Jump to content
Forum Cinema em Cena
Gust84

Universo Cinematográfico da Marvel

Recommended Posts

 

 Galera em festa comemorando o retorno dos X men e do Quarteto Fantástico pra casa com a compra da Fox. Mas esse artigo dá no que pensar. Será que o preço pode ser alto demais?

 

Artigo | A compra da Fox pela Disney é a pior notícia do ano para o cinema

Por
 Caio Coletti
 -
 14/12/2017
disney-fox-1-696x392.jpg Compra da Fox pela Disney, em ilustração da Variety

Após muitas especulações, essa quinta feira (14) marcou o anúncio oficial de que a Walt DisneyPictures comprou os estúdios de cinema e TV da 21st Century Fox pelo valor de US$ 52.5 bilhões (ou R$ 173 bilhões) – saiba detalhes.

 

Como muitos sites por aí sem dúvida já te disseram, esse é um acordo que muda definitiva e significativamente a paisagem de poder em Hollywood, e a enésima compra de grande porte da Disney em pouco mais de uma década. O estúdio do Mickey Mouse adquiriu, nos últimos anos, a Marvel Studios, a Lucasfilm e a Pixar, em um esforço claro para aumentar a concentração de poder dentro da terra do cinema.

rupert.jpg Rupert Murdoch com os filhos, Lachlan e James

A compra da Fox não inclui todas as propriedades do estúdio comandado por Rupert Murdoch – a emissora de notícias Fox News, uma das mais vistas (e odiadas, por seu conteúdo conservador) dos EUA, continua nas mãos do magnata; assim como a TV aberta Fox, que exibe séries como New Girl, Brooklyn Nine-Nine, Arquivo X e The Gifted. Já a emissora fechada FX, que exibe Legion, The Americans, American Horror Story e outras séries, será transferida para a Disney.

Mesmo com todas essas ressalvas, no entanto, o movimento da Disney em comprar a maioria das propriedades da Fox é descaradamente monopolista. No campo do cinema, o estúdio do Mickey, já dominante em muitos sentidos da paisagem financeira de Hollywood, continuará tendo rivais em estúdios como a Warner, a Universal e a Sony, mas dessa vez esses competidores se verão ainda mais “minimizados” pela sombra gigante da Disney.

vingadores-x-men.jpg Vingadores e X-Men, juntos?

Contabilizando as 20 maiores bilheterias mundiais de 2017, Fox e Disney distribuíram, juntas, 50% delas (A Bela e a Fera, Guardiões da Galáxia Vol. 2, Thor: Ragnarok, Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, Logan, O Poderoso Chefinho, Planeta dos Macacos: A Guerra, Viva: A Vida é Uma Festa e Kingsman: O Círculo Dourado). Em um ano fraco como esse, o que sobra para os outros três grandes estúdios dividirem são migalhas, o que pode enfraquecer seus negócios e, nos anos futuros, levar a um monopólio ainda maior conforme eles procuram formas de juntar forças ou se render à Disney.

Em suma, essa é uma má notícia, e eu sei que é complicado dizer isso para um público que espera há quase dez anos pela oportunidade de ver personagens como X-Men e Quarteto Fantástico interagirem com outros heróis da Marvel, localizados no universo compartilhado criado pela editora a partir de Homem de Ferro (2008). A perspectiva de Wolverine e Tempestade chegando para salvar o dia ao lado de Capitão América e Hulk é excitante para qualquer fã de quadrinhos – mas não somos também fãs de cinema?

4-deadpool.jpg Deadpool 2

Para o cinema, a compra da Fox pela Disney é a pior coisa que poderia acontecer – e quando digo cinema, digo cinema de super-heróis também. A franquia X-Men como administrada pela Fox teve seus muitos tropeços pelo caminho, mas consistentemente demonstrou uma maior liberdade criativa do que o universo cinematográfico Marvel, para o bem ou para o mal. É inconcebível que um filme como Deadpool (2016), com um anti-herói mercenário sangrento, boca suja e sexualmente ambíguo, chegasse aos cinemas sob a batuta da Disney, que se mostrou seguidamente o estúdio mais conservador de Hollywood.

