todo o planeta e que, ainda por cima, mata quem se opor.

 

Exato. No caso de INJUSTICE 2, o game coloca Superman e sua trupe simplesmente como o "mal menor", diante da ameaça de Brainiac, e não tenta validar  o ponto de vista do Super em momento algum. É bem diferente do que rola em CIVIL WAR (o filme).

  E não acho que GUERRA INFINITA vai seguir essa dinâmica não. Na verdade, acho que Tony não vai ter problema nenhum em ligar pro Steve e pedir ajuda. Mas isso já é assunto pra outro tópico.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

9 minutes ago, Questão said:

Sim, mas a lógica do personagem não incluía o fato de ter matado acidentalmente a própria esposa, e por tabela, destruir uma cidade inteira. Esse é um Superman que foi enlouquecido pelo Coringa, já que o palhaço tirou tudo o que ele amava. Então, é uma visão deturpada do personagem mesmo, já que o original não carrega essa tragédia toda. 

Eu tenho uma visão de universo paralelo: Acho que mesmo com mudanças (drásticas ou não), algo do original tinha que se preservar, aparecer de alguma forma nesse Superman alterado. Ainda mais se considerar que esse Superman veio já depois de uma história toda que ele já teve. Ele já teve toda uma bagagem antes. A tragédia ali, não é uma história de origem, que poderia ter deturpado ele desde o início (aí esse vestígio do original não teria tido a chance de aparecer mesmo). 

Então, por essa história, eu consideraria que o Superman viraria mesmo aquilo ali depois de uma tragédia, mesmo se rolar com qualquer versão dele de outro universo. E é isso que a história (im)põe (e pro personagem, não curto terem colocado isso). Na minha visão, mesmo se ele mudasse em algum ponto, algo teria que ser preservado porque quero acreditar que em algum outro momento o personagem mudaria novamente pra algo que ele é. Mas esse Injustice 2, não deixa nem breja pra isso. Difícil imaginar que ele voltaria a ser quem era, nesse universo aí. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 minutes ago, primo said:

hum...

Tem que ver isso aí. Afinal, são incomparáveis os níveis de "dilema" já na fase dos conceitos:
Em Guerra civil", o público não tem, em um dos lados, um déspota com poderes supremos cuja
intervenção mudou o status quo de todo o planeta e que, ainda por cima, mata quem se opor.

Também acho que são incompatíveis o dilema aí. Por isso achei estranho colocarem isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutes ago, Jailcante said:

estranho colocarem isso

Mas esse é o lance. Até que ponto "colocaram", realmente, e o quanto foi interpretado desse modo (nesse nível) pelo "espectador". Nunca joguei esse, mas... questiono com base no que li da sua postagem. E é uma proposta de reflexão tb, minha a vc, claro. rs

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 minutes ago, Questão said:

 

Exato. No caso de INJUSTICE 2, o game coloca Superman e sua trupe simplesmente como o "mal menor", diante da ameaça de Brainiac, e não tenta validar  o ponto de vista do Super em momento algum. É bem diferente do que rola em CIVIL WAR (o filme).

  E não acho que GUERRA INFINITA vai seguir essa dinâmica não. Na verdade, acho que Tony não vai ter problema nenhum em ligar pro Steve e pedir ajuda. Mas isso já é assunto pra outro tópico.

Eu acho que colocaram porque até no final você escolhe se zera com o Superman ou com o Batman. Aí, escolhendo quem você quer ver vencendo a parada (mas tenho que ver o final do Superman ainda - quero ver se ele mostra algum sinal de recuperação nesse, porque no do Batman, não).

Acho que se não tivessem resolvido colocar isso de lado X contra Y, o Superman em algum momento teria tido algum reflexo de realidade, e teria mostrado o lado dele não tá tão certo assim, não que haja desistência inicialmente, mas dúvidas sobre. Mas a história não dá essa breja. Ele defende o lado dele e fim, e inclua a Mulher Maravilha e Cyborg nessa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, Jailcante said:

escolhe se zera com o Superman ou com o Batman

Mas isso é relativo, não? O lance é se a história tenta construir a motivação
do Superman de modo a vender ao público o "lado" do personagem. Ou seja, se o conceito do game tem isso como objetivo, de ser um contraponto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que vende. Até porque a discussão roda mais em se vale a pena matar alguém pra se salvar outras vidas. Discute-se muito se o Superman tava certo em matar o Coringa (que era alguém que ameaça a vida de outros o tempo todo), e não muito o que veio depois (ele virando um ditador).

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 minutes ago, Jailcante said:

se o Superman tava certo em matar o Coringa

Temos que ver se isso é colocado em pauta para realmente ser ele um contraponto ao lado adversário (do Batman) no sentido de conquistar a defesa do espectador ou simplesmente por que, bem... o Superman é o Superman. Aqui, do lado de fora, ele é um símbolo conhecido no mundo todo. Logo, a força do game está justamente no fato de ser ele o vilão. Qualquer história que traga isso como plot tem como ponto base fazer alusão ao ponto de virada. Ou seja, essa é a justificativa do personagem (o Superman). Mas a situação toda ganha outra proporção quando temos o cara se transformando em um déspota, e ceifando a liberdade. Nesse caso, não tem jeito: o game, ao fazer isso, já diz que o Superman é vilão, mas acrescenta camadas ao questionar o assassinato de bandidos. Nesse caso, a comparação fica muito mais para a linha defendida por Frank Castle ou por Anakin Skywalker do que para Steve x Tony, que precisam se manter heróis e não apenas heróis e vilões que se reúnem contra o (Game of cof cof) Thanos. Injustice parece não levantar a bandeira do mesmo objetivo, mas apenas contextualizar, exatamente por lidar com personagens simbólicos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×