Jump to content
Forum Cinema em Cena
Questão

Castle Rock (Série de J.J Abrams e Stephen King)

Recommended Posts

Castle Rock | J.J. Abrams e Stephen King anunciam nova série; veja o teaser
POR
 DIEGO ALMEIDA
 -
  18/02/2017
castlerock-696x321.jpg
 

O autor Stephen King pegou todo mundo de surpresa ao anunciar no Twitter um misterioso novo projeto em parceria com o diretor/produtor J.J. AbramsCastle Rock.

 

King inclusive já divulgou o primeiro teaser da atração, a cargo da rede de streaming Hulu, que faz referências à várias de suas obras consagradas, incluindo O Cemitério Maldito, O Iluminado, Louca Obsessão e Um Sonho de Liberdade, antes de formar as palavras “Castle Rock”, uma fictícia cidade do Maine, nos EUA.

J.J. Abrams e eu queremos te convidar a fazer uma viagem a Castle Rock. Em breve. Tenha medo”, escreveu Stephen King.

Segundo o Hollywood Reporter, trata-se de uma série antológica, nos moldes de American Horror Story, que reunirá temas e personagens de Castle Rock, cenário já usado por Stephen King em vários de seus romances, como A Zona Morta, Cujo e O Corpo.

 

A Bad Robot, produtora de J.J. Abrams, produz a atração com a Warner Bros TV. A data de lançamento ainda não foi divulgada.

Castle Rock marcará a segunda colaboração entre Hulu, Abrams e King após a minissérie 11.22.63, adaptada do livro de mesmo nome de King.

 

FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA

 

Pode sair coisa muito boa dai. Como fã das obras do King fico animado desde já.

 

 O teaser entretanto confunde um pouco quem conhece a obra. Castle Rock tem uma saga própria dentro dos romances do King (que sempre se colocaram como um verdadeiro universo compartilhado). A cidade apareceu pela primeira vez no romance ZONA MORTA, mas a história da cidade e seus moradores teve sequência em livros como CUJO: O CÃO ASSASSINO, A METADE NEGRA, a novela O CÃO DA POLAROIDE, e encontrou seu auge no romance TROCAS MACABRAS (referenciado no teaser pelo nome da loja de penhores "Needful Things"). Fora os contos e novelas que exploram o passado da cidade como MONA, VOVÓ e os mais famosos UM SONHO DE LIBERDADE (que introduziu a prisão de Shawshank) e CONTA COMIGO.

 

 

 Mas o intrigante é que o teaser cita vários elementos de histórias que não estão diretamente ligadas a Castle Rock, como a cidade de Salem Lot (palco de A HORA DO VAMPIRO, e que fica próxima a Castle Rock) assim como Kurt Barlow, o vampiro que aterrorizou Salem Lot. Há uma citação também ao rato Mr. Jingles, que fazia companhia aos prisioneiros do corredor da morte em Á ESPERA DE UM MILAGRE. Outro nome citado é o da psicopata Annie Wilkes de LOUCA OBSESSÃO, que torna a coisa mais complexa, já que a história de Annie se passa no Colorado, e Castle Rock fica no Maine. E claro, nomes mais famosos como Pennywise, o assustador palhaço que serve de principal vilão de IT situado em Derry, que também fica próxima a Castle Rock, e Danny Torrance, menino que protagonizou o clássico O ILUMINADO e retornou já adulto em DOUTOR SONO surgem com destaque.

 

 Não sei, mas tendo como base o teaser não parece que a série vai adaptar um romance, novela ou conto do King por temporada, mas fazer tipo um Mash Up das histórias do King, não só usando as tramas e personagens do "Ciclo Castle Rock" como ficou conhecido as histórias que tem essa cidade como palco, mas de outros locais do universo do King, talvez realocando alguns eventos para Castle Rock, ou mostrando eventos que antecedem ou sucedem histórias que se passam fora de Castle Rock.

 

  De qualquer forma, fiquei bem curioso e ansioso para ver qual vai ser a dessa série. Sempre achei que seria uma boa explorar o Universo compartilhado que o King criou em seus livros, e parece que a intenção é fazer justamente isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 UNDER THE DOME é horrível mesmo. Não consegui passar do terceiro episódio.

 

Já 11.22.63 foi uma minissérie que eu gostei bastante. Teve lá os seus problemas (o arco dos personagens era meio tropego), mas tinha um ótimo ritmo, e me manteve preso na narrativa até o final, além de ser bem dirigida

 

Eu também gostava de DEAD ZONE, com o Anthony C. Hall, embora não sei como a série desceria comigo hoje.

 

Mas o material que CASTLE ROCK se propõe a trabalhar é excelente. O universo compartilhado do King é muito rico, e se o Abrams e cia souberem trabalhar isso, pode render muito.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom QUESTÃO essa ideia de Mash-Up soa bem interessante,como voce apontou eu adoro o conceito de universo compartilhado mesmo,admito que só li até hoje um livro de King que é justamente NOVEMBRO DE 63(se também leu estou aguardando suas impressões no Tópico do King hein  ;) )e eu adorei,o resto nunca vi os filmes e conheço mais pelas próprias impressões que voce deixou no Tópico do King.Meio que me lembra daquela sua ideia de Mash-Up de livros do H.P.Lovecraft em uma série,MISKATONIC não é ?se esse projeto vingar quem sabe né ?.

 

Improvisando um pouco eu faria Castle Rock ser o centro de todos esses acontecimentos do livros de certa forma misturados,o palhaço de IT por exemplo seria um ser sobrenatural enraizado na existencia da cidade e que só pode ser derrotado temporariamente e retorna uma vez a cada 50 anos começando o ciclo novamente.Ele seria visto como uma lenda urbana junto com histórias envolvendo um vampiro numa cidade próxima e uma serial killer psicótica,Danny Torrance seria o protagonista dessa série e aluno do Professor Jake Epping que conseguiria escapar do palhaço mas teria sua mãe morta por ele e entraria numa busca de vingança contando com o auxílio de Al Templeton que enfrentou a criatura no passado quando era criança e serve como uma espécie de mentor.Não sei explicar bem como seria o resto mas imagino no final Al revelando a Danny o portal do tempo e ele indo no passado e ajudando a versão mais jovem de seu mentor e seus amigos a derrotarem o palhaço de uma vez por todas(com algum método que não tenho ideia).Ao retornar ao presente ele encontra a cidade num estado pós-apocalíptico e presa numa espécie de domo.... .

 

Bem essas são algumas ideias minhas para a série QUESTÃO,se quiser dar uma melhor desenvolvida fique a vontade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom QUESTÃO essa ideia de Mash-Up soa bem interessante,como voce apontou eu adoro o conceito de universo compartilhado mesmo,admito que só li até hoje um livro de King que é justamente NOVEMBRO DE 63(se também leu estou aguardando suas impressões no Tópico do King hein  ;) )

 

 Cara, não cheguei a ler NOVEMBRO DE 63. Vi apenas a minissérie lançada no ano passado (Também produzida pelo Abrams, e que teve James Franco como Jake Epping). Gostei bastante, e me prendeu até o ultimo episódio, embora tenha tido alguns problemas com o final e desenvolvimento de alguns personagens.

 

 

o resto nunca vi os filmes

 

  Nenhum mesmo, ESPECTRO? Nossa, recomendo alguns fortemente. Tem alguns clássicos como:

 

CARRIE: A ESTRANHA clássico do Brian De Palma, e é situado em Chamberlain, outra cidade nas proximidades de Castle Rock.