Mais até do que remoer o passado, é bom olhar para o futuro – e os planos futuros da Fox para os X-Men pareciam, com toda a sinceridade do mundo, para lá de excitantes. O ano que vem ainda verá, muito provavelmente, o lançamento de um longa de terror dos Novos Mutantes, de uma continuação de Deadpool, e de um novo capítulo na saga principal com X-Men: Fênix Negra. Além disso, veremos segundas temporadas de Legion e, estou disposto a apostar, de The Gifted, duas das melhores séries baseadas em quadrinhos no ar atualmente.

quarteto-fantastico.jpgQuarteto Fantástico

A integração dos mutantes no universo Marvel, no entanto, pode significar que, depois disso, eles estejam caminhando para um reboot total, especialmente se Kevin Feige colocar as mãos nos X-Men definitivamente. Eu não seria particularmente contra isso se não significasse uma versão do supergrupo de mutantes que se encaixe perfeitamente à “caixinha” do universo Marvel, maravilhosa para certos temas e aventuras, mas tão, tão limitada. Ver uma versão dos X-Men sem o sub-texto sobre discriminação e preconceito que é tão essencial a eles é uma perspectiva deprimente.

Logo, se o Deadpool virar mania infantil e um Quarteto Fantástico pouco imaginativo aportar nos cinemas, não diga que eu não avisei – não vai demorar muito até que sintamos falta dos tropeços da Fox e passemos a amaldiçoar a “linha de produção” da Disney. Em qualquer negócio, menos variedade significa um mercado menos justo – no cinema, significa também menos arte.

980x.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

E o pessoal já achava que o valor pago pela Marvel e Lucasfilm era alto. Aliás, eles compraram a produtora toda ou apenas uma parte? Se for inteiro faz sentido o valor, já que um estúdio inteiro é muito mais caro do que uma marca (a Lucasfilm é um estúdio mas que produz apenas idéias criadas pelo Lucas).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então, eu acho que isso só saberemos vendo o que vem a seguir.

Até então, tudo que a Disney adquiriu não dá pra dizer que estragaram né. Eu vejo com bons olhos no sentido destes personagens acrescentarem ao MCU, mas não vejo outra possibilidade que não seja uma inclusão "nova" como feita com o Aranha.

Sem usar tudo o que já foi explorado, e sem usar o elenco já rodado. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
35 minutes ago, Gust84 said:

Até então, tudo que a Disney adquiriu não dá pra dizer que estragaram né. 

Estragar com certeza, não. Mas não dá pra deixar de pensar que a diversidade dw visões pode soar prejudicada. Imaginamos por um segundo que os direitos dos mutantes já pertencessem a Disney. Mas teríamos um filme como LOGAN? Ou DEADPOOL? Acho pouco provável.

 Eu gosto muito dos filmes da Marvel Studios, mas é inegável que eles criaram uma fórmula que funciona muito bem, mas as vezes impedem os filmes de ter mais personalidade.

35 minutes ago, Gust84 said:

mas não vejo outra possibilidade que não seja uma inclusão "nova" como feita com o Aranha.

Era diferente. O Aranha era uma franquia semi morta quando a Disney pegou, vindo de um grande fracasso. Semelhante ao Quarteto, por exemplo.

 Mas a franquia dos mutantes tá em plena atividade, com tres filmes para serem lançados ano que vem. Vão trocar o Reynolds como Deadpool? ( embora acho esse o menor dos problemas, pois a fanfarronice da franquia suporta essa mudança abrupta de universo. Não duvido inclusive que o filme do ano que vem vai zoar com o fato do Brolin ser o Thanos).

