Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
Administrator

Indicações e Prêmios Difíceis de Entender

Recommended Posts

Eu não entendo:

--Oscar de Maquiagem para "Frida"' date=' em 2003. Tudo bem que só tinha um concorrente: "A Máquina do Tempo" (que não vi), mas cadê as maquiagens de "As Horas" e "As Duas Torres"???????????

--Indicação de Frances McDormand para atriz coadjuvante em "Mississipi em Chamas".

[/quote']

As Horas e As Duas Torres foram declarados inelegíveis, portanto não poderiam ser indicados.

Quanto à sua segunda opinião, concordo.

Mas, afinal porque então os dois outros volumes da trilogia ganharam os prêmios de maquiagem??? E por que "As Horas" não pode ser indicado??? E o que ocorre com "Planeta dos Macacos"??? smiley18.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Segundo notícias da época (mais ou menos ratificadas no livro do REF), o filme As Horas teria sido desclassificado por causa do emprego de retoques digitais de maquiagem. Chegaram a dizer que haviam aprimorado o nariz postiço de Kidman por efeitos de computador.

É uma teoria pouco crível, já que diversos filmes utilizam essas ferramentas!

 

Quanto à razão da omissão de As Duas Torres, honestamente não faço a mínima idéia. Diz REF que não era elegível porque o trabalho era semelhante ao do filme anterior - mas O Retorno do Rei foi indicado e ganhou!

 

Fato: apenas Frida e A Máquina do Tempo foram selecionados como semi-finalistas na categoria de Maquiagem em 2003, ao invés dos cinco títulos usuais. Ambos foram indicados, e Frida ganhou... De fato, foi algo deveras estranho. smiley5.gif

 

 

 

Planeta dos Macacos, de 2001, fez parte da lista de bake-off (também chamada de pré-indicados ou semi-finalistas) em 2002, mas não conseguiu a indicação provavelmente por não ter recebido o número de votos necessário. Em sua companhia estavam Hannibal e A.I., além dos três indicados.

 

 

 

Gustavo²2006-8-7 14:48:38

Share this post


Link to post
Share on other sites

O q realmente eu axo inexplicável é a indicação daquela menina das baleias... eu sinceramente não sei como os membros da academia conseguiram lembrar dela. Pode ser boazinha e no futuro ser uma boa atriz' date=' mas por favor... se naum m engano naquele ano tinhamos Jenifer Conelly por Casa de areia e névoa.[/quote']

Não assisti a Encantadora de Baleias ainda, mas lembro-me perfeitamente de que foi uma grande surpresa a indicação da garota na cateoria principal (e sim, Jennifer Connelly estava no páreo por Casa de Areia e Névoa, no mesmo ano).

Foi um surpresa e uma injustiça também.

Particularmente não me agrada muito a lista que a Academia apresentou aquele ano para o prêmio de Melhor Atriz. Das indicadas só manteria as indicações de Naomi Watts (para mim a melhor) e Charlize Theron. Mas acho que muitas foram injustiçadas. Além da já citada Jennifer Connelly, outros nomes que poderiam ter entrado no lugar de Diane Keaton (engraçada em SOMETHING`S GOTTA GIVE, mas...Melhor Atriz???), Samantha Morton (muito boa atriz, sem dúvidas, mas no próprio filme ela nem é o melhor nome; Emma Bolger é a grande estrela de IN AMERICA) e Keisha Castle-Hughes (smiley5.gif):

*Uma Thurman - KILL BILL

*Nicole Kidman - DOGVILLE

*Scarlet Johansson - LOST IN TRANSLATION (ainda que exista muita gente que ache que ela deveria ser coadjuvante, o que eu discordo)

*Patricia Clarkson - THE STATION AGENT

*Evan Rachell Wood - THIRTEEN

Esse ano foi rídiculo. Eu quase caí da cadeira vendo as indicações. Dessa lista, eu só não assisti a Terra de Sonhos e a Agente da Estação, não me dando o direito de julgar. Mesmo assim, a lista foi completamente injusta. Considerando que Nicole nunca conseguiria a indicação por Dogville, a lista deveria ser fechada com Scarlett e Evan, nos lugares de Keaton e Keisha e a brilhante Connoly no lugar da Morton, que por melhor que possa estar, duvido que consiga ter superado Jennifer.

