UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena

Ordibbarpkava

Members
  • Content count

    0
  • Joined

  • Last visited


Reputation Activity

  1. Like
    Ordibbarpkava reacted to Angelo Voorhees in Cartola FC   
    E aí, vamos agitar o cartolinha esse ano?


     
    A liga já temos, quem quiser participar pede inscrição que o fapreve aceita:
     
    http://cartolafc.globo.com/cartola/liga/detalhesLiga.ssp?leagueId=185599
  2. Like
    Ordibbarpkava reacted to rubysun in Tim Burton   
  3. Like
    Ordibbarpkava reacted to Jailcante in Godzilla vs King Kong (22/03/2020)   
    KING KONG VS. GODZILLA TERÁ NOVO FILME!
    Legendary leva Skull Island para a Warner e prepara novo universo de monstros gigantes
    10/09/2015 - 20:48 - MARCELO HESSEL    
    De acordo com o Deadline, a produção de Kong: Skull Island, novo filme sobre a origem de King Kong, está deixando a Universal e migrando para a Warner Bros. - onde deve fazer parte de um universo de monstros gigantes que juntará Kong e o Godzilla nos cinemas.
     
    A ideia teria partido da Legendary Pictures (que procurou a Universal depois que expirou o acordo que mantinha com a WB até recentemente), que desenvolve um filme provisoriamente intitulado King Kong vs. Godzilla para estrear depois que Skull Island (marcado para 10 de março de 2017) e Godzilla 2 (8 de junho de 2018) chegarem às telas. Com a decisão, a Legendary unifica o universo todo debaixo da Warner (que lançou o Godzilla de Gareth Edwards).
     
    Com isso, as duas criaturas se reencontrariam no cinema pela primeira vez desde 1962, quando saiu o terceiro filme do rei dos monstros da japonesa Toho, King Kong vs Godzilla. Na época, os tamanhos dos monstros foi equiparado, embora originalmente o Godzilla seja bem maior que o gorila gigante.
     
    Tom Hiddleston, Corey Hawkins e Brie Larson serão os protagonistas de Skull Island e Toby Kebbell,Samuel L. Jackson, Tom Wilkinson e John C. Reilly completam o elenco. O longa deveria começar a ser produzido no início de setembro, mas foi adiado para o fim do ano. Derek Connolly, co-roteirista deJurassic World, reescreve o roteiro que já passou por John Gatins (O Vôo, Gigantes de Aço) e Max Borenstein (Godzilla).
     
    O longa mostrará a origem do gorila em seu local de nascimento, a Ilha da Caveira. O trailer exibido na SDCC 2014 revelou o gorila dentro da selva batendo os braços no peito. Jordan Vogt-Roberts (The Kings of Summer) dirige o filme. A trama deve se passar na cidade de Detroit em 1971.
     
    http://omelete.uol.com.br/filmes/noticia/king-kong-vs-godzilla-tera-novo-filme/
  4. Like
    Ordibbarpkava reacted to Cavalca in Qual a Atriz Mais Linda da Atualidade?   
    Versão 2.0, já que o tópico original vai precisar ser fechado.
     
    Postem aqui suas opiniões e, claro, fotos.
     
    E lembrem-se: aqui a masturbação não é mental.
     
    Cavalca2007-08-26 16:36:34
  5. Like
    Ordibbarpkava reacted to Magma Dragoon in Qual o Nome do Filme?   
    Qual filme tinha um bandido que se chamava Muerte?
  6. Like
    Ordibbarpkava reacted to GilsonDee in Fear the Walking Dead (Spin-off de The Walking Dead)   
    Muito bem descrito essa relação com o ato de "matar".
    Só o senhor espãnico que demonstra já ter percebido a gravidade da situação.
    Com frases como: "Ele/Ela é fraco!" ou "Já é tarde demais".
     
    Esta temporada se não me engano só terá 6 episódios. A próxima a mesma quantia que a série originária.
    Com isso o restante dessa temporada deve ser toda se passar na vizinhança.
    Se bem que pensei que eles desenvolveriam mais tempo a relação deles na "barbearia". 
     