 Mas e FENIX NEGRA e NOVOS MUTANTES? Supondo que esses dois filmes façam sucesso, faria sentido "Joga-los Fora"?

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutes ago, Gust84 said:

Não. Nem cogitei isso.

Mas não tem como conectar os mundos. Nisso que quis dizer.

Com certeza. Por isso, acho que a Disney vai esperar o resultado dos próximos filmes dos mutantes antes de mexerem com eles . Taovez usem a tática de serem dimensões paralelas se quiserem fazer os dois universos coexistirem, mas ainda mantendo-os separados, sei lá.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sei... Logan foi um ponto fora da curva (de forma positiva, alias). Deadpool tá indo bem também, mas convenhamos, a FOX não trata bem os X-Men no cinema.

No texto, o cara se esforça pra querer enxergar um outro lado, mas, tirando o fato que talvez Deadpool seja afetado, não vejo razão nenhuma nos possíveis problemas apontados:

"Ver uma versão dos X-Men sem o sub-texto sobre discriminação e preconceito que é tão essencial a eles é uma perspectiva deprimente."

Não lembro de ter visto essas questões sendo tão bem exploradas nos ultimos filmes dos X-Men. X-Apocalipse passou muito longe disso e não esperem que X-Fênix irá explorar também.

 

"um Quarteto Fantástico pouco imaginativo aportar nos cinemas, não diga que eu não avisei "

Tem como ser pior do que o ultimo? Tenho fé que a Marvel pode fazer com o Quarteto ainda mais do que têm feito com o Guardiões da Galaxia (no sentido de saber aproveitar os personagens)... vejo imensas possibilidades nisso...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

5 hours ago, Cir-El said:

Não sei... Logan foi um ponto fora da curva (de forma positiva, alias). Deadpool tá indo bem também, mas convenhamos, a FOX não trata bem os X-Men no cinema.

 Ultimamente não, é verdade. DIAS DE UM FUTURO ESQUECIDO e APOCALIPSE foram fraquíssimos. Mas a mesma Fox fez X MEN, X MEN 2, e FIRST CLASS que são excelentes filmes dos mutantes.

  Em tempo, LOGAN foi sim um ponto fora da curva, e a Fox parecia disposta a fazer mais trabalhos fora da curva, vide OS NOVOS MUTANTES. O que me pergunto é se a Disney vai estar tão disposta a fazer esses movimentos que a Fox parecia estar fazendo na franquia mutante, que pareciam bem interessantes.

5 hours ago, Cir-El said:

 

"Ver uma versão dos X-Men sem o sub-texto sobre discriminação e preconceito que é tão essencial a eles é uma perspectiva deprimente."

Não lembro de ter visto essas questões sendo tão bem exploradas nos ultimos filmes dos X-Men. X-Apocalipse passou muito longe disso e não esperem que X-Fênix irá explorar também.

    Acho que no caso de histórias com o Apocalipse e FENIX NEGRA a questão não era nem essa, e tudo bem. Nem todas as histórias dos X Men precisam girar em torno disso. O problema foi que o filme foi fraquinho mesmo.

 

Em tempo, Mark Millar também fez algumas observações sobre possíveis aspectos negativos dessa venda (só pra constar, estou tão empolgado quanto todo mundo, mas acho interessante problematizar).

 

Mark Millar, criador de Kingsman e Kick-Ass, não acha venda da Fox para a Disney positiva

Autor acredita que negócio diminui oportunidades no mercado
14/12/2017 - 17:59 - CAMILA SOUSA

Mark Millar, criador de Kingsman e Kick-Ass, deu sua opinião no Twitter sobre a venda da Foxpara a Disney. Em uma série de mensagens, o autor afirmou que não acha a transação positiva e questiona como isso afeta criativamente a Marvel nos cinemas:

 

Good for Disney, bad for Fox as extra levels of bureaucracy creep into creative. Also bad for talent as agents have one less studio bidding for projects. I see zero upside to this, beautiful gambles like Deadpool never happening at Disney. https://twitter.com/comingsoonnet/status/941344466266460160 

 
 

"Bom para a Disney, ruim para a Fox, já que altos níveis de burocracia chegarão na parte criativa. Também é ruim para os talentos, já que os agentes têm um estúdio a menos para apresentar seus projetos. Não vejo nenhum lado positivo nisso. Lindas apostas como Deadpool nunca aconteceriam na Disney.

