Jump to content
Forum Cinema em Cena
primo

Batman Vs Superman: A Origem da Justiça #2

Recommended Posts

Identidade do Robin morto pode ter sido revelada!

7dd66679674b3ce93243469de714097b.jpg

Warner Bros., produtora por trás de Batman vs Superman: A Origem da Justiça, pode ter dado uma grande pista sobre a qual dos Robins pertencia o uniforme pichado mostrado no filme

O instagram oficial de Batman vs Superman postou ontem uma foto da cena em que o Batman encara o uniforme destruído do Robin no longa, mostrada também nos trailers. A legenda do post dizia “20 anos em Gotham, quantos mocinhos restaram?”.

Isso, por si só, não é nada de novo, porém, um usuário do Reddit notou algo a mais na postagem. O post foi feito em 27 de abril, o mesmo dia em que Jason Todd morreu nos quadrinhos, 27 de abril de 1985. Pode não ser nada, porém, todo o contexto da imagem e a data apontam para o encontro mortal entre Coringa e Jason no passado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas é uma inevitabilidade que no mínimo eles deveriam estar prontos. E de qualquer forma, acho que o mais pesado foi a comparação com a trilogia do Nolan. Assim como O Espetacular Homem-Aranha sofreu muito na sombra do Sam Raimi e Tobey Miguire. 

 

Por muitos anos, quando se trata de cinema, DC virou sinônimo de Batman. E o apresentado até aqui é claramente inferior ao que o Nolan fez na sua trilogia. Nem sou um grande fã, mas admito que a diferença é monstruosa. Se existe essa tal excessiva crítica por comparação a alguma coisa, me soa mais por não terem alcançado nível semelhante a um material já da casa.

 

Mas, de qualquer forma, não concordo muito. Acho o filme ruim independente de qualquer comparação. Por esse lado podemos dizer também que a minoria que gostou fez mais por uma extrema euforia em observar o universo compartilhado de seus heróis preferidos pela primeira vez. Um olhar de fã encantado. Assim como Vingadores se tornou o melhor filme do mundo por juntar aquela galera toda, mesmo, no final das contas, sendo "apenas" um puta filme bom, na escala que esse filme permite BvS pode ter se tornado um filme legal enquanto sem esse olhar não sobraria muita coisa. 

 

Mas vamos ver se ele se sustenta por muito tempo. Como falei, sou pessimista com o futuro da DC.

 

mas aí que está Tensor...

hoje, como seria a recepção com a trilogia do Nolan com o público tendo o universo marvel e a forma como ele foi construído e continua a se expandir para comparar? tirando o filme 2 do cavaleiro das trevas, não sei se não sofreria das mesmas críticas de BvS, e isso por causa do Ledger.

 

É fácil dizer que algo é bom qdo não existe algo igual/parecido/na mesma linha para comparar.

Aí entra esse ineditismo que vingadores se beneficiou. Mas que teria o êxito que teve se não existisse os filmes do Thor, Capitão, Hulk(tá nem conta) e os dois homens de ferro? Difícil né, o filme é bom, mas mesmo assim, acho que não faria oq fez de bilheteria que o alavancou ao sucesso, com justiça diga-se.

 

Por isso, mesmo tendo gostado do filme BvS, acredito que teria sido melhor eles terem tido calma no processo de construção deste universo, apresentando e construindo primeiro o mundo do batman, da mulher maravilha e talvez até o do esquadrão, e depois terem feito esse do CONFRONTO.

 

A ruindade do filme para alguns, em parte está na pressa da construção deste universo. Mas será que essa pressa não foi solicitada ao Snyder pela própria Warner, ou ele que fez a cabeça deles? não sei, mas foi uma decisão tomada pelo estúdio. Pra que?! Pra ver os heróis juntos e não ficar atrás da marvel? achando que iria fazer muito dinheiro?

 

Todos já expressamos aqui os riscos de fazer de um jeito ou de outro, e somos amadores se comparados as mentes executivas da Warner, então eles deveriam e poderiam ter feito melhor.

 

Enfim, eu prefiro acreditar que depois de justice league, olharemos os filmes lançados até lá como uma grande história, com seus defeitos, que terá sua personalidade, diferente da marvel, mas apreciada e reconhecida como algo novo e marcante, em tempos que se tem uma marvel que saiu na frente com uma fórmula de sucesso.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

desculpe questão, uma coisa são os personagens de hq, outra são de cinema.

 

Vc tem apego com os personagens na HQ, no filme e´ diferente.

