Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
O Espectro

É Impossível Mudar o Destino?

Recommended Posts

14 hours ago, primo said:

em alguns aspectos, budismo e hinduísmo se assemelham, e, a partir disso, eu gostaria de conversar aqui sobre o
conceito de alma (a consciência como alma), com base no que citei do seu comentário. Acho que veremos a conexão com o que acredito ser o ponto central dos dilemas. Peço que imagine um cenário onde o que digo a seguir seria real e inquestionável: a alma não se fragiliza. Na verdade, ela sofreria processo de anulação parcial e momentânea, como um eclipse. Imagine. É um exercício.

A partir daí, você tomaria a decisão corajosa de direcionar seus holofotes, seu empenho, para os elementos, em você, que eclipsam a sua consciência. Exemplos comuns (tentaríamos encontrar os seus) são 1.aspectos físicos que a mente transforma em barreiras psicológicas; 2.ausência de proximidade afetiva com familiares e colegas; 3.situações adversas em ambiente escolar na infância etc. Se você topar, seria interessante termos exemplos bem específicos. Se forem mais abrangentes, sem problema.

 

Bem....o que seriam os exemplos bem mais específicos e abrangentes nesse caso ?.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não tem aquele ditado, "se há algo a fazer, lute, se não há nada a fazer, aceita, relaxa e g***"

Pode parecer simplista mas é exatamente assim.

Vc pode se angustiar por não conseguir alterar nada ou pode lutar todos os dias pra alterar alguma coisa, ainda que ache que seja em vão.

Sei lá, a partir do momento que tu opta por um caminho e o aceita, doe menos e quem sabe com o passar do tempo pode até curtir a jornada.

E vc não está só nessa, muitos vivem essa sua mesma angustia, chamam a isso viver ;)

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 06/10/2017 at 11:54 PM, O Espectro said:

o que seriam os exemplos bem mais específicos

algo da sua infância que você lembra e que pode ter contribuído para eclipsar parcialmente sua consciência\alma. Fatos e impressões diretamente ligados a você.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 02/10/2017 at 3:37 AM, O Espectro said:

 

On 02/10/2017 at 3:37 AM, O Espectro said:

 não vai machucar meu coração de pedra.

Se você tivesse um coração de pedra, não teria escrito tudo o que escreveu aqui, ESPECTRO. 

 

On 02/10/2017 at 3:37 AM, O Espectro said:

Se for depressão ela é que é minha amiga cara....ela me permitiu  evoluir e enxergar como o mundo é cinza,tenho uma dívida de gratidão enorme com ela e o favor que ela me fez,se não fosse por ela eu ainda acreditaria naquelas bobagens de "final feliz" e de "como as coisas são simples" que mostram na TV,se não fosse por ela eu ainda estaria na Ilusão de que oooh o amor é importante ou algo do tipo,o máximo de amor na vida é paternal e na família.....o resto é Ilusão de pensamentos positivos fúteis e tolos,

Não,  pensando assim você só trocou uma ilusão pela outra. A vida não é só perfume. E é bom que você acredite nisso. Coisas ruins acontecem, as vezes por acaso, e as vezes por causa de gente ruim e é bom estar preparado pra isso. Mas acreditar que a vida é só veneno, tu me desculpe eu te dizer, é tolice. Acreditar nisso não vai te proteger.

 

On 02/10/2017 at 3:37 AM, O Espectro said:

só ignorei os pontos positivos desse aprendizado que sei que estão errados e me fazem mais fraco e colhi os pontos negativos que estão certos e me fazem ser mais forte para lidar com o Mundo que criaram lá fora de casa.Por fim.....eu acho que é até bom ser fatalista,pelo menos assim eu posso enxergar a vida como ela é:uma coleção de decepções e fracassos disfarçada no inicio como algo bom e prazeroso que voce é forçado a passar porque outros quiseram... 

 Você não aprendeu nada se escolheu ignorar parte da experiência.

