Jump to content
Forum Cinema em Cena
King Edward

A Explicação

Recommended Posts

The Matrix - A Explicação


The Matrix

Primeiro é preciso organizar a bagunça. Poucas vezes se gastou tanto papel no mundo real e espaço na rede mundial de computadores para explicar o óbvio. A obra dos irmãos Wachowski não é tão hermética quanto um livro de Kant ou tão complexa quanto um quadro de Picasso. De fato, o roteiro é até simples e banal. O problema é que nerds e geeks em geral têm dificuldade de se concentrar em qualquer coisa que não envolva um processador e uma CPU.

Portanto vamos ao fatos. No primeiro Matrix o que foi dito:

1) Depois de assumirem o comando do planeta, as máquinas passaram a "cultivar" humanos como fonte de energia;
Obs: A idéia até que faz sentido

2) Para manter os humanos em sua postura passiva, uma realidade virtual foi criada para que ninguém percebesse o que de fato estava ocorrendo
Obs: Certo. Mas e como nascem os novo humanos? Depois de um tempo a energia vital acabaria esgotando

3) Alguns indivíduos conseguiram se libertar da Matrix e, fundando Zion, passaram a comandar uma rebelião com o objetivo de destruir o mundo virtual e, com isso, permitir que os demais também pudessem escapar do domínio das máquinas;
Obs: Uma possível explicação. Existe carne nova no mercado. A Matrix sabe que depois de um tempo seria preciso trocar as baterias

4) Alertado pelo Oráculo sobre a 'Profecia', o comandante Morpheus passa a dedicar sua vida à procura do Escolhido, do Predestinado: um humano que, depois de liberto de seu casulo, seria capaz de manipular a Matrix com maior grau de liberdade do que todas as outras pessoas;
Obs: Uma das maiores idiotices do primeiro filme. Foi convenientente explicado em Reloaded. Ou seja, referências a um predestinado são típicas da Bíblia. Nada tem a ver com o universo da Matrix.

5) Resgatado por Morpheus, Neo dá início ao seu treinamento e, ao final de Matrix, ele já é capaz de enxergar o 'código' daquele universo virtual e de realizar proezas inimagináveis para seus companheiros, como voar e destruir Agentes;
Obs: É a primeira pista relevante dos irmãos Wachowski. Como enfrentar de igual para igual programas a não ser que você fosse um...

6) Certo de ter encontrado o Predestinado, Morpheus começa a planejar o ataque final à Fonte da Matrix, destruindo-a.
Obs: A cena do ataque é incocebível, a cena do resgate de Morpheus é inconcebível, mas as lutas de Matrix acabaram se tornando referência. De Blade 2 a Panteras todo mundo copiou.

Matrix Reloaded

Sempre nos atendo aos fatos vamos analisar o segundo Matrix. Desta vez, muita coisa mudou. Mas, em essência, o que foi dito permanece o mesmo. Na verdade, basta prestar atenção nas pistas do roteiro.

1) O Agente Smith, agora liberto da Matrix, torna-se capaz não apenas de reproduzir-se ao contaminar outros indivíduos (na verdade, representações virtuais de pessoas reais e programas da Matrix, como outros Agentes), como também consegue 'contaminar' um humano, invadindo o mundo real;
Obs: O agente Smith é evidentemente caracterizado como um vírus. É o famoso "worm" capaz de se espalhar e criar cópias dele mesmo.

2) O Oráculo não é um ser humano, mas sim um programa da Matrix;
Obs: Perfeito. Acaba com a palhaçada de Neo ser o predestinado.

3) Alguns programas destinados ao extermínio (ou seja: que serão deletados) podem se 'rebelar' e, depois de assimilados pela Matrix, transformar-se em representações físicas anômalas no universo virtual (de acordo com este conceito, criaturas como lobisomens, vampiros e, é claro, o novo Agente Smith seriam programas 'exilados' da Fonte da Matrix);
Obs: Referência nerd. Nem todo o programa deletado é eliminado do seu computador.

4) Depois de criar versões fracassadas da Matrix, o Arquiteto ('pai' do programa) percebeu que suas falhas decorriam de sua incapacidade de compreender a falibilidade humana. Assim, ele concebeu um programa capaz de estudar a psique dos seres humanos a fim de encontrar uma solução para o dilema. Este programa é o Oráculo;
Obs: O oráculo é um traíra. Seu objetivo é fazer Neo chegar a fonte da Matrix. Faz sentido de novo.

5) Depois de estudar o problema, o Oráculo concluiu que 99,9% aceitariam a existência virtual imposta pela Matrix desde que acreditassem ter a escolha de abandonar aquele universo. Apesar do sucesso quase absoluto, o Arquiteto ainda se via na obrigação de encontrar uma forma de lidar com os 0,1% restantes;
Obs: O problema volta a ser como conseguir novos humanos para alimentar a Matrix

6) O Predeterminado tem a função de retornar à Fonte e, em seguida, selecionar 23 indivíduos presos à Matrix para que estes recriem Zion, que já foi destruída seis vezes. Neo é o sexto Predeterminado.
Obs: Ora, Neo é o predestinado. Logo sua missão é dar um crtl + alt + del na Matrix. Esse é o sentido do Reloaded. Nada mais óbvio.

7) Depois de voltar para o 'mundo real', Neo consegue paralisar as Sentinelas exatamente da mesma forma com que paralisava as balas na realidade virtual.
Obs: A grande pista do filme. Como diabos Neo poderia para as sentinelas? Simples, ele é um programa!! E como ele conseguiria isso no mundo real? Mais óbvio ainda. Zion também faz parte do mundo virtual. Também é uma extensão da Matrix. Assim os poderes de Neo funcionariam em ambos os lugares.

