Jump to content
Forum Cinema em Cena
primo

Os Defensores (série)

Recommended Posts

5 hours ago, Gust84 said:

Então, Questão, achei um pouco carregado, quase como uma necessidade essa interação FULL dos universos.

Repare, que o ajudante da Jessica tem momento com quase todos os outros "sidekicks", a Karen com a Trish, e assim por diante. E achei um pouco demais.

Como eu disse nada que estragasse, mas passa um pouco do ponto.

Mas acho que a série até justifica bem isso, já que a galera foi concentrada lá pra evitar represálias do Tentáculo, permitindo essas interações.

 

 

6 hours ago, GilsonDee said:

e é esse pessoal que vem dizer que não gostou disso ou aquilo e não entendeu aquele outro.

 

 Não necessariamente. O MOZTS mesmo disse aqui que não conferiu PUNHO DE FERRO, e que não sentiu falta disso.

 Acho legal, os "presentes" e compreensão maior que a minissérie dá pra quem acompanhou o universo expandido. Mas ao mesmo tempo, acho que ela tem que ser compreensível para aqueles que nunca chegaram a assistir as séries solo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os Defensores | Ator comenta sobre o futuro incerto de seu personagem na série

POR
 ERIC FIGUEIREDO
 -
 25/08/2017
 
 
 
  
glenn-1-696x479.jpg
 

Ouça este conteúdo

 

0:00

01:39

 
 

*** O POST A SEGUIR CONTÉM SPOILERS SOBRE A SÉRIE ***

 

Em recente entrevista, o ator Scott Glenn, que interpreta o mentor de artes marciais de Matt Murdock na série Demolidor, Stick, revelou que seu futuro ainda é incerto na série Os Defensores, que leva o selo da Marvel e foi produzida pela Netflix.

Para aqueles que já assistiram Os Defensores, o fato de que o mentor Stick foi morto pelas mãos de Elektra, no sexto episódio da trama, não é algo novo. Porém, para os fãs do universo criado pelos Estúdios Marvel tanto no cinema, como nas séries da Netflix (como pode ser visto no renascimento da heroína Elektra), a morte não é o fim da linha.

O ator que já trabalhou em diversas produções para o cinema como O Silêncio dos Inocentes (1991) e Apocalypse Now (1979), revelou que a morte de seu personagem foi descoberta dois ou três episódios antes do fato, pelo roteirista Jeph Loeb, e que ainda não se incomodou com o fato. Diz ter ficado contente que a morte de Stick foi em uma batalha com a sua antiga discípula, o que fazia sentido com a trama da série.

 

“Eu me lembro de Jeph dizendo, ‘Nós estamos no universo da Marvel. Se a Elektra te mata, isso não necessariamente significa que você está morto.’ E quando Jeph disse isso, ele não falava sobre flashbacks. Ele estava falando sobre um mundo onde as pessoas, literalmente, podem de fato voltar dos mortos”, completou o ator em entrevista ao THR.

A série estreou na Netflix no dia 18 de agosto deste ano.

 

FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA

 

Por mais que eu adore o Scott Glenn como Stick, espero que o personagem não volte. A morte dele foi um bom fechamento pro arco dele, e uma peça importante do desenvolvimento do Demolidor e da Elektra. Achei compreensível o retorno da Elektra, e da galera do Tentáculo ali, mas acho que com o fecho desse arco, as ressurreições precisam parar agora.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Repercussão nas redes sociais indica que Punho de Ferro arruinou a série

image.png.125a2f0cd18a8e0150d0f588b203693f.png

Um estudo realizado pela Fizziology concluiu que a presença do Punho de Ferro foi uma das piores escolhas da série Os Defensores. O estudo analisou a repercussão da série nas redes sociais sobre a série. Danny Rand ficou em segundo lugar entre os personagens mais citados de Os Defensores – mas a maioria das referências foi negativa.
Porcentagem de menções (por personagem)

Demolidor (20%)
Punho de Ferro (12%)
Jessica Jones (10%)
Luke Cage (7%)
Elektra (1%)
Alexandra (1%)
Justiceiro (1%)