 

e fazer uma precipitação dessas, juntar super e batman, sem antes explorar a riqueza da trajetória anterior dos dois personagens só pra ser diferente dos filmes da marvel, ao meu ver, e´ superficial, esterotipado, portanto, e grandes chances de ser falho, como parece que foi (não assisti ainda, mas pelo tom da conversa aqui dos fãs, filme foi apenas bom para muito bom).

 

Se a Dc queria ser diferentona da Marvel, que fosse diferente no que se trata do conteúdo cinemático das obras, não em simplesmente a cronologia com que faz as obras.

 

Sim, sei que a DC tambem está pegando um tom diferente dos filmes da marvel no que tange outros aspectos, mas isso só não quer dizer nada, porque os filmes, acima de tudo, tem que ter qualidades de um ótimo filme, o que envolve logicamente a autenticidade e genuinidade, mas não e´ a única coisa, mas isso está longe de se reduzir a por tom de cor mais escuro  ou mais claro, filme com mais alívio cômico ou menos alívio cômico.

 

Ao meu ver, esse lance de juntar os dois já, por natureza, diminui o potencial do que pode ser explorado da história desses dois personagens ate chegar no encontro dos dois.

 

coitado do Questão... ;):):P  ficou com as orelhas vermelhas

 

mas eu tbm não acho que foi nenhuma brastemp, como já escrevi logo depois que assisti, duas vezes, o filme veio com outra proposta algo novo, com suas falhas, mas é diferente. Bom ou ruim...

 

como assim? você diz que a diferença com a marvel foi só na forma cronológica? acho que foi muito mais do que isso.

 

enfim, a cronologia, torço, que fará mais sentido lá na frente, ou simplesmente se mostrará como algo que foi feito na afobação para apresentar um universo compartilhado.

 

olha, eu entendo e percebo as falhas apresentadas pelos que não gostaram do filme, por exemplo a resolução do conflito bat vs super, o nome das mães, pra que o Lex foi querer que os dois brigassem se ele acabaria criando o apocalipse de qualquer forma e todos os outros problemas técnicos ditos aqui, mas isso não prejudica o filme pra mim, por que consigo suportar que isso só aconteceu pela falta de corpo cinematográfico dos heróis neste universo cinematográfico.

 

se eles tivessem tido feitos outros filme antes, será que teria sido a mesma coisa? a motivação do confronto e todo o desenrolar teria decorrido desta forma? duvido!

 

#EuAcredito #GoSnyder :P:);)

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

A ruindade do filme para alguns, em parte está na pressa da construção deste universo

 

Mas tem aquela:

 

mesmo que a pressa tenha motivado inserção de elementos, os problemas alardeados por aí sobre o filme parecem estar muito mais focados no modo como os elementos foram tratados. Do contrário, se bem tratados, imagino uma crítica muito mais branda, a bilheteria mais gorda, e assim por diante.

 

Exemplo: elogiam bastante Christopher Markus e Stephen McFeely pelos roteiros da trilogia "Capitão América", bem como os irmãos Russo pela direção dos recentes, e Kevin Feige pela condução perfeccionista.

 

Logo, é natural imaginar que o mesmo conceito que pautou "A origem da justiça", nas mãos desse quinteto (em universo no qual o grupo é apaixonado pela incumbência), teria resultados bem mais satisfatórios, ainda mais com ícones como Superman e Batman.

 

Eu acho que o filme tem problemas que independem da comparação com o UCM.

Seus problemas estão mais relacionados com a realização do que com os personagens ou com a necessidade de outras obras anteriores.

 

Assino embaixo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas tem aquela:

 

mesmo que a pressa tenha motivado inserção de elementos, os problemas alardeados por aí sobre o filme parecem estar muito mais focados no modo como os elementos foram tratados. Do contrário, se bem tratados, imagino uma crítica muito mais branda, a bilheteria mais gorda, e assim por diante.

 

Exemplo: elogiam bastante Christopher Markus e Stephen McFeely pelos roteiros da trilogia "Capitão América", bem como os irmãos Russo pela direção dos recentes, e Kevin Feige pela condução perfeccionista.

 

Logo, é natural imaginar que o mesmo conceito que pautou "A origem da justiça", nas mãos desse quinteto (em universo no qual o grupo é apaixonado pela incumbência), teria resultados bem mais satisfatórios, ainda mais com ícones como Superman e Batman.

 

Será que sem o peso do universo compartilhado, personagens já apresentados e estabelecidos e apreço do público por eles,teria acontecido da.mesma forma?

 

Veja, é igual o Messi, será que ele jogaria tudo isso em outro time? Na seleção da Argentina ele não consegue.

 

O UCM é algo estabelecido por n fatores, daria uma tese. Hahahahahaha hahahahaha. Foi sem querer. ...