 

O ILUMINADO, clássico de Stanley Kubrick, com uma atuação foda de Jack Nicholson. Danny Torrance vem daqui.

 

ZONA MORTA de David Cronenberg, estrelado por Christopher Walken, que adaptou a primeira aparição de Castle Rock.

 

CHRISTINE: O CARRO ASSASSINO de John Carpenter

 

CONTA COMIGO clássico da "Sessão Da Tarde", um drama sobre amizade, também situado em Castle Rock.

 

UM SONHO DE LIBERDADE, situado na prisão Shawshank

 

A ESPERA DE UM MILAGRE

 

 Só pra citar alguns. Tem muita coisa ruim também entre as adaptações do King, mas tem muita coisa que vale a conferida.

 

Meio que me lembra daquela sua ideia de Mash-Up de livros do H.P.Lovecraft em uma série,MISKATONIC não é ?

 

 É verdade! Será que o J. J Abrams anda espionando o forum?  :P  Hehehe

 

 Cara, uma dúvida sobre a sua ideia. Para Danny, os eventos da série se passariam depois de O ILUMINADO e os horrores que a família Torrance passou no Hotel Overlook? Só pra esclarecer, na trama do filme/Livro, o pai de Danny, Jack, aceita ser o zelador do Hotel no inverno, quanto o hotel está fechado, indo morar lá com a sua família. Mas o hotel é assombrado.

 

 Outra duvida, na sua ideia, você realoca a morada de Pennywise de Derry (outra cidade nas redondezas de Castle Rock) para a própria Castle Rock, certo?

 

  Então, gosto da ideia de usar o Danny como um personagem importante seja na primeira temporada ou em temporadas futuras se a série vingar. Ele pode muito bem ter ido parar em Castle Rock após os eventos de O ILUMINADO.

 

  Vi que você utilizou muito dos personagens e conceitos de NOVEMBRO DE 63 até por que é o que você conhece bem, além de conceitos de UNDER THE DOME. Mas se eu fosse um dos roteiristas, evitaria usar elementos destas histórias agora, até por que foram adaptadas para televisão á pouco tempo, e envolvem conceitos bem grandiosos.

 

 Quanto a ter Pennywise como principal vilão de uma 1ª temporada, eu não usaria o palhaço, por enquanto. Afinal, essa criatura é um dos vilões mais icônicos do King. Se os produtores decidirem trazer, com o perdão da piada, o palhaço para o centro do picadeiro, acho que o universo da série teria que estar melhor estabelecido. Fora que teremos a primeira parte da adaptação de IT esse ano, e não seria bom ter Pennywise em destaque em duas mídias diferentes. Mas acho que a série pode muito bem começar a sugerir a existência da Coisa, como também é conhecido por sua natureza transmorfa. Se no universo da série, Pennywise permanecer em Derry, em alguns momentos os personagens poderiam visitar a cidade, e ter algum tipo de contato com o monstro. Ou se realocarem Pennywise para Castle Rock, sinais de seus crimes poderiam aparecer também em flashbacks, pois com certeza vai ter flashbacks nessa série.

 

  Acredito que nesta primeira temporada, vai ter bastante material de ZONA MORTA. Acho que o Xerife George Bannerman, que apareceu tanto em ZONA MORTA quanto em CUJO: O CÃO ASSASSINO vai estar na série. O Serial killer de mulheres conhecido como "O Assassino de Castle Rock" também deve estar presente, afinal, foi a primeira grande ameaça a cidade. Talvez também vejamos Johnny Smith, protagonista de ZONA MORTA, que já teve até série própria. Johnny é um vidente que ganhou suas habilidades paranormais após ficar em coma por anos depois de um acidente de carro. Ao acordar, ao tocar coisas e pessoas, Johnny pode ter visões do passado e do futuro, embora não tenha controle sobre isso. No material original, Johnny tem papel fundamental para deter o Assassino de Castle Rock, o que pode se repetir na série.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente ficaria melhor do jeito que voce falou,CARRIE A ESTRANHA eu vi uma versão da década de 1970 mas não me interessou muito,também vi A ESPERA DE UM MILAGRE(nem sabia que era adaptação de livro do King) umas duas ou tres vezes e me interessei mais,mas ainda assim conheço pouco,de H.P.Lovecraft então não li nada tudo que eu sei é das suas resenhas dos livros dele e de algumas pesquisas que fiz.Poderia sim ser depois dos eventos de O ILUMINADO,mas eu visualizo o Danny como um provável protagonista fixo da série,da pré-adolescencia até a idade de um jovem adulto se a série vingar.Uma ideia é que talvez nem todos elementos precisam ser adaptados,A Coisa de IT eu prefiro que seja realocado de Derry para Castle Rock para um uso no futuro,obras como UNDER THE DOME e NOVEMBRO DE 63 poderiam ter easter eggs(NOVEMBRO DE 63 depende da época em que a série se passa)na prática Castle Rock teria mais coisas fantásticas mas outras cidades também teriam.

Share this post


Link to post
Share on other sites

também vi A ESPERA DE UM MILAGRE(nem sabia que era adaptação de livro do King) umas duas ou tres vezes e me interessei mais,

 

 Gosto bastante do filme. O Teaser da série inclusive faz menção ao romance quando surge o nome "Mr. Jingles", que era o rato que fazia companhia para os prisioneiros, e que tem a sua vida alongada depois de ser ressuscitado pelo John Coffey(personagem do saudoso Michael Clarke Duncan). Não sei se lembra, mas no final do filme, o rato já tem mais de sessenta anos.

 

 

Poderia sim ser depois dos eventos de O ILUMINADO,mas eu visualizo o Danny como um provável protagonista fixo da série,da pré-adolescencia até a idade de um jovem adulto se a série vingar.

 

  Seria interessante ter o Danny mesmo na série, aprendendo a lidar com o crescimento de sua iluminação, enquanto tenta se recuperar do trauma dos eventos de O ILUMINADO (só pra se envolver com os horrores de Castle Rock). Mas pelo que eu entendi, o objetivo da série seria fazer certo rodizio de foco entre os personagens. Por exemplo, um personagem que é protagonista na primeira temporada, vira coadjuvante na segunda, sumir na terceira, e voltar como protagonista na quarta. Mas acho que poderia ser interessante ter o Danny nesta primeira temporada como protagonista, indo embora da cidade por alguma razão, mas retornando posteriormente para ajudar os amigos que fez ali a lidar com alguma nova ameaça. A série poderia acompanhar seu crescimento deste jeito, como você sugeriu, ESPECTRO.

 

A Coisa de IT eu prefiro que seja realocado de Derry para Castle Rock para um uso no futuro,

 

 Acredito que a série ira realocar alguns eventos e personagens do universo do King para Castle Rock mesmo. Pennywise poderia muito bem ser um deles, como você sugere.

 

Alguns elementos que eu acho que seriam interessantes ser usados na série nesta primeira temporada. Os que dão spoilers pesados dos livros e suas adaptações vão estar marcados.

 

 - Como eu disse, tenho a impressão que vai haver muito de ZONA MORTA na primeira temporada; a série poderia ter Greg Stillson como um dos vilões. Ele é o grande vilão de ZONA MORTA ao lado do "Assassino de Castle Rock". Stillson é um politico corrupto, mas muito popular, que está tentando se eleger ao senado. Entretanto, quanto o protagonista do livro, Johnny Smith aperta a sua mão, tem uma visão de um futuro próximo, onde Stllson se elege presidente e provoca uma guerra nuclear. Em tempos de Donald Trump, poderia ser interessante ter Stillson na série, fora que traz questões como "O futuro pode ser mudado"?

