Jump to content
Forum Cinema em Cena

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 02/01/19 in all areas

  1. 1 point
    Alita: Anjo de Combate é a primeira boa adaptação hollywoodiana de mangá, diz crítica Alita: Anjo de Combate chega apenas na metade de fevereiro no Brasil, mas o filme com a produção de James Cameron já fez a sua estreia em solo internacional. Até o momento, as críticas estão divididas. A grande expectativa pelo filme com Rosa Salazar é porque Alita: Anjo de Combate é mais uma adaptação dos mangás. Como se sabe, Hollywood não tem o melhor histórico quando se trata desse segmento.A avaliação mais animada veio do portal Slash Film. Para o site, “Alita: Anjo de Combate quebrou as correntes” dos mangás em Hollywood. Ou seja, acaba sendo a primeira boa adaptação de mangá no ocidente. “Talvez o sucesso de Alita: Anjo de Combate venha das baixas expectativas que a audiência do ocidente tem sobre o filme. Robert Rodriguez pode construir um mundo vívido e usar a sua criatividade sem pedir licença aos fãs, que não fazem pressão. Mas mais do que se beneficiar com as baixas expectativas, Alita: Anjo de Combate é um sólido, visualmente deslumbrante blockbuster que não pretende ser o que não é”, afirma a crítica do Slash Film. Enquanto isso, a crítica de Darren Franich, da Entertainment Weekly, detonou o filme com produção de James Cameron, definindo-o como uma “besteira”. “Essa adaptação de mangá é uma odisseia de ficção científica cansada, com efeitos especiais empilhados em uma experiência sem história que parece um elevador na franquia. Chamar esse filme de besteira é um desserviço para a autenticidade de lixo”, disparou o crítico. Já Peter Bradshaw, do Guardian, ficou dividido. Apesar disso, a sua conclusão é de que a adaptação é própria para um público mais adolescente. “É um filme visível e com grandes efeitos especiais, e acaba sendo diversão para uma noite de pré-adolescentes. Não tem as ideias crescidas e desafiadoras de A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell”, afirmou o jornalista. Michael Nordine, do Indie Wire, também está entre os críticos que gostaram de Alita: Anjo de Combate. O comunicador valorizou as características do longa levando em conta que é uma adaptação de mangá em Hollywood. “É uma ficção científica épica que faz algo raro nessa era de intermináveis adaptações e reboots: vive com o seu potencial, enquanto te deixa querendo mais”, escreveu o crítico, que ainda observou que Robert Rodriguez quis se expôr “o mínimo possível”, levando em conta que Alita não sabe nem o seu nome quando a história começa. Por fim, Phil De Semlyen, do Time Out’s, elogiou os efeitos visuais do longa, chamando de “épicos”. Para o jornalista, faltou sintonia entre Robert Rodriguez e James Cameron, que é a grande atração na equipe criativa. Alita: Anjo de Combate é uma adaptação de Robert Rodriguez para um famoso mangá e mostra uma ciborgue que é descoberta por um cientista. Ela não tem memórias do seu passado, mas é uma ótima lutadora e fará o possível para descobrir sua origem. O elenco conta com nomes como Rosa Salazar, Christoph Waltz, Jennifer Connelly, Mahershala Ali, Michelle Rodriguez e Ed Skrein. A produção fica por conta de James Cameron e Jon Landau, dupla por trás de Titanic e Avatar.
  2. 1 point
    Dos citados acima: John Hamm, com certeza. Primo em rage com esse comentário. hehehe
  3. 1 point
    que cena foda!!!?
  4. 1 point
    Ben Affleck até cumpriu bem o seu papel como Batman, mas nunca, NUNCA chegou aos pés do Batman do Christian Bale, sorry. Mas eu gosto dele como ator e como diretor (deveria, inclusive, ter ganhado o Oscar de Melhor Direção por "Argo").
  5. 1 point
    Tais Cristina

    Os Vingadores 4: End Game

    Bicho, só sei que, se o Homem de Ferro usar, finalmente, a Proton Cannon nesse filme, já vai valer todo o meu ingresso, não importa qual seja o valor que irei pagar nele, pqp! ❤️
  6. 1 point
    Tais Cristina

    Capitã Marvel

    Tô com um hype ferrado nesse filme (não tanto quanto em "Endgame", mas tô) e acredito que será um bom filme. Li que teve algumas sessões de exibição e disseram que o filme é uma mistura de "Guardiões da Galáxia" com "Capitão América: O Soldado Invernal" (simplesmente um dos MELHORES filmes da Marvel). Se for nessa pegada, vai ser ótimo, mesmo. Agora, um coisa que me irrita é ver um monte machistinha babaca querendo dar hate no filme da Capitã Marvel sem nem ao menos tê-lo visto, pqp (sim, porque a maioria que tá descendo a lenha nela é HOMEM, pelo que vejo).Pelo amor de Deus, não vamos ser hipócritas. Quem já leu as HQs sabe que ela é muito forte, sim, e que esse hate todo é só porque é uma MULHER. Porque se fosse um cara, mesmo que o personagem dele nas HQs não fosse tão forte quanto nos filmes, não iria ter nem metade reclamando. Criticar algo antes de ver é coisa de gente babaca, bicho, convenhamos.
  7. 1 point
    Jorge Soto

    Capitã Marvel

  8. 1 point
    Deus me livre! Origem do Batman de novo, NÃO!
  9. 1 point
    Questão

    O Doutrinador

    Conferi o filme. Não é ruim para uma primeira investida desse subgênero no país. Mas pra bom também não serve,. As sequências de ação funcionam, mas não empolgam. O tema do filme, de colocar um anti herói " a lá Justiceiro" é muito oportuno para o momento atual do país, mas perde força pela forma caricatural como todos os políticos corruptos surgem na tela, comportando-se como vilões do Batman do seriado sessentista. Não que O DOUTRINADOR tivesse obrigação necessariamente de ser um thriller político, podendo simplesmente ser uma trama de ação de vingança simples, estilo DESEJO DE MATAR tendo políticos corruptos como alvos. Mas para isso, seriam necessários personagens carismáticos, o que falta ao filme. Em resumo, filme relativamente divertido, mas facilmente esquecível.

Announcements

×
×
  • Create New...