 

Depois dessa.perdi até o raciocínio.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Será que sem o peso do universo compartilhado, personagens já apresentados e estabelecidos e apreço do público por eles,teria acontecido da.mesma forma?

 

Mas poderíamos comparar, nesse nível, universo com 12 filmes com universo com 2 filmes?

Share this post


Link to post
Share on other sites

 E o apresentado até aqui é claramente inferior ao que o Nolan fez na sua trilogia. 

 

 Não é bem assim TENSOR. Na verdade, o Batman do Affleck foi alardeado como a melhor coisa do filme, incluindo por muitos que desancaram o filme. Muitos chegaram a aponta-lo como o melhor Batman do cinema, afirmação também feita em muitas críticas negativas.

 

  Claro, não foi unanimidade. Mas o termo "claramente" está longe de ser adequado aqui. Diria que o Batman do Affleck foi muito bem recebido.

 

 

 Sobre a comparação com OS VINGADORES.

 

 Quando a gente volta em 2012, a gente lembra que embora os filmes independentes da Marvel tiveram de grandes sucessos a satisfatórios, VINGADORES não era uma aposta tão acertada assim. Muitos (público, crítica e mesmo estúdios) viam a iniciativa da Marvel de construir um universo compartilhado de fato, onde Deuses Nórdicos, super soldados e espiões enfrentam alienígenas como sendo muito arriscada, havia muitos que diziam que o estúdio estava dando um tiro no pé pondo em prática uma ideia que em tese, só funciona nos quadrinhos. Mas todos sabemos o que aconteceu.

 

 Vamos então a iniciativa da DC. Teoricamente falando, o caminho escolhido pela Marvel, é muito mais seguro e interessante do que o da DC. Pessoalmente eu prefiro ver aquele universo se construindo diante dos meus olhos do que o caminho mais fragmentado da DC.

 

 E acho seguro afirmar (embora seja impossível ter 100% de certeza) que a escolha do caminho optado pela DC foi sim fortemente inspirado na concorrência direta da Marvel. Com a estratégia, a DC não somente se afastava da inevitável comparação de copiar o modelo da Marvel, como também acelerava o processo que a Marvel levou anos pra construir.

 

 O caminho não era totalmente absurdo. Poderia ter funcionado. Mas o problema é que o filme é simplesmente obcecado demais em mostrar que está construindo um universo particular. Embora muito boa, a função da Mulher Maravilha na trama é basicamente essa. Não chega  ser um pecado mortal, visto que a própria Marvel cometeu esse erro algumas vezes (Viúva Negra em HOMEM DE FERRO 2, Gavião Arqueiro em THOR) mas a DC faz aqui o que a Marvel foi acusada por anos em escala que a Casa das Idéias nunca fez. Ela deixa as referências tomarem conta do filme, vide a sequência do pesadelo, e a rídicula aparição do Flash. Esquecem que BATMAN VS SUPERMAN deveria vir na frente de DAWN OF JUSTICE também na história.

 

  Entretanto, acho bobagem de quem reclama (especialmente os fãs de quadrinhos) que a briga é mal feita por que tudo que Batman e Superman precisariam fazer para não brigarem é conversar. São super heróis. Em praticamente qualquer mídia. Mesmo as histórias com conflitos ideológicos mais bem construídos, vide O CAVALEIRO DAS TREVAS do Frank Miller ou a GUERRA CIVÍL (HQ, não vi o filme ainda) os heróis só saem no braço de fato por um motivo completamente imbecil que podia ter sido resolvido com um papo. Por que é o que a gente quer ver. A gente não quer ver herói tendo DR, quer ver eles saindo na porrada.

 

 Claro que isso não redime os erros do filme em alguns alicerces em torno do conflito. Os motivos do Batman são muito bem apresentados na ótima sequência da destruição de Metropolis, mas o que leva ele de fato a ir atrás do Superman com o incidente no capitólio é meio fail, afinal, meio que já tinham provado que o Super não era responsável, estava "apenas" sendo acusado de omissão. Uma incriminada maior ali no Super teria sido melhor.

 

 A motivação do Superman pra ir atrás do Batman também não é um problema. Na verdade, gosto muito da cena do Super com o Luthor no terraço. Humanizou o personagem legal ali. Mas o filme esquece de toda uma treta do Super com o Batman em relação aos métodos violentos dele que nunca é retomada. Isso acaba não tendo peso nenhum no conflito.

 

 O que faltou na minha opinião, foi mais interação entre os heróis. Na cena do "You Bleed" o Super tinha que dizer tudo que pensa do Batman e vice versa. Mas ficou aquelas ameaças toscas.