 

 - De a HORA DO VAMPIRO 

Temos uma cidade transformada em um reduto de vampiros ao fim da história, mesmo após a morte de Kurt Barlow, o mestre vampiro responsável pela queda da cidade

como Salem Lot fica na mesma região de Castle Rock, uma ameaça poderia muito bem vir dali.

 

- Charlie Mcgee, a garota que protagoniza o romance A INCENDIARIA e que possui poderes pirocinéticos, já que seus pais se submeteram a experiências aparentemente "inofensivas" na faculdade (estilo MK Ultra) antes de ela nascer, poderia aparecer na série como um dos protagonistas.

 

- "A Oficina", espécie de Shield(Cadmus de fato é mais adequado) do universo do King. Uma agencia governamental que investiga e cria contra medidas para defender o país de ameaças paranormais ou alienígenas, mas que também faz experiências na criação de novas armas, e fontes de energia. "A Oficina" está longe de ser uma agencia ética, e não se importam em matar e destruir para preservar os seus segredos. Apareceu nos romances A INCENDIÁRIA, OS ESTRANHOS, e no conto O NEVOEIRO.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Surgem Mais Detalhes Sobre A Série Antologia De Stephen King ‘Castle Rock’

 

Hulu Confirmou Uma Temporada de 10 Episódios!

 

Anteontem contamos a vocês que J.J. Abrams e Stephen King estavam se juntando para nos trazer uma série antologia intitulada Castle Rock e junto com a notícia veio o primeiro teaser da série que nos mostrava uma série de referências vindas do universo literário criado pelo autor.

Tudo o que pudemos fazer na hora foi especular sobre o seu conteúdo baseando-se no que vimos no vídeo, mas hoje finalmente temos aqui o enredo da série que irá ao ar através do Hulu.

“Uma série de horror psicológico ambientada no multiverso de Stephen King, Castle Rock combina a escala mitológica e a íntima narrativa dos personagens das obras mais queridas de King, tecendo uma saga épica de escuridão e luz, passada em alguns quilômetros quadrados da floresta do Maine.

Castle Rock é um suspense/thriller original – uma reinterpretação que explora os temas e mundos que unem o cânone inteiro de King, enquanto retoca algumas de suas histórias mais icônicas e amadas. Um teaser para o projeto, lançado pela Bad Robot na sexta-feira, recebeu mais de 1 milhão de visualizações.”

Hulu também anunciou que a primeira temporada de Castle Rock terá 10 episódios, porém ainda não definiu uma data de lançamento.

 

FONTE: TERRORAMA

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Gosto bastante do filme. O Teaser da série inclusive faz menção ao romance quando surge o nome "Mr. Jingles", que era o rato que fazia companhia para os prisioneiros, e que tem a sua vida alongada depois de ser ressuscitado pelo John Coffey(personagem do saudoso Michael Clarke Duncan). Não sei se lembra, mas no final do filme, o rato já tem mais de sessenta anos.

 

 

 

  Seria interessante ter o Danny mesmo na série, aprendendo a lidar com o crescimento de sua iluminação, enquanto tenta se recuperar do trauma dos eventos de O ILUMINADO (só pra se envolver com os horrores de Castle Rock). Mas pelo que eu entendi, o objetivo da série seria fazer certo rodizio de foco entre os personagens. Por exemplo, um personagem que é protagonista na primeira temporada, vira coadjuvante na segunda, sumir na terceira, e voltar como protagonista na quarta. Mas acho que poderia ser interessante ter o Danny nesta primeira temporada como protagonista, indo embora da cidade por alguma razão, mas retornando posteriormente para ajudar os amigos que fez ali a lidar com alguma nova ameaça. A série poderia acompanhar seu crescimento deste jeito, como você sugeriu, ESPECTRO.

 

 

 Acredito que a série ira realocar alguns eventos e personagens do universo do King para Castle Rock mesmo. Pennywise poderia muito bem ser um deles, como você sugere.

 

Alguns elementos que eu acho que seriam interessantes ser usados na série nesta primeira temporada. Os que dão spoilers pesados dos livros e suas adaptações vão estar marcados.

 

 - Como eu disse, tenho a impressão que vai haver muito de ZONA MORTA na primeira temporada; a série poderia ter Greg Stillson como um dos vilões. Ele é o grande vilão de ZONA MORTA ao lado do "Assassino de Castle Rock". Stillson é um politico corrupto, mas muito popular, que está tentando se eleger ao senado. Entretanto, quanto o protagonista do livro, Johnny Smith aperta a sua mão, tem uma visão de um futuro próximo, onde Stllson se elege presidente e provoca uma guerra nuclear. Em tempos de Donald Trump, poderia ser interessante ter Stillson na série, fora que traz questões como "O futuro pode ser mudado"?

 

 - De a HORA DO VAMPIRO 

Temos uma cidade transformada em um reduto de vampiros ao fim da história, mesmo após a morte de Kurt Barlow, o mestre vampiro responsável pela queda da cidade

como Salem Lot fica na mesma região de Castle Rock, uma ameaça poderia muito bem vir dali.

 

- Charlie Mcgee, a garota que protagoniza o romance A INCENDIARIA e que possui poderes pirocinéticos, já que seus pais se submeteram a experiências aparentemente "inofensivas" na faculdade (estilo MK Ultra) antes de ela nascer, poderia aparecer na série como um dos protagonistas.

 

- "A Oficina", espécie de Shield(Cadmus de fato é mais adequado) do universo do King. Uma agencia governamental que investiga e cria contra medidas para defender o país de ameaças paranormais ou alienígenas, mas que também faz experiências na criação de novas armas, e fontes de energia. "A Oficina" está longe de ser uma agencia ética, e não se importam em matar e destruir para preservar os seus segredos. Apareceu nos romances A INCENDIÁRIA, OS ESTRANHOS, e no conto O NEVOEIRO.

 

Essa A Oficina pode causar muitos problemas dentro do universo da série CASTLE ROCK,eu imagino eles querendo usar os poderes do Danny e da Charlie para objetivos nefastos mais em alguma Temporada sendo forçados a se aliar com os protagonistas para lidar com uma ameaça ainda maior.

 

Acho que é interessante o rodízio de personagens para protagonistas principais das Temporadas,por exemplo a Charlie seria uma protagonista secundária da Primeira Temporada mas na Segunda já seria a protagonista principal, na Terceira o Johnny Smith que seria tipo um mentor dos mais jovens vira o principal e vai indo assim.Os acontecimentos de algumas histórias como Á ESPERA DE UM MILAGRE,O ILUMINADO , A INCENDIÁRIA,HORA DO VAMPIRO, já teriam acontecido enquanto outros aconteceriam dentro da série,o Danny e a Charlie poderiam ter se tornado bons amigos em Castle Rock(deixando a brecha para o desenvolvimento de um romance no futuro) e após o Danny ir embora ele poderia sempre enviar cartas para seus amigos em Castle Rock com a sua presença de certa forma continuando na série até seu retorno já como um jovem adulto em uma outra Temporada.

 

Com esse Greg Stillson eu faria o lance da visão um pouco mais tarde viu,talvez no final da Segunda Temporada para ser o plot principal da Terceira,tipo os protagonistas descobrem o portal do tempo da despensa da cozinha do Als Dinner(não acho que na série cabe em momento algum usar o lance da morte do Kennedy,bugaria muito) só que ao contrário de NOVEMBRO DE 63 o portal leva eles pro futuro,aí eles confirmam que o futuro que o vidente viu aconteceu e tal,retornam ao presente e tentam impedir o Stillson de virar presidente (como são os mocinhos não precisam tentar matar o cara,mas difamar ele publicamente soa bem)só que aí tipo teria um problema porque o Homem do Cartão Amarelo aparece como um Protetor do Tempo(o vilão dessa Temporada)  e tenta matar os protagonistas porque Stillson virar presidente e devastar o Mundo numa guerra nuclear é o que o destino quer(dá até pra por a questão destino vs livre-arbítrio).