    Me incomodou um pouco como dito pelo Angellus, a facilidade com que eles sairam do local e chegaram a caminhonete e foram embora na tranquilidade. Reitero com isso a minha queixa descrita aqui do episódio anterior. Que não precisavam ter parado ali. Se justifica, pois assim criou o elo de dívida entre as famílias explorada nesse episódio pelos patriarcas das famílias.
     
    Enfim, tá bom pra caramba. Quem já conhece o estilo da série em virtude der TWD, parece ter um sentimento duplo em virtude das situações apresentadas, e isso é bom porque te faz imaginar e se você estivesse passando por aquilo? Como seria? 
    Acredito que o fator determinante a essa questão é: Você sabe que mortos vivos existem e estão entre nós?   
     
    Só quero ver o "xerador/injetador" como vai ficar.
  7. Like
    Ordibbarpkava reacted to Big One in Robocop (2013 dir Jose Padilha)   
    Assisti hoje e achei mediano. Gostei de ver ele andando, virando e fazendo sons das engrenagens de um robô. A armadura preta não atrapalhou. Senti falta do tema original, tocou, mas poderia ter tocado mais bem como senti falta de cenas dele combatendo o crime.
     
    O drama familiar é sofrível, atraplha esse lenga, lenga. Nao gostei dele já saber quem era. Prefiriria ele ir descobrindo aos poucos. O Samuca está bem, mas aparece muito, deceriam diminuir um pouco a participação dele.
     
    O final decepciona e a briga dele com o ED está igual ao do Robocop 2.
  8. Like
    Ordibbarpkava reacted to Investigador L in Woody Allen   
    1. Annie Hall - OP
    2. Match Point - 9/10
    3. Desconstruindo Harry - 4,5/5
    4. Hannah e Suas Irmãs - 4,5/5
    5. Bananas - 4/5
     
    Dia 30 tem Manhattan (?) no Telecine e tipo, eu vou ver e tal. Se vou amar e tal, eu não sei, tomara.
     
    Troy Atwood2007-09-24 18:08:48
  9. Like
    Ordibbarpkava reacted to Rob Gordon in Alba,Lopes,Mendes,Hayek- Atrizes Latinas   
    Humm...Michellinha...
     
    Lindo pôster
     
     
     
     
     
  10. Like
    Ordibbarpkava reacted to Dook in James Bond - 007 (A Série de Filmes)   
    Resgatando do limbo...

     
    007 Contra Octopussy (John Glen) - 4/5
     

     
    Depois do mediano filme anterior, Bond e cia. voltam para este que é um dos melhores filmes protagonizados pelo Moore. Trama intrincada, cenas de ação duca e, contrariando o que disse no post sobre o filme anterior, Moore distribuindo socos e pontapés como se garotão fosse (à época ele estava com 56 anos). Parece que Glen finalmente engatou a terceira aqui e carrega em momentos camp bem ao estilo que consagrou Moore como o agente secreto que todo mundo conhece. Palmas também para a ótima trilha sonora, que marcou a volta de John Barry, colocando a série, musicalmente falando, de volta nos eixos. Há um flerte com um tom mais sério que marcou os três últimos filmes do Moore, (abordar uma trama no auge da guerra fria colocando os russos como inimigos letais pela primeira vez), mas aqui diretor e equipe não se deixaram escravizar pelo discurso da "verossimilhança" e, assim, o personagem e o seu universo se desenvolveram aqui com a eficiência de sempre.
  11. Like
    Ordibbarpkava reacted to ltrhpsm in Melhor Filme de Steven Spielberg   
  12. Like
    Ordibbarpkava reacted to bat in Todo Mundo Gostou... Mas Eu Odiei   
    sei lá, eu me apaixonei de cara (sem pegar muitos detalhes de enredo) com o cinema dos Coen, o trabalho de direção, os diálogos, as atuações, as situações, a trilha (ou a falta de) o ritmo absurdamente bem cadenciado, a contundência, a aridez, etc. foi amor a primeira vista, depois revendo peguei cada vez mais detalhes e até piadas, aí fodeu de vez, virou um dos meus 20 ou 30 favoritos ever. não consigo ver um só unico defeito nele, é o filme perfeito.
     
