Jump to content
Forum Cinema em Cena
Questão

Punho de Ferro (A Série)

Recommended Posts

 

 

Deu uma liberada urgente ao hype enjaulado após Luke Cage

 

 Mais um trocadilho?!

 

meme-1769-nao-adianta-ele-nao-para.jpg

 

 

  :D

 

 

 Em tempo, os trailers das séries da Marvel/Netflix sempre tiveram bastante personalidade, coisa que não senti nesse daqui. De fato, é o primeiro trailer de uma série da Marvel/Netflix que eu digo que poderia passar por um dos filmes da Marvel, que possuem caráter mais leve (não que seja um defeito, só uma observação).

 

 Mas sei lá, tive uma reação parecida com a do MOZTS.

Share this post


Link to post
Share on other sites

tbm não achei lá grandes coisas...

 

pra expulsar de sua empresa a organização da veia chinesa ele vai esquentar o pulso e BAM!!! será que vai se resumir a isso?

 

depois de Luke Cage tô com o pé meio atrás... vamos ver. tomara que surpreenda.

 

em tempo: Daniel "Sam" Rand vai ser para os defensores oq TonY Stark é para os vingadores. $$$$$$$$$$$$

Share this post


Link to post
Share on other sites
Punho de Ferro | “Ela não quer ser o interesse amoroso de ninguém”, diz atriz que viverá Colleen Wing
POR
 ANDRÉ ZULIANI
 -
  15/02/2017
colleen-696x404.jpg
 

Em entrevista à Interview Magazine, Jessica Henwick, que viverá Colleen Wing em Punho de Ferro, a próxima série da parceria entre Marvel e Netflix, disse que sua personagem tem um jeito “solitário”.

“Acho que a palavra que mais define a personagem para mim é “solitária” – com todos os lados positivos e negativos. Ela não quer ser o interesse amoroso de ninguém e não se mostra aberta para isso”, disse.

Na nova série da Marvel/Netflix, Danny Rand (Finn Jones) retorna à Nova York após anos desaparecido e passa a lutar contra o crime e a corrupção com suas incríveis técnicas de kung-fu e o poder de convocar as habilidades do temível Punho de Ferro.

Punho de Ferro estreia em 17 de março deste ano, com 13 episódios inciais.

 

FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Primeiras impressões da série, segundo o Omelete

 

  

Punho de Ferro é o lado místico da Marvel na Netflix
Com seu punho brilhoso, personagem estabelece de vez a identidade dos Defensores
 

O último dos Defensores a ganhar sua série própria, Punho de Ferrochega logo antes da produção que unirá os quatro heróis urbanos e precisa se estabelecer como personagem em seu próprio universo antes de ganhar companheiros vigilantes. "Não me sinto pressionado. Sinto que o roteiro é bem estável e o que a Netflix fez com todas as suas séries funcionou, então acho que estamos em boas mãos", garantiu o protagonista Finn Jonesem entrevista ao Omelete.

Já assistimos aos oito primeiros episódios e, ao mesmo tempo em que Danny Rand (Jones) adiciona algo de novo à equipe que virá a se formar, sua série parece repetir uma fórmula que já vimos no passado. Por mais que Rand seja o mais místico dentre os Defensores, introduzindo à equação uma proposta que tinha sido somente mencionada nas produções anteriores com os poderes de Matt Murdock, Jessica Jones e Luke Cage,Punho de Ferroainda é uma série muito realista. Não fosse a mão brilhosa e a menção a K'un-Lun, poderíamos ter apenas mais um vigilante super-forte.

Assim como Luke Cage, que usa o Harlem a seu favor, a série conta com as artes marciais como um novo personagem. Desde Demolidor vemos elementos orientais permeando a narrativa, ganhando força principalmente na segunda temporada com a introdução de Elektra (Elodie Yung). Sendo assim, Punho de Ferro não apresenta nada novo por si, mas explora de forma mais detalhada esses componentes, trazendo certa veracidade às lutas. Um processo que não foi simples para o elenco, como explica Jessica Henwick, que interpreta Colleen Wing na série: "[A preparação foi] dolorosa. Torci meus punhos, estraguei meu joelho, quase rompi meu tendão de aquiles... Realmente sofri".