 

Agora QUESTÃO a cidade de Castle Rock em si dentro do universo da série eu imagino como um lugar conhecido mundialmente devido aos relatos e lendas urbanas como da A Coisa de IT que ganharam repercussão internacional(tipo o Lago Ness )que recebe vários turistas do Mundo todo,seria interessante algo assim creio eu,com as pessoas da cidade até usando essas "lendas urbanas" para conseguirem emprego e coisa e tal.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa A Oficina pode causar muitos problemas dentro do universo da série CASTLE ROCK,eu imagino eles querendo usar os poderes do Danny e da Charlie para objetivos nefastos mais em alguma Temporada sendo forçados a se aliar com os protagonistas para lidar com uma ameaça ainda maior.

 

  Seria bem interessante a série seguir esse caminho. A Charlie, por já ter sido perseguida pela Oficina em A INCENDIÁRIA, saberia do quanto a organização pode ser destrutiva. Entretanto, os agentes da Oficina poderiam tentar convencer o Xerife da Cidade, George Bannerman, que pessoas como Charlie são armas vivas, e precisam ser monitoradas. Nesse sentido, seria legal se a série se passasse após os eventos de CARRIE: A ESTRANHA, e alguns personagens que conhecem o segredo de Charlie, e ouviram falar do que realmente aconteceu em Chamberlain, (onde uma adolescente paranormal chamada Carrie White perdeu o controle de seus poderes e matou dezenas de pessoas após ser humilhada em um baile escolar) temessem que Charlie pudesse perder o controle de seus poderes e causar morte e destruição em Castle Rock da mesma forma que aconteceu com Carrie White em Chamberlain em CARRIE A ESTRANHA.

 

 

 

Os acontecimentos de algumas histórias como Á ESPERA DE UM MILAGRE,O ILUMINADO , A INCENDIÁRIA,HORA DO VAMPIRO, já teriam acontecido enquanto outros aconteceriam dentro da série

 

 Acho que o caminho é justamente esse, ESPECTRO.

 

 

Com esse Greg Stillson eu faria o lance da visão um pouco mais tarde viu,talvez no final da Segunda Temporada para ser o plot principal da Terceira,tipo os protagonistas descobrem o portal do tempo da despensa da cozinha do Als Dinner(não acho que na série cabe em momento algum usar o lance da morte do Kennedy,bugaria muito) só que ao contrário de NOVEMBRO DE 63 o portal leva eles pro futuro,aí eles confirmam que o futuro que o vidente viu aconteceu e tal,retornam ao presente e tentam impedir o Stillson de virar presidente (como são os mocinhos não precisam tentar matar o cara,mas difamar ele publicamente soa bem)só que aí tipo teria um problema porque o Homem do Cartão Amarelo aparece como 

um Protetor do Tempo(o vilão dessa Temporada)  e tenta matar os protagonistas porque Stillson virar presidente e devastar o Mundo numa guerra nuclear é o que o destino quer(dá até pra por a questão destino vs livre-arbítrio).

 

  É, acho que tem razão ESPECTRO. Um plot envolvendo o Greg Stillson para uma segunda temporada mesmo. Acho que seria interessante que possibilidade de matar ou não Stillson se tornasse um ponto de discordância entre alguns dos personagens. Eu só não sei se eu faria uso do portal do tempo de NOVEMBRO DE 63, ou do Homem do Cartão Amarelo como um vilão. Na minissérie, ele funciona mais como um arauto do tempo, que só alerta o Jake que as ações dele não vão dar em coisa boa (me disseram que no livro é assim também, procede?)

 

 Enfim, acho que se forem se utilizar da história do Stillson, só a visão que o Johnny Smith tem do futuro já seria o bastante. O portal do tempo complicaria as coisas desnecessariamente, creio eu.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Talvez o Portal do Tempo não tenha como,mas o Homem do Cartão Amarelo acho que dá pra por sim QUESTÃO,ele poderia estar no presente mesmo vivendo como um mendigo(tipo garantindo a integridade de Stillson)e sim ele é realmente um arauto do tempo em NOVEMBRO DE 63 então no começo ele poderia alertar os personagens que mudar as coisas vai dar em merda ainda maior(o que seria pior que uma guerra nuclear ?uma invasão alienígena,talvez ?)e que o tempo quer que isso aconteça num lance meio EXTERMINADOR DO FUTURO por assim dizer,talvez então ao tentar mudar as coisas eles só adiam isso e de qualquer jeito Stillson vira presidente e faça o mundo virar pós-apocalíptico de alguma forma.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agora QUESTÃO a cidade de Castle Rock em si dentro do universo da série eu imagino como um lugar conhecido mundialmente devido aos relatos e lendas urbanas como da A Coisa de IT que ganharam repercussão internacional(tipo o Lago Ness )que recebe vários turistas do Mundo todo,seria interessante algo assim creio eu,com as pessoas da cidade até usando essas "lendas urbanas" para conseguirem emprego e coisa e tal.

 

 Acho legal a sua ideia, ESPECTRO. Castle Rock poderia ser uma cidade famosa nos Estados Unidos e relativamente famosa mundialmente (com os cidadãos se dividindo entre os que gostam e os que não gostam dessa atenção que a cidade recebe). Mas acho que nada na proporção que um Lago Ness recebe.  Até por que eu acho que Castle Rock tem que ter um pouco daquela atmosfera de uma cidade que demora a receber a atenção do mundo, saca?

 

 

Talvez o Portal do Tempo não tenha como,mas o Homem do Cartão Amarelo acho que dá pra por sim QUESTÃO,ele poderia estar no presente mesmo vivendo como um mendigo(tipo garantindo a integridade de Stillson)e sim ele é realmente um arauto do tempo em NOVEMBRO DE 63 então no começo ele poderia alertar os personagens que mudar as coisas vai dar em merda ainda maior(o que seria pior que uma guerra nuclear ?uma invasão alienígena,talvez ?)e que o tempo quer que isso aconteça num lance meio EXTERMINADOR DO FUTURO por assim dizer,talvez então ao tentar mudar as coisas eles só adiam isso e de qualquer jeito Stillson vira presidente e faça o mundo virar pós-apocalíptico de alguma forma.

 

 

 Acho que o Homem do Cartão Amarelo poderia surgir como um arauto do tempo, alertando os personagens sobre as consequências de se mexer com o tempo (embora no cânone do King, o futuro sempre foi bem mutável, e é com o passado que não se deve mexer). Mas acho que se decidirem adaptar o plot do Stillson, tem que haver consequências sim por alterarem o futuro onde ele se torna presidente. Nem digo que precisam ser consequências catastróficas em uma escala mundial (mas pode ser também). Mas Poderiam ser consequências mais pessoais mesmo, como a morte de um dos personagens principais.

 

 Só não curto muito em primeira instância, a ideia de "futuro imutável" como é em O EXTERMINADOR DO FUTURO. Acho que a série deveria trabalhar com a hipótese de que o futuro pode ser.

 

 ESPECTRO, o que achou da minha ideia de usar os eventos de CARRIE: A ESTRANHA como um instrumento de intimidação para a Oficina usar na caça aos "especiais", caso a organização venha a ser utilizada em algum momento da série?