O Fizziology concluiu: “O Demolidor protagonizou mais conversas, totalizando 20% do buzz total. Danny Rand/Punho de Ferro ficou em segundo lugar. Contudo, o buzz ao redor do personagem tendeu a ser negativo/misto, já que os espectadores disseram que ele arruinou a série. Alguns fizeram piadas de participarem de um jogo de bebedeira para conseguirem assistir as partes em que Danny estava presente.”
 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os Defensores é série menos vista da Marvel na Netflix, aponta estudo

POR
 CAIO COLETTI
 -
 20/09/2017
 
 
 
  
defensores-696x348.jpg Os Defensores
 

Ouça este conteúdo

 

0:00

00:52

 
 

A matemática de público “cumulativo” que fez dos dois filmes dos Vingadores os mais vistos da história do universo Marvel não funciona na TV. Um estudo realizado pelo site Jumpshot concluiu que Os Defensores é a série menos vista da Marvel na Netflix.

 

O site comparou a audiência da série com a mais vista da Marvel até hoje no serviço de streaming: a segunda temporada de Demolidor. A audiência de Os Defensores representa 17% da audiência do segundo ano do demônio de Hell’s Kitchen, segundo o site.

Os Defensores fica abaixo, na comparação, de Jessica Jones (26%), Luke Cage (27%) e Punho de Ferro (28%).

A série estreou na Netflix no dia 18 de agosto deste ano.

 

FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA

 

Me pergunto se o fato de ser um crossover de quatro séries diferentes (ou de ter sido a sucessora de PUNHO DE FERRO) colaborou pra essa "audiência" mais baixa da minissérie.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 20/09/2017 at 5:40 PM, Questão said:

Os Defensores é série menos vista da Marvel na Netflix, aponta estudo

POR
 CAIO COLETTI

Tem uma hora que cansa. Foram 5 temporadas até aqui antes de chegar essa. e as últimas da Marvel, nem chego no ponto de terem sido ruins ou não, mas foram esticadas demais e ajudaram a cansar mais ainda.

E tem o fato dessa série fazer uma pausa nas tramas das séries solo, aí se o sujeito gosto da história solo e quer ver uma continuação, não é bem aqui que vai ter.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, Jailcante said:

Tem uma hora que cansa. Foram 5 temporadas até aqui antes de chegar essa.

Não sei se esse é um motivo. Afinal, isso não valeria pros filmes da Marvel também? E não parece estar havendo sinais de cansaço.

 

4 hours ago, Jailcante said:

 nem chego no ponto de terem sido ruins ou não, mas foram esticadas demais e ajudaram a cansar mais ainda.

  Ai eu já acho que é mais caminho. PUNHO DE FERRO foi a série mais criticada da Marvel/Netflix, e veio antes de OS DEFENSORES. E antes de PUNHO DE FERRO, LUKE CAGE já havia dividido opiniões também. Então, acho que isso acabou influenciando.

  

4 hours ago, Jailcante said:

E tem o fato dessa série fazer uma pausa nas tramas das séries solo, aí se o sujeito gosto da história solo e quer ver uma continuação, não é bem aqui que vai ter.

Acho que no caso da Jessica e do Luke até não mesmo, já que pros dois é mais uma aventura avulsa e tal (se bem que você vai ver que mais pra frente rola uns esquemas que influencia diretamente a série do Luke). Já pro Demolidor e Punho de Ferro, OS DEFENSORES é quase as temporadas 2.5, 1.5 respectivamente, até pelas pendencias que os dois tem com o Tentáculo, a Elektra e tal.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, Jailcante said:

nem chego no ponto de terem sido ruins ou não

 

31 minutes ago, Questão said:

Não sei se esse é um motivo

Não cheguei ao fim da série "Defensores", mas arrisquei ontem o
quinto episódio e quase desliguei minutos depois. Está ruim. Texto e direção.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, primo said:

 

Não cheguei ao fim da série "Defensores", mas arrisquei ontem o
quinto episódio e quase desliguei minutos depois. Está ruim. Texto e direção.

O que lhe incomodou mais especificamente dentro destes quesitos, PRIMO?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tô no ep. 4. Acho que devo terminar amanhã (vendo 2 hoje e os outros 2 amanhã)

Spoilers:

A cena do primeiro encontro dos 4 no prédio ficou estranha. Não curti, não. Tava tudo caminhando bem com as história paralelas, e história se encaminhando pra eles se encontrarem, mas na hora h, sei lá, rolou ejaculação precoce. É aquele negócio de se preparar demais, e demais, e demais e aí quando é pra acontecer o lance, já entraram empurrando e puft...