 

  Finalizando, eu olho pra esses defeitos, e percebo que eles não tem a ver com a escolha da DC de não seguir o modelo Marvel. Imaginem esse filme com o mesmo roteiro, cada herói tendo seu filme solo bonitinho, então antes de Liga da Justiça viria BVS. Com a mesma direção, e o mesmo roteiro, os erros não continuariam os mesmos? Me parece que sim.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho que o filme tem problemas que independem da comparação com o UCM.

Seus problemas estão mais relacionados com a realização do que com os personagens ou com a necessidade de outras obras anteriores.

 

Concordo. Até acho que pra qualquer crossover é recomendável apresentar (ou reapresentar) os personagens antes em filmes-solo, mas no fim, não acho que o problema foi esse.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Não é bem assim TENSOR. Na verdade, o Batman do Affleck foi alardeado como a melhor coisa do filme, incluindo por muitos que desancaram o filme. Muitos chegaram a aponta-lo como o melhor Batman do cinema, afirmação também feita em muitas críticas negativas.

 

  Claro, não foi unanimidade. Mas o termo "claramente" está longe de ser adequado aqui. Diria que o Batman do Affleck foi muito bem recebido.

 

 

 Sobre a comparação com OS VINGADORES.

 

 Quando a gente volta em 2012, a gente lembra que embora os filmes independentes da Marvel tiveram de grandes sucessos a satisfatórios, VINGADORES não era uma aposta tão acertada assim. Muitos (público, crítica e mesmo estúdios) viam a iniciativa da Marvel de construir um universo compartilhado de fato, onde Deuses Nórdicos, super soldados e espiões enfrentam alienígenas como sendo muito arriscada, havia muitos que diziam que o estúdio estava dando um tiro no pé pondo em prática uma ideia que em tese, só funciona nos quadrinhos. Mas todos sabemos o que aconteceu.

 

 Vamos então a iniciativa da DC. Teoricamente falando, o caminho escolhido pela Marvel, é muito mais seguro e interessante do que o da DC. Pessoalmente eu prefiro ver aquele universo se construindo diante dos meus olhos do que o caminho mais fragmentado da DC.

 

 E acho seguro afirmar (embora seja impossível ter 100% de certeza) que a escolha do caminho optado pela DC foi sim fortemente inspirado na concorrência direta da Marvel. Com a estratégia, a DC não somente se afastava da inevitável comparação de copiar o modelo da Marvel, como também acelerava o processo que a Marvel levou anos pra construir.

 

 O caminho não era totalmente absurdo. Poderia ter funcionado. Mas o problema é que o filme é simplesmente obcecado demais em mostrar que está construindo um universo particular. Embora muito boa, a função da Mulher Maravilha na trama é basicamente essa. Não chega  ser um pecado mortal, visto que a própria Marvel cometeu esse erro algumas vezes (Viúva Negra em HOMEM DE FERRO 2, Gavião Arqueiro em THOR) mas a DC faz aqui o que a Marvel foi acusada por anos em escala que a Casa das Idéias nunca fez. Ela deixa as referências tomarem conta do filme, vide a sequência do pesadelo, e a rídicula aparição do Flash. Esquecem que BATMAN VS SUPERMAN deveria vir na frente de DAWN OF JUSTICE também na história.

 

  Entretanto, acho bobagem de quem reclama (especialmente os fãs de quadrinhos) que a briga é mal feita por que tudo que Batman e Superman precisariam fazer para não brigarem é conversar. São super heróis. Em praticamente qualquer mídia. Mesmo as histórias com conflitos ideológicos mais bem construídos, vide O CAVALEIRO DAS TREVAS do Frank Miller ou a GUERRA CIVÍL (HQ, não vi o filme ainda) os heróis só saem no braço de fato por um motivo completamente imbecil que podia ter sido resolvido com um papo. Por que é o que a gente quer ver. A gente não quer ver herói tendo DR, quer ver eles saindo na porrada.

 

 Claro que isso não redime os erros do filme em alguns alicerces em torno do conflito. Os motivos do Batman são muito bem apresentados na ótima sequência da destruição de Metropolis, mas o que leva ele de fato a ir atrás do Superman com o incidente no capitólio é meio fail, afinal, meio que já tinham provado que o Super não era responsável, estava "apenas" sendo acusado de omissão. Uma incriminada maior ali no Super teria sido melhor.

 

 A motivação do Superman pra ir atrás do Batman também não é um problema. Na verdade,toma gosto muito da cena do Super com o Luthor no terraço. Humanizou o personagem legal ali. Mas o filme esquece de toda uma treta do Super com o Batman em relação aos métodos violentos dele que nunca é retomada. Isso acaba não tendo peso nenhum no conflito.