 E você não é fatalista, por que como deixa bem claro aqui, está escolhendo assumir essa postura. O que você tá sendo é hiper pessimista, que é uma postura tão míope quanto ser hiper otimista. Você não vai sofrer menos ignorando metade do quadro.

Você não é o primeiro a ter esses pensamentos, e a passar por isso. Acho que é legal mesmo você botar todo esse rancor pra fora escrevendo. Pode ser terapêutico.

Mas ESPECTRO, não vem aqui dizer que deliberadamente cultiva depressão,  por que falando honestamente, e acho que a gente conversa há bastante tempo pra que eu me sinta a vontade de te dizer isso, é burrice, estupidez pura. Isso não vai tirar o sono de quem te magoou no passado, não vai te tornar mais forte, não vai te fazer enxergar a vida de forma mais clara, não vai evitar que tu tome outros tombos, muito pelo contrário. Quanto mais você se abraçar nessa depressão do jeito que dá a entender aqui, e depressão é DOENÇA, mais fraco você vai ficar. Por que não existe pessoa mais vulnerável do que um deprimido. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 08/10/2017 at 11:01 PM, Questão said:

Se você tivesse um coração de pedra, não teria escrito tudo o que escreveu aqui, ESPECTRO. 

 

Não,  pensando assim você só trocou uma ilusão pela outra. A vida não é só perfume. E é bom que você acredite nisso. Coisas ruins acontecem, as vezes por acaso, e as vezes por causa de gente ruim e é bom estar preparado pra isso. Mas acreditar que a vida é só veneno, tu me desculpe eu te dizer, é tolice. Acreditar nisso não vai te proteger.

 

 

Pode não proteger mas ainda assim eu vejo como melhor do que as outras opções,eu acredito sim e pretendo continuar acreditando que a vida fora o círculo familiar é só veneno mesmo que seja um veneno disfarçado para afetar mais tarde,e um monte de pessoas acreditam em um Deus(que também pode ser uma ilusão) e isso por acaso protege elas também ?não nem um pouco, elas também não são protegidas,o que seria igual a mim nesse aspecto,como eu já falei aqui um monte de vezes nunca houve nada forte o suficiente para contrabalancear essa crença minha,muito pelo contrário essa crença só ficou mais forte desde então....e já fazem quase 4 anos o que deve querer dizer alguma coisa,eu não vejo como ilusão falando francamente,a ilusão veio antes...eu vejo como realidade que muitos se negam a aceitar para continuar no ciclo e eu não tenho interesse no ciclo de coisas repetidas.

On 08/10/2017 at 11:01 PM, Questão said:

 

 

 Você não aprendeu nada se escolheu ignorar parte da experiência.

 E você não é fatalista, por que como deixa bem claro aqui, está escolhendo assumir essa postura. O que você tá sendo é hiper pessimista, que é uma postura tão míope quanto ser hiper otimista. Você não vai sofrer menos ignorando metade do quadro.

Você não é o primeiro a ter esses pensamentos, e a passar por isso. Acho que é legal mesmo você botar todo esse rancor pra fora escrevendo. Pode ser terapêutico.

Mas ESPECTRO, não vem aqui dizer que deliberadamente cultiva depressão,  por que falando honestamente, e acho que a gente conversa há bastante tempo pra que eu me sinta a vontade de te dizer isso, é burrice, estupidez pura. Isso não vai tirar o sono de quem te magoou no passado, não vai te tornar mais forte, não vai te fazer enxergar a vida de forma mais clara, não vai evitar que tu tome outros tombos, muito pelo contrário. Quanto mais você se abraçar nessa depressão do jeito que dá a entender aqui, e depressão é DOENÇA, mais fraco você vai ficar. Por que não existe pessoa mais vulnerável do que um deprimido. 

Sinceramente QUESTÃO me desculpe mas nessa parte eu discordo e muito,primeiro sim eu aprendi sim,aprendi bem até demais...2 ou 3 pontos positivos contra uns 20 ou mais pontos negativos só me fazem ter certeza que os negativos me ensinaram alguma coisa a mais por se sobressaírem sobre coisas positivas que,se deveriam ser tão importantes assim eu me lembraria.....mas na real não lembro,provavelmente porque não tinham muito uso para mim se deveriam ter eu me lembraria não ?e olha que eu só cai na real definitivamente no ano passado.