 

X-Men/ Wolvie hit-rate very good at Fox, 6 out of 9 working well. But they're tired now & need a recharge. This is one area Disney could help as it's a fresh start. https://twitter.com/Fonlawn/status/941346320496787456 

 
 

"X-Men e Wolverine são muito bons na Fox, 6 de 9 filmes foram bons. Mas eles estão cansados agora e precisam se recarregar. Nessa área, a Disney pode ajudar, já que é um recomeço".

 

I think I'm also alone in not really caring about seeing all the franchises crossing over. Too many characters just becomes impenetrable to a mainstream audience. Marvel's simplicity has been a great strength.

 
 

"Acho que também estou sozinho em realmente não me importar em ver todas as franquias juntas. Muitos personagens se tornam impenetráveis para o público geral. A simplicidade da Marvel tem uma grande força".

 

A final thought: If Marvel had X-Men & FF 5 years ago would they have made Guardians or Ant-Man? Disney will only make specific number per year. I hope the audience doesn't lose more unique projects now.

 
 

"Um pensamento final: Se a Marvel tivesse os X-Men e Quarteto Fantástico 5 anos atrás, eles teriam feito o Guardiões da Galáxia ou Homem-Formiga? A Disney fará apenas uma quantidade específica de filmes por ano. Espero que o público não perca mais projetos únicos agora".

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 hours ago, Questão said:

 

 

 Ultimamente não, é verdade. DIAS DE UM FUTURO ESQUECIDO e APOCALIPSE foram fraquíssimos. Mas a mesma Fox fez X MEN, X MEN 2, e FIRST CLASS que são excelentes filmes dos mutantes.

  Em tempo, LOGAN foi sim um ponto fora da curva, e a Fox parecia disposta a fazer mais trabalhos fora da curva, vide OS NOVOS MUTANTES. O que me pergunto é se a Disney vai estar tão disposta a fazer esses movimentos que a Fox parecia estar fazendo na franquia mutante, que pareciam bem interessantes.

    Acho que no caso de histórias com o Apocalipse e FENIX NEGRA a questão não era nem essa, e tudo bem. Nem todas as histórias dos X Men precisam girar em torno disso. O problema foi que o filme foi fraquinho mesmo.

Quando falei do tratamento que a FOX dá aos X-Men, me referi aos últimos filmes mesmo e os filmes da "equipe principal". Os Novos Mutantes pode ser uma realidade interessante (ainda não é), mas isso não apaga o fato da sub-utilização dos personagens "A" dos mutantes.

X2 é de uma época que não tinha os filmes da Marvel Studios pra comparar, embora eu o considere também um ponto fora da curva rsrsrs. First Class é bom como filme, mas como proposta de remendo, não resolveu muita coisa pra franquia.

Sobre Apocalipse e Dias de um filme esquecível ...sim, os filmes são ruins porque são mal feitos mesmo... Mas, me referi a colocação do texto que dizia que os filmes sofrerão por, supostamente, a Marvel Studios não querer trazer à discussão essas questões que permeiam o contexto dos mutunas. E nisso, acho que não tem a ver, porque nem a própria FOX estava colocando os XMen nesse contexto. portanto, não dá pra ter esse argumento como algo que prejudicará os filmes futuros.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho que o pessoal dá uma moral um pouco elevada pra a franquia Xmen.

Não são filmes que envelhecem tão bem, fora o X2 e pra mim (sei que sou minoria) o X3.