     
     
    bat2009-12-18 18:48:51
  13. Like
    Ordibbarpkava reacted to Questão in Poltergeist, (Terror)   
    Poster
     
     
  14. Like
    Ordibbarpkava reacted to paracelso in Livros Sobre Cinema   
    Sugiro que indiquem livros sobre cinema (não com histórias que foram transformadas em filme, mas sobre a arte do cinema). Dessa forma poderíamos criar uma lista dos melhores livros sobre o tema.
    Valeu.
     
     
  15. Like
    Ordibbarpkava reacted to Thiago Araujo in Guillermo del Toro   
    Atualizando:
     
    1- Labirinto do Fauno
    2- Mutação
    3- Blade II
  16. Like
    Ordibbarpkava reacted to Jailcante in Cenas boas em filmes "ruins"   
    Título auto-explicativo. Muitas vezes no deparamos com algumas boas cenas, mas em filme ruins (esse "ruim", pode ser filme ruim pra você mesmo, ou para um consenso geral que o considere ruim - um filme não bem visto pelo público).
     
    O meu exemplo é esse aqui: Sexta-feira 13 Parte 5 - Um Novo Começo. Gosto da cena de morte da personagem Violet. Ou por causa da música, ou por causa da dança estranha da personagem, ou talvez pela agilidade do assassino que passa desapercebido até a hora do ataque, ou pelo conjunto geral da cena. Enfim.
     


     
     
    Quem tiver mais cenas boas aí perdidas em filme ruins/fracos, podem ir postando ou simplesmente citando tais cenas.    
  17. Like
    Ordibbarpkava reacted to Administrator in Qual o Nome do Filme?   
    mas esse não é tão velho assim... é rounders, eu acho, com o Matt Damon e o Edward Norton...
  18. Like
    Ordibbarpkava reacted to Rayden in James Bond - 007 (A Série de Filmes)   
    Estranhei que esse tópico não tenha sido criado, então aqui está, pra discutir tudo relacionado à esta franquia.
     
    O tópico do novo filme é esse:
     
    James Bond - Quantum of Solace (2008)
     



    James Bond, também conhecido pelo código 007, é um agente secreto britânico fictício, criado pelo escritor inglês Ian Fleming em 1953. Bond trabalha no serviço de espionagem MI-6.

    James Bond foi primeiramente apresentado ao público em livros de bolso na década de 50 e logo tornou-se um sucesso de vendagem entre os britânicos. Em seguida tornou-se uma grande franquia no cinema, com vinte e um filmes desde 1962, sendo que o 22º está planejado para 2008. James Bond também apareceu em quadrinhos, videogames, e se tornou alvo de muitas paródias.
     
     


    O personagem

    Em suas doze aventuras originais completas, entre elas Casino Royale, Dr. No, Goldfinger e Octopussy,
    Bond era descrito como um homem alto, moreno, de olhar penetrante,
    viril, porte atlético e sedutor na casa dos trinta anos, apreciador de vodka-martini (batido, não mexido) exímio atirador com licença 00 para matar (sétimo agente desta categoria especial, daí seu código 007) e perito em artes marciais, que combatia o mal pelo mundo (muitas vezes representado pela URSS naqueles tempos de Guerra Fria), a serviço do governo de Sua Majestade, sempre com charme, elegância e cercado de belas mulheres.




     
    Literatura

    O primeiro livro estrelado por James Bond foi Casino Royale, lançado em 1953. Então, todo ano, Ian Fleming ia para sua casa na Jamaica, chamada GoldenEye, para escrever um novo livro, até sua morte em 1964. Após sua morte, seus herdeiros publicaram duas obras: The Man with the Golden Gun e Octopussy and The Living Daylights (livro de contos). As obras foram publicadas em 1965 e 1966, respectivamente.
     
    Após a morte de Fleming, Kingsley Amis, amigo de Fleming e sob o pseudônimo Robert Markham, escreveu Colonel Sun, em 1968. Em 1973, John Pearson lançou James Bond: The Authorised Biography of 007, uma "autobiografia" do espião.

    Nas décadas de 80 e 90, outro autor, o inglês John Edmund Gardner (1926-2007), escreveu quatorze livros originais, até se aposentar por problemas de saúde.
     
    Raymond Benson seguiu-o com seis livros originais e três histórias curtas. Retirou-se em 2002.
     

