Jump to content
Forum Cinema em Cena

Rei do cuco

Members
  • Content Count

    2008
  • Joined

  • Last visited

Reputation Activity

  1. Like
    Rei do cuco got a reaction from Big One in Coringa - Joker (Joaquim Phoenix)   
    Coringa ainda não chegou aos cinemas, mas o diretor Todd Phillips já é questionado sobre uma possível sequência. O que acontece é que os primeiros comentários colocam o longa como um dos mais aguardados do ano.
    Para Total Film, o cineasta não deixou claro se planeja uma sequência. Mas, respondeu que retorna com uma condição: Joaquin Phoenix ser novamente o protagonista.
    “Uma coisa eu digo para você: Eu faria qualquer coisa com Joaquin, em qualquer dia da semana. Não há ninguém como ele. Se ele tiver vontade, as pessoas aparecerem e a Warner disser, ‘Sabe? Se vocês pudessem pensar em algo…’. Bem, eu tenho o sentimento de que ele e eu podemos fazer algo bem legal”, declarou o cineasta.
    Possivelmente, essa pergunta fique mais fácil de ser respondida depois que Coringa chegar aos cinemas.
    https://observatoriodocinema.bol.uol.com.br/filmes/2019/08/diretor-responde-se-coringa-pode-ganhar-sequencia
  2. Like
    Rei do cuco got a reaction from Big One in Coringa - Joker (Joaquim Phoenix)   
    ‘Coringa’: Joaquin Phoenix revela origem da sua risada diabólica para o personagem
      Por Renato Marafon 
    Publicado em 15/08/2019 às 18:11   O novo ‘Coringa‘, dirigido por Todd Phillips, promete ser bastante diferente dos quadrinhos ao apresentar uma interpretação inédita e diferenciada do icônico vilão do Batman.
    Em entrevista ao CBM, o ator Joaquin Phoenix revelou que fez estudos com pacientes clínicos para criar a risada do criminoso cacarejante com maquiagem de palhaço.
    Assustado?
    https://cinepop.com.br/coringa-joaquin-phoenix-revela-origem-da-sua-risada-diabolica-para-o-personagem-220475
  3. Like
    Rei do cuco got a reaction from Big One in Coringa - Joker (Joaquim Phoenix)   
    Ah, como é bom, após abrir este tópico (que originalmente também tratava do selo DC Dark) sob a incredulidade de alguns, voltar aqui não apenas com o filme pronto, como presenciando uma série de notícias animadoras acerca de sua produção. Confesso que, inicialmente, odiei a proposta tanto quanto odiei quando a Marvel resolveu contar a origem do Wolverine, porém quem me conhece sabe que nada pode ser tão sedutor num filme do universo Batman, para mim, do que o isolamento de sua realidade de toda a parte espacial / mitológica da DC.
    Joaquin Phoenix não aceitou o papel de Coringa, para o filme solo do vilão, assim que foi convidado. O ator confessou em entrevista para Total Film que teve medo.
      Esse, até o momento, foi o único motivo citado pelo astro para demorar para aceitar o papel. Joaquin Phoenix não explicou o que o fez sentir medo de ser o Coringa.
     
    “Levou um tempo para eu me comprometer. Agora, eu olho para trás e não sei o motivo. Tinha muito medo, sim”, contou o ator.
    Coringa é o primeiro papel de Joaquin Phoenix no mundo dos quadrinhos. Antes, o ator foi convidado para ser o Hulk e o Doutor Estranho, ambos da Marvel, mas recusou os dois trabalhos. “Mas, eu sempre digo que há o medo que motiva e há o medo que debilita. Tem o medo que você não consegue dar um passo e tem o medo onde você fica, ‘Ok, o que fazemos? Não é bom o suficiente’. E você começar ir cada vez mais fundo. Eu amo esse tipo de medo. Isso nos guia, nos faz trabalhar mais”, completou Joaquin Phoenix.
    https://observatoriodocinema.bol.uol.com.br/filmes/2019/08/joaquin-phoenix-tinha-medo-de-aceitar-papel-de-coringa
  4. Confused
    Rei do cuco got a reaction from CharlesEmave in O Fantasma   
    Veja as primeiras artes conceituais da série de TV do Fantasma

    Sci Fi Channel promete roupagem moderna para o Espírito que Anda

    09/04/2009


    O tradicional personagem dos quadrinhos Fantasma, criado por Lee Falk em 1936, vai ganhar uma adaptação para a TV. Será uma minissérie de dois episódios, com duas horas cada, sob produção do canal Sci Fi – previamente anunciada aqui.

    Há dois dias o canal revelou os atores envolvidos no projeto: Ryan Carnes (o namorado do filho de Bree van de Kamp em Desperate Housewives), Isabella Rossellini (como a vilã Lithia), Cameron Goodman (mocinha da história) e Sandrine Holt.

