Jump to content
Forum Cinema em Cena
primo

Novos Titãs - série de TV

Recommended Posts

Roteirista das HQs está otimista com série

Marv Wolfman espera que produção mantenha personalidade dos heróis
 
Marv Wolfman, que revitalizou nos quadrinhos a franquia dos Novos Titãs com George Perez, está otimista com a adaptação televisiva. Segundo o roteirista de HQs, acertar a aparência dos personagens é um aspecto secundário. O importante para ele é manter a personalidade deles (via Newsarama).

"Minha primeira reação foi 'muito legal'. Depois, fiquei com os dedos cruzados para que os personagens, mesmo com mudanças, reflitam as atitudes e crenças que demos a eles. Mas com Geoff Johns no projeto nós sabíamos que seria excelente. Sua abordagem dos Titãs foi excelente. Não me importo se eles se pareçam exatamente com suas versões dos quadrinhos. O que me importa é com seu caráter e personalidade, e que mesmo com os problemas que enfrentarão, eles façam o que é certo."

Titans é parte de uma iniciativa da DC chamada DC Digital, que será uma plataforma de streaming "pensada com interação e imersão dos fãs em mente e englobando quadrinhos e séries de TV". Mais detalhes sobre o serviço são desconhecidos até o momento.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Queria estar tão otimista quanto o Wolfman. Mas vamos ver. Espero ser surpreendido positivamente.

 

Em tempo

Novos Titãs | Lindsey Gort entra para elenco de live-action

Série deverá estrear em 2018
29/09/2017 - 22:15 - RAFAEL GONZAGA
 
lindseyCROP.jpg
 

A atriz Lindsey Gort, de The Carrie Diaries, é o novo nome no elenco de Titans, a série de TV live-action dos Novos Titãs. Segundo o Coming Soon, Gort interpretará a detetive de polícia Amy Rohrbach, a nova parceira de Dick Grayson. 

Até agora foram confirmados também Anna Diop, de 24: Legacy, como a alienígena Estelar; Teagan Croft no papel de Ravena; Brenton Thwaites vivendo Dick Grayson, o Asa Noturna; e a dupla Minka Kelly Alan Ritchson no papel de Columba e Rapina.

Titans é parte de uma iniciativa da DC chamada DC Digital, que será uma plataforma de streaming "pensada com interação e imersão dos fãs em mente e englobando quadrinhos e séries de TV". Mais detalhes sobre o serviço são desconhecidos até o momento.

O programa, previsto para estrear em 2018, é de autoria de Greg Berlanti, produtor de ArrowThe FlashSupergirl Legends of Tomorrow, e também terá Akiva Goldsman (Uma Mente BrilhanteStar Trek: Discovery) e Geoff Johns na equipe de roteiristas dos 13 episódios.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 04/12/2017 at 10:15 AM, Questão said:

Robin

é, parece bom...
a notícia boa é que não ficou no estilo genérico de couro da CW. A notícia ruim é que eles não conseguem "surpreender o cliente", como ocorreu recentemente com os visuais do Soldado Invernal e do Falcão na franquia do Steve Rogers. Ficou bom, mas poderia ficar ótimo, talvez mais orgânico, aproveitando a liberdade que o Robin oferece, ao contrário dos medalhões.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minute ago, primo said:

 Ficou bom, mas poderia ficar ótimo, talvez mais orgânico, aproveitando a liberdade que o Robin oferece, ao contrário dos medalhões.

 Não sei se a liberdade é tão grande quanto com os citados, PRIMO, pois as pessoas conhecem muito mais o visual do Robin do que do Soldado Invernal ou do Falcão. É algo bem mais estabelecido.

Por outro lado, eu teria incluído ali um capuz inspirado no redesign que o personagem ganhou nos games da série Arkham, e que foi adotado nas Hqs pelo Robin/Damian Wayne.

Mas com certeza está bem menos cosplay do que os uniformes usados por Arqueiro Verde e CIA nas séries da CW, especialmente na série do Arqueiro. Percebe-se ali que o uniforme do moleque concede a ele alguma proteção.

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 minutes ago, Questão said:

Não sei se a liberdade é tão grande quanto com os citados

Tenho certeza que não é. rs Não tive intenção de comparar a liberdade nos caso do Falcão e do Invernal com a do caso do Robin, mas de dizer que, mesmo assim, era possível surpreender o cliente. Na questão de liberdade, ok, sim, vejo o Robin nem tão pro lado do Superman e nem tanto para o lado do Falcão, mas percebo que os estúdios superestimam a expectativa do público por fidelidade. Não que tenha sido tão fiel no caso do uniforme acima, mas estúdio e mídia, na média, não percebem que o público recebe melhor do que se imagina quando a alternativa (ao fiel) de uniforme é bem pensada.

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutes ago, primo said:

Tenho certeza que não é. rs Não tive intenção de comparar a liberdade nos caso do Falcão e do Invernal com a do caso do Robin, mas de dizer que, mesmo assim, era possível surpreender o cliente. Na questão de liberdade, ok, sim, vejo o Robin nem tão pro lado do Superman e nem tanto para o lado do Falcão, mas percebo que os estúdios superestimam a expectativa do público por fidelidade. Não que tenha sido tão fiel no caso do uniforme acima, mas estúdio e mídia, na média, não percebem que o público recebe melhor do que se imagina quando a alternativa (ao fiel) de uniforme é bem pensada.

Por curiosidade, o que você alteraria?

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minute ago, Questão said:

curiosidade

Não sei ainda, Questão... mas, entre as mudanças, pode ser que incluísse o
capuz que você citou etc., que pode ajudar a funcionar ainda melhor a adaptação. Enfim, não sei mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 minutes ago, primo said:

 Não que tenha sido tão fiel no caso do uniforme acima, mas estúdio e mídia, na média, não percebem que o público recebe melhor do que se imagina quando a alternativa (ao fiel) de uniforme é bem pensada.

 Não sou um defensor da fidelidade em detrimento da organicidade. É só ver aquele uniforme horrível do Kid Flash em FLASHJ, que é fiel, mas é ridículo. Mas a fatia fã do publico reage de forma ainda melhor se conseguem somar fidelidade com organicidade (o que nem sempre é possível, diga-se de passagem); Se da pra somar os dois, por que não? Nesse caso, dane-se a surpresa do cliente (não estou defendendo ou atacando o uniforme da imagem divulgada, só desenvolvendo o ponto da discussão mesmo).

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutes ago, Questão said:

surpresa do cliente

geralmente o benefício exposto pela expressão (termos da publicidade heheh) é mais focado na competência em enxergar de modo mais completo o objeto do que necessariamente na "surpresa". Se ocorreu o "estalo" que permitiu reunir organicidade e e fidelidade, o caminho que chegou até ali importa menos no caso da expressão. Superou expectativa? Parabéns aos envolvidos. Cumpriu o que a expressão significa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×