 

Além disso, devido à herança de Danny, todo o visual muda quando a produção deixa Hell's Kitchen e segue para o Upper West Side de Manhattan, uma área mais nobre, arborizada e clara. É curioso notar como a série está sempre nos céus, fitando a cidade do topo de altos prédios, sempre olhando para baixo quando Danny precisa lidar com os assuntos empresariais. Segundo Jones, apesar da base nos quadrinhos, a série tem personalidade própria: "Existem muitas histórias, muitas encarnações diferentes de Danny Rand. Então dei uma lida, peguei a ideia geral do tom de cada um dos arcos. Li O Imortal Punho de Ferro e A Arma Viva, que gostei muito, mas estamos lidando com a nossa própria encarnação do Punho de Ferro, então escolhi seguir com o que tínhamos nos roteiros".

A união da equipe será curiosa exatamente pelo fato de que os quatro heróis são muito diferentes entre si, cada um cheio de personalidade e com seu próprio aglomerado de personagens. Danny Rand e companhia serão uma boa adição ao time, principalmente devido ao conhecimento adquirido em K'un-Lun. Que venha a ameaça de Defensores. Os 13 episódios de Punho de Ferro estarão disponíveis na Netflix em 17 de março. Já Defensores deve chegar ao serviço de streaming na segunda metade de 2017. 

 

FONTE: OMELETE

Share this post


Link to post
Share on other sites
Punho de Ferro | Herói não usará uniforme clássico em série da Netflix
POR
 RODRIGO SCHARLACK
 -
  03/03/2017
punhodeferro-696x325.jpg
 

Não espere ver o uniforme clássico de Punho de Ferro na série da Netflix, pelo menos não nessa primeira temporada. O herói interpretado por Finn Jones ainda não o usara, segundo Scott Buck, showrunner da série.

De acordo com Scott, “não há uma boa razão” para colocá-lo no uniforme, já que “Danny Rand (Punho de Ferro) ainda está descobrindo quem ele é como herói”. Vimos algo parecido em Demolidor, que enquanto se descobria como herói não usou seu uniforme clássico.

 

FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA

  

  Será que só usara o uniforme na Season Finale, como em DEMOLIDOR, ou vai acabar ficando pra OS DEFENSORES mesmo?

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Pelo amor de deus! Que frescura! Isso não é "politicamente correto" ou busca por representatividade. É idiotice mesmo.

 

 

 

Punho de Ferro | Protagonista desativa conta no Twitter após discussão sobre etnia do personagem
Finn Jones pediu um pouco de paciência para quem esperava ver um ator asiático no papel
06/03/2017 - 18:59 RAFAEL GONZAGA
punhocrop.jpg
 

O ator Finn Jones, que interpreta o protagonista na série Punho de Ferro exibida pela Netflix, deletou o próprio perfil na rede social após uma discussão sobre a etnia do herói que dá nome à série. Apesar de Danny Rand ser branco nos quadrinhos, existia uma pressão para que o ator escalado fosse asiático. O motivo é que o enredo da trama acaba esbarrando em alguns estereótipos de Hollywood, como o de homem branco que treina lutas orientais e se torna melhor do que seus professores asiáticos. As informações são do site Polygon.

A discussão no Twitter começou quando Jones citou o ator Riz Ahmed, que compartilhou um link de uma palestra sobre a importância da representatividade étnica no cinema. O ator de Punho de Ferro compartilhou dizendo que "representatividade é importante". Não demorou até que alguém confrontasse Jones a respeito da sua própria escalação para o papel na série. Os tweets foram apagados junto com a conta, mas alguns usuários tiraram prints dos comentários do ator.

 

"Por favor, não faça suposições sobre o nosso show antes de assistir. A caracterização de Danny Rand pode ter permanecido fiel ao seu material de origem, mas o nosso show incorpora e comemora atores de todas as origens étnicas."