    Agora, a emissora revela uma arte conceitual para o novo uniforme do herói, que do original só guarda os tons de roxo. Confira abaixo, na galeria.

    Na descrição divulgada pelo SciFi, o uniforme é feito “de um tecido roxo escuro nano-matrix altamente tecnológico, que é flexível, suave e também tem um brilho metálico. O tecido mistura fibras de Kevlar, Twaron e Heracron e é revestido por uma rede neurosimbiótica de titânio-cerâmica, resistente a calor, armas brancas, quedas, impactos e pequenas armas de fogo.”

    Em resumo: o uniforme aumenta a força de seu usuário e o protege de quase tudo. Além disso, seu capuz recebe transmissões de celular e rádio.

    Digamos que houve um certo avanço em relação ao original. Mas é claro que os fãs vão considerar heresia.







     
     

     
  5. Haha
    Rei do cuco got a reaction from CharlesEmave in O Fantasma   
    Cidra , é sério que aquele jedi inexpressivo já está confirmado como Mandrake ???

     
       
         Maria , fica tranquila que o Billy Zane vai passar longe dessa produção .
  6. Sad
    Rei do cuco got a reaction from Damielst in Coringa - Joker (Joaquim Phoenix)   
    Não vejo razão para tanta desconfiança. A fonte é quente, os veículo especializados do mundo inteiro estão tratando a notícia como algo verídico e nem o estúdio, nem os nomes mencionados se incomodaram o bastante para virem a público desmentir qualquer coisa até o momento. E, se tudo não passou de uma mentira, duvido muito que o burburinho gerado já não esteja levando o pessoal da Warner a considerar a ideia.
    Os dois melhores desde que o universo compartilhado começou são aqueles que focaram num personagem só. Mera coincidência? Além disso, muitas das decisões erradas se deram por conta do compromisso com o universo compartilhado. O Superman de Zack Snyder só destruiu Metrópolis e matou Zod porque foi formulado para um universo que tenta emular o de Christopher Nolan na trilogia Batman (prova disso é que ele participou do roteiro de Man of Steel), ou seja, um cenário sujo e sombrio. Pense numa produção do Superman que, embora problemática, conseguiu captar com sucesso o clima romântico e inocente que as aventuras do herói devem ter e chegará ao longa mais recente dele antes de Man of Steel: Superman Returns. Já Batman V Superman, além de incorrer no mesmos erro pelo mesmo motivo, abriu espaço para uma presença completamente forçada da Mulher-Maravilha (claramente apenas para adaptar precocemente uma aventura com a tríade da DC) e, pior ainda, uma ameaça final posta ali unicamente para justificar a presença dos três heróis na mesma trama.
    Sim, mas ressaltei um dos fatores no qual ela se sobressai quando comparada à Marvel. O universo compartilhado da Marvel sempre funcionou melhor.
    Também estou falando de personagens de futuros e realidades alternativas, pois lembro que Um Conto de Batman tratava de tramas inerentes à cronologia oficial. Claro que atrapalha, pois tolhe bastante da autonomia do diretor. Se não vingar esse papo de selo alternativo, Matt Reeves será obrigado a trabalhar com Ben Afleck e a narrar uma história com um Batman velho, raivoso e de armadura: precisamente o que já vimos no universo compartilhado. E, se quisesse usar o Coringa ou qualquer um dos vilões vistos em Esquadrão Suicida, também não teria qualquer independência criativa seja na escalação do ator, seja na concepção do personagem. Mulher-Maravilha, embora ancorado no universo compartilhado, teve a vantagem de ser um filme de origem e com uma narrativa totalmente desgarrada. Não à toa, é o melhor desde que a Warner começou a montar a Liga da Justiça no cinema.
    Eu estava com pressa naquele dia e, por serem respostas curtas, não vi problema em que responder em posts separados. Em todo caso, me desculpe.
  7. Thanks
    Rei do cuco got a reaction from Damielst in Coringa - Joker (Joaquim Phoenix)   
    É o que sempre ocorreu nas HQ's. Muitos dos maiores clássicos vieram de tramas alternativas, por sinal.
  8. Sad
    Rei do cuco got a reaction from CharlesEmave in Asa Noturna   
    Vejo , pelo andar da carruagem e a empolgação dos engravatados com a franquia de Nolan , especialmente após o trailer de "TDK", que a idéia é criar uma outra franquia tendo como base o mesmo universo de "Begins" , ou seja , aproveitar o embalo mediante um longa tão dark quanto os novos do morcego . Daí , a escolha de um personagem sombrio (e que pode ser ainda mais , caso seja bem trabalhado nas telas , já que nas HQ's de sombrio ele só tem o visual mesmo .) e que também pertença à Gotham City . Em outras palavras , uma espécie de "Batman genérico" , é exatamente isso o que é o Asa Noturna . Seguindo essa linha de raciocínio , creio que o diretor para o longa venha a ser alguém mais no "estilo Nolan" , que saiba trabalhar suspense e ação juntos , como David Fincher , por exemplo .