Prédio de 22 andares de uma grande empresa praticamente vazio, sem ninguém lá. Todo mundo entrando e saindo assim do nada. Demolidor ouve algo aleatório rolando no andar 22, mas ele no térreo. Sobe 22 andares na escada mas chega junto da Jessica que foi de elevador. E o Luke Cage que aparece do nada. E depois mais uma luta no corredor. Enfim. Ficou estranho. O primeiro encontro dos 4 ficou aquém do que deveria ser pra mim.

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 hours ago, Questão said:

O que lhe incomodou mais especificamente dentro destes quesitos, PRIMO?

Não lembro mesmo, Questão.. Tenho achado a construção desleixada, pouco orgânica e
sem muita coerência, além de algumas situações meio bobas, rasas e convenientes demais. Quando eu resolver voltar a acompanhar, vou tentar pescar alguns exemplos e publico aqui.

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 hours ago, Jailcante said:

Tô no ep. 4. Acho que devo terminar amanhã (vendo 2 hoje e os outros 2 amanhã)

Spoilers:

A cena do primeiro encontro dos 4 no prédio ficou estranha. Não curti, não. Tava tudo caminhando bem com as história paralelas, e história se encaminhando pra eles se encontrarem, mas na hora h, sei lá, rolou ejaculação precoce. É aquele negócio de se preparar demais, e demais, e demais e aí quando é pra acontecer o lance, já entraram empurrando e puft...

Prédio de 22 andares de uma grande empresa praticamente vazio, sem ninguém lá. Todo mundo entrando e saindo assim do nada. Demolidor ouve algo aleatório rolando no andar 22, mas ele no térreo. Sobe 22 andares na escada mas chega junto da Jessica que foi de elevador. E o Luke Cage que aparece do nada. E depois mais uma luta no corredor. Enfim. Ficou estranho. O primeiro encontro dos 4 ficou aquém do que deveria ser pra mim.

A cena do primeiro encontro dos três ficou aquém mesmo. Embora não tenha problema nenhum o Demolidor escutar um tiro no 22º andar estando no térreo. Tá dentro das competências dos poderes dele.

A cena do corredor pela enésima vez já cansou também. Praticamente todas as séries da Marvel/Netflix tiveram uma dessas. Espero que tenha acabado aqui e JUSTICEIRO já traga algo diferente, afinal, ele já teve a cena de corredor dele na 2ª temporada de DEMOLIDOR. Hehehe. Mas que podia ser melhor, podia. Felizmente, acho que eles compensaram isso nas cenas do restaurante chinês com os quatro interagindo.

 

9 hours ago, primo said:

Não lembro mesmo, Questão.. Tenho achado a construção desleixada, pouco orgânica e
sem muita coerência, além de algumas situações meio bobas, rasas e convenientes demais. Quando eu resolver voltar a acompanhar, vou tentar pescar alguns exemplos e publico aqui.

Vou cobrar esses exemplos, hein?:D Em tempo, acho que a construção narrativa da série esta longe de ser excelente, mas achei bem longe de ser ruim. Acho que tem muita coisa boa ali na construção dos protagonistas, na dinâmica do grupo e no ritmo da trama. Ok, o Punho de Ferro ainda é mal escrito e joga a minissérie pra baixo. Mas eu ainda acho uma boa série.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Terminei aqui. 

Olha, não curti, não. O máximo de elogio que posso fazer é 'não chega a ser ruim' e ponto. Mas também não chega a ser boa, ela fica nesse limbo ali entre ruim e boa. Se bobear,  até Punhos de Ferro tenha sido um pouco melhor...

Achei uma preguiça meio geral ali (atores, produção, direção e etc...). Esse seria o produto principal da Marvel/Netflix (ou era pra ser, não sei mais),  mas talvez depois de filmar tanta série, o povo ali deve ter dado uma enfraquecida. História que cai em lugar comum a rodo, e isso nem é um problema, mas filmar 'lugar comum' tem que ter um certo empenho pra poder esse 'lugar comum' não soar 'lugar comum' e soar especial. Olha "Os Vingadores 1", por exemplo, não tem uma história tão original assim, mas o emprenho ali pra fazer algo grande é visível e o filme acaba ganhando ares de único pela forma que é apresentado. A união dos heróis tem força. Aqui isso não rola. Tudo soa preguiçoso mesmo, e com a história meio xoxa, isso complica. 

