Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
Verbatim

Algumas considerações sobre a possibilidade de vida alienígena

Recommended Posts

Eu havia postado isso em outro fórum, achei interessante e vou reproduzir aqui: 

A mente humana é incapaz de conceber escalas de tempo e distância tão vastas. 

250_special_feature_flash.jpg 

image.jpg 

Se a distância da Terra à Lua fosse o equivalente à espessura máxima de um fio de cabelo humano, Marte estaria a 3 cm, o Sol a 8 (equivalente a esse disco de GameCube da foto), e Plutão a 3-4 metros. 

Earth_and_a_spacecraft_orbiting_the_Sun_ 
 

centauri_sizes.jpg
Esta imagem foi redimensionada. Clique para ver em tamanho original 800x318.


A estrela mais próxima da Terra, depois do Sol, ficaria a 21 km de distância. Agora parem e pensem na diferença entre a espessura de um fio de cabelo e 21 km

E vão mais longe que isso, pois 4 anos-luz não são nada. Há estrelas, planetas e uma infinidade de objetos a 40, 400, 4.000, e muito mais anos-luz daqui. 

Quer dizer, se levaram quase 1 semana pra ir e voltar à Lua, levariam, sei lá, 160 anos pra ir à Plutão, ao invés dos 9.5 da New Horizons. Ou vários meses para o homem chegar à Marte. 

Mas o que são 3 metros se comparados com muitos km? Absolutamente NADA. icon_biggrin.gif 

Então não foi apenas pela corrida espacial ter minguado, falta de grana, emburrecimento (principalmente científico), etc. 

Simplesmente porque faz muito mais sentido enviar várias sondas (MUITO MAIS RÁPIDAS) que seres humanos só pra fincar bandeirinha e detonar a própria saúde (se é que terão alguma ou se a missão dará certo, especialmente pra VOLTAR à Terra, pois pelo que andei lendo, uma das ideias era uma viagem só de ida), além de encarecer imensamente mais a parada. 

Claro que alguém vai "romantizar" e dizer que deveríamos ir à Marte ou algum outro lugar, pela possibilidade de se descobrir algo ou evoluírmos de algum meio, descobrirmos nossas origens, etc. Acontece que faz tanto sentido visitar esses locais quanto querer morar no fundo do mar ou numa outra área inóspita da própria Terra. 

Visitar é uma coisa, se estabelecer são outros 500, e se não há nada pronto e uma série de empecilhos, acaba não sendo uma opção atraente pra quem vai aprovar no fim das contas. Não tenho dúvida que se alguma forma de vida ou planeta tão hospitaleiro quanto a Terra fosse descoberto, a viagem de seres humanos pra lá seria aprovada... ontem. 

*************** 

Isso me leva a outro argumento: o de não fazermos A MENOR IDEIA do que existe lá fora. Se muito, instrumentos astronômicos podem indicar que há possibilidades de haver vida, mas não de atestar, sem sombra de dúvida, absolutamente NADA a respeito de um lugar que jamais será visitado. Muitos desses planetas só são descobertos quando observam as estrelas. 

Nenhum telescópio jamais conseguirá isso, nem hoje nem nunca, justamente pela distância e tamanho diminuto destes corpos celestes. 

Não só eles, evidente, mas o que há por lá. Um tele de 150mm pode enxergar, segundo o site Apolo11.com, no mínimo um objeto com 1,7 km de tamanho, que esteja na Lua. Um de 300mm já melhora isso para 898 metros. 

O maior tele do mundo, o SALT, da África do Sul, com 11 metros de diâmetro (11.000mm) enxergaria algo com 24,5 metros. Quer dizer, nem com ele daria pra ver algo deixado por lá. 

E isso que estou falando da Lua, imagine um planeta INFINITAMENTE menor que uma estrela e que esteja a essa distância inacreditável... 

Eu estou falando até agora da viabilidade de se saber ou não se existe vida num canto obscuro do Universo. Pode-se conjecturar, mas certeza mesmo, creio que seja impossível a distâncias tão vastas. 

Isso me faz pensar que mesmo que o Universo esteja POVOADO de civilizações alienígenas, elas simplesmente não podem saber de forma alguma que estamos aqui. Eles não sabem pra onde ir, é esse meu ponto

Imaginem que uma dessas civilizações estivesse afastada anos-luz, e mesmo assim tivessem capacidade de nos visitar em, digamos, 500 anos. Alguém consegue imaginar que elas fariam um percurso às cegas, apenas para chegar e descobrir que não há vida alguma? 

* Não confundir procurar, como seres humanos fazem, com despreender recursos numa viagem dessas para chegar e não encontrar nada. * 

************ 

O argumento final é o que, na minha opinião, mais quebra as pernas de quem acha que pode existir vida alienígena: foi preciso uma confluência incalculável de eventos para que a vida pudesse existir na Terra. 

Devemos levar em conta não só algo tão simples quanto civilizações se aniquilando ou prevalecer uma forma de vida que não tenha intelecto suficiente para se comunicar ou viajar a longas distâncias: e sim que o Universo CONSPIRA para que a vida não se estabeleça. 

Não só as condições de como os planetas foram formados, a distância deles com relação à estrela... mas as extinções em massa que, se eu não estiver enganado, tem que obrigatoriamente ocorrer com choques de asteróides... ou será que num intervalo de bilhões de anos todos esses locais estariam isentos destes impactos? Ou mesmo outras consequências naturais que não podem ser evitadas? 

Aí alguém vai dizer: mas os ETs já se protegeriam contra isso! Eles já teriam outros locais para visitar, não se fixariam só no planeta deles! 

Peraí, eu estou falando de algo que ameaça ou extingue a própria possibilidade desse desenvolvimento tecnológico. 

Se há alguma espécie de vida lá fora, já pararam pra pensar que pode não ser em NADA semelhante (biologicamente falando) à humana? Porque se for, como é que sobreviveria ao percorrer distâncias tão grandes? 

Tudo que levou à humanidade atingir esse estágio evolutivo é muito mais improvável de ser replicado nem que seja uma vez em todo o Universo. E ainda que seja, como adiantei, simplesmente não há como sequer saber onde procurar, que dirá chegar a qualquer ponto desejado. 

******** 

Em tempo: estou interessado em saber se há alguma chance de existir vida a alguns "metros" de distância da Terra, ou seja, um pouco mais longe que a New Horizons foi a Plutão, ou antes. Mesmo assim, não nos vejo visitando nem mesmo essas distâncias. Ao menos não por meio de viagens tripuladas. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×