     
        Daria para se fazer filmes muito bem bolados , desde que seguissem à fórmula do desenho "Os Jovens Titãs" , em que Batman sequer é mencionado . O longa poderia ser realizado à base de rápidos flashbacks focados unicamente no passado de Dick tanto no circo , como em cenas velozes e tremidas dele como Robin , apenas dando a entender dessa forma , principalmente ao público leigo , quem é o protagonista do filme . O morcego poderia ser apenas mencionado como "mestre" e ter sua voz ecoando na mente de Asa ao longo de suas memórias e pesadelos . Sim , seria bacana ver uma abordagem diferente a respeito do treinamento de Dick , mais ou menos , como se ele tivesse pago um preço muito caro por descobrir a identidade do Batman , sendo empurrado a um destino extremamente marcial e cruel nas mãos de um mentor que , para seu próprio bem , fez da sua vida um verdadeiro inferno na Terra como parte do seu preparo no combate ao crime . Isso deixaria marcas profundas em seu caráter , repleto de traumas e impulsos assassinos contra os quais teria de lutar e vencer , tal como seu mestre . Tudo , obviamente , mostrado de maneira muito discreta e subliminar mediante os tais flashbacks . Vilões de menos expressão nas HQ's e que jamais aparecerão na franquia de Nolan , como Maxie Zeus , Vagalume , Crocodilo , Cornelius Stirk , Carcereiro , Cara-de-Barro , eu (Rei do cuco) e , principalmente Antonny Zucco , poderiam encarnar o elenco de antagonistas . Enfim , seria interessante se , ao término do filme , os próprios espectadores , através das pistas subliminares dadas ao longo da trama , chegassem à conclusão de que o morcego tem um dedo nisso tudo .Rei do cuco2008-01-12 15:58:22
  9. Sad
    Rei do cuco got a reaction from BennydrIty in Liga da Justiça Sombria   
    Guillermo Del Toro pode dirigir filme com Constantine e Monstro do Pântano [ATUALIZADO]
     
    Cineasta diz que adoraria fazer com a Warner Bros. uma superequipe mística
     
    Marcelo Hessel
    08 de Novembro de 2012



    Segundo o
    Latino Review, a Warner Bros. está tão animada com os testes de Pacific Rim, a ficção científica com monstros e robôs de Guillermo Del Toro, que começou a abrir suas portas para o cineasta mexicano - e Del Toro teria em mente um filme com personagens místicos da DC Comics.


    Intitulado Heaven Sent, o projeto uniria personagens do Universo DC e da Vertigo (o selo adulto da editora) como Constantine, Monstro do Pântano, Desafiador, Espectro, Zatanna, Zatara, Vingador Fantasma, Sargon e Etrigan, o Demônio. Em teoria, eles formariam um supergrupo mágico - como nos quadrinhos vem acontecendo com a Liga da Justiça Dark, parte do mix da revista Dark, dentro da reformulação editorial Novos 52 da DC no
    Brasil.


    Ainda de acordo com o site, os advogados da Warner já foram acionados para verificar a disponibilidade dos direitos desses personagens. Por enquanto não há nada oficial - vamos acompanhar (e torcer).



    [Atualizado] À
    MTV, Del Toro disse que, por enquanto, há apenas conversas. "Eu tenho sido bem eloquente em dizer o quanto Monstro do Pântano foi parte da minha infância. No México, os quadrinhos saiam nos primeiros dias da semana. Eu ia de bicicleta à banca terça ou quarta e comprava Monstro do Pântano sempre. Eu adorava o Etrigan de Jack Kirby. Adoro Constantine, todos eles. Eu tenho tentado há anos fazer algo com esses personagens. Espero que agora aconteça, mas no momento estamos apenas conversando", disse. [Atualizado]