E não ta mesmo, a Morton realiza um bom trabalho, mas nem a pau melhor que a Connelly, aliás, o casa de areia e névoa foi MUITO injustiçado! Eu colocaria até pra melhor filme. Ainda sobre as atrizes, a Evan Rachel Wood deveria ter entrado sim ,no lugar da chata das baleias.

Minha lista ficaria ( caso Dogville tivesse estreiado em 2003 ) :

Nicole Kidman - Dogville

Charlize Theron - Monster

Jennifer Connelly - House of sand and Fog

Naomy Watts - 21 gramas

Evan Rachel Wood - Thirteen

Share this post


Link to post
Share on other sites

Segundo notícias da época (mais ou menos ratificadas no livro do REF)' date=' o filme As Horas teria sido desclassificado por causa do emprego de retoques digitais de maquiagem. Chegaram a dizer que haviam aprimorado o nariz postiço de Kidman por efeitos de computador.
É uma teoria pouco crível, já que diversos filmes utilizam essas ferramentas!

Quanto à razão da omissão de As Duas Torres, honestamente não faço a mínima idéia. Diz REF que não era elegível porque o trabalho era semelhante ao do filme anterior - mas O Retorno do Rei foi indicado e ganhou!

Fato: apenas Frida e A Máquina do Tempo foram selecionados como semi-finalistas na categoria de Maquiagem em 2003, ao invés dos cinco títulos usuais. Ambos foram indicados, e Frida ganhou... De fato, foi algo deveras estranho. smiley5.gif



Planeta dos Macacos, de 2001, fez parte da lista de bake-off (também chamada de pré-indicados ou semi-finalistas) em 2002, mas não conseguiu a indicação provavelmente por não ter recebido a nota necessária. Em sua companhia estavam Hannibal e A.I., além dos três indicados.


[/quote']

Os velhinhos da AMPAS que fazem a pré-seleção para os finalistas da categoria maquiagem já estão na minha lista negra (sejá lá quem forem).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dê um desconto' date=' velhinhos judeus politizados, retrógrados, mas que fazem as vezes de punheteiros em vários momentos. smiley36.gif[/quote']

Não tem que dar desconto nenhum. A obrigação deles é eleger o melhor. Se eles são covardes e tradicionais, tá na hora de levarem um pé na bunda e sangue fresco entrar pra Academia. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Dê um desconto' date=' velhinhos judeus politizados, retrógrados, mas que fazem as vezes de punheteiros em vários momentos. smiley36.gif[/quote']

Não tem que dar desconto nenhum. A obrigação deles é eleger o melhor. Se eles são covardes e tradicionais, tá na hora de levarem um pé na bunda e sangue fresco entrar pra Academia. 

 

Onde é que eu assino? smiley32.gif

Gustavo²2006-8-6 23:2:44

Share this post


Link to post
Share on other sites

Planeta dos Macacos' date=' de 2001, fez parte da lista de bake-off (também chamada de pré-indicados ou semi-finalistas) em 2002, mas não conseguiu a indicação provavelmente por não ter recebido a nota necessária.[/quote']

Não recebeu a nota necessária? WTF?!? Eu li que os atores passavam dias e dias gravando; e todas as refeições eram obrigatoriamente japonesas (me deu uma vontade de estar naquele elenco smiley36.gif) pra não estragar. What the hell? Alguém reconheceu o Tim Roth naquele filme?

 Não tem que dar desconto nenhum. A obrigação deles é eleger o melhor. Se eles são covardes e tradicionais' date=' tá na hora de levarem um pé na bunda e sangue fresco entrar pra Academia.[/quote']

Talvez, para eles, ser covarde e tradicional (na nossa concepção) é um meio de eles se ligarem à realidade na lógica própria de velhos caquéticos judeus punheteiros. Logo se eles são isso, é óbvio que eleger o melhor é eleger um filme que agrade à judeus velhos caquéticos punheteiros.