 

 Vai aqui mais algumas sugestões de personagens (e plots) que poderiam dar as caras na série. Como fiz antes, as considerações que trazem spoilers dos livros/filmes para quem se importar, estarão marcados.

 

- Christine- Christine, o carro assombrado que é a principal ameaça de CHRISTINE: O CARRO ASSASSINO poderia surgir na série. Christine é um Plymouth Fury vermelhl 1958. Ele é capaz de influenciar o seu proprietário, fazendo com que seu dono fique obcecado por ela (o carro geralmente é referido como uma garota). Christine é capaz de se mover sozinho, e é capaz de se reparar magicamente. Acho que Christine poderia aparecer como um vilão secundário.

 

- Annie Wilkes- Annie Wilkes, a grande vilã de LOUCA OBSESSÃO é citada com destaque no teaser da série. No caso de Annie, caso ela de fato apareça, acho que seria interessante que sua participação na série acontecesse antes dos eventos de LOUCA OBSESSÃO, mostrando suas ações como serial killer no tempo em que foi enfermeira. Talvez ela nem precise aparecer na linha do tempo principal da série, mas em flashbacks, mostrando o encontro de algum personagem com Wilkes, onde ela já mostraria a sua obsessão pelo escritor Paul Sheldon, que se tornaria o seu prisioneiro em LOUCA OBSESSÃO.

 

- Vovó- Essa velha bruxa moradora de Castle Rock é a vilã principal do conto VOVÓ. Seu nome não é revelado na história (a péssima adaptação cinematográfica a batizou de Mercy). Ela usou os seus poderes para fins nefastos em seus mais de cem anos de vida, mas quando o conto começa, ela se encontra aparentemente senil e inválida, vítima de uma obesidade praticamente mortal pra sua idade. Mas a velha bruxa entretanto, é muito mais ativa do que aparenta, e secretamente busca meios de prolongar a sua vida. Acho que a Vovó poderia ser uma das principais vilãs de uma primeira temporada da série, talvez até atraindo ameaças sobrenaturais mais perigosas para a cidade em futuras temporadas.

 

- Richard Dees- Richard Dees é um cínico jornalista de tabloide que apareceu como coadjuvante nos romances ZONA MORTA, OS ESTRANHOS, e protagonizou o conto O AVIADOR NOTURNO. Dees poderia ser uma espécie de anti herói cínico dentro da série, um cara muito preocupado com seus interesses, mas que eventualmente faz a coisa certa.

 

- Os Tommyknockers-  Os Tommyknockers são uma raça alienígena que se tornam os principais vilões do romance OS ESTRANHOS. Quando surgem em OS ESTRANHOS, os Tommyknockers já estão mortos, sua nave é encontrada pela escritora Bobby Anderson enterrada em sua fazenda na pequena cidade de Heaven (mais uma localizada no mesmo condado de Castle Rock). Entretanto, a mente das criaturas continua viva na nave, que começa a emanar uma energia capaz de transmutar aos poucos humanos em tommyknockers. Entretanto, devido a natureza verdadeiramente apocalíptica destes alienígenas, não sei como a série poderia se utilizar neles. No romance, 

eles acabam provocando a destruição total de toda Heaven

. Então, se eles surgissem, teria que ter muitas adaptações, creio eu, pois não daria pra fazer algo na escala do que ocorre no romance, onde eles chegam a alterar a atmosfera de Heaven pra se assimilar com a de seu planeta natal.

 

Enfim, essas foram algumas ideias.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 Acho legal a sua ideia, ESPECTRO. Castle Rock poderia ser uma cidade famosa nos Estados Unidos e relativamente famosa mundialmente (com os cidadãos se dividindo entre os que gostam e os que não gostam dessa atenção que a cidade recebe). Mas acho que nada na proporção que um Lago Ness recebe.  Até por que eu acho que Castle Rock tem que ter um pouco daquela atmosfera de uma cidade que demora a receber a atenção do mundo, saca?

 

 

 

 

 Acho que o Homem do Cartão Amarelo poderia surgir como um arauto do tempo, alertando os personagens sobre as consequências de se mexer com o tempo (embora no cânone do King, o futuro sempre foi bem mutável, e é com o passado que não se deve mexer). Mas acho que se decidirem adaptar o plot do Stillson, tem que haver consequências sim por alterarem o futuro onde ele se torna presidente. Nem digo que precisam ser consequências catastróficas em uma escala mundial (mas pode ser também). Mas Poderiam ser consequências mais pessoais mesmo, como a morte de um dos personagens principais.

 

 Só não curto muito em primeira instância, a ideia de "futuro imutável" como é em O EXTERMINADOR DO FUTURO. Acho que a série deveria trabalhar com a hipótese de que o futuro pode ser.

 

 ESPECTRO, o que achou da minha ideia de usar os eventos de CARRIE: A ESTRANHA como um instrumento de intimidação para a Oficina usar na caça aos "especiais", caso a organização venha a ser utilizada em algum momento da série?

 

 Vai aqui mais algumas sugestões de personagens (e plots) que poderiam dar as caras na série. Como fiz antes, as considerações que trazem spoilers dos livros/filmes para quem se importar, estarão marcados.

 

- Christine- Christine, o carro assombrado que é a principal ameaça de CHRISTINE: O CARRO ASSASSINO poderia surgir na série. Christine é um Plymouth Fury vermelhl 1958. Ele é capaz de influenciar o seu proprietário, fazendo com que seu dono fique obcecado por ela (o carro geralmente é referido como uma garota). Christine é capaz de se mover sozinho, e é capaz de se reparar magicamente. Acho que Christine poderia aparecer como um vilão secundário.

 

- Annie Wilkes- Annie Wilkes, a grande vilã de LOUCA OBSESSÃO é citada com destaque no teaser da série. No caso de Annie, caso ela de fato apareça, acho que seria interessante que sua participação na série acontecesse antes dos eventos de LOUCA OBSESSÃO, mostrando suas ações como serial killer no tempo em que foi enfermeira. Talvez ela nem precise aparecer na linha do tempo principal da série, mas em flashbacks, mostrando o encontro de algum personagem com Wilkes, onde ela já mostraria a sua obsessão pelo escritor Paul Sheldon, que se tornaria o seu prisioneiro em LOUCA OBSESSÃO.

 

- Vovó- Essa velha bruxa moradora de Castle Rock é a vilã principal do conto VOVÓ. Seu nome não é revelado na história (a péssima adaptação cinematográfica a batizou de Mercy). Ela usou os seus poderes para fins nefastos em seus mais de cem anos de vida, mas quando o conto começa, ela se encontra aparentemente senil e inválida, vítima de uma obesidade praticamente mortal pra sua idade. Mas a velha bruxa entretanto, é muito mais ativa do que aparenta, e secretamente busca meios de prolongar a sua vida. Acho que a Vovó poderia ser uma das principais vilãs de uma primeira temporada da série, talvez até atraindo ameaças sobrenaturais mais perigosas para a cidade em futuras temporadas.

 

- Richard Dees- Richard Dees é um cínico jornalista de tabloide que apareceu como coadjuvante nos romances ZONA MORTA, OS ESTRANHOS, e protagonizou o conto O AVIADOR NOTURNO. Dees poderia ser uma espécie de anti herói cínico dentro da série, um cara muito preocupado com seus interesses, mas que eventualmente faz a coisa certa.