Os outros todos pioram vertiginosamente a cada vez que vejo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A questão que tento problemstizar aqui não é nem qualidade. É inegavel que a taxa de acerto da Disney é maior que a da Fox. O que estou colocando em questão é diversidade.

 Se os filmes da Marvel tem um defeito, é que em sua maioria são bem parecidos, e alguns filmes poderiam ter tido bem msis personalidade na minha opinião se não fosse a tal "Fórmula Marvel", com DOUTOR ESTRANHO sendo um bom exemplo. A pergunta que levanto aqui é se a Marvel/Disney vai estar disposta a investir em filmes com uma pegada mais diferenciada para o subgênero, que parecia ser o caminho que a Fox estava trilhando.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas a Disney pra Marvel está dando um tratamento, pra SW dá dando outro. Porque essa preocupação tamanha de que não vai dar tratamento diversificado pra outras franquias? Pelo menos o Deadpool, ela disse que não vai interferir.

Creio que X-men/Quarteto como vai entrar no universo Marvel, vai receber os tratamentos dali (se isso vai ser bom ou ruim, só o tempo irá dizer), e outras franquias também devem cada uma receber seus devidos tratamentos. Espero que a Disney forme um estúdio separado pra receber franquias da Fox (Me lembro que nos anos 80 ela tinha a Toushstone que fazia filmes pro público mais adulto). Como SW tem seu selo próprio e Marvel o seu, talvez ela faça isso com essas franquias.

Mas acho cedo pra se preocupar e ficar discutindo mil coisas. Prefiro dar tempo ao tempo, mas de início estou despreocupado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Questão said:

A questão que tento problemstizar aqui não é nem qualidade. É inegavel que a taxa de acerto da Disney é maior que a da Fox. O que estou colocando em questão é diversidade.

 Se os filmes da Marvel tem um defeito, é que em sua maioria são bem parecidos, e alguns filmes poderiam ter tido bem msis personalidade na minha opinião se não fosse a tal "Fórmula Marvel", com DOUTOR ESTRANHO sendo um bom exemplo. A pergunta que levanto aqui é se a Marvel/Disney vai estar disposta a investir em filmes com uma pegada mais diferenciada para o subgênero, que parecia ser o caminho que a Fox estava trilhando.

Eu entendi. Concordo com o dilema, mas não acho que seja nada a ponto de ruir alguma coisa. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 hours ago, Jailcante said:

Mas a Disney pra Marvel está dando um tratamento, pra SW dá dando outro. .

 Mas eu não citei SW em momento algum. Achei que estava claro que eu estava falando  somente dos filmes da Marvel da Disney. Repetindo o que eu escrevi ali Se os filmes da Marvel tem um defeito, é que em sua maioria são bem parecidos, e alguns filmes poderiam ter tido bem msis personalidade na minha opinião se não fosse a tal "Fórmula Marvel", com DOUTOR ESTRANHO sendo um bom exemplo. A pergunta que levanto aqui é se a Marvel/Disney vai estar disposta a investir em filmes com uma pegada mais diferenciada para o subgênero, que parecia ser o caminho que a Fox estava trilhando.

 

  Em tempo, a chegada dos X Men e do Quarteto Fantástico ao Universo Marvel já trouxe seu primeiro grande inimigo. Não, não é Magneto, nem Doutor Destino, e muito menos Galactus. É o temível Sindicato! Sindicato dos roteiristas.

Apesar de muitos fãs terem seus sonhos realizados, principalmente agora que Vingadores, X-Men e Quarteto Fantástico são oficialmente parte do mesmo universo, a fusão entre Disney e FOX não está sendo bem aceita por algumas pessoas importantes.

Em uma nota oficial, a Writers Guild of America, sindicato dos roteiristas, se mostrou totalmente contra a essa negociação.

