Jump to content
Forum Cinema em Cena

Moonsorrow

Members
  • Content Count

    1008
  • Joined

  • Last visited

About Moonsorrow

  • Rank
    Designer de Cenários

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Sobre o Oscar de efeitos visuais, achei justo. Meu voto teria sido para First Man. A cena do pouso na Lua é incrível e, num ano relativamente fraco, já valeria o prêmio. Também daria para First Man os prêmios de som que, bizarramente, ficaram com Bohemian Rhapsody. Os efeitos visuais de Vingadores são ok, mas não há nada ali que seja realmente inovador; nem mesmo o Thanos. É um trabalho que impressiona pela escala, mas sem trazer nenhuma novidade. Sobre o prêmio principal, eu gostei. O tribunal da internet já decretou que Green Book não é um vencedor digno do prêmio e que daqui 10 anos todos olharemos para trás nos perguntando o que aconteceu no Oscar 2019. De minha parte, gosto muito do filme. É verdade que o sistema de votação da academia privilegia os filmes menos divisivos, mas também é verdade que Green Book não teria ganho o prêmio se não tivesse ficado nas três primeiras posições em um número enorme de cédulas. Esse backlash todo, para mim, só mostra mais uma vez o quanto o gosto da bolha cinematográfica do twitter está afastado do gosto das pessoas comuns que, em sua maioria, gostaram muito do filme e, sobretudo, dos dois protagonistas. Nota positiva aqui também para a premiação de Mahershala Ali de quem sou fã desde The 4400.
  2. Me lembro que alguns anos atrás a Academia entregou os prêmios técnicos nos corredores do teatro para tentar enxugar a cerimônia. No ano seguinte voltaram atrás, felizmente; tremendo desrespeito aos profissionais envolvidos. Acho meio óbvio que os problemas de audiência do Oscar não serão resolvidos com a exclusão de certas categorias da transmissão oficial. A redução de audiência não atinge apenas as premiações mas também os esportes. Várias ligas estão discutindo e testando novos formatos para tornar seus produtos mais atraentes para a nova audiência. A verdade no entanto é que a nova geração, na média, não tem paciência para transmissões esportivas da mesma maneira que não tem paciência para premiações. Incluir os filmes favoritos dessa turma e reduzir o tempo da cerimônia dificilmente terá algum efeito positivo sobre a audiência -- no máximo vai afastar aquele público já fiel que pode se sentir desrespeitado pela descaracterização do evento.
  3. Lista esquisita essa do SAG. Roma e Beale Street ignorados, Bohemian Rhapsody mais forte do se imaginava, The Favourite com três indicações mas fora de ensemble.
  4. Aniquilação é inelegível por algum motivo? É um trabalho mais interessante que a maioria desses aí. Efeitos visuais são um ponto baixo de Pantera Negra. A indicação, ou não, do filme nessa categoria talvez dê uma medida de quão forte ele chega para a premiação.
  5. Sagan foi um divulgador da ciência. O mais provável é que fosse agnóstico, mas ele nunca deixou isso claro em nenhum de seus livros.
  6. Carl Sagan era, antes de tudo, um conciliador. Duvido muito que ele apoiaria o mimimi ateísta da ATEA e dos militantes de Facebook.
  7. Discussão interessante:
  8. Boa jogada. Curioso com a resposta do PT
  9. Que a ação de Spartacus é superior à de Game of Thrones não tenho dúvidas. Quanto ao CG acho que não. Já a canastrice de Spartacus nunca me incomodou. Acho até que combina bem com o clima meio over da série.
  10. É até melhor que o Feliciano tenha candidatura própria. Qualquer seja a chapa de oposição ela estará melhor sem o apoio desse cara.
  11. To the Wonder está com 50% no RT. Uma coisa interessante dos filmes do Malick é que todos desde Cinzas no Paraíso foram indicados ao Oscar de fotografia.
  12. O Chistopher Tolkien já está velhinho e provavelmente nenhum dinheiro do mundo o fará mudar de ideia quanto aos direitos dO Silmarillion. Os seus herdeiros dizem que também não tem interesse vender mas não duvido que isso mude quando o executivo de algum estúdio bater na porta da casa deles com uma mala de dinheiro. O Silmarillion se assemelha a um livro de história. A impressão que eu tive em vários momentos era a de estar lendo uma enciclopédia. A melhor opção acho que seria adaptar os contos separadamente. A história de Túrin por exemplo poderia render um puta filme nas mãos de um cara como o Ang Lee.
  13. Moonsorrow

    Dexter

    Achei melhor até que a finale da quarta temporada. Os roteiristas foram muito corajosos.
  14. Ateísmo é só uma posição a respeito da existência ou não de deuses, não é uma ideologia e nem carrega consigo valores morais. É uma crença minha que o melhor guia moral é a tradição. A religião, em especial o cristianismo, é uma codificação da cultura e tradição ocidentais sendo, portanto, um bom guia moral apesar de não perfeito, óbvio.
×
×
  • Create New...