 

- Os Tommyknockers-  Os Tommyknockers são uma raça alienígena que se tornam os principais vilões do romance OS ESTRANHOS. Quando surgem em OS ESTRANHOS, os Tommyknockers já estão mortos, sua nave é encontrada pela escritora Bobby Anderson enterrada em sua fazenda na pequena cidade de Heaven (mais uma localizada no mesmo condado de Castle Rock). Entretanto, a mente das criaturas continua viva na nave, que começa a emanar uma energia capaz de transmutar aos poucos humanos em tommyknockers. Entretanto, devido a natureza verdadeiramente apocalíptica destes alienígenas, não sei como a série poderia se utilizar neles. No romance, 

eles acabam provocando a destruição total de toda Heaven

. Então, se eles surgissem, teria que ter muitas adaptações, creio eu, pois não daria pra fazer algo na escala do que ocorre no romance, onde eles chegam a alterar a atmosfera de Heaven pra se assimilar com a de seu planeta natal.

 

Enfim, essas foram algumas ideias.

 

Acho legal QUESTÃO A Oficina usar os acontecimentos de CARRIE:A ESTRANHA como uma justificativa para suas ações mais extremas tipo num lance "Depois de Chamberlain tudo mudou" ficaria interessante.

 

 

É confesso que também acho um pouco chato o lance de futuro imutável,mas quanto ao Stillson acho que não é preciso matar ele exatamente pra impedir ele de se tornar presidente,sei lá eles podiam de alguma forma deixar ele incapaz fisicamente o que destruiria a ambição dele de chegar na Casa Branca.

 

A invasão desses Tommyknockers no futuro da série seria interessante como uma grande consequencia da não presidencia do Stillson,tipo primeiro teria uma consequencia pequena com a morte de um dos protagonistas e depois no futuro essa grande consequencia com a invasão desses alienígenas,seria interessante até o Homem do Cartão Amarelo aparecer pra dar uma bronca nos protagonistas e falar que se o Stillson tivesse virado presidente e devastado o Mundo numa Guerra Nuclear os Tommyknockers nunca se interessariam em dominar um planeta devastado mas como eles impediram isso o futuro mais provável é a humanidade se tornar escrava desses seres.E no universo da série podia usar o cliche que eles vieram atrás da nossa água e tal que eu acho que dá certo.

 

Então quanto a Christine sei lá viu acho meio escroto o lance de um carro possuído mas é minha opinião,sabe eu acharia legal que os acontecimentos de CHRISTINE:O CARRO ASSASSINO já tivessem acontecido antes da série e que Christine por algum motivo sei lá quer se redimir de suas ações e se torna o carro de um dos protagonistas (só pra série não ficar lotada de vilões logo de cara).Quanto a essa Vovó eu acho que ela serve de vilã pra Primeira Temporada mas desde o começo já sentiriamos a presença de A Coisa e de Stillson saca ?.

 

 

E QUESTÃO que tal se no começo da série Castle Rock for uma cidade que não chama muita atenção como voce falou, mas após as ações da Vovó na Primeira Temporada se torna famosa mundialmente,aí na Segunda Temporada já surge as façções a favor e contra essa atenção,a proposito o Stillson poderia usar isso para tentar ganhar reconhecimento nacionalmente,o que acha ?.

 

 

E eu gostaria que na série mencionassem que o Presidente Kennedy já visitou Castle Rock em 1963 (antes de ir para o Texas),e até mostrassem uma foto dele com um antigo prefeito na prefeitura da cidade,só pra por mais uma referencia a NOVEMBRO DE 63,o que acha ?.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É confesso que também acho um pouco chato o lance de futuro imutável,mas quanto ao Stillson acho que não é preciso matar ele exatamente pra impedir ele de se tornar presidente,sei lá eles podiam de alguma forma deixar ele incapaz fisicamente o que destruiria a ambição dele de chegar na Casa Branca.

 

 

 Bem interessante as suas ideias, ESPECTRO.

 

 Em ZONA MORTA, o Johnny acaba descobrindo uma maneira de deter o Stillson sem mata-lo. Tanto no romance quanto no filme e atenção, ai vem o spoiler, caso queira evitar 

Johnny Smith tenta matar Stillson durante um comício, mas é avistado por Sarah, seu amor perdido, que estava no palanque junto com Stillson por acreditar na campanha dele.. Ele tem a chance de matar Stillson com um rifle, mas Stillson usa o bebê de Sarah que estava no palanque como escudo humano . Johnny é incapaz de atirar no bebê, e acaba sendo baleado. Mas enquant agoniza, ele toca Stillson, e descobre que sua covardia foi fotografada, arruinando a carreira politica do vilão.

 

 

 

A invasão desses Tommyknockers no futuro da série seria interessante como uma grande consequencia da não presidencia do Stillson,tipo primeiro teria uma consequencia pequena com a morte de um dos protagonistas e depois no futuro essa grande consequencia com a invasão desses alienígenas,seria interessante até o Homem do Cartão Amarelo aparecer pra dar uma bronca nos protagonistas e falar que se o Stillson tivesse virado presidente e devastado o Mundo numa Guerra Nuclear os Tommyknockers nunca se interessariam em dominar um planeta devastado mas como eles impediram isso o futuro mais provável é a humanidade se tornar escrava desses seres.E no universo da série podia usar o cliche que eles vieram atrás da nossa água e tal que eu acho que dá certo.

 

 

 Não curto muito o lance da água. Prefiro que os Tommyknockers já estivessem aqui, hibernando assim como no livro, e fossem despertados por alguma razão. Lembrando que essas criaturas não possuem corpo próprio, e precisam possuir e transmutar humanos para sobreviver.

 

 

 

 

Então quanto a Christine sei lá viu acho meio escroto o lance de um carro possuído mas é minha opinião,sabe eu acharia legal que os acontecimentos de CHRISTINE:O CARRO ASSASSINO já tivessem acontecido antes da série e que Christine por algum motivo sei lá quer se redimir de suas ações e se torna o carro de um dos protagonistas (só pra série não ficar lotada de vilões logo de cara).Quanto a essa Vovó eu acho que ela serve de vilã pra Primeira Temporada mas desde o começo já sentiriamos a presença de A Coisa e de Stillson saca ?.

 

 Hehehe. Entendo o seu ponto. Mas não gostaria de ver Christine ficando bonzinho (ou boazinha). Talvez caiba só uma referencia em algum episódio mesmo, onde por alguma razão os personagens são persegudios por um Plymonth Fury.

 

 

 

E QUESTÃO que tal se no começo da série Castle Rock for uma cidade que não chama muita atenção como voce falou, mas após as ações da Vovó na Primeira Temporada se torna famosa mundialmente,aí na Segunda Temporada já surge as façções a favor e contra essa atenção,a proposito o Stillson poderia usar isso para tentar ganhar reconhecimento nacionalmente,o que acha ?.

 

 

E eu gostaria que na série mencionassem que o Presidente Kennedy já visitou Castle Rock em 1963 (antes de ir para o Texas),e até mostrassem uma foto dele com um antigo prefeito na prefeitura da cidade,só pra por mais uma referencia a NOVEMBRO DE 63,o que acha ?.

 

 

 Curto essas idéias, ESPECTRO. Seria interessante pra evolução do status da cidade e tal. Talvez mais pra frente fazendo até  cidade 'pós fama" perdendo a atenção da mídia devido a um "período de inatividade" e tal.

 

 

 Sugerindo mais alguns personagens, heróis e vilões que poderiam aparecer na série.

