Jump to content
Forum Cinema em Cena

rubysun

Members
  • Posts

    4445
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Posts posted by rubysun

  1. tá ficando patético isso aqui.

    Sr. Chaveiro, se você ler os posts anteriores você vai ver que todos os seus argumentos foram refutados. Crescimento na base de diminuição salarial? Não haverá mão-de-obra disposta para isso, sem contar que é um artifício que abusaria das condições de vida dos trabalhadores! Você com certeza conhece a China? Um país com mão-de-obra extremamente barata, que você habilmente critica. E, como bem colocou Fulgora, em uma Nação como o Brasil, se abolisse o salário mínimo, viraríamos China! O-ho!

  2. Ok' date=' poderiam reduzir os SALÁRIOS, mas aí o poder aquisito da moeda aumentaria.Se coloque no lugar do dono de uma indústria que fabrica produtos destinados justamente ao povão.A simples diminuíção da carga tributária já ajudaria tanto a abaixar os preços, como também ajudaria o povão a consumir mais, pois ele, assim como a empresa, pagaria menos impostos.Com o fim do salário mínimo, os donos de indústrias acabariam abaixando os preços, para que o povão continue tendo acesso a esses produtos.Daí o poder aquisitivo do real aumentaria, uma vez que com R$1,00, vc compraria mais do que compra com R$1,00 hoje[/quote']

    Mas se os donos das empresas tiverem que baixar os preços para vender para esse povo sub-empregado, como iriam lucrar?

    E qual a vantagem do "poder aquisitivo" da moeda aumentar, se a quantidade de

     

    JavaScript precisa estar ativado em seu navegador para postar mensagem neste fórum! moeda em circulação tenderia a diminuir, se concentrando cada vez mais nas mãos de poucos? Na verdade esse tal aumento de valor só aconteceria por causa da lei da oferta e procura mesmo. Bela porcaria.

    Eu não sou contra a redução de impostos (acho que ninguém é), mas paramos por aí.

     


    Pois mais gente seria empregada...veja bem: acabaria o salário mínimo, certo?Naturalmente, as pessoas passariam a ganhar menos, e os patrões passariam a contratar mais, certo?Mais pessoas = Mais gente trabalhando.Embora ele não fosse ser muito beneficiado no mercado INTERNO, ele poderia ter muitos benefícios no mercado externo.E outra: com o tempo ia ter tanta gente trabalhando, que ia acontecer o contrário do que tem hoje: ao invés de DESEMPREGO, haveria falta de mão-de-obra ociosa, ou seja, passaria a faltar mão-de-obra, e aí os salários começariam a aumentar.

    Seguindo pela sua linha de raciocínio. Extingue-se o salário mínimo. Eu sou um patrão. Eu emprego dois caras pela mixaria de R$400,00. Agora eu emprego quatro caras por R$200,00. Teria que demitir os veteranos, pois eles não aceitarão isso. Estou empregando o dobro de empregados, e minha empresa cresce 50%. Meu lucro, que antes era de 6.000, agora é de 9.000. Só que seguindo pela sua lógica, eu passarei a empregar cada vez mais gente por R$200,00 e o meu lucro vai inflando. Seguindo a sua lógica o desemprego acabaria e você poderia aumentar os salários. Mas eu (como muitos patrões no mundo) acho que o trabalho dos mais empregados não vale mais que R$200,00. E isso está previsto no capitalismo. Seguindo a linha dos pensamentos liberais, a iniciativa privada monta seu negócio, e o dono administra do modo que achar melhor. Você confia que muitos não explorarão? Com isso estaria empregando pessoas com subempregos, salários míseros e péssimas condições. Some-se isso ao fator inflação, o que temos? GREVE!

    E essa é uma situação bonitinha até. Sem o salário mínimo abrirão-se muitos empregos segundo você. Terá que correr para garantir a vaga. Infelizmente, no Brasil, infra-estrutura = -1000. Com isso, continuará uma relação de dependência do empregado quanto ao empregador... pagando uma merreca de menos de 200 reais.

    O crescimento econômico pode causar crescimento social (embora eu ache bem improvável). Mas se formos pensar, sei que são opiniões, mas eu acho extremamente mais relevante o crescimento social, que visa o aumento da qualidade de vida. E o crescimento econômico visa o quê? Dinheiro, dinheiro e mai$ dinheiro. Só que o dinheiro vai para as corporações, e quem garante que ele vai ser distribuído e diminuir o caos social? Eu acho que é melhor que o crescimento social deve ser visado como PRIORIDADE, e não efeito do crescimento econômico. O crescimento social tem um efeito direto bom que é o aumento da qualidade de vida, e o efeito direto do crescimento econômico? Me diga um positivo...