A discussão não é novidade. Desde que Jones foi anunciado como o personagem, muitos fãs expressaram o descontentamento com a escolha, visto que a solidão e sensação de não pertencimento de Rand são sentimentos comuns à asiáticos-americanos. A argumentação era também a de que a etnia do personagem não era algo tão fundamental para a manifestação dos seus poderes e que a história podia soar mais poderosa a partir de uma perspectiva que não a do homem branco. 

Na Comic Con de Nova York de 2016, Jones falou brevemente sobre o assunto. "Estamos trabalhando com Netflix e Marvel, duas das empresas de entretenimento mais importantes do mundo no momento. Eles sabem exatamente o que estão fazendo. Nós temos um elenco incrivelmente diverso e incrivelmente talentoso. O que eu diria sobre isso é: espere até que você tenha visto a série. As pessoas vão ser muito, muito, muito agradavelmente surpreendidas com o que estamos fazendo".

Punho de Ferro acompanha Danny Rand (Finn Jones), um monge que, após anos desaparecido, retorna a Nova York para se reconectar com o próprio passado e assumir legado de sua bilionária família. A série estreia em 17 de março deste ano, com 13 episódios iniciais.

 

FONTE: OMELETE

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Claro que representatividade é importante, e que as "minorias" tem uma consciência muito maior disso do que o típico "homem branco heterossexual". Mas agora, um ator caucasiano ser criticado por ser escalado por viver um personagem que é caucasiano no original é um absurdo. Danny Rand poderiaser um americano asiático? Poderia. Mas qual o problema de ele ser caucasiano? No que isso é ofensivo? Os criadores dos personagens o criaram assim, caramba. Nem tudo precisa virar uma questão social.

 

 Enfim,maior babaquice isso. Bem fez o Finn Jones em sair do Twitter e se livrar dos ativistas de fim de semana.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vai começar a ficar repetitivo o estilo do ucm na Netflix. Além de ser tudo na mesma cidade e no mesmo período.

 

Defensores que terá um apelo diferente por se formar o grupo.

 

Mas eles precisam rever isso daí.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Discordo.

 

 Eu acho que as três séries lançadas até aqui são bem diferentes. Ser na mesma cidade não tem problema, pois a Hell's Kitchen de DEMOLIDOR e JESSICA JONES, mostra-se bem diferente do Harlem de LUKE CAGE. E ser no mesmo período também não, pois excetuando CAPITÃO AMERICA, os filmes da Marvel também se passam no mesmo período (o presente).

 

O que as séries tem em comum são as narrativas sombrias situadas em ambientes urbanos, mas isso são o que os personagens são.

 

 DEMOLIDOR segue mais o estilo "Jornada do Herói" com ação mais pegada, problematizando a tal jornada. JESSICA JONES já tinha uma pegada mais thriller psicológico com influência Noir. e LUKE CAGE já entrava em uma pegada mais Blackxploitation.

 

 Engraçado que as críticas nacionais dos episódios iniciais de PUNHO DE FERRO estão sendo mais gentis que as americanas, embora estão reclamando que a série tem problemas de ritmo semelhante a JESSICA JONES e LUKE CAGE, e que falta um vilão mais interessante, pois o foco do antagonismo está em uma organização e não em um indivíduo.

 

 

 O que espero de PUNHO DE FERRO é mais foco no lance das artes marciais e as questões místicas, inexistentes nas outras três séries (somente sugerido na 2ª temporada de DEMOLIDOR).

Share this post


Link to post
Share on other sites
Punho de Ferro | Finn Jones responde às críticas negativas da série
POR
 REDAÇÃO
 -
  12/03/2017
punho-de-ferro-696x325.jpg
 

Por Wesley Parrera

 

Os seis primeiros episódios de Punho de Ferro, a nova série da parceria entre Marvel e Netflix, já foram disponibilizados para a imprensa e estão recebendo críticas duras. Os profissionais da indústria do entretenimento não conseguiram ver na série as mesmas qualidades que viram em sucessos como Demolidor, Jessica Jones e Luke Cage.