 

 Dwight Reinfield-  Reinfield é um vampiro que vagueia pelos estados unidos em um pequeno avião preto matando vítimas em pequenos aeroportos. Suas ações o levaram a ser considerado um serial killer, e ganhar a alcunha de "O Aviador Noturno". O jornalista Richard Dees acreditava que Dwight Reinfield não era o verdadeiro nome desse assassino, ja que é a junção do nome do personagem de "Drácula" Reinfield, com o nome do ator que o interpretou no filme dos anos 30, Dwight Frye. Sabe-se que este vampiro tem um neto (adotivo ou não) que é um vampiro como ele. Dwight Reinfield apareceu nos contos O AVIADOR NOTURNO e POPSY..

 

 Acho que Reinfiled poderia aparecer como um vilão secundário ou até mesmo principal. Diferente de outro vilão vampiresco do King, Kurt Barlow de A HORA DO VAMPIRO, Reinfield aparentemente não tem interesse de conquista, estando simplesmente interessado em seguir o seu caminho. Mas sabe-se lá como ele poderia ser utilizado, caso a série resolva utiliza-lo.

 

 Ace Merrill- Merrill era o lider de uma gangue juvenil em Castle Rock, que praticava bullyng e pequenos crimes. Na vida adulta, Merrll se tornou um criminoso mais perigoso envolvido com tráfico de drogas e viciado em cocaína. Ele apareceu em CONTA COMIGO, no conto MONA e no romance TROCAS MACABRAS.

 

 Merrill poderia surgir como atormentador do elenco mais jovem, caso tenha, podendo inclusive desempenhar um papel maior ao ser manipulado pelos principais vilões da temporada, talvez.

 

 Norris Ridgewick-  Assistente do Xerife Alan Pangborn, apareceu em vários romances que traziam Castle Rock, até que ele mesmo tornou-se Xerife, embora numa época bem mais tranquila que seu antecessor.

 

 Leland Gaunt- Gaunt é literalmente o diabo em pessoa. Apareceu no romance TROCAS MACABRAS, onde abriu uma pequena loja em Castle Rock chamada "Needful Things" Aparentemente um bazar inofensivo, aqueles que visitam a loja parecem encontrar coisas aparentemente sem valor, mas que de alguma forma representam muito para elas. O preço de Gaunt são cinco dólares e que a pessoa pregue uma pequena peça aparentemente inofensiva em alguém indicado por Gaunt. Mas tais peças inflamam velhos rancores, e dão inicio a uma escalada incontrolável de violência que pode destruir a cidade. Gaunt provocou vários conflitos ao longo dos séculos por pura diversão, e coleta a alma dos mortos nestes conflito.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Castle Rock, nova série de J.J. Abrams e Stephen King, escala ator de Moonlight
Por Laysa Zanetti — 11/05/2017 às 14:21
 

Produção do Hulu contrata seu primeiro nome do elenco.

006818.jpg

Castle Rock, novo projeto do canal de streaming Hulu que traz J.J. Abrams e Stephen King juntos no time de produtores executivos, acabou de anunciar o seu primeiro protagonista. A promissora nova antologia terá Andre Holland, do vencedor do Oscar Moonlight, como um dos protagonistas.

De acordo com o The Hollywood Reporter, Holland (que interpretou Kevin em sua terceira fase em Moonlight) será Henry, um 'advogado do corredor da morte' com uma história "absolutamente única" em Castle Rock, Maine.

 

FONTE: ADORO CINEMA

Share this post


Link to post
Share on other sites

‘Castle Rock’: Sissy Spacek e Jane Levy entram para a série de J.J. Abrams e Stephen King

A veterana e vencedora do Oscar, Sissy Spacek é a mais nova protagonista a ser confirmada no elenco da nova produção para a TV de J.J. Abrams e Stephen King.

A atriz, que estrelou o clássico ‘Carrie, A Estranha’ na década de 70, volta a trabalhar com o autor, no papel de Ruth Deaver, a estranha mãe adotiva de Henry (Holland).

Além de SpacekJane Levy fará parte da produção como uma historiadora de Castle Rock, obcecada pela morte.

A plataforma de streaming Hulu confirmou a encomenda de 10 episódios para a primeira temporada da série antológica, que trará vários personagens inspirados nas clássicas obras de King.

 

FONTE: CINEPOP

 

Hmmm. Interessante chamarem a Spacek pra série.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novo Pennywise entra para o elenco da série ‘Castle Rock’, de Stephen King

PBill Skarsgård, que interpreta o palhaço Pennywise na nova versão de ‘It – A Coisa’,  foi contratado para o elenco da série Castle Rock‘ – que será inspirada nas obras de  Stephen King.

Na trama, ele será um jovem com problemas judiciais em meio a comunidade onde mora.

A plataforma de streaming Hulu confirmou a encomenda de 10 episódios para a primeira temporada da série antológica, que trará vários personagens inspirados nas clássicas obras de King.

Todos eles estarão “confinados” numa cidade que tem o mesmo nome da série.

 

FONTE: CINEPOP

Share this post


Link to post
Share on other sites

CASTLE ROCK | Ator de Demolidor entra para o elenco da série

Série ainda não teve sua data de estreia definida

Por
 Marco Victor
 -
 
  
publicida

Com seu desenvolvimento já confirmado há algum tempo, a série Castle Rock vai aos poucos ganhando novidades. E a mais recente delas, como esperado, volta a envolver a escalação do seu elenco.

 

Scott Glenn, da série Demolidor, estará em Castle Rock Divulgação: Demolidor 1ª temporada

Segundo informações do site Coming Soon, o ator Scott Glenn (Os Defensores, Demolidor) foi confirmado na produção do Hulu baseada na obra de Stephen King. Ele interpretará o personagem Alan Pangborn, um xerife aposentado que trabalhou durante alguns dos anos mais sombrios das histórias de Castle Rock.

O personagem em questão já apareceu anteriormente nos romances Trocas Macabras e A Metade Negra, escritas por Stephen King, além da novela O Cão da Polaroide. Além disso, Ed Harris já o interpretou na adaptação cinematográfica de Trocas Macabras, e Michael Rooker na adaptação de A Metade Negra, dirigida por George Romero.

Glenn se junta aos já confirmados Bill SkarsgårdSissy Spacek, André HollandJane Levy e Melanie Lynskey.

O programa será desenvolvido no formato de antologia, o mesmo aplicado em American Horror Story. Cada temporada terá um grupo de protagonistas, mas os personagens de anos anteriores da série podem aparecer em novas temporadas depois. A ideia é reunir diversos temas e personagens de Castle Rock ao longo das temporadas, aproveitando assim a cidade que já esteve presente em obras como  Zona Morta, Cujo e O Corpo. A presença de personagens já conhecidos do público através dos livros também não está descartada.

Bad Robot, produtora de J.J. Abrams, produz a atração com a Warner Bros TV.

Ainda sem data definida, a primeira temporada de Castle Rock contará com 10 episódios pela Hulu.

FONTE: JORNADA NERD

 Baita aquisição. Qualquer coisa com o Glenn merece curiosidade, no mínimo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 20/05/2017 at 3:14 PM, Questão said:

 

 

 Bem interessante as suas ideias, ESPECTRO.

 

 Em ZONA MORTA, o Johnny acaba descobrindo uma maneira de deter o Stillson sem mata-lo. Tanto no romance quanto no filme e atenção, ai vem o spoiler, caso queira evitar 

  Reveal hidden contents

Johnny Smith tenta matar Stillson durante um comício, mas é avistado por Sarah, seu amor perdido, que estava no palanque junto com Stillson por acreditar na campanha dele.. Ele tem a chance de matar Stillson com um rifle, mas Stillson usa o bebê de Sarah que estava no palanque como escudo humano . Johnny é incapaz de atirar no bebê, e acaba sendo baleado. Mas enquant agoniza, ele toca Stillson, e descobre que sua covardia foi fotografada, arruinando a carreira politica do vilão.