 

 O que faltou na minha opinião, foi mais interação entre os heróis. Na cena do "You Bleed" o Super tinha que dizer tudo que pensa do Batman e vice versa. Mas ficou aquelas ameaças toscas.

 

  Finalizando, eu olho pra esses defeitos, e percebo que eles não tem a ver com a escolha da DC de não seguir o modelo Marvel. Imaginem esse filme com o mesmo roteiro, cada herói tendo seu filme solo bonitinho, então antes de Liga da Justiça viria BVS. Com a mesma direção, e o mesmo roteiro, os erros não continuariam os mesmos? Me parece que sim.

 

 

Opa, Questão, prometo que responderei tudo muito em breve. Só hoje cheguei muito empolgado com a obra-prima que é Guerra Civil e to elétrico demais pra fazer qualquer coisa que não seja pensar no filme e sorrir  :lol:

 

Mas quando falei de Batman, realmente não tive a intenção de falar do personagem (que acho o Ben Affleck até mais interessante que o Bale, inclusive), mas a comparação foi na qualidade do filme em si, não do personagem. TDK não preciso nem dizer, mas considero inclusive Begins e TDKR muito superiores a esse BvS. Claro, apenas minha opinião.

 

Mas como te falei, logo te respondo direito. Deixa eu curtir esse sentimento mágico de sair da sessão de um filme que facilmente vai ficar entre teus preferidos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

mas aí que está Tensor...

hoje, como seria a recepção com a trilogia do Nolan com o público tendo o universo marvel e a forma como ele foi construído e continua a se expandir para comparar? tirando o filme 2 do cavaleiro das trevas, não sei se não sofreria das mesmas críticas de BvS, e isso por causa do Ledger.

 

 

O Gilson, gostei dessa sua visão só que ela pode ser refutada tranquilamente por dois pontos :

 

1- The dark knight rises foi lançado em 2012, já tinha 4 anos de MCU e os vingadores já tinham sido lançados. TDKR venceu ou empatou com vingadores na maioria da crítica especializada da época e fez 1.1 bilhão sem 3d , onde o ingresso é 40% mais caro.

2- The dark knight foi indicado a 8 oscars vencendo 2 ! A academia hoje não daria essas indicações por causa do MCU ? eu não acho.E hoje, um filme de super herói com 8 indicações ao oscar não iria prevalecer sobre filmes de porrada fofa estilo sessão da tarde do mundo moderno ? Eu acho que sim.

 

 

Mas poderíamos comparar, nesse nível, universo com 12 filmes com universo com 2 filmes?

 

Ai que esta o problema primo, a Disney formou a opinião das pessoas a ponto que estamos considerando "Universologia" como um dos mandamentos bíblicos. Ninguém é obrigado a criar um universo compartilhado para fazer dinheiro e sucesso, basta olhar para o universo do poderoso chefão, Batman do Nolan, Transformers , Star wars do george lucas e muitos outros.É só criar filmes em sequências de 2 em 2 ou 3 em 3 anos e nos anos quando não tiver filme você encaixa ali um prologo de origem dos heróis da liga e pronto, isso não seria uma "Universologia" e sim uma série de filmes como sempre existiram.

 

 

------------

 

A questão (sem trocadilho) é que (como eu sempre digo) não ha como assoviar e chupar cana ao mesmo tempo. Os "filmes" da Marvel/Disney não são literalmente filmes  se parecendo mais com os cinesséries dos anos 40: não tem 3 atos definidos, nunca a história termina, nada tem impacto real , não respeitam os créditos finais e etc.

 

O Nolan, Burton, Donner fizeram CINEMA DE VERDADE com os heróis da DC , por isso ganharam o oscar e ponto, quantos indicações e vitórias no Oscar e Globo de Ouro os filmes da Marvel tem ? nenhum, pois eles sequer são considerados filmes, é um fan service para determinada geração como foi Crepúsculo,Jogos vorazes, Maze Runner e etc, só que os fãs da Marvel/Disney estão em maior número que os outros e não querem aceitar isso.

 

Ai que mora o maior problema da Warner/DC no cinema atual: eles estão entre " O Nolan e a Marvel" .BvS é isso tendo por um lado algo que lembra o Nolan(a estrutura de BvS é um plagio mal feito de TDK de 2008 com 3 heróis lutando contra um vilão pisicótico) ao mesmo tempo que nada da em nada , é tudo fantasia demais para se levar a sério , roteiro mal feito, montagem ruim , falta motivações e etc.