    A estreia de Pacific Rim está marcada para 12 de julho de 2013 nos EUA e em 9 de agosto no Brasil.
  10. Thanks
    Rei do cuco got a reaction from CharlesEmave in Coringa - Joker (Joaquim Phoenix)   
    Há bastante tempo eu digo por aqui que sempre achei o Batman muito melhor em seu universo próprio de thriller policial com variações sutis (exatamente o que vemos em Animated Series, por exemplo) do que quando precisa dividir as atenções com os demais heróis da editora (principalmente aqueles que apelam à temáticas metafísicas e espaciais). Eis que, após uma bateção de cabeça danada, parece que tanto o estúdio, quanto boa parte dos fãs começam a sentir saudade da trilogia de Christopher Nolan e, principalmente, do fator que a tornou tão bem sucedida: a independência do cineasta. Ora, não é preciso ser nenhum especialista para saber que a Warner nunca precisou concretizar seu universo compartilhado nas telonas para obter boas bilheterias (o fato dos 2 últimos longas do Batman de Christian Bale terem superado as produções da Marvel naquele momento corroboram o que digo), uma vez que o público consolidado através de Nolan certamente nunca foi o mesmo dos Vingadores. Portanto, ao entrar na pilha de que a concorrente estaria não trabalhando um conceito próprio integrante de sua cultura quadrinhística, mas sim estabelecendo uma tendência obrigatória para se obter sucesso neste segmento; a Warner fugiu ÀS SUAS raízes quadrinhísticas (reconhecidas justamente pela autonomia e a inovação que sempre permearam suas publicações). 
    Algo que sempre idealizei como fórmula ideal para o universo DC é uma linha de filmes independentes em paralelo ao universo compartilhado. Não que eu faça alguma questão do universo compartilhado, porém entendo as necessidades mercadológicas e sei que seria um tiro no pé dispensar o pessoal que curte ir ao cinema para assistir Playstation 4 (e isso não é uma crítica, ok?). Particularmente, sempre sonhei em ver na telona algo como a série Um Conto de Batman ou mesmo o Túnel do Tempo, onde grandes diretores dessem sua cara ao personagem pelo número de filmes que achassem suficiente (e, obviamente, que a bilheteria aprovasse); basicamente o que aconteceu com Nolan, que construiu sua Graphic Novel sobre uma trilogia. Resumidamente, minha vontade é ver o cinema realizar o que foi feito em Batman Preto e Branco.   
    Agora, eis que, após os anúncios de que o Batman de Matt Reeves será completamente desligado do universo Liga da Justiça, e que virá um longa solo do Coringa com produção de ninguém menos que Martin Scorsese (que eu torço para que assuma a direção daqui até lá), as coisas parecem começar mudar. Seria um indício de que algo como o selo Vertigo pode estar tomando forma nos corredores da Warner? Até Superman: Entre a Foice e o Martelo já começa a ser ventilado como uma das próximas adaptações do Homem de Aço. Diante dos novos rumos que a DC está tomando no cinema (estabelecendo a SUA tendência, e não tentando ser uma versão séria da Marvel; é bom enfatizar); gostaria que neste espaço fosse discutido o que poderemos esperar desta nova iniciativa, quais diretores gostariam de ver trabalhando no segmento (e com qual personagem)? Que Graphic Novel ou trama gostariam de conferir na tela grande? Que ator gostariam de ver, por exemplo, no papel do Superman soviético de Mark Millar ou no Coringa de Scorsese? Eu, por exemplo, adoraria ver David Lynch à frente de Sandman e John Carpenter dirigindo o Homem Animal (embora esteja ciente de que dificilmente tais diretores aceitariam um projeto desse porte).   
    Sem Jared Letto, com diretor de Se Beber Não Case e produção de Martin Scorsese, o filme não faria parte do que hoje conhecemos como DCEU
    Cesar Romero. Jack Nicholson. Heath Ledger. Jared Leto. Esta lista, em breve, deve ganhar mais um nome. É que, de acordo com o Deadline, a Warner está planejando fazer um filme solo do Coringa – com um novo ator e até um novo selo dentro dos DC Films.
    O projeto ainda está em seus estágios iniciais, mas a WB escalou Todd Phillips, diretor da trilogia Se Beber, Não Case, para coescrever o roteiro com Scott Silver (de O Vencedor). Além disso, ao menos no projeto, o próprio Phillips irá dirigir o longa, que terá produção de ninguém menos que Martin Scorsese.
    Seria um filme de origem, contando como o vilão surgiu, e não terá a participação de Jared Leto, que, sim, continua escalado para a continuação de Esquadrão Suicida e Gotham City Sirens. Por isso, este longa seria o primeiro de uma nova série de filmes baseada nos gibis da DC, sem amarras com outras continuidades. Resumindo: boas histórias para serem contadas, sem ficar se preocupando com universo coeso ou mesmo manter os mesmos atores. Não há, ainda, um nome definido para esta iniciativa.
    Ainda de acordo com o Deadline, a intenção da Warner é que o filme do Coringa se passe no começo dos anos 1980, com aquele clima sujo e cheio de crimes da época e que vemos em filmes como Taxi Driver – justificando, assim, a presença do Scorsese. Veríamos uma versão mais jovem do vilão, também.
    Só não há, ainda, uma vaga ideia do momento no qual o filme se encaixaria no calendário da Warner. Enquanto isso, Silver e Philips vão tocando o roteiro.
    No papel, lançar um segundo selo – talvez mais sombrio e adulto – com as propriedades da DC é uma grande ideia. Desde os anos 1980 que a editora tem um histórico de grandes publicações nessa linha, incluindo o selo Vertigo, então teríamos a deixa para trazer histórias como Sandman e até Superman: Entre a Foice e o Martelo – projetos que, em um momento ou outro, já foram comentados nos corredores de Burbank. Também seria uma forma de acabar com essa ditadura do universo coeso, que é legal, mas não precisa ditar TUDO, né?
    A questão aqui é justamente o filme escolhido para começar essa brincadeira. Pela descrição, o que a Warner está fazendo é uma adaptação, ainda que indireta, de A Piada Mortal. Muita coisa vai ser mudada, é muito provável, mas o pessoal das animações já provou que mexer nessa obra do Alan Moore pode ser uma grande fonte de dor de cabeça.
    (Isso, pelo menos, é o que esperamos. Se bem que eria divertido uma franquia do Coringa, com vários filmes contando sua origem, mais ou menos como ele faz em O Cavaleiro das Trevas cada vez que encontra alguém. ;D)
    Além disso, até outro dia, os filmes da DC pela Warner eram um samba de três notas. Batman. Superman. Coringa. Até mesmo Esquadrão Suicida é, no final, uma variação do mesmo tema. A Mulher-Maravilha finalmente chegou para romper essa monotonia do dinheiro garantido, vem por aí a Liga da Justiça (que tem Batman e Superman) e outros personagens em filmes solo, mas eis que eles resolvem voltar pra nota inicial.
    Sandman – que, ano passado, chegou a virar um projeto de série de TV – talvez fosse o melhor filme para chutar bundas e, aí sim, começar o selo VERTIGO dos DC Films, com toda a liberdade para diretores e roteiristas. E, dessa forma, finalmente veríamos o cinema passar pela mesma mudança que os quadrinhos passaram nos anos 80. O mundo estaria preparado para ter Morpheus na tela grande. Bom, esse sou eu sonhando, né?
    De qualquer forma, há o ponto positivo nisso tudo: o filme do Coringa pode sair, ser muito bom e mostrar para os Irmãos Warner o quanto foi uma ideia HORRÍVEL ter um Palhaço do Crime interpretado pelo Jared Leto, né?
    Fonte: http://judao.com.br/um-filme-solo-do-coringa-e-o-recomeco-que-dc-precisa/
     