    Em 2008, os herdeiros de Ian Fleming autorizaram a publicação de umanova obra de James Bond. Esta foi escrita pelo britânico Sebastian
    Faulks. É ambientada no período da guerra fria e, como sempre, passa por locações diversas. Devil May Care lançou em 28 de maio de 2008, acompanhando o centenário de nascimento de Fleming.

    Além disso, filmes com enredos originais receberam novelizações. The Spy Who Loved Me e Moonraker foram escritos pelo roteirista Christopher Wood. Os "escritores oficiais" assinaram as seguintes obras: John Gardner - Licence to Kill e GoldenEye, e Raymond Benson - Tomorrow Never Dies, The World Is Not Enough e Die Another Day.

    O livro Moscou contra 007 foi publicado pela primeira vez no Brasil em 1965, mas tratava-se de uma segunda edição já que a mesma história fora publicada em 1963 com o título Espionagem. Traduzido do original em inglês por Maria Eugênia de Sousa Pacheco, é no capítulo 28 desse livro que o autor Ian Fleming
    narra a morte de seu mais famoso personagem, fato que nunca aconteceu
    no cinema.
     
    James Bond aparentemente morre no quarto 204 do Ritz Hotel
    em Paris e sua algoz, embora tenha sido capturada por ele próprio, é
    Rosa Klebb, que desfere-lhe um golpe com sua botina armada com uma
    pequena lâmina envenenada na ponta. Aparente, porque o mesmo retorna no
    romance seguinte, Dr. No, já que o livro anterior termina de maneira um tanto dúbia.
     
     


    007 no cinema
    Filmes oficiais

    Os filmes de 007 foram produzidos inicialmente por Harry Saltzman e Albert Broccoli,
    detentores dos direitos cinematográficos de quase toda a obra já
    escrita por Ian Fleming e donos da produtora EON (Everything or
    Nothing). Em 1975, Saltzman abandonou a franquia. Desde 1995, os filmes são produzidos pela filha de Albert, Barbara Broccoli, e seu meio-irmão Michael G. Wilson.

    James Bond já foi interpretado por seis atores:

    Sean Connery (1962–1967;1971;1983 cujo filme não faz parte da saga original) George Lazenby (1969) Roger Moore (1973–1985) Timothy Dalton (1987–1989) Pierce Brosnan (1995–2002) Daniel Craig (2006–presente)
    Válido como curiosidade, James Bond também foi vivido no cinema pelo ator inglês David Niven, na primeira versão cinematográfica de Cassino Royale.
    Todavia, tal filme não pertence à série "oficial". Curioso, também é o
    fato de que o mencionado ator era o favorito de Ian Fleming para
    interpretar o espião, devido às suas características físicas e
    aparência elegante, refinada.

    Em 1962, foi lançado o primeiro filme, Dr. No, com o personagem James Bond interpretado pelo então semi-desconhecido escocês Sean Connery.

    O filme, feito com apenas um milhão de dólares (orçamento irrisório,
    até para a época), estourou nas bilheterias de todo o mundo,
    transformando Connery num ícone dos anos 60, que com a sua espetacular popularidade internacional fez surgir uma nova histeria mundial vinda da terra da beatlemania da época: a bondmania.

    Alguns dos fatores de maior empatia da série com o público, além do
    carisma e do charme de seu personagem principal, têm sido sem dúvida os
    mirabolantes vilões , os gadgets mortais e de alta tecnologia, suas canções-tema e suas maravilhosas bond-girls.
     



    Os vilões

    As mais variadas estrelas do cinema internacional já passaram pela
    pele dos terríveis inimigos de Bond, do pioneiro Dr. No interpretado
    por Joseph Wiseman; passando pelo vilão Goldfinger, interpretado por Gert Fröbe; Ernst Blofeld, o líder da organização criminosa SPECTRE vivido por Donald Pleasance, Telly Savallas e Charles Gray em filmes diferentes; Francisco Scaramanga, vivido por Christopher Lee em The Man with the Golden Gun; o capanga Jaws, interpretado pelo gigante Richard Kiel em The Spy Who Loved Me e Moonraker; até o Khamal Khan de Louis Jourdan em Octopussy, e o Renard de Robert Carlyle, principal vilão de The World Is Not Enough.
     