Conclusão

Neo, então, chega a fonte da Matrix não para destruir as máquinas, mas sim para manter tudo funcionado. Morpheus, na verdade, seria um inocente útil enganado pelo Oráculo. Se você ainda não acredita, basta lembrar que quando Neo, Morpheus e Trinity vão visitar Merovingian, na parede do andar em que o personagem se encontra podemos ver, em fontes gigantes, o número 101.

Este era exatamente o número da porta do apartamento de Neo (que, como todo nerd que se preza saber, é um anagrama de 'One', 'Um'). Em tese, Merovingian é, na realidade, uma das primeiras versões (possivelmente, a original) do Escolhido, do Predestinado.

Vale ressaltar a seqüência em Zion, quando o Conselheiro Hamann (Anthony Zerbe) tem uma conversa estranha com Neo. Basicamente ele passa o tempo inteiro justificando a existência das máquinas. Ele parece ser outro programa. Aliás, ele cria todas as condições para que nave Nabucodonosor deixe a cidade e parta para realizar uma transmissão para a Matrix.

Assim, faltaria a questão de como conseguir novos humanos. Se Zion foi mesmo uma simulação então eles tem de estar em outro lugar. Curiosamente, vários sites americanos afirmam que Matrix Revolutions vai desmentir completamente seu antecessor. De qualquer maneira, a ZeroZen já respondeu a questão fundamental. O que é a Matrix? A resposta é simples: uma grande, imensa, incomensurável e desmedida bobagem....

 

Fonte: http://www.zerozen.com.br/video/matrix_explicacao.htm

Nacka2006-09-27 10:18:40

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Resume o que eu acho do filme de forma perfeita...

 

O primeiro e segundo filmes são legais, tem varias referencias, inclusive religiosas. O 3º foi o mais esculachado por não ter encerrado a historia da forma que todos queriam. Mas dizer que o filme é bobagem é um pouco demais. É o mesmo que criar uma explicação sobre a trilogia e dizer ser a "certa", como fez esse site.

 

Mas cada um, cada um!!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas pode ser sim...o filme não explicita claramente...O que eu entendi no filme é que Neo, realmente era uma forma de controle, e existe sim uma alusão clara, com o Messias. Mas no geral, achei essa trilogia uma das maiores farsas da história do cinema, por que se apresentou como o "Star Wars" da nova geração, e não desenvolveu bem nenhuma das idéias que o próprio filme abordou.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E como fã de Star Wars, apesar de gostar bastante do primeiro Matrix e não achar o final da trilogia tão desastroso assim, não posso negar que não senti um certo gostinho de ver a série perder tão rapidamente seu prestígio... hehehehehehe

Share this post


Link to post
Share on other sites

Star Wars teve três filmes antológicos (os primeiros) que quase inexplicavelmente não foram afetados pelos fracos ep 1 e 2. Acho que no caso de Star Wars, houve tempo para que os primeiros filmes se tornassem mitológicos, antes de serem profanados. No caso de Matrix, não houve este tempo. Mas sim, considero o primeiro filme MUITO BOM.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

E eu o 2º ainda melhor' date=' completando com o terceiro, que foi a pior coisa que já aconteceu a uma trilogia.[/quote']

Forasta... sinceramente, o que há de bom em Reloaded? Acho que o filme tem boas idéias sim... mas absurdamente mal aproveitadas.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Revolutions só parece ser a pior coisa que aconteceu a uma trilogia porque não corresponde a espetacularização artificial que é o enredo de Reloaded. Como diria o presidente Lula... é a tal da "herança maldita"... hehehehehehe. Olhando de maneira distanciada, o terceiro filme (que não é nenhuma maravilha) me parece um filme muito mais interessante que o segundo. Me parece mais filme, na verdade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E eu o 2º ainda melhor' date=' completando com o terceiro, que foi a pior coisa que já aconteceu a uma trilogia.[/quote']

Forasta... sinceramente, o que há de bom em Reloaded? Acho que o filme tem boas idéias sim... mas absurdamente mal aproveitadas.

 

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Mas este é o problema do Revolutions, não do Reloaded. Por isso minha revolta com a conclusão da trilogia. Os irmãos [email protected]$# não souberam desenvolver tudo que sugeriram. Dá a impressão de que não sabiam o que estavam fazendo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tudo que os Wachowski sugeriram, eles resolveram sim. Só que o que eles sugeriam parecia bem mais do que na verdade era. Ao meu ver problema do Reloaded, que não se desenvolve bem como filme e se preocupa mais em impressionar o espectador com questões que com o tempo se tornam vazias. Revolutions é muito mais consistente em seus questionamentos.

Lucas2006-9-19 20:9:32

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os irmãos W. até poderiam saber o que estavam fazendo, mas se enrolaram bonito, não sei se forçados pelos produtores...
O fato é que circulou pela net um tempo atrás um suposto roteiro original de Reloaded que é muito mais coerente com o que tinha sido apresentado no primeiro filme.

OBS: alguém conhece esse roteiro e sabe se é fake?

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema foi ter que construir uma trilogia à partir de um filme que claramente não dava margem à isso...

E ainda tem trouxa que acha que eles já pensaram os filmes como trilogia...

pois e, da mesma forma q tem aqueles q acham q Lost tem td aquela punhetacao deliberada desde o inicio..

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

O problema foi ter que construir uma trilogia à partir de um filme que claramente não dava margem à isso...

 

E ainda tem trouxa que acha que eles já pensaram os filmes como trilogia...

pois e' date=' da mesma forma q tem aqueles q acham q Lost tem td aquela punhetacao deliberada desde o inicio..

[/quote']

 

Mas no caso de Lost os produtores admitem que incrementam e que não tinham certeza de que caminho a série percorreria.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×