  11. Like
    Rei do cuco got a reaction from O Espectro in Coringa - Joker (Joaquim Phoenix)   
    Não vejo razão para tanta desconfiança. A fonte é quente, os veículo especializados do mundo inteiro estão tratando a notícia como algo verídico e nem o estúdio, nem os nomes mencionados se incomodaram o bastante para virem a público desmentir qualquer coisa até o momento. E, se tudo não passou de uma mentira, duvido muito que o burburinho gerado já não esteja levando o pessoal da Warner a considerar a ideia.
    Os dois melhores desde que o universo compartilhado começou são aqueles que focaram num personagem só. Mera coincidência? Além disso, muitas das decisões erradas se deram por conta do compromisso com o universo compartilhado. O Superman de Zack Snyder só destruiu Metrópolis e matou Zod porque foi formulado para um universo que tenta emular o de Christopher Nolan na trilogia Batman (prova disso é que ele participou do roteiro de Man of Steel), ou seja, um cenário sujo e sombrio. Pense numa produção do Superman que, embora problemática, conseguiu captar com sucesso o clima romântico e inocente que as aventuras do herói devem ter e chegará ao longa mais recente dele antes de Man of Steel: Superman Returns. Já Batman V Superman, além de incorrer no mesmos erro pelo mesmo motivo, abriu espaço para uma presença completamente forçada da Mulher-Maravilha (claramente apenas para adaptar precocemente uma aventura com a tríade da DC) e, pior ainda, uma ameaça final posta ali unicamente para justificar a presença dos três heróis na mesma trama.
    Sim, mas ressaltei um dos fatores no qual ela se sobressai quando comparada à Marvel. O universo compartilhado da Marvel sempre funcionou melhor.
    Também estou falando de personagens de futuros e realidades alternativas, pois lembro que Um Conto de Batman tratava de tramas inerentes à cronologia oficial. Claro que atrapalha, pois tolhe bastante da autonomia do diretor. Se não vingar esse papo de selo alternativo, Matt Reeves será obrigado a trabalhar com Ben Afleck e a narrar uma história com um Batman velho, raivoso e de armadura: precisamente o que já vimos no universo compartilhado. E, se quisesse usar o Coringa ou qualquer um dos vilões vistos em Esquadrão Suicida, também não teria qualquer independência criativa seja na escalação do ator, seja na concepção do personagem. Mulher-Maravilha, embora ancorado no universo compartilhado, teve a vantagem de ser um filme de origem e com uma narrativa totalmente desgarrada. Não à toa, é o melhor desde que a Warner começou a montar a Liga da Justiça no cinema.
    Eu estava com pressa naquele dia e, por serem respostas curtas, não vi problema em que responder em posts separados. Em todo caso, me desculpe.
  12. Like
    Rei do cuco got a reaction from ThomasMi in Quem Você Acha que Pode Igualar a TDK?   
    Pessoal , para evitar os off-topics em tópicos de filmes e franquias já estabelecidos sobre HQ's específicas e tendo em vista o quão complexo e polêmico é o andamento das adaptações de quadrinhos da Warner , muito mais fundamentada em boatos do que fatos propriamente ditos , crio aqui este ambiente com a finalidade de discutirmos os bastidores , os aspectos técnicos e tudo o que envolve a encarnação de uma HQ em carne e osso , desde a escolha e os padrões estabelecidos à pré-produção . Quando determinado longa for , de fato , confirmado , aí sim , poderemos descartá-lo deste tópico para discutí-lo naquele que leva o seu nome , mantendo esta sala unicamente com o intuito de debater as confabulações , boataria e negociações acerca dos hipotéticos e futuros filmes da DC . Resumindo : Gostaria do envolvimento de , quanto mais gente melhor , pois meu desejo é ver a ótica de cada membro sobre cada um desses longas (como fariam , que tema abordariam , escalação de elenco , direção , roteiro , enfim , o que quiserem falar sobre) e , principalmente , sua opnião quanto à enquete acima e um comentário a respeito . Explicando melhor : Qual das possíveis adaptações acima , vc acha que pode explodir e romper limites como "TDK" fez no cinema ? Qual deles vc acha que tem maior potencial para isso ? Pergunto , pois , todo mundo há de convir que nem todo herói tem condições de render o que Batman rende nas telas . Como só é possível incluir 12 nomes na enquete , escolhi alguns já comentados e misturei com outros que nunca foram citados até o momento para compor um debate bem eclético .