 

Alguns produtores pensam como alguns fãs : Se eu pegar um batman mais badass e colocar ele dentro de um filme tipo do Nolan eu vou fazer história..bom amigo se você pegar o Batman do Ben affleck e colocar nos filmes do Nolan (por exemplo) você destruiria o universo realista do Nolan em segundos e não haveria Oscar, teria 28% no Rotten, queda de bilheteria e etc...logo de cara o Batman do ben affleck mataria o Coringa do Heath ledger e ai não teríamos filme e o Coringa venceria moralmente aos 5 segundos de luta....O batman do Ben affleck começa BvS indo para dentro de escombros, depois ele faz uma viagem interstellar através de terras paralelas dentro de um sonho, depois vai numa perseguição de carro onde tudo cai em cima do Carro dele( inclusive o superman), depois ele enfrenta o superman com uma armadura mágica e no fim ele enfrenta o "Apocalipse" . Depois de tudo isso o Batman termina o filme sem UM ARRANHÃO NO CORPO ! Até a Megan fox se machucou nas tartarugas ninja, esse Batman é uma fantasia absurda onde se deve ter alta suspensão de descrença para ser aceita e isso não cabe num filme que quer se levar a sério.

 

Só que tem gente que não entende isso, eles acham que podem botar os Robôs em CGI do Michael Bay dentro do filme Jackie Brown e "tudo vai funcionar"...por isso BvS falhou.

 

A Warner deve se decidir: ou parte para a galhofa de vez que foi o que eles tentaram em Lanterna verde e falharam mas podem tentar de novo . Contrata um Ben Stiller , um Bill Murray da vida e vai até funcionar e faz uma piada,uma diversão para a meninada ou então pega 50 milhões de dólares de salário e da na mão do  Iñárritu e diz "Faz uma série de filmes de verdade aqui para gente: não se preocupe com fantasia, fan service, lutas estilosas, cósplay ou CGI, apenas faça filmes memoráveis que concorram ao Oscar e Globo de ouro respeitando as características dos personagens das HQs". A segunda opção foi o que foi feito com Nolan e Burton e funcionou.

Share this post


Link to post
Share on other sites

sem o peso do universo compartilhado, personagens já apresentados e estabelecidos e apreço do público por eles,teria acontecido da.mesma forma?

 

Então preciso entender melhor o trecho acima, Gilson!

Pergunta:

seu questionamento é qual seria o nível de resposta do público em 2012, qualitativa e quantitativamente, no caso do filme "The Avengers" fosse, por exemplo, o segundo filme do universo Feige?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então preciso entender melhor o trecho acima, Gilson!

Pergunta:

seu questionamento é qual seria o nível de resposta do público em 2012, qualitativa e quantitativamente, no caso do filme "The Avengers" fosse, por exemplo, o segundo filme do universo Feige?

 

puraí.... vamos dizer que só existisse o filme do homem de ferro.... de 2008... esse filme que conhecemos dos vingadores não existiria.... daquela maneira... seria outro...

pois não teria o peso dramático dos outros personagens... não teria o corpo cinematográfico para dar peso a história dos vingadores....

é tudo no se................

 

e agora? :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

vamos dizer que só existisse o filme do homem de ferro.... de 2008... esse filme que conhecemos dos vingadores não existiria.... daquela maneira... seria outro...

pois não teria o peso dramático dos outros personagens... não teria o corpo cinematográfico para dar peso a história dos vingadores.

 

Boto fé

 

E acredito que uma parte da galera esquece disso quando cobra que "A origem da justiça" tenha desempenho W nas bilheterias ou que os personagens tenham respaldo Y junto ao público. É o segundo filme, e tem um trajeto pela frente, para melhorar (afinal, o terceiro filme do Capitas parece mostrar uma evolução qualitativa do universo Feige, né?) e construir o respaldo e a bilheteria compatível com cada degrau.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boto fé

 

E acredito que uma parte da galera esquece disso quando cobra que "A origem da justiça" tenha desempenho W nas bilheterias ou que os personagens tenham respaldo Y junto ao público. É o segundo filme, e tem um trajeto pela frente, para melhorar (afinal, o terceiro filme do Capitas parece mostrar uma evolução qualitativa do universo Feige, né?) e construir o respaldo e a bilheteria compatível com cada degrau.

 

é isso aí mermão. ;):)

Share this post


Link to post
Share on other sites

coitado do Questão... ;):):P  ficou com as orelhas vermelhas

 

mas eu tbm não acho que foi nenhuma brastemp, como já escrevi logo depois que assisti, duas vezes, o filme veio com outra proposta algo novo, com suas falhas, mas é diferente. Bom ou ruim...

 

como assim? você diz que a diferença com a marvel foi só na forma cronológica? acho que foi muito mais do que isso.

 

enfim, a cronologia, torço, que fará mais sentido lá na frente, ou simplesmente se mostrará como algo que foi feito na afobação para apresentar um universo compartilhado.