    E só para acrescentar. Eu e vários amigos fizemos discussões e chegamos a um consenso: Stalin não era comunista. Ninguém tão egoísta, violento e abusador do poder seria comunista.

  3. eu tenho medo dessa menina... aquele olhar, aqueles gritos, aqueles gemidos me dão arrepios...

    Vi as indicações. O Vin Diesel merecia indicação por operação babá, vai dizer? E quantas indicações "A Sogra", recebeu?

    Mas vou ficar na torcida pelo Tom Cruise em Guerra dos Mundos, que não tinha como ser pior... E "O Filho do Maskara" é um dos piores filmes já feitos, não sei nem como lembraram dele pra fazer o Framboesa...

  4. eu não entendi o que você quis expressar... mas nós, seres humanos, somos todos iguais. Você chama de coitadinho quem não trabalha pq não quer e põe a culpa nos outros. Mas que linha de raciocínio você não entendeu? Eu critiquei o fato de você ter sido chamada de stalinista, porque o que parecia ser, Stalin (como todas as empresas soviéticas eram estatais, logo ele era um grande patrão, não?), era contra o salário mínimo. E o outro post quis dizer quem são os vagabundos em questão?

  5. e aliás, sr. Keymaker, agora pessoas pró-salário mínimo são stalinistas?

    Sugiro que você pesquise mais sobre Josef Stalin.

    Stalin era totalitário por excelência e cometeu em seus Gulags, crimes semelhantes à trabalho escravo, que não gostam nem um pouco do salário mínimo.

  6. paciência Soto...

    é verdade Ivy... Vagabundo que é vagabundo não procura emprego... A não ser que qualquer pessoa que não trabalhe até fritar os dedos seja vagabundo...

    rubysun38747.7489236111
  7. Vagabundo? Não é teu direito demiti-lo se ele não cumpre suas funções? E existem milhares de candidatos esperando vagas para emprego, não diga que você precisa "daquele empregado vagabundo". Será que o crescimento das corporações é mais importante que o direito de um cidadão a subsistência?

    rubysun38747.7315856482
  8. falou e disse... eu acho um absurdo você ficar questionando isso para "não pagar mais que o necessário aos vagabundos que eu emprego". Você sabe o que é estar na lama? Você sabe o que as pessoas que recebem um salário mínimo passam? Você acha que quatro pessoas (média dos lares brasileiros) conseguem sobreviver com 2 salários mínimos?

    Use o bom senso! Você precisa de alguém pra fazer um trabalho que rende menos que um salário mínimo. Você acha que deveria se receber por hora? eu acho que tem um erro no sistema, pois o salário por hora de trabalho foca-se no lucro, e não na necessidade social de cada cidadão.

    Se sem o salário mínimo crescer a economia, que economia? O capital dentro do país você diz. Mas a concentração de renda seria muito maior, com os empresários cada vez mais ricos com as empresas cheias de empregados trabalhando com dinheiro escasso. O mínimo está se reajustando com as necessidades sociais e a inflação. E se você estiver empregando pessoas que não conseguem comer, o que temos pra vc? GREVE!

    O que é mais importante, crescimento econômico, ou crescimento social?

    Mostre argumentos contra o salário mínimo.

  9. tenho ainda MUITOS filmes na fila...

    se eu for fazer um top50 entrariam muitos mais ou menos (embora a minha modesta opinião considere muitos dos 40-50 aqui apresentados como mais ou menos). Bons mesmo, tenho apenas 35-40. Se a lista estiver ativa até a semana que vem, ou duas, terei uma lista boa...

    Achei estranho Taxi Driver ter tão poucos votos. Pra mim eh forte candidato a top of top. Mas enfim...

     

  10. Mas tem umas q dao mais apelo, nao q eu ache certo, mas contribue para as vendas.

    Otimos exemplos sao The Godfather virar O Poderoso Chefao

    Outro exemplo relevante. Um filme de besteirol precisa atrair fãs de besteirol. Poucos se sentirão atraídos por O Mundo de Wayne, mas se sentirão mais atraídos por Quanto Mais Idiota Melhor.

    Não acho legal, prefiro os títulos traduzidos ao pé da letra. Com as exceções de coisas da linguagem original, como Hocus Pocus virar Abracadabra. Isso é muito presente nos anos 80. Metade dos filmes da sessão da tarde tem no título "Da Pesada" "Do Barulho" "Maneiro" "De verão" "do cão" "pra cachorro" "muito quentes". Mas os subtítulos são horríveis. Vide Forrest Gump - O Contador de Histórias, Pulp Fiction - Tempo de Violência, Quiz Show - Por Trás dos Bastidores.

     

    É um ótimo apelo comercial

×
×
  • Create New...