     
        Minha real motivação por trás deste tópico se formou quando li , especificamente , dois trechos de textos da revista SET sobre TDK que , em minha opnião , sintetizam o sentimento por trás de todas as críticas feitas a respeito da nova aventura do Homem-Morcego . São eles :
     
     
         Esqueça tudo o que você entende pelo termo "filme de heróis" . Batman-O Cavaleiro das Trevas inaugura uma nova era no gênero , ironicamente matando esse mesmo conceito de gênero . O longa de Christopher Nolan tem mascarados , vilões insanos , diversão de sobra e ação de tirar o fôlego . Mas não é um filme de heróis . O Cavaleiro das Trevas seria um filme sobre vilões , sobre o mal , sobre essa linha fina que separa o paladino do pecador . Troque as máscaras por , digamos , capuzes e chapéus e talvez estivéssemos diante de um thriller policial setentista coma crueza pesada de Sérpico e a psicologia de Taxi Driver ; os dois somados à técnica brilhante de Fogo Contra Fogo e aos culhões de Seven . Não é o tipo de longa que você esperaria associado a uma produção assim ? Problema seu . O nível do jogo agora é outro e todos os outros precisarão correr atrás , seja com garras mutantes , seja com um símbolo de "S" no peito .
       
     
         Filmes de super-heróis são como um beco sem saída . A bagagem por trás de cada um dos protagonistas uniformizados é tão grande que há pouco espaço para liberdade criativa . Some isso à obrigação de gerar um lucro que ultrapasse os 200 milhões de dólares , agradar aos fãs que passam horas e horas na internet discutindo um fiapo errado do cabelo do herói e manter aquele público que vai para o cinema como um programa ocasional , seja com a família seja com a namorada . Ainda existem os bonequinhos e produtos de marketing e a aprovação da editora que detém os direitos dos personagens . Alguns longas conseguem chegar ao final do beco com tranquilidade , jogando com as peças do tabuleiro de forma divertida (Homem de Ferro) ou emocional (Homem-Aranha) . Batman-O Cavaleiro das Trevas não toma conhecimento do final do beco . A sequência da reinvenção do Homem-Morcego em Batman Begins explode qualquer barreira imposta pelo gênero no qual casualmente foi gerado para elevar de vez o nível das adaptações de gibis no cinema .
     
            E , para inaugurar , este artigo que , creio , todos aqui já tenham lido :
    Warner e DC se reúnem para definir o futuro dos seus filmes de super-heróis

    Idéia é privilegiar adaptações e traçar um painel maior, para rivalizar com a Marvel

    11/07/2008Marcelo Hessel


    Cansada de levar bucha da Marvel no cinema, a Warner Bros. não vai esperar sair o filme dos Vingadores para acordar para a realidade. A Variety e o Hollywood Reporter, simultaneamente, noticiaram hoje que os presidentes do conglomerado se reuniram com executivos e talentos da DC Comics (que é propriedade do grupo Warner) para traçar um plano de ataque.