O IGN, por exemplo, comparou a série a uma novela enquanto o The Verge classificou a escolha do protagonista como “radicalmente desconfortável” tendo em vista que ele não é asiático. A Variety classificou a série como “frustrante”, “ferozmente chata” e “descartável”. Sites como Rotten Tomatoes e Metacritic mostram notas baixas, apenas 14% e 33%, respectivamente, de aprovação.

Depois das críticas, o astro da série, Finn Jones, veio a público defendê-la em entrevista ao jornal Metro:

 

“Bem, eu acho que há vários fatores. O que vou dizer é que esses programas não são feitos para os críticos, eles são feitos para os fãs em primeiro lugar. Eu também acho que algumas das críticas que vimos foram vistas através de uma lente muito específica; e eu acho que quando os fãs do mundo Marvel Netflix e os fãs dos quadrinhos veem o programa através da lente de quem apenas quer desfrutar de um programa de super-herói, então eles vão realmente apreciar o que eles veem. Eu acho que é um programa fantástico que é realmente divertido e eu acho que ele fica em pé de igualdade com os programas dos outros Defensores, sem dúvida”.

 

FONTE OBSERVATÓRIO DO CINEMA

 

 A série pode ser uma bosta, mas comentários como classificou a escolha do protagonista como “radicalmente desconfortável” tendo em vista que ele não é asiático. São absolutamente cretinos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Punho de Ferro | Dragão Shou-Lao não será mostrado na série: “Não temos o orçamento de Game of Thrones”
POR
 DIEGO ALMEIDA
 -
  13/03/2017
iron-fist-shou-lao.jpg
 

Finn Jones, o protagonista de Punho de Ferro, descartou a aparição de Shou-Lao, famoso dragão das histórias em quadrinhos do personagem, na série de TV. Em entrevista ao Yahoo UK, o ator justificou a ausência do dragão:

 

“Nós adoraríamos ter o orçamento de Game of Thrones e podermos mostrar um dragão completo. Mas, infelizmente, tivemos orçamento limitado. É a natureza da série. Porém, nós demos um jeito inteligente de resolver isso”, salientou.

Shou-Lao é uma criatura imortal que detém grande fonte de poder. Para ganhar o título de Punho de Ferro, o candidato deve derrotar o dragão como um teste final e, no processo, acaba absorvendo parte de seus poderes.

Na nova série da Marvel/Netflix, Danny Rand (Finn Jones) retorna à Nova York após anos desaparecido e passa a lutar contra o crime e a corrupção com suas incríveis técnicas de kung-fu e o poder de convocar as habilidades do temível Punho de Ferro.

Punho de Ferro estreia em 17 de março deste ano, com 13 episódios iniciais.

 

FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu acho que ele falou merda....

 

Depois de falar um pouco sobre às críticas em relação à representatividade de Punho de Ferro, Finn Jones relaciona as críticas negativas da série ao atual presidente norte-americano, Donald Trump.

 

Na última segunda-feira, Finn Jones deu uma série de entrevistas a diversos sites e portais de mídia, para rebater as esmagadoras críticas negativas contra Punho de Ferro. Durante uma conversa com o Radio Times, o ator de Game of Thrones disse que boa parte do criticismo pode estar relacionado ao resultado das últimas eleições presidenciais dos Estados Unidos:

 

Eu acho que o mundo tem mudado muito desde que começamos as filmagens da série. Estou interpretando um super-herói branco, bilionário e americano, em um mundo onde o arquétipo branco, bilionário e americano é considerado inimigo número um, especialmente nos Estados Unidos. Filmamos a série antes da eleição de Trump, e eu acho interessante perceber como, agora que ele está no poder, se tornou difícil torcer para alguém que vem do privilégio branco, quando esse arquétipo representa o inimigo principal.
 

 

Jones já rebateu diversos tipos de comentários sobre a série, dizendo que os fãs precisam esperar para ver antes de criticá-la por questões de diversidade, e falando que é uma série feita para os fãs e não para os críticos, o que “justificaria” a quantidade de críticas negativas levantada contra a mais nova parceria entre Marvel e Netflix.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×