UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
CACO/CAMPOS

Era uma vez em Hollywood - Dir Quentin Tarantino

Recommended Posts

Não vi nada de muitas ressalvas também. 

E até agora é o filme mais elogiado em Cannes. Tem a maior média entre os críticos, com 8.06.

Em segundo lugar ta o novo do Bong Joon-ho com 7.98.

Share this post


Link to post
Share on other sites

“Eu vejo como minha peça de memória. Alfonso Cuarón teve Roma e a Cidade do México, em 1970. Eu tenho Los Angeles e 1969. Isto sou eu. É o ano que me formou. Eu tinha seis anos. Esse é o meu mundo. Essa é a minha carta de amor para LA”, declarou Quentin Tarantino.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tarantino cortou grandes estrelas de Era Uma Vez em Hollywood
O novo filme de Quentin Tarantino, Era Uma Vez em Hollywood, estreou em Cannes e foi ovacionado por quase sete minutos. Mas parece que alguns atores de destaque acabaram ficando fora do longa.James Marsden, James Remar, Tim Roth, Michael Madsen, e Danny Strong foram todos anunciados como sendo parte do elenco, mas nenhum deles acabou aparecendo na versão final do filme.Dito isso, Tarantino ainda está editando o filme, portanto isso pode mudar. Vale lembrar que a versão de Bastardos Inglórios exibida nos cinemas foi mais longa que a de Cannes, então podemos estar diante de um cenário parecido.
No novo filme de Quentin Tarantino, a dupla Leonardo DiCaprio e Brad Pitt toma a frente, interpretando, respectivamente, um ator de TV em decadência e seu dublê na Hollywood de 1969.
Os atores são vizinhos de um casal bem conhecido da época: Roman Polanski e Sharon Tate, que seria assassinada por membros do culto de Charles Manson em uma fatídica noite daquele mesmo ano.Além de Brad Pitt e Leonardo DiCaprio; Timothy Olyphant, Luke Perry, Damian Lewis, Dakota Fanning, Al Pacino, Emile Hirsch, Clifton Collins Jr, Tim Roth, Michael Madsen, Keith Jefferson, Mike Moh, Nicholas Hammond, Bruce Dern e Margot Robbie completam o elenco.Era Uma Vez em Hollywood tem previsão de lançamento para o dia 15 de agosto no Brasil.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tarantino trabalha em crossover de Django Livre com Zorro

Django-Zorro-1068x561.jpg
O Collider anunciou nesta segunda-feira (3) que Quentin Tarantino e Jerrod Carmichael estão trabalhando em uma adaptação para os cinemas de Django/Zorro.A HQ é um crossover entre o protagonista de Django Livre e o icônico mascarado Zorro, alter ego de Diego de la Vega. De acordo com o site, Tarantino e Carmichael trabalham em um roteiro para levar a história para os cinemas.Lançado pela Vertigo, Django/Zorro mostra um inusitado encontro entre os dois personagens, ambientado após os eventos de Django Livre, e que coloca o caçador de recompensas para se tornar o guarda-costas de Zorro; que embarca em uma missão para libertar povos indígenas.Não foi revelado se Tarantino dirigirá esse projeto, que deve acontecer na Sony Pictures.Ainda este ano, o diretor lançará Era Uma Vez em Hollywood, em 15 de agosto.

 

Fãs criam álbum de figurinhas para homenagear Tarantino
Os fãs de Quentin Tarantino criaram uma campanha no Kickstarter para o lançamento de um álbum de figurinhas da carreira do diretor. Veja abaixo.A ideia do fã clube de Quentin Tarantino é também celebrar o lançamento de Era Uma Vez em Hollywood, nono filme da carreira do cineasta. O álbum promete trazer figurinhas e artes de todos os longas do diretor.O álbum terá 28 páginas e 160 figurinhas. Cada parte da obra será dedicada a um dos filmes de Quentin Tarantino, como Pulp Fiction, Cães de Aluguel, Django Livre e Bastardos Inglórios.O valor inicial para ajudar o projeto é de US$ 22. A meta é alcançar US$ 6 mil, sendo que até este domingo, 2, o fã clube conseguiu quase US$ 3 mil. Os fãs que ajudarem no projeto ganham um álbum do diretor.Era Uma Vez em Hollywood chega aos cinemas brasileiros em 15 de agosto. O longa traz Brad Pitt e Leonardo DiCaprio como protagonistas.

78749f9a69fdf76a177addea0b8f0438_original.png

eb4d969bfc2563ef7ffd558e54748f7b_original-1.jpg

898bbe7756b519566fe9f39ed933b3a4_original.jpg

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Margot Robbie fala sobre trabalhar com Quentin Tarantino após a revelação do acidente sofrido por Uma Thurman em Kill Bill

Atriz lamenta que as pessoas usem sua participação em "Era uma Vez em Hollywood" contra ela e seus esforços em assegurar maior participação feminina em produções cinematográficas.