QUESTÃO também acho que voce se equivoca um pouco ao falar que sou um hiper pessimista.....provavelmente a primeira coisa que um hiper pessimista faz é ter pensamentos negativos do começo ao fim de um dia não ?bem se isso ocorreu comigo já não ocorre mais....eu até evito pensar muito para falar a verdade,afinal eu sei que o meu lado negativo é predominante na minha cabeça e deve ser provavelmente por isso que eu passo várias horas dormindo ou cochilando no dia a dia,é que tudo consegue ser tão chato e entediante para mim que as vezes para evitar os pensamentos negativos que vão surgir por conta disso eu uso a única "fuga da realidade" disponível que é o sono....melhor do que nada eu acho,olha eu não nego que eu mesmo me jogo para baixo mas é para o meu próprio bem tudo isso,por exemplo esse ano eu desenvolvi o hábito de ficar entrando no facebook que eu não uso pra nada pra ficar lendo uma mensagem desesperada que eu enviei para a garota que eu gostava em 2014 e eu uso isso para me criticar,uma auto-crítica negativa deve ser isso mas não é todo dia só quando eu sinto necessidade de fazer isso...como eu disse eu guardo rancor de todos os outros menos dela,ela não fez nada grave para merecer meu rancor ao contrário dos outros e bem como tem algo em mim que sente que tudo ficou mal-acabado por minha culpa...eu só tenho que fazer isso.Então tipo eu acho até válido voce falar que eu sou pessimista e não fatalista mas hiper pessimista.....se já chegou a tanto antes eu acho que hoje não mais,mas não sou um especialista no assunto e posso estar errado.

Olha QUESTÃO voce me deu a impressão(posso estar errado) de ter ficado irritado por eu cultuar a depressão,mas eu estou cultuando ela para mim mesmo,eu não estou falando para todo mundo ter depressão....só estou falando que eu tenho bons motivos para fazer isso......sim eu sei que é doença,mas eu não ligo,realmente não ligo,já deixei bem claro que não pretendo passar dos 50 e pouco se eu ver que não tem motivo pra isso e falando de doença....eu vejo o amor como uma doença pior do que a depressão.....e não estou falando de amor familiar ou compaixão mas sim daquele outro amor ...ele sim deveria parar de ser cultuado e ser visto como uma doença junto com a depressão....que bug louco é esse que dá no coração e no cérebro também para fazer uma pessoa ter outra pessoa em seus pensamentos por dias,semanas,meses, anos ou talvez para sempre ?,que nervosismo estranho é esse que chega ao ponto do coração não parar de palpitar quando essa outra pessoa está perto e voce pode chegar a se importar com a opinião dela sobre as dos demais ?o que é essa coisa que faz voce ficar muito feliz mas depois muito triste sem mais nem menos ?o que é esse feitiço que te jogam que faz voce não conseguir desviar o olhar da outra pessoa e suar frio do nada quando está perto dela ?.É engraçado que ninguém sabe explicar de onde vem isso....mas para mim parece que ninguém sequer tenta investigar para explicar o que é isso que também pode colaborar numa depressão como é o meu caso ....na minha opinião é outra doença só que ninguém mais ve isso como eu vejo e os efeitos disso são traumatizantes para várias pessoas se não para todos.É só minha opinião e eu tenho bons motivos para pensar que seja o caso,eu estou determinado a fazer minha parte para impedir a propagação disso nem ligo se me tacharem de louco ou sem-coração,alguém tem que mostrar que isso tem lados negativos sim para parar com esse endeusamento que isso tem e fazer as pessoas pensarem no mínimo umas 5 vezes antes de pensarem em sentir isso,pelo menos nisso voce não vai poder falar que eu me omito mas essa sim seria uma causa que eu acho que não valeria a pena se omitir,ao contrário de muitas outras coisas que seriam perda de tempo e esforço tentar mudar.