 

olha, eu entendo e percebo as falhas apresentadas pelos que não gostaram do filme, por exemplo a resolução do conflito bat vs super, o nome das mães, pra que o Lex foi querer que os dois brigassem se ele acabaria criando o apocalipse de qualquer forma e todos os outros problemas técnicos ditos aqui, mas isso não prejudica o filme pra mim, por que consigo suportar que isso só aconteceu pela falta de corpo cinematográfico dos heróis neste universo cinematográfico.

 

se eles tivessem tido feitos outros filme antes, será que teria sido a mesma coisa? a motivação do confronto e todo o desenrolar teria decorrido desta forma? duvido!

 

#EuAcredito #GoSnyder :P:);)

vou resumir o seu texto em duas respostas.

 

1ª a falta de corpo cinematográfico ocorreu porque simplesmente jogaram personagens e histórias riquíssimas em um só momento, o que acaba não tendo nada, e tudo ao mesmo tempo.

 

O quão rico seria se o primeiro filme desse Batman do Affleck, vissemos o Coringa matando o Robin (não precisaria contar a história de origem do personagem, pois essa todos já sabem e já foi muito contada), e o filme explorasse justamente o limite da loucura a qual o Coringa sugere, na pele do Batman? claro, pra que um bom potencial seja de fato acontecido, ´e preciso grandes diretores, mas colocar na mão de um diretor limitado algo que já nasceu com dificuldades serias, e´ para pedir pra cagar.

 

2ª sim, os filmes da DC tem muito mais de diferente dos da Marvel do que a cronologia, só que a cronologia indiferente quanto ao aspecto de ser diferente da Marvel, e pra piorar, tem um potencial de estragar a premissa de uma boa ideia.

 

Os caras queriam ser diferentões, na verdade, estavam atrasados e ansiosamente quiseram recuperar o tempo perdido, e meteram os pe´s pelas mãos, aparentemente,

 

 

 Não é bem assim TENSOR. Na verdade, o Batman do Affleck foi alardeado como a melhor coisa do filme, incluindo por muitos que desancaram o filme. Muitos chegaram a aponta-lo como o melhor Batman do cinema, afirmação também feita em muitas críticas negativas.

 

  Claro, não foi unanimidade. Mas o termo "claramente" está longe de ser adequado aqui. Diria que o Batman do Affleck foi muito bem recebido.

 

 

 Sobre a comparação com OS VINGADORES.

 

 Quando a gente volta em 2012, a gente lembra que embora os filmes independentes da Marvel tiveram de grandes sucessos a satisfatórios, VINGADORES não era uma aposta tão acertada assim. Muitos (público, crítica e mesmo estúdios) viam a iniciativa da Marvel de construir um universo compartilhado de fato, onde Deuses Nórdicos, super soldados e espiões enfrentam alienígenas como sendo muito arriscada, havia muitos que diziam que o estúdio estava dando um tiro no pé pondo em prática uma ideia que em tese, só funciona nos quadrinhos. Mas todos sabemos o que aconteceu.

 

 Vamos então a iniciativa da DC. Teoricamente falando, o caminho escolhido pela Marvel, é muito mais seguro e interessante do que o da DC. Pessoalmente eu prefiro ver aquele universo se construindo diante dos meus olhos do que o caminho mais fragmentado da DC.

 

 E acho seguro afirmar (embora seja impossível ter 100% de certeza) que a escolha do caminho optado pela DC foi sim fortemente inspirado na concorrência direta da Marvel. Com a estratégia, a DC não somente se afastava da inevitável comparação de copiar o modelo da Marvel, como também acelerava o processo que a Marvel levou anos pra construir.

 

 O caminho não era totalmente absurdo. Poderia ter funcionado. Mas o problema é que o filme é simplesmente obcecado demais em mostrar que está construindo um universo particular. Embora muito boa, a função da Mulher Maravilha na trama é basicamente essa. Não chega  ser um pecado mortal, visto que a própria Marvel cometeu esse erro algumas vezes (Viúva Negra em HOMEM DE FERRO 2, Gavião Arqueiro em THOR) mas a DC faz aqui o que a Marvel foi acusada por anos em escala que a Casa das Idéias nunca fez. Ela deixa as referências tomarem conta do filme, vide a sequência do pesadelo, e a rídicula aparição do Flash. Esquecem que BATMAN VS SUPERMAN deveria vir na frente de DAWN OF JUSTICE também na história.