    Jeff Robinov, presidente do Warner Bros. Pictures Group, e Kevin McCormick, presidente da divisão de cinema, já estão há algumas semanas se reunindo com as cabeças da editora - incluindo quadrinistas como Jim Lee - para definir quais heróis ganharão longas-metragens, e como ganharão.

    Por enquanto, apenas um comunicado oficial: "Não vamos dar detalhes das reuniões, mas estamos constantemente procurando meios de explorar melhor os personagens da DC Comics no cinema".

    Esse "constantemente" é questionável. Roteiros dos filmes de Liga da Justiça, Mulher-Maravilha, Flash e Lanterna Verde foram submetidos ao estúdio, mas colocados em segundo plano na agenda geral. Tirando Batman e Superman (e agora Watchmen, que é uma exceção), os heróis da DC têm mais espaço na TV ou em desenhos direto para DVD do que no cinema.

    É a primeira vez, portanto, que a WB não só prioriza essas adaptações como também organiza um painel maior para aproveitar os heróis da DC no cinema. Anúncios pontuais ainda devem, porém, levar algumas semanas para sair.
    Big One2008-07-20 15:04:54
  13. Like
    Rei do cuco got a reaction from Theppreence in Quem Você Acha que Pode Igualar a TDK?   
    Pessoal , para evitar os off-topics em tópicos de filmes e franquias já estabelecidos sobre HQ's específicas e tendo em vista o quão complexo e polêmico é o andamento das adaptações de quadrinhos da Warner , muito mais fundamentada em boatos do que fatos propriamente ditos , crio aqui este ambiente com a finalidade de discutirmos os bastidores , os aspectos técnicos e tudo o que envolve a encarnação de uma HQ em carne e osso , desde a escolha e os padrões estabelecidos à pré-produção . Quando determinado longa for , de fato , confirmado , aí sim , poderemos descartá-lo deste tópico para discutí-lo naquele que leva o seu nome , mantendo esta sala unicamente com o intuito de debater as confabulações , boataria e negociações acerca dos hipotéticos e futuros filmes da DC . Resumindo : Gostaria do envolvimento de , quanto mais gente melhor , pois meu desejo é ver a ótica de cada membro sobre cada um desses longas (como fariam , que tema abordariam , escalação de elenco , direção , roteiro , enfim , o que quiserem falar sobre) e , principalmente , sua opnião quanto à enquete acima e um comentário a respeito . Explicando melhor : Qual das possíveis adaptações acima , vc acha que pode explodir e romper limites como "TDK" fez no cinema ? Qual deles vc acha que tem maior potencial para isso ? Pergunto , pois , todo mundo há de convir que nem todo herói tem condições de render o que Batman rende nas telas . Como só é possível incluir 12 nomes na enquete , escolhi alguns já comentados e misturei com outros que nunca foram citados até o momento para compor um debate bem eclético .

     
        Minha real motivação por trás deste tópico se formou quando li , especificamente , dois trechos de textos da revista SET sobre TDK que , em minha opnião , sintetizam o sentimento por trás de todas as críticas feitas a respeito da nova aventura do Homem-Morcego . São eles :
     
     
         Esqueça tudo o que você entende pelo termo "filme de heróis" . Batman-O Cavaleiro das Trevas inaugura uma nova era no gênero , ironicamente matando esse mesmo conceito de gênero . O longa de Christopher Nolan tem mascarados , vilões insanos , diversão de sobra e ação de tirar o fôlego . Mas não é um filme de heróis . O Cavaleiro das Trevas seria um filme sobre vilões , sobre o mal , sobre essa linha fina que separa o paladino do pecador . Troque as máscaras por , digamos , capuzes e chapéus e talvez estivéssemos diante de um thriller policial setentista coma crueza pesada de Sérpico e a psicologia de Taxi Driver ; os dois somados à técnica brilhante de Fogo Contra Fogo e aos culhões de Seven . Não é o tipo de longa que você esperaria associado a uma produção assim ? Problema seu . O nível do jogo agora é outro e todos os outros precisarão correr atrás , seja com garras mutantes , seja com um símbolo de "S" no peito .
       