 

 

 

 

 Não curto muito o lance da água. Prefiro que os Tommyknockers já estivessem aqui, hibernando assim como no livro, e fossem despertados por alguma razão. Lembrando que essas criaturas não possuem corpo próprio, e precisam possuir e transmutar humanos para sobreviver.

 

 

 

 

 Hehehe. Entendo o seu ponto. Mas não gostaria de ver Christine ficando bonzinho (ou boazinha). Talvez caiba só uma referencia em algum episódio mesmo, onde por alguma razão os personagens são persegudios por um Plymonth Fury.

 

 

 

 

 Curto essas idéias, ESPECTRO. Seria interessante pra evolução do status da cidade e tal. Talvez mais pra frente fazendo até  cidade 'pós fama" perdendo a atenção da mídia devido a um "período de inatividade" e tal.

 

 

 Sugerindo mais alguns personagens, heróis e vilões que poderiam aparecer na série.

 

 Dwight Reinfield-  Reinfield é um vampiro que vagueia pelos estados unidos em um pequeno avião preto matando vítimas em pequenos aeroportos. Suas ações o levaram a ser considerado um serial killer, e ganhar a alcunha de "O Aviador Noturno". O jornalista Richard Dees acreditava que Dwight Reinfield não era o verdadeiro nome desse assassino, ja que é a junção do nome do personagem de "Drácula" Reinfield, com o nome do ator que o interpretou no filme dos anos 30, Dwight Frye. Sabe-se que este vampiro tem um neto (adotivo ou não) que é um vampiro como ele. Dwight Reinfield apareceu nos contos O AVIADOR NOTURNO e POPSY..

 

 Acho que Reinfiled poderia aparecer como um vilão secundário ou até mesmo principal. Diferente de outro vilão vampiresco do King, Kurt Barlow de A HORA DO VAMPIRO, Reinfield aparentemente não tem interesse de conquista, estando simplesmente interessado em seguir o seu caminho. Mas sabe-se lá como ele poderia ser utilizado, caso a série resolva utiliza-lo.

 

 Ace Merrill- Merrill era o lider de uma gangue juvenil em Castle Rock, que praticava bullyng e pequenos crimes. Na vida adulta, Merrll se tornou um criminoso mais perigoso envolvido com tráfico de drogas e viciado em cocaína. Ele apareceu em CONTA COMIGO, no conto MONA e no romance TROCAS MACABRAS.

 

 Merrill poderia surgir como atormentador do elenco mais jovem, caso tenha, podendo inclusive desempenhar um papel maior ao ser manipulado pelos principais vilões da temporada, talvez.

 

 Norris Ridgewick-  Assistente do Xerife Alan Pangborn, apareceu em vários romances que traziam Castle Rock, até que ele mesmo tornou-se Xerife, embora numa época bem mais tranquila que seu antecessor.

 

 Leland Gaunt- Gaunt é literalmente o diabo em pessoa. Apareceu no romance TROCAS MACABRAS, onde abriu uma pequena loja em Castle Rock chamada "Needful Things" Aparentemente um bazar inofensivo, aqueles que visitam a loja parecem encontrar coisas aparentemente sem valor, mas que de alguma forma representam muito para elas. O preço de Gaunt são cinco dólares e que a pessoa pregue uma pequena peça aparentemente inofensiva em alguém indicado por Gaunt. Mas tais peças inflamam velhos rancores, e dão inicio a uma escalada incontrolável de violência que pode destruir a cidade. Gaunt provocou vários conflitos ao longo dos séculos por pura diversão, e coleta a alma dos mortos nestes conflito.

Faz sentido,naturalmente alguma hora teria um período de inatividade,pelo menos aos olhos da mídia.Bom já que a ideia é ser uma antologia mas que não desconsidera os eventos anteriores,talvez a série tenha saltos no tempo por temporada,tipo cada temporada em uma década talvez,esse Merril aparece apenas como uma valentão numa temporada e mais pra frente em outra temporada é o líder de gangue manipulado pelo vilão.

Dwight Reinfield.....não pode ser meio anti-herói não,tipo nem bom ou mal,um meio termo talvez já que ele não tem desejo de conquista e tal ,ele poderia ajudar a lidar com uma ameaça vinda da cidade de A HORA DO VAMPIRO talvez,mas depois dele causar alum problema é claro.

Cada temporada com um Xerife diferente talvez mostrando como cada um deles lida com os horrores de Castle Rock,já que cada Xerife tem personalidades diferentes ?.

Esse Leland Gaunt se é literalmente o diabo em pessoa,tem que estar presente na série desde o começo até o final,tem que ser o último vilão e talvez o verdadeiro responsável pelos horrores de Castle Rock,inicialmente parece ser apenas um inofensivo dono de loja,mas conforme as temporadas avançam isso vai lentamente se revelando o contrário,se a série é uma antologia que considera as temporadas anteriores ao contrário de AMERICAN HORROR STORY que desconsiderava,então todos os protagonistas de todas as temporadas devem se unir para o enfrentar.Ainda acho que Pennywyse ou A Coisa deve aparecer em um momento no futuro por conta do hype do novo filme de IT,talvez lá pra quarta ou quinta temporada,mas seria bacana aparecer em algum momento,nem que seja easter egg(mas seria melhor como o vilão de uma temporada na minha opinião).

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 24/09/2017 at 2:13 PM, O Espectro said:

Dwight Reinfield.....não pode ser meio anti-herói não,tipo nem bom ou mal,um meio termo talvez já que ele não tem desejo de conquista e tal ,ele poderia ajudar a lidar com uma ameaça vinda da cidade de A HORA DO VAMPIRO talvez,mas depois dele causar alum problema é claro.

 Poderia ser interessante ter Reinfield inicialmente como uma ameaça pra depois se unir aos personagens principais diante de uma ameaça maior. Talvez devido ao seu neto (visto no conto POPSY) ser colocado em risco.

  

On 24/09/2017 at 2:13 PM, O Espectro said:

Esse Leland Gaunt se é literalmente o diabo em pessoa,tem que estar presente na série desde o começo até o final,tem que ser o último vilão e talvez o verdadeiro responsável pelos horrores de Castle Rock,inicialmente parece ser apenas um inofensivo dono de loja,mas conforme as temporadas avançam isso vai lentamente se revelando o contrário.

 Bom, foi confirmado que Scott Glenn vai interpretar Alan Pangborn, que foi o Xerife da cidade durante os eventos do romance A METADE NEGRA, a novela O CÃO DA POLAROIDE e por fim no romance TROCAS MACABRAS, que narrou as investidas de Gaunt contra Castle Rock. Foi Pangborn que impediu que a cidade fosse destruída, conseguindo expulsar o demônio da cidade. Na série, dizem que Pangborn já vai estar aposentado. Nada impede que Pangborn tenha um ultimo confronto com o seu velho inimigo, Leland Gaunt.

On 24/09/2017 at 2:13 PM, O Espectro said:

Ainda acho que Pennywyse ou A Coisa deve aparecer em um momento no futuro por conta do hype do novo filme de IT,talvez lá pra quarta ou quinta temporada,mas seria bacana aparecer em algum momento,nem que seja easter egg(mas seria melhor como o vilão de uma temporada na minha opinião).

Acho que a princípio Pennywise deve ficar só em algum easter egg mesmo. Até por que a Warner ainda vai fazer IT: CAPÍTULO 2, e o próprio Bill Skarsgard, que interpreta o palhaço esta na série como outro personagem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×