Share this post


Link to post
Share on other sites

morton mereceu sim a indicação, por terra de sonhos, que aliás foi um dos melhores filmes de 2003. agora a indicaçao de william hurt por marcas da violência é absurda, já que no filme ed harris estava melhor que ele. harris q tbem foi injustiçado este ano pelo filme "medo da verdade"

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só pra constar: Diane Keaton está fantástica (assim como Jack) em Alguém tem que ceder, e mais que mereceu a indicação.  Na verdade, ela era minha segunda opção empatada com Watts e atrás de Theron.  No lugar de Morton (boa) entraria Evan Rachel Wood e no lugar da revelação Keisha Castle-Hughes (que eu indicaria como coadjuvante) entraria a Scarllette Johanson.  Connelly eu deixaria de fora mesmo só por eliminação, mas ela está soberba e digníssima da indicação, mas o filme é do Ben Kingsley.

 

Dentre os indicados esse ano, não entendo as de Atonement para filme, roteiro e Saiorse Ronan.  As ausências de Jolie, Ashley Judd entre as atrizes, Romola Garai e Jennifer Garner entre as coadjuvantes.  Enfim, e outros casos de outros anos que não caberiam num post.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um Oscar que eu não consigo acreditar até hoje, é claro, o de melhor filme de 1998 pra Shakespeare Apaixonado.  11.gif  Todos os indicados eram bem melhores (sim, confesso adoro A Vida é Bela, e acho melhor do que Shakespeare). Sem falar que não indicaram Show de Truman, que é um filme brilhante.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Keisha Castle-Hughes está fantástica em Encantadora de Baleias, de forma alguma deveria ser tirada da lista. Eu tiraria a Diane Keaton (sim, está fantástica, mas além daquele ano ter melhores, ela apenas interpreta sua velha persona o que não representa desafio algum para uma atriz do calibre dela) para pôr a Jennifer Connelly em Casa de Areia e Névoa (indubitavelmente a melhor e mais difícil composição dessa atriz) e a Samantha Mortha para pôr a Uma Thurman por Kill Bill (desnecessário maiores explanações). Ademais, por mais que goste do trabalho de Scarlett Johansson em Encontros e Desencontros, não posso deixar de notar de que seja pela personagem bastante bem desenvolvida que parece ter caído de bandeja para essa menina insossa e totalmente superestimada. E a Evan Rachel Wood vcs se referem a Aos Treze? Está bem, mas nada demais, nada que não se tenha visto de outras atrizes que interpretaram drogadas.

 

Tem também a tosquice da Academia com relação a Judi Dench: ao invés de premiá-lo pelas suas brilhantes composições em Mrs. Brown, Notas Sobre Um Escândalo e Iris, dão a ela a estatueta por pouco mais que uma ponta tola e descartável em Shakespeare Apaixonado (aliás, este filme não merecia nenhum prêmio nem mesmo indicação, não possui absolutamente nenhuma qualidade que o diferencie dos demais e nem divertido consegue ser; é um filme fraquíssimo em todos os sentidos).
Bernardo2008-05-25 21:32:17

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que a galera se exalta por aqui nas suas opiniões e não dá a real valor ao que analisa...

 

Dizer que Shakespeare Apaixonado não merecia nenhuma das indicações é uma besteira sem tamanho. O roteiro do filme é brilhante, sensacional e talvez um dos melhores que vi até hoje em indicados ao Oscar. Faz um gancho com a obra do dramaturgo inglês de forma primorosa ao relacionar realidade e ficção. Além de ser um roteiro que não segue a linha de convenção dramática de plots. Isso já é louvável para produções desse estilo. É um filme muito mais coeso, regular e eficiente que Elizabeth, O Resgate do Soldado Ryan, etc. Ele só não era melhor que o filme do Mallick, indubitavelmente o melhor filme daquele ano na lista de indicações.