Spoilers mil:

01) Demolidor começa com a frescura de "não quero ser herói". Já é um lugar comum que se tornou um porre. Superman, Batman, Homem Aranha (até Flash e Arqueiro Verde nos seriados deles) já passaram por isso e de forma melhor (ok, no caso do Batman, isso também não ficou bom também). Aqui o cara não quer ser herói, e pra piorar, ficam os dois tontos (Page e Foggy) lá enchendo a cabeça dele de mimimi. Poderia funcionar de alguma forma? Sim, mas não rolou. Só fez o Demolidor ficar chato (o pior é que esse papo se estende até quase o fim do seriado, não fica só nos capítulos iniciais).

02) Elektra é um grande problema aqui. Aquele ser imortal-invencível que a organização do mal vai usar pra aniquilar todo mundo, mas o próprio Demolidor conseguia lutar de igual pra igual. Não dava pra sentir esses superpoderes dela. Parecia alguém normal ali. E ainda cai no lugar comum da pessoa "possuída, mas tem o amado que quer salvá-la". Problema é que não consegui comprar esse romance entre os 2. E pelo que me lembro nem na temp. do Demolidor que rola a presença dela, a coisa não foi bem trabalhada, e aqui continuou não soando bem. Os dois tem romanção nas HQs? Ok, mas no seriado não rolou. Sem falar que a Karen Page, o outro interesse romântico do Matt, está aqui, e a relação dela com o Demolidor foi algo muito mais trabalhado (aqui o cara deixa de ser herói por causa dela, ou seja a relação deles mostra peso ainda). Como ela vai estar no seriado do Justiceiro, poderiam ter dispensado ela daqui (colocando que ela viajou ou sei lá), pra essa relação Demolidor/Elektra ter funcionado um pouco melhor sem a presença dela (sem falar que os personagens-extras do Demolidor e Jessica Jones tem função zero aqui, então ela poderia sim, ser dispensada mesmo, sem fazer muita falta).

03) As cenas de luta era risíveis. Todas em lugares pequenos, mal filmadas, mal coreografadas, mal planejadas. A organização do mal falando em "portal" e eu imaginando um lugar enorme que nem Indiana Jones, mas chega na hora "h", é um ovo, uma escavaçãozinha onde lá vão lutar '30 pessoas'. Tem um buracão antes, mas lá embaixo, tudo pequeninho, e as lutas "com 30 pessoas" rolando ali. Pffff.

04) Morte da Alexandra, outra coisa que perdeu função porque... ela foi trocada pela Elektra. Pfff  Foi aquilo de novo de trocar vilão que nem o Luke Cage, pegam um vilão que tá bem ali (de alguma forma), e colocam um bostão no lugar. Mas, a bem da verdade, os vilões aqui no geral tem esse tom de superpoderosos, de imortais, de fodões mas achei tudo, mais uma vez, mal trabalhado. Comparando com o irmão do Luke Cage no seriado dele: O cara era mala e chato, mas passava uma certa ameaça ali. Aqui nem isso. Eram só malas mesmo. Até a chinesinha que soava perigosa em outros seriados da Marvel, aqui perdeu isso. Ficavam muito no 'lengalenga' sem partir muito pra ação.

05) Acho que só o Luke Cage e Punhos de Ferro (e elenco dos seriados deles) encararam o projeto como grande. O elenco do Demolidor e Jessica Jones estavam ali só cumprindo tabela mesmo, já ansiosos pra filmar suas séries solo depois disso. A irmã da Jessica, Page e Foggy? Sem função nenhuma. Colocaram umas linhas ali pra eles falarem e fim (talvez tava já poupando o povo pra irem filmar as série solo).

06) Não sou aqueles que cobram realismo (ainda mais em obras fantasiosas assim), mas pelamor... O prédio de 10 mil metros ali explode e o povo a 10 metros de distância olhando? Jessica, Luke e Punhos subindo sei lá 10 mil metros em 4 minutos e ainda conseguem sair dali? E óbvio que Demoldior saiu vivo. Se bobear até a Elektra e a chinesa também (aquele japonês lá, espero que tenha morrido, porque era chato aquele cara). Ok, talvez esteja reclamando demais, mas sei lá. Vi preguiça demais na condução disso tudo. Enfim...