E sério pessoal isso que eu vou digitar agora não é só para o QUESTÃO mas para todos que opinaram aqui,voces ficam bastante demais batendo na mesma tecla que esses pensamentos não são originais ou únicos e exclusivos como se eu não soubesse disso,mas eu sei disso já e francamente só porque eu tenho algo que várias pessoas tem ,isso não me faz ser igual a elas,desde a infancia eu sei que sou diferente sim,QUESTÃO voce até pode se identificar com meus pensamentos deprimidos desse tópico mas eu te garanto que nem voce ou mais ninguém entendem como é ser eu isso é algo que só eu mesmo entendo e é ruim demais isso mas eu duvido que exista alguma pessoa nesse mundo que me entenda completamente,já me entristeci muito antes quanto a isso mas hoje eu sei que não adianta nada eu ligar,eu digitando aqui é realmente o máximo que eu vou me abrir nessa vida e eu realmente espero que outras vidas não existam ou que pelo menos essa seja a última(se for a última as outras nem deveriam ser melhores)porque se existe mesmo uma alma eu acho que a minha não aguenta mais do que essa não.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 08/10/2017 at 0:57 PM, primo said:

algo da sua infância que você lembra e que pode ter contribuído para eclipsar parcialmente sua consciência\alma. Fatos e impressões diretamente ligados a você.

Eu me lembro de alguns momentos PRIMO mas não de uma forma muito nítida ou clara,são coisas específicas mas eu não lembro todo o contexto,vou te dar alguns exemplos:

.Pode parecer besteira mas para mim a minha vida começou quando eu tinha 4 anos e foi comigo caindo da minha cama de manhã...nem sei se isso quer dizer algo.

.Eu lembro de eu na escolinha ainda com 4 anos eu acho,meio que discutindo com o professor de educação física com os outros "coleguinhas" em volta,não lembro o contexto da discussão...mas como eu nunca gostei muito de futebol eu acho que era porque eu não queria jogar....eu era mais corajoso nessa época.

.Na vez que minha mãe me levou a psicóloga porque a escola mandou e de eu perguntando a minha mãe:"Eu sou louco não sou mãe ?".

.De uma vez que meus "coleguinhas" me trancaram no banheiro(isso ainda na escolinha)e eu não lembro como ou quem me tirou de lá mas eu lembro que fiquei lá um bom tempo.

.De um dia na escolinha que estava chovendo e eu e outros 3 coleguinhas (um menino,duas meninas)resolvemos brincar na chuva...por iniciativa minha e que depois bem ficamos de castigo.

.De eu com uns 7 anos sendo mudado de classe e perguntando porque para a minha mãe e a professora,eu vou pra classe nova que tem menos alunos que as classes normais e conheço meus novos colegas.....se eu me lembro bem,por sermos poucos éramos até "amigos".....eu não sei se é relevante mas eu também lembro que um deles morreu num acidente com um açude ou cachoeira.

.Cerca de 1 ano depois eu numa outra classe,uma Primeira Série Normal comigo de repente começando a chorar porque eu estava com saudade da minha mãe.Também me lembro de um outro dia nesse contexto que eu fiquei com medo de pedir a professora para ir ao banheiro porque ela não deixou um outro aluno e eu bem.....urinei nas calças na frente de todo mundo.

.Eu me lembro que nesse mesmo ano teve uma noite que eu estava brincando com as outras crianças na rua e deles cachoando de mim e me chamando de florzinha e que eu corri para casa chorando e minha avó me dizendo para chamar eles de "éguinhas-pócoto" e eu fiz isso no dia seguinte....depois nunca mais quis saber de brincar na rua ou fazer novos "amigos".

Eu acho que essas são as lembranças antigas mais relevantes,me desculpe mas é que realmente não deu para ser mais preciso do que isso PRIMO.

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 hours ago, O Espectro said:

é que realmente não deu para ser mais preciso

Foi perfeito, cara! Era algo assim que eu
esperava ver. Mas lerei de novo em breve para entender com outra vibe. Nada como uma bela segunda leitura 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×