 

Acho que as pessoas lembram do Oscar para Gywneth Paltrow e fazem uma relação com a qualidade do filme, o que é um pecado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

06

 

Se um dia vc trabalhar com cinema, vai entender quando um filme não te prende, onde sua atenção do olhar vai parar... Se vc quiser, vasculhe o google, deve ter artigos de estudiosos falando de direcionamento do olhar. Depois desse dia a gente retoma o assunto azulejo e boom.03

 

Agora você gostar ou não gostar de Shakespeare Apaixonado é uma coisa subjetiva sua, mas isso de forma alguma tira o brilhantismo daquele roteiro, nem o trabalho redondo e coeso da direção do Madden, a perfeição da parte técnica. Você tem que aprender ainda a diferenciar opinião pessoal X o filme sendo analisado imparcialmente Ber.

 

Próximo passo na sua escola virtual iniciada pelo Cinéfilo.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

É mesmo, é essa diferença entre eu e você: eu sou subjetivo, vc é impessoal e se foca apenas na tecnica. Por mais que vc solte termos tecnicos interessantes e escreva bem, é um texto frio. Só espero que isto não interfira em seus trabalhos como diretor, caso contrário nem o mais perfeito dos roteiros o salvaria. Vc e o Pablo tem muito o que conversar.Bernardo2008-05-29 14:18:42

Share this post


Link to post
Share on other sites

06

Não queira achar que me conhece. Se quiser "me conhecer" e saber do meu trabalho, pergunte ao Thico.

 

E mais uma vez, aprenda a ser imparcial em suas opiniões, é somente isso que eu estou falando, senão posso usar uma frase já clássica para contrapor subjetividade pura e crua como justificativa: A Reconquista é o melhor filme da história do cinema, e aí? É a minha opinião! Saca? Acho que tem que ser dosado... é só isso que eu estou te falando.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Foi uma vez que o Fe não gostou de um filme e um dos argumentos foi o boom de luz no azulejo. 06 Como vc pode ver foi um post marcante.0606

Também sou fã do roteiro de Shakespeare Apaixonado, não é um filmaço, mas é divertido sim. Se não tivesse ganho o Oscar (ou sequer sido indicado) acho que seria lembrado com mais louvor.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

06

aprenda a ser imparcial em suas opiniões

 

 

Tu é bacana, tu gosta de Magnólia mas essa aqui foi foda.

 

Eu até entendi a idéia, mas por mais que você se atenha à técnicas e o escambau, você ainda não acha que sobra bem pouco de fato? É complicado você determinar que o roteiro de Shaekespeare Apaixonado é realmente bom. Pegando um exemplo mais divisor de águas, vamos usar o de Encontros e Desencontros. Eu achei merecidíssimo que o roteiro tenha sido premiado mas tenho ciência que minhas razões para ter achado isso são extremamente pessoais. Se alguém expor de forma concisa os motivos pelos quais ela não gosta, qual seria minha argumentação para provar o contrário?

 

Em outro ponto, sim, você vir aqui e dizer que os enquadramentos (ou sei lá, outro fator técnico) da Coppola são amadores e, pela minha completa ignorância no assunto, eu não terei argumentos para discordar. Mas eu certamente terei argumentos para dizer porque gostei do filme.

 

Não sei se estou sendo claro. Pega os Ramosnes por exemplo. Não sabiam tocar três notas, o Joey era desafinado e eu considero o som deles MUITO BOM. A idéia é mais ou menos essa...

 

Em tempo, nem lembro do Shaekespeare (nem do filme e menos do roteiro).

 

 

Perucatorta2008-05-30 23:26:12

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu considero o roteiro de SA bom por diversos motivos que o Fe citou, um deles é justamente a forma encontrada para unir ficção com realidade, em uma comédia de época. O filme foge da pieguice.

 

Além disso estão inseridas referências às obras do Shakespeare em diversos momentos, o que pode não ser algo genial, mas para mim deu um toque especial.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×