Em entrevista à Vogue, a atriz Margot Robbie (“Duas Rainhas”) se pronunciou sobre ter aceitado o papel de Sharon Tate no novo filme de Quentin Tarantino (“Os Oito Odiados”), “Era uma Vez em Hollywood“. Tarantino já foi acusado de maltratar mulheres em suas produções. O caso mais notório foi o acidente de carro sofrido por Uma Thurman (“Por um Corredor Escuro”), durante as filmagens de “Kill Bill: Volume 1”, de 2003.

Tarantino também teria exagerado na maneira de dirigir as atrizes Kerry Washington em “Django Livre” e Jennifer Jason Leigh em “Os Oito Odiados”. Thurman disse que Tarantino obrigou que ela dirigisse o veículo na cena de “Kill Bill”, mesmo ela dizendo que se sentia desconfortável e preferia que fosse feita por uma dublê. Era uma estrada sinuosa e o assento do veículo, segundo Thurman, não estava apropriadamente fixado. A atriz perdeu o controle e o carro se chocou contra uma árvore. A atriz teve ferimentos no pescoço e joelhos, que ela diz serem sequelas que ainda lhe trazem dor. Thurman se referiu ao veículo como uma “caixa da morte” e denominou o acontecimento como uma “desumanização ao ponto de oferecer risco mortal“.

Na entrevista à Vogue, Margot Robbie, que vem sendo questionada sobre se este fato não a fez pensar duas vezes em trabalhar com Tarantino, disse estar segura ao aceitar o convite, não apenas porque Thurman o perdoou pelo ocorrido, mas também porque o diretor entregou a Thurman a filmagem do acidente, que na época foi amplamente divulgada pela atriz, após uma longa batalha de Thurman com os produtores de “Kill Bill”sobre a posse das imagens. Tarantino inclusive disse ao The Times, na época, que o acidente foi um dos maiores arrependimentos de sua vida.

Sobre assinar sua participação em “Era uma Vez em Hollywood”, Robbie disse:

“Esse pensamento definitivamente passou pela minha cabeça. Será que as pessoas veriam essa decisão conflitante com o que eu venho fazendo na área de produção?”

A produtora de Robbie, a LuckyChap, estimula a participação feminina em produções cinematográficas, tanto na frente como atrás das câmeras. Ela prossegue:

“Meu sonho de toda uma vida era trabalhar com Tarantino, e eu tive que fazer isso. Me deixa triste se pessoas usarem isso contra mim, mesmo com tudo que eu venho fazendo. Eu não sei como dizer como me sinto sobre isso, porque estou tão grata de estar em uma posição de poder e ter controle criativo em um momento em que as pessoas estão abraçando e encorajando essas questões de respeito e igualdade. Ao mesmo tempo, eu cresci adorando filmes que eram o resultado da versão anterior de Hollywood, e eu aspirava a ser uma parte disso. Então, ter esses sonhos realizados também é incrivelmente satisfatório. Não sei. Acho que não se pode ter tudo.”

Robbie ama tanto Tarantino que lhe escreveu uma carta logo após o fim da produção de “Eu, Tonya”, que dizia: “Eu adoro os seus filmes, e adoraria trabalhar com você de alguma forma. Ou de qualquer forma.“:

“Quentin me disse que eu nunca me divertiria tanto em um set. E ele estava certo. Eu tive a maior experiência da minha vida. Existem alguns aspectos da velha Hollywood que são realmente maravilhosos e importantes e deveriam ser mantidos. Você apaga a História porque houve momentos ruins? Talvez seja importante para nós nessa conjuntura reconhecer as partes boas também.”

“Era Uma Vez em Hollywood” mostrará a história do ator Rick Dalton (Leonardo DiCaprio) e seu amigo dublê, Cliff Booth (Brad Pitt), que tentam reencontrar sucesso em suas carreiras moribundas na Hollywood de 1969, ano do bárbaro assassinato da atriz Sharon Tate (Robbie). O filme deve abordar principalmente o assassinato de Tate (que foi casada com o cineasta Roman Polanski) e mais quatro pessoas pela chamada Família Manson em 1969. Além deste episódio macabro, serão retratados ainda outros acontecimentos relevantes do ano de 1969, como a chegada da missão Apollo 11 à Lua, o Festival de Woodstock e o primeiro ano de Richard Nixon na presidência dos EUA.

No elenco estão também Al Pacino (“Paterno”), Bruce Dern (“No Rastro da Violência”), Mike Moh (da minissérie “Street Fighter: Ressurreição“), Timothy Olyphant (da série “Santa Clarita Diet”), Damian Lewis (da série “Billions”), Emile Hirsch (“Drama em Família”), Lena Dunham (da série “Girls”), Dakota Fanning (“Tudo que eu Quero”), James Marsden (da série “Westworld”), Scoot McNairy (Batman vs Superman”), Maya Hawke (“Little Women“) e mais. Além de dirigir, Tarantino também escreve o roteiro da produção.

“Era Uma Vez em Hollywood” tem previsão de estreia no Brasil para 15 de agosto.

 

FONTE: CINEMA COM RAPADURA

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×