     
         Filmes de super-heróis são como um beco sem saída . A bagagem por trás de cada um dos protagonistas uniformizados é tão grande que há pouco espaço para liberdade criativa . Some isso à obrigação de gerar um lucro que ultrapasse os 200 milhões de dólares , agradar aos fãs que passam horas e horas na internet discutindo um fiapo errado do cabelo do herói e manter aquele público que vai para o cinema como um programa ocasional , seja com a família seja com a namorada . Ainda existem os bonequinhos e produtos de marketing e a aprovação da editora que detém os direitos dos personagens . Alguns longas conseguem chegar ao final do beco com tranquilidade , jogando com as peças do tabuleiro de forma divertida (Homem de Ferro) ou emocional (Homem-Aranha) . Batman-O Cavaleiro das Trevas não toma conhecimento do final do beco . A sequência da reinvenção do Homem-Morcego em Batman Begins explode qualquer barreira imposta pelo gênero no qual casualmente foi gerado para elevar de vez o nível das adaptações de gibis no cinema .
     
            E , para inaugurar , este artigo que , creio , todos aqui já tenham lido :
    Warner e DC se reúnem para definir o futuro dos seus filmes de super-heróis

    Idéia é privilegiar adaptações e traçar um painel maior, para rivalizar com a Marvel

    11/07/2008Marcelo Hessel


    Cansada de levar bucha da Marvel no cinema, a Warner Bros. não vai esperar sair o filme dos Vingadores para acordar para a realidade. A Variety e o Hollywood Reporter, simultaneamente, noticiaram hoje que os presidentes do conglomerado se reuniram com executivos e talentos da DC Comics (que é propriedade do grupo Warner) para traçar um plano de ataque.

    Jeff Robinov, presidente do Warner Bros. Pictures Group, e Kevin McCormick, presidente da divisão de cinema, já estão há algumas semanas se reunindo com as cabeças da editora - incluindo quadrinistas como Jim Lee - para definir quais heróis ganharão longas-metragens, e como ganharão.

    Por enquanto, apenas um comunicado oficial: "Não vamos dar detalhes das reuniões, mas estamos constantemente procurando meios de explorar melhor os personagens da DC Comics no cinema".

    Esse "constantemente" é questionável. Roteiros dos filmes de Liga da Justiça, Mulher-Maravilha, Flash e Lanterna Verde foram submetidos ao estúdio, mas colocados em segundo plano na agenda geral. Tirando Batman e Superman (e agora Watchmen, que é uma exceção), os heróis da DC têm mais espaço na TV ou em desenhos direto para DVD do que no cinema.

    É a primeira vez, portanto, que a WB não só prioriza essas adaptações como também organiza um painel maior para aproveitar os heróis da DC no cinema. Anúncios pontuais ainda devem, porém, levar algumas semanas para sair.
    Big One2008-07-20 15:04:54
  14. Like
    Rei do cuco got a reaction from primo in Batman V Superman: Dawn of Justice   
    Deixando bem claro que, quando falo sobre uma possível volta do Batman de Nolan, não estou me referindo ao Batman do Nolan com o Nolan. Eu apenas acho que tem de ser o Batman daquele universo. Por outro lado, também não quero detalhes e flashbacks. Mantendo o mesmo visual(o uniforme, o equipamento, a voz gutural, etc...), os caras não precisarão de nada além de jogar o herói na trama e ir direto ao ponto. Sem história, explicação ou mesmo referência alguma. 
     
       De fato, o 007 funcionou, porém é importante salientar que se trata de uma franquia que, até "Cassino Royale", era munida de histórias fechadas, sem qualquer ligação entre os filmes.
     
       Com 2 personagens tão populares quanto esses, certamente os fãs de um deles desejam vê-lo como protagonista, e não coadjuvante. Pelo menos, entendo que esse seja o filme de Superman e Batman que sempre vem à mente do público. Duvido que alguém, ao imaginar um filme com ambos, tenha visualizado um como protagonista e o outro como sidekick. Ninguém projeta um crossover entre Homem Aranha e Wolverine se não for tendo em mente um filme protagonizado pelos dois, e não apenas por um.   
  15. Like
    Rei do cuco reacted to Rei do cuco in Liga da Justiça Sombria   
    Guillermo del Toro desmente 'Os Vingadores' sobrenatural
     
    05.11.2012
    Renato Marafon
    Vários rumores falsos foram espalhados na internet esta semana, afirmando que o diretor Guillermo del Toro (Gigantes do Pacífico) iria comandar a adaptação de 'Heaven Sent', sobre personagens místicos da DC Comics.
    Hoje, o diretor desmentiu os boatos, e revelou que nunca conversou com a Warner Bros. sobre tal projeto.
    "É mentira. Não estou envolvido com o filme, mas eu adoraria fazê-lo", afirmou.
    O tal 'Heaven Sent' marcaria a reunião de vários heróis sobrenaturais dos quadrinhos, no estilo 'Os Vingadores'. Entre os personagens, foram citados Constantine, Monstro do Pântano, Desafiador, Espectro, Zatanna, Zatara, Vingador Fantasma, Sargon e Etrigan, o Demônio.
    'Gigantes do Pacífico' tem estreia prevista para 12 de julho de 2013.
×
×
  • Create New...