”Na incansável busca por eliminar a competição, a Disney mostra um insaciável apetite por consolidação. Disney e Fox passaram décadas lucrando com o controle oligopolista que as seis grandes empresas de entretenimento tem exercido sobre a indústria, frequentemente às custas dos criadores que dão poder as suas operações de televisão e cinema. Agora, essa fusão de competidores fará nosso trabalho ainda mais difícil ao aumentar substancialmente o poder de mercado de uma única corporação. As preocupações levantadas por esse acordo, especialmente contra um monopólio, são óbvias e significantes. O Sindicado de Roteiristas dos EUA se opõe fortemente a essa fusão e vai trabalhar para que nossas leis anti-monopólio funcionem nesse caso.”

Vale lembrar que Mark Millar (criador de Kick-Ass e Kingsman), James Mangold (diretor de Logan) e outros já haviam comentado que essa fusão pode fazer com que menos filmes sejam produzidos nos próximos anos.

 

FONTE: O VÍCIO

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, Questão said:

 Mas eu não citei SW em momento algum. Achei que estava claro que eu estava falando  somente dos filmes da Marvel da Disney. Repetindo o que eu escrevi ali Se os filmes da Marvel tem um defeito, é que em sua maioria são bem parecidos, e alguns filmes poderiam ter tido bem msis personalidade na minha opinião se não fosse a tal "Fórmula Marvel", com DOUTOR ESTRANHO sendo um bom exemplo. A pergunta que levanto aqui é se a Marvel/Disney vai estar disposta a investir em filmes com uma pegada mais diferenciada para o subgênero, que parecia ser o caminho que a Fox estava trilhando.

 

Eu desde o começo tô falando da Disney/Fox como um todo.

Mas acho que seu post então era direcionado pro post do Gust, não ao meu comentário. Como veio logo depois do meu, achei que era pra o que tinha dito, pelo jeito não era.

Enfim, desculpe.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Compra da Fox pode afetar contratações de atores e cancelar filme solo da X-23

The Hollywood Reporter analisa as implicações
 
x233.jpg
 

Um artigo do The Hollywood Reporter analisou diversas implicações da compra da Fox pela Disney, imaginando o futuro da franquia de X-Men e como o acordo deve afetar futuras produções da Marvel. 

Um dos pontos levantados pelo artigo é a incerteza do retorno de alguns atores aos seus papéis. Jennifer Lawrence como Mística e Michael Fassbender como Magneto assinaram contratos para filmes específicos, e podem não retornar devido ao grande valor de seus salários: "Ambos atores, que estão em X-Men: Fênix Negra, assinaram contratos individuais e caros. Um retorno ao universo da Marvel no futuro pode chegar a custar mais ainda". 

Outro fator citado é o entusiasmo em já reimaginar novos filmes com Wolverine: "Enquanto muitos executivos se entusiasmam com a ideia de rebootar (com um novo ator) o Wolverine, um spinoff de Logan com a X-23 provavelmente não estará mais em consideração".  

O artigo continua: "E enquanto a Fox estava em uma posição que poderia tomar riscos com filmes como Deadpool e Novos Mutantes, que prometem uma visão mais sombria e inclinada ao horror, a Disney é uma empresa muito mais cuidadosa".

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 Acho que é interessante levantar três questões, que mesmo não tendo resposta imediata, vale a pena pensar sobre

 

 1) Deadpool e os Novos Mutantes (que foi confirmado, se passara em uma única locação, e que se fizer sucesso, já tem um segundo filme planejado) será simples de integrar ao MCU, caso a Disney tenha interesse. É nos X Men que a coisa é mais problemática. Se X MEN: FENIX NEGRA não agradar, dá um reboot na equipe e era isso. Mas vamos supor que o quarto filme da era "Mcavoy e cia" caia no gosto do público. A Disney ira jogar fora o elenco e a história que acabou de agradar o público de qualquer maneira?