07) Pra falar algo de bom, o começo foi legal. Os 2 ou 3 primeiros epis. foram bem conduzidos. Mostrando paralelamente cada personagem, mas depois do encontro, tudo começo a sair cambaleando. É meio quando você vê uma pessoa tropeçando, mas ela não cai, e vai indo andando de qualquer jeito. Defensores foi isso. Começou andando bem, mas tropeçou em algum lugar e, mesmo não caindo de cara no chão, no resto do seriado foi tentando andar de qualquer jeito, mas fazendo força pra não cair.

Talvez o erro foi meu em hypar a série ou achar que ela seria maior, porque seria, ou era pra ser,  o produto principal ali. O encontro do quarteto era pra ser algo grande (como as primeiras temporadas do Demolidor e a da Jessica Jones), mas não rolou. Ficou pequeno, meio emoção, sem ânimo. Só cumprindo tabela mesmo...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 Concordo com muita pouca coisa que o JAIL disse ai em cima:D

10 hours ago, Jailcante said:

 

01) Demolidor começa com a frescura de "não quero ser herói". Já é um lugar comum que se tornou um porre. Superman, Batman, Homem Aranha (até Flash e Arqueiro Verde nos seriados deles) já passaram por isso e de forma melhor (ok, no caso do Batman, isso também não ficou bom também). Aqui o cara não quer ser herói, e pra piorar, ficam os dois tontos (Page e Foggy) lá enchendo a cabeça dele de mimimi. Poderia funcionar de alguma forma? Sim, mas não rolou. Só fez o Demolidor ficar chato (o pior é que esse papo se estende até quase o fim do seriado, não fica só nos capítulos iniciais).

Acho  que super combinou com o que vinha sendo mostrado na série solo dele. Não acho que enrolaram nisso não, já que isso praticamente é resolvido no fim do primeiro episódio, quando depois do terremoto, o Murdock sai pra resolver os lances. E no quinto (ou sexto, não lembro) ele já veste o uniforme. De fato, Page e Karen acabam ficando de uma nota só, mas não chegaram a me incomodar. E o desfecho com Foggy levando o uniforme pro Matt meio que resolve esse lance.

 

10 hours ago, Jailcante said:

02) Aquele ser imortal-invencível que a organização do mal vai usar pra aniquilar todo mundo, mas o próprio Demolidor conseguia lutar de igual pra igual. Não dava pra sentir esses superpoderes dela.

  Aqui eu achei um problema, mas mais pela flutuação. Uma hora parece que ela é capaz de nocautear o Cage (o cara que aguenta um tiro de bazuca) e outra lutava de igual pra igual pro Matt. Esse lance de Elektra ser uma "super arma" ficou meio mal resolvido mesmo.

 

10 hours ago, Jailcante said:

E ainda cai no lugar comum da pessoa "possuída, mas tem o amado que quer salvá-la".

 Mas o legal é que no final, Elektra não está possuída nada. Ela é bicho ruim mesmo (e um pouco louca). Por isso curti aquele final, pois achei que mostrou bem o quão doentia e tóxica é a relação dos dois. Pessoalmente eu curto muito a Elektra da Elodie Yung, mas sei que sou minoria por aqui nessa opinião:D

 

10 hours ago, Jailcante said:

aqui continuou não soando bem. Os dois tem romanção nas HQs? Ok, mas no seriado não rolou. Sem falar que a Karen Page, o outro interesse romântico do Matt, está aqui, e a relação dela com o Demolidor foi algo muito mais trabalhado

 Discordo totalmente. Acho aquele romance do Murdock com a Karen uma das piores coisas da 2ª temporada de DEMOLIDOR, aquilo sim só está ali por que tem nas Hqs. Não só o roteiro não tornava o romance da Matt e da Karen credível, como Charlie Cox e Deborah Ann Wolf não tiveram química nenhuma em cena. Mil vezes as doideiras do Murdock e da Elektra.

 

10 hours ago, Jailcante said:

(aqui o cara deixa de ser herói por causa dela, ou seja a relação deles mostra peso ainda).