 

  Entretanto, acho bobagem de quem reclama (especialmente os fãs de quadrinhos) que a briga é mal feita por que tudo que Batman e Superman precisariam fazer para não brigarem é conversar. São super heróis. Em praticamente qualquer mídia. Mesmo as histórias com conflitos ideológicos mais bem construídos, vide O CAVALEIRO DAS TREVAS do Frank Miller ou a GUERRA CIVÍL (HQ, não vi o filme ainda) os heróis só saem no braço de fato por um motivo completamente imbecil que podia ter sido resolvido com um papo. Por que é o que a gente quer ver. A gente não quer ver herói tendo DR, quer ver eles saindo na porrada.

 

 Claro que isso não redime os erros do filme em alguns alicerces em torno do conflito. Os motivos do Batman são muito bem apresentados na ótima sequência da destruição de Metropolis, mas o que leva ele de fato a ir atrás do Superman com o incidente no capitólio é meio fail, afinal, meio que já tinham provado que o Super não era responsável, estava "apenas" sendo acusado de omissão. Uma incriminada maior ali no Super teria sido melhor.

 

 A motivação do Superman pra ir atrás do Batman também não é um problema. Na verdade,toma gosto muito da cena do Super com o Luthor no terraço. Humanizou o personagem legal ali. Mas o filme esquece de toda uma treta do Super com o Batman em relação aos métodos violentos dele que nunca é retomada. Isso acaba não tendo peso nenhum no conflito.

 

 O que faltou na minha opinião, foi mais interação entre os heróis. Na cena do "You Bleed" o Super tinha que dizer tudo que pensa do Batman e vice versa. Mas ficou aquelas ameaças toscas.

 

  Finalizando, eu olho pra esses defeitos, e percebo que eles não tem a ver com a escolha da DC de não seguir o modelo Marvel. Imaginem esse filme com o mesmo roteiro, cada herói tendo seu filme solo bonitinho, então antes de Liga da Justiça viria BVS. Com a mesma direção, e o mesmo roteiro, os erros não continuariam os mesmos? Me parece que sim.

 

O medo de ser comparado com a Marvel fez a Warner escolher um caminho previsivelmente falho, se precipitando na cronologia, então, ate que ponto esse medo de ser comparado a Marvel e´ algo que o valha e ate que ponto e´ pura "infantilidade"?

 

O caminho da DC fez simplesmente com que o universo DC perdesse conteúdo a ser explorado, e ao meu ver, conteúdo bastante rico.

 

A briga do Batman x Superman, ao meu ver, teria muito mais peso e significado (mesmo que o estopim que gerasse de fato o confronto fosse banal) se conhecessemos os personagens mais a fundo e o peso que eles carregam.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mesmo as histórias com conflitos ideológicos mais bem construídos (...) os heróis só saem no braço de fato por um motivo completamente imbecil que podia ter sido resolvido com um papo

 

Uai, Questão... 

 

os parâmetros são diferentes.

Absolutamente natural que as expectativas do público se alterem dependendo da mídia: quadrinhos, cinema live action ou série animada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

puraí.... vamos dizer que só existisse o filme do homem de ferro.... de 2008... esse filme que conhecemos dos vingadores não existiria.... daquela maneira... seria outro...

pois não teria o peso dramático dos outros personagens... não teria o corpo cinematográfico para dar peso a história dos vingadores....

é tudo no se................

 

e agora? :)

 

 

Vingadores não poderia existir sem os filmes solo, porque não eram personagens que o público conhecia. Eram personagens obscuros para um grande público (de cinema).

 

Já esse Batman vs Superman poderia ser assim porque são personagens que o público já conhece largamente. Já foram 6 filmes do Super e 7 do Batman (8, se contar o da década de 70), mesmo não usando esses filmes como base, o público já estava familiarizados com eles. Já para um filme da Liga, não sei como vai funcionar, já que tem personagens obscuros ali no meio. Mas, pelo menos, o trio principal tá introduzido.

 

 

**O Homem Aranha no Guerra Civil não teve origem contada e mesmo assim funcionou que foi uma beleza. O público já conhece o cara, é de casa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ia chegar nesse ponto do jail. Vocês quererem mais filmes pra o bvs fazer sentido é comparar importância de gavião arqueiro e Thor, até mesmo o homem de ferro, com super e batman.

 

Sério, não dá.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O passado/destino de Robin pode ser explicado futuramente ainda em Suicide Squad ou The Batman.

 

A warner pode ter se precipitado, mas este filme não chegou nem perto de ser fracasso estilo Hulk, Quarteto Fantastico ou Lanterna Verde...

Ficar "abaixo" da expectativa não é sinônimo de fracasso.

 

Em BvS o Batman está "aposentado" cerca de 10 anos. O que abre um leque interessante de idéias para serem exploradas que não seriam possiveis se houvesse um Batman pré BvS...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×