 

2) Como o cara diz no vídeo, diferente do que muito fanboy pensa, a Disney não comprou a Fox pra recuperar os personagens da Marvel, e sim pra adquirir o conteúdo da Fox para fortalecer o seu próprio canal de Streaming que está prestes a lançar. De quebra, a empresa do Mickey se adonou de 60% do Hulu, canal de Streaming que vem se tornando cada vez mais forte. De fato,  a nova série da Marvel, situada no MCU, OS FUGITIVOS, já estava sendo exibida pelo Hulu antes do anuncio. Isso nos faz pensar na Netflix, que automaticamente se torna uma concorrente da Disney. Como isso ira afetar então as cinco séries que já são exibidas pela Netflix? O presidente da Netflix disse que os direitos de exibição e co produção são deles enquanto as séries forem produzidas.

 Claro, a Disney tem influência criativa nestas séries, mas me pergunto se a Disney vai ficar de boa, "alimentando o concorrente", mesmo que receba uma boa parte do bolo também. A pergunta que fica é: esse acordo não estremece de alguma forma a relação Marvel Studios/ Netflix?

 

3) Por fim, mas não menos importante, a Fox "pré compra" vai lançar três filmes do gênero ano que vem, DEADPOOL 2, X MEN: FENIX NEGRA e NOVOS MUTANTES, enquanto a Marvel também ira lançar os seus três filmes com PANTERA NEGRA, VINGADORES: GUERRA INFINITA e HOMEM FORMIGA E A VESPA. A pergunta que fica é, com a Fox agora sendo propriedade da Disney, a empresa do Mickey continuaria a lançar somente três filmes por ano, como faz agora, ou aumentaria o ritmo?  Não que acho que ela vá lançar seis filmes por ano, mas talvez quatro? E se esse aumento não acontecer, é bom ou ruim?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quanto a questão 3, Eu acho que no curto prazo pode ainda ficar como estudios paralelos, tipo pixar/disney. 

Não imagino que vão se meter tanto em projetos já em andamento. O que tem que ver é o depois mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Kevin Feige está esperando ligação positiva para começar a trabalhar os X-Men no Universo da Marvel

5-7-696x391.jpg

Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, mal consegue esperar para poder inserir os X-Men no universo cinematográfico da Marvel.

 

Durante o evento Produced By que ocorre nos Estados Unidos, Feige revelou que só está esperando uma ligação da seus superiores para poder começar a planejar a inserção dos X-Men nos filmes da Marvel.

“Estou apenas esperando a ligação dizendo ‘sim’ ou ‘não’ das pessoas que estão acima de mim. Claro, seria algo muito bom” disse o Feige. Obviamente, ele se refere à compra da Fox pela Disney, que atualmente está ameaçada pelo ComCast.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Howard, o Super-Herói | Atriz terá reunião com a Marvel para propor remake

howard-696x348.jpg

 

Howard, o Super-Herói (1986) foi um dos maiores fracassos comerciais da Marvel nos cinemas, mas a atriz Lea Thompson, que estrelou o filme, acha que há uma chance do cômico personagem ganhar os cinemas de novo.

 

“Para dizer a verdade, tenho uma reunião marcada com a Marvel para propôr um novo filme de Howard. Daqui há três semanas”, revelou Thompson ao Inquisitr.

“Quero dirigir a refilmagem. Por que não sonhar alto, certo?”, disse ainda.

Rumor: Marvel prepara filme do Gavião Arqueiro para depois de Vingadores 4

 

Conhecida também por seu papel na franquia De Volta Para o Futuro, Thompson já esteve atrás das câmeras em séries como The Goldbergs e Mom, além do filme The Year of Spectacular Men, que será lançado ainda esse ano.

No filme de 1986, o sarcástico pato antropomórfico da Marvel era trazido de seu planeta natal para a Terra a fim de parar uma invasão alienígena.

O personagem apareceu brevemente na cena pós-créditos do filme Guardiões da Galáxia (2014).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×