 Não foi por causa dela. Foi por causa da morte da Elektra, pelo menos no meu entendimento. 

 

10 hours ago, Jailcante said:

 Como ela vai estar no seriado do Justiceiro, poderiam ter dispensado ela daqui (colocando que ela viajou ou sei lá), pra essa relação Demolidor/Elektra ter funcionado um pouco melhor sem a presença dela (sem falar que os personagens-extras do Demolidor e Jessica Jones tem função zero aqui, então ela poderia sim, ser dispensada mesmo, sem fazer muita falta).

 Não vi em momento algum a presença da Karen atrapalhar a dinâmica da Elektra e do Murdock. Concordo que os coadjuvantes de DEMOLIDOR e JESSICA JONES não tiveram muita função prática aqui, mas nem eu esperava que tivessem. A função deles (assim como os coadjuvantes da Jessica) era mais dar uma ideia melhor mesmo do que rolou com seus respectivos protagonistas entre as séries solo e essa minissérie aqui. Não vi problema nisso.

 

10 hours ago, Jailcante said:

As cenas de luta era risíveis. Todas em lugares pequenos, mal filmadas, mal coreografadas, mal planejadas. A organização do mal falando em "portal" e eu imaginando um lugar enorme que nem Indiana Jones, mas chega na hora "h", é um ovo, uma escavaçãozinha onde lá vão lutar '30 pessoas'. Tem um buracão antes, mas lá embaixo, tudo pequeninho, e as lutas "com 30 pessoas" rolando ali. Pffff.

 Podiam ser melhores mesmo, ainda mais quando lembramos daquelas belezas de DEMOLIDOR. São "ok", mas pra "rísíveis" não cabe na minha opinião.  Bem melhor que PUNHO DE FERRO e qualquer coisa que as séries da CW fazem.

 

10 hours ago, Jailcante said:

04) Morte da Alexandra, outra coisa que perdeu função porque... ela foi trocada pela Elektra. Pfff  Foi aquilo de novo de trocar vilão que nem o Luke Cage, pegam um vilão que tá bem ali (de alguma forma), e colocam um bostão no lugar. Mas, a bem da verdade, os vilões aqui no geral tem esse tom de superpoderosos, de imortais, de fodões mas achei tudo, mais uma vez, mal trabalhado. Comparando com o irmão do Luke Cage no seriado dele: O cara era mala e chato, mas passava uma certa ameaça ali. Aqui nem isso. Eram só malas mesmo. Até a chinesinha que soava perigosa em outros seriados da Marvel, aqui perdeu isso. Ficavam muito no 'lengalenga' sem partir muito pra ação.

 Eu curti. Um, por que como eu disse, eu gosto da Elektra:D, e dois, por que não acho que a vilã da Sigouney tava bem ali não. Eu até gostei a primeira vez que eu vi, mas a personagem envelheceu mal na memória. Todo mundo parece ter medo dela, mas a gente nunca entende por que. Os planos dela tão bem longe de serem geniais (é só ver o que aconteceu com a Elektra) e aquela humanidade com que a minissérie apresentou ela que era bem interessante logo é abandonada. A Elektra pelo menos era um desafio físico e emocional pros heróis, e já tava fazendo a maior parte do trabalho mesmo. Acho um caso bem diferente do que rolou com LUKE CAGE, onde tiraram um vilão que tava sendo desenvolvido, pra apresentar um novo que não era tão bom meio que do nada.

 

10 hours ago, Jailcante said:

06) Não sou aqueles que cobram realismo (ainda mais em obras fantasiosas assim), mas pelamor... O prédio de 10 mil metros ali explode e o povo a 10 metros de distância olhando? Jessica, Luke e Punhos subindo sei lá 10 mil metros em 4 minutos e ainda conseguem sair dali? 

Perai JAIL, menos brother. Ai, vamos ter que jogar fora mais da metade das séries e blockbusters que existem, né? Isso acontece em praticamente todos os filmes/séries de ação

 

Como disse antes, acho que OS DEFENSORES tem erro, e tematicamente é a menos ambiciosa das séries da parceria Marvel/Netflix mesmo. Esta a anos luz de DEMOLIDOR e JESSICA JONES, mas acho que cumpre muito bem o que se propõe. Mas essa é a minha opinião.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×