     

     
    Artefatos tecnológicos

     
     
    Bond também não seria o espião invencível que é se não fossem os
    brinquedos tecnológicos que o acompanham desde o início, e que por
    tantas vezes lhe salvaram a vida, todos produzidos no laboratório de
    pesquisas do MI-6 pelo irascível "Q", o gênio inventor da agência de espionagem, vivido por Desmond Llewelyn.
     
    Falecido num acidente de automóvel no fim de 1999, Lewellyn foi o ator que mais participou dos filmes de James Bond: esteve em todos, à exceção do pioneiro Dr. No e de Live and Let Die.

    Entre esses brinquedinhos tornaram-se famosos a Lotus Esprit, o carro esporte-submarino-lançador-de-misséis de The Spy Who Loved Me; o Aston Martin DB5 com chapa blindada à prova de balas que protegia o vidro traseiro de Goldfinger; Little Nellie, o mini-helicóptero desmontável de You Only Live Twice, e até mesmo um brinquedinho não criado por "Q", mas pela NASA, o jipe lunar usado por Sean Connery em uma de suas fugas no filme Diamonds Are Forever.

    As sempre inovadoras vinhetas de apresentação na abertura dos filmes, criadas pelo artista gráfico Maurice Binder, se tornaram uma atração à parte dentro do próprio filme e revolucionaram o design cinematográfico nos anos 60 e anos 70.




    Canções

    As famosas canções-título também marcaram época, como Goldfinger e Diamonds Are Forever, na voz da cantora britânica Shirley Bassey.

    Nobody Does It Better, tema de The Spy Who Loved Me, cantada por Carly Simon e líder de todas as paradas de FM do fim dos anos 70, ou Goldeneye, com Tina Turner, ajudaram os filmes de Bond a se tornar os mais populares filmes de aventura e espionagem em todo o mundo.

    No filme de 1973, Viva e deixe morrer, Paul McCartney interpreta a canção tema Live and Let Die.

    Até mesmo Madonna teve uma canção na abertura de Die Another Day, e o grupo Garbage também colaborou com uma canção de mesmo nome do filme The World is Not Enough, em 1999.

    O cantor Chris Cornell, ex-integrante das bandas Audioslave, Soundgarden e Temple of the Dog, foi o responsável pela canção-tema You Know My Name, em Casino Royale, de 2006.





     
    Bond girls
    Mas são as famosas bond-girls, as namoradas do agente
    especial, que trouxeram aos filmes de 007 o ar de sofisticação, beleza
    e sensualidade, que são a sua marca registrada.
     
    Entre goles de champagne Bollinger e Dom Pérignon, lençóis de seda inglesa, peles de raposa, tapetes persas, castelos e cenários de sonho em todo o planeta, a série lançou ao mundo as atrizes: Ursula Andress, Daniela Bianchi, Honor Blackman, Claudine Auger, Mie Hama, Diana Rigg, Jill St. John, Jane Seymour, Britt Ekland, Barbara Bach, Lois Chiles, Carole Bouquet, Maud Adams, Kim Basinger, Tanya Roberts, Maryam D'Abo, Carey Lowell, Izabella Scorupco, Michelle Yeoh, Teri Hatcher, Sophie Marceau, Denise Richards, Mary Stavin, Halle Berry, Barbara Carrera e Eva Green
     

    Filmes não-oficiais

    Bond estrelou também três filmes "bastardos": em 1954, uma adaptação para a televisão de Casino Royale teve Barry Nelson no papel do espião; a paródia Casino Royale, de 1967, com David Niven; e Never Say Never Again, de 1983, refilmagem de Thunderball, estrelada por Sean Connery.




    Paródias

    James Bond virou referência no gênero espionagem, com diversas paródias, sendo as mais conhecidas a série Austin Powers, criado pelo canadense Mike Myers e iniciada em 1997, formada por filmes como Austin Powers: International Man of Mystery, Austin Powers: The Spy Who Shagged Me e Austin Powers in Goldmember.
     
    As paródias incluem também seriados de televisão durante a "bondmania", nos anos 60, como Agente 86, Sou Espião (essa paródia inclusive mencionou os filmes de 007 em um de seus episódios), James West, O Agente da U.N.C.L.E., além de diversos filmes, como Flint, Perigo Supremo e Johnny English.
    Rayden2008-08-27 07:55:00
  19. Like
    Ordibbarpkava reacted to skellington in A Visita (The Visit) Dir.: M. Night Shyamalan   
    Sinopse: Um garoto (Ed Oxenbould) e sua irmã (Olivia DeJonge) são mandados pela mãe (Kathryn Hahn) para visitar seus avós que moram em uma remota fazenda. Não demora muito até que os irmãos descubram que os idosos estão envolvidos com coisas profundamente pertubadoras que colocam a vida dos netos em perigo.
     
     
    Não achei tópico...
     
    Mas achei isso interessante: "Admito que estava cética", disse Alexa Hernandez, que viu "A Visita" em julho como participante da Comic-Con International na Califórnia. "Mas foi um dos melhores filmes de terror que já vi. E é engraçado." William Bibbiani, crítico de CraveOnline, escreveu no Twitter: "O melhor filme de Shyamalan em muito, muito, MUITO tempo".
     
    http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2015/08/1674545-apos-tropecos-m-night-shyamalan-acerta-em-a-visita.shtml
  20. Like
    Ordibbarpkava reacted to MacGruber in Guillermo del Toro   
    Fauno pra mim é coisa do outro mundo!! Maquiagem, fotografia, direção de arte, atuações... é tudo genial nesse filme!
  21. Like
    Ordibbarpkava reacted to Dude in Melhores Filmes da Década de 70   
  22. Like
    Ordibbarpkava reacted to sapienza in Legado - Fan filme de star wars   
    Opa pessoal, beleza?
    Eu estou com um projeto de um curta metragem de star wars ( fan filme ).
     
    Acredito que seja do conhecimento de vocês, que não há muitas produções nesse estilo brasileiras (VFX)
    Pois bem, eu conto com a ajuda de um amigo meu que é formado em artes cênicas, e, coordenador de um projeto de teatro em minha cidade. (ele vai atuar)
     
    No geral, tenho a sinopse pronta, e gostaria que avaliassem, obrigado.
     
     
    Título: Legado
    Sinopse: Numa galáxia tão, tão distante, ocorre uma guerra étnica com os humanos e as demais espécies da galáxia, exilando os humanos em um planeta chamado Terra, fazendo com que eles regredissem milhares de anos em tecnologia, e, também esquecer que sequer foram ao espaço algum dia, até os conhecimentos sobre a força.
     
    Uma ordem secreta se escondeu na Terra no período da guerra étnica, preservando os segredos sobre a força por milhares de anos, escolhendo famílias selecionadas aptas a controlar a força ( que possuíssem midi-chlorians ) ao decorrer da história da humanidade, para que um dia, o líder da ordem achasse algum discípulo capaz de tomar seu lugar e fazer tudo voltar a ser como já foi um dia.
  23. Like
    Ordibbarpkava reacted to rubysun in Michael Mann   
    é um diretor foda, mesmo eu tendo visto muito pouco dele. tem um senso estético uno, filma como ninguém. cada tomada aérea dele já vale o preço do ingresso. e quando ele pega a câmera na mão, e acompanha os personagens nas cenas de ação, é um tesão (e até rimou ).

     
    a fotografia e a edição foderosas são um show a parte.
     
    e o melhor: os personagens dele não são umas antas, e as histórias tem o dom (uma pena que isso seja considerado um dom, e não algo banal) essencial de nunca subestimar a inteligência do espectador.
     
    é uma delícia, em todos os sentidos, assistir um filme dele.
    e olha que eu só vi 4.
     
    TOP:

    Heat
    Miami Vice
    Colateral
    Ali
    O Informante é um pecado meu...
    Colateral eu preciso rever. Ali é um pouco irregular mesmo...
     
    alguém conhece a fase dele pré-Heat? dizem que não era muito ele, mas tem o comentado O Último dos Moicanos com o Day-Lewis, e uma adaptação de Dragão Vermelho nos anos 80.
  24. Like
    Ordibbarpkava reacted to Giordanno in Robocop (2013 dir Jose Padilha)   
    Aê!!!! Alex Murphy tem q sofrer mais dessa vez, pra ficar mais puto da vida e trucidar os meliantes!!!!!!!!!!!!!
  25. Like
    Ordibbarpkava reacted to Stiny in Qual a Atriz Mais Linda da Atualidade?   
    Natalie Portman, man!
×