Jump to content
Forum Cinema em Cena

jonas

Members
  • Posts

    363
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by jonas

  1. clássica hein, ahhaeiuuae e a da minha assinatura tbm
  2. mas não se pode dizer que só porque é diferente de outro que é errado.. só tentei concretizar meu ponto de vista Sim' date=' compreendo, mas não é necessário "concretizar" seu ponto de vista com definições do dicionário se cada autor apresenta uma visão diferente (evidência explícita de que não há um consenso)... basta explicá-lo de forma coerente..repito, pra mim, a existência de várias definições distintas para a mesma palavra em dicionários de autores diferentes é evidência que não existe um conceito bem estabelecido e inquestionável pra ela, o que apóia a hipótese de que a definição é, na verdade, subjetiva. A definição que colocou, portanto, só mostra que outra pessoa concorda com você...[/quote'] Eu acho que definições diferentes, não querem dizer definições subjetivas, seriam subjetivas se elas se contradizessem, mas nao é o caso, o caso é que eles se complementam. Obras-primas sim, são inquestionáveis, e não o que as define. Muitas pessoas ja disseram isso aqui, mas me digam agora, o que torna uma obra-prima inquestionável? Continuo achando que TODO diretor, produtor, etc, tem sua obra-prima, porém nao um existe critério para definí-las, ~portanto penso eu q obras-primas, sim(a palavra em si), são subjetivas, sendo assim, impossivel definir qual obra do autor é uma obra-prima Calma lá..quem te disse que para que as definições sejam subjetivas elas tem que se contradizer????? Não sei qual seu conceito de contradição, mas não creio que seja por aí. Se considera contraditórias as seguintes sentenças: "Todo cachorro é preto" e "Todo cachorro é branco", tudo bem, acredito que tenhamos o mesmo conceito de contradição e isso não tem nada que ver com subjetividade. São duas coisas diferentes e é raro ocorrer com dois autores definindo a mesma palavra, senão ficaríamos totalmente perdidos e o mundo simplesmente não funcionaria. Já pensou que bagunça? Todo cachorro ser preto exclui a hipótese de todo cachorro ser branco...e aí? Quem tá certo? Agora, conceitos complementares seriam o seguinte: "Todo cachorro é branco" e "Todo cachorro é branco com listras verdes". Isso não ocorre nas definições analisadas porque uma não abrange a anterior nem amplia a idéia da outra. Estamos lidando com definições de obra prima que não são complementares e também não acho que sejam contraditórias...são simplesmente diferentes. Isso não impede que, para quem analisa várias definições, após ver várias diferentes atinja a conclusão de que em última instância elas têm caráter subjetivo (eu aceito uma das definições porque eu concordo com ela e não porque ela é a verdadeira ou a melhor). O segundo parágrafo confesso que não consegui entender muito bem porque é muito confuso (principalmente por causa da palavra inquestionável)...Você passou o primeiro parágrafo inteiro falando que não era subjetivo e depois falou que a definição no final das contas é subjetiva? Não entendi. Deixa eu tentar entender então, correct me if I'm Wrong ...você parece acreditar que as definições são subjetivas (concordamos então, pelo que parece), mas para a que adota acredita que as obras primas são definidas por autor (cada um tem a sua) e qual o filme escolhe pra ser a obra prima dele é opinião de quem escolhe, sendo portanto subjetivo também. Justamente por isso acredita que o caráter universal de filmes ditos "obras primas" é errado, porque devem ser analisadas a nível pessoal. Isso dá o caráter inquestionável a que se refere no início do parágrafo. Ok... bom, quis dizer que definições contradizentes são subjetivas ao ponto de tornarem ao menos uma delas sem sentido, o que a torna a outra ao mesmo tempo com sentido e vice-versa, e isso as torna subjetivas. Não concorda que um dicionário dizer "Todo cachorro é preto" e um outro dicionário dizer "Todo cachorro é branco", torna as definições "anuladas" simultanêamente? Definições que perdem o sentido sem sabermos se estão certas ou erradas. Isso é ser subjetivo(No meu ponto de vista é claro ). No segundo parágrafo, quis dizer que as definições da palavra obra-prima, independentemente de serem subjetivas, não tem relação com a palavra em si, pois a palavra obra-prima É de fato uma palavra subjetiva, um substantivo simples abstrato, e as diferentes definições de dicionarios diferentes, auto-explicam isso, é o mesmo que tentar explicar o que é o amor, ou o ódio. Isso que torna a palavra obra-prima inquestionável, por que nao se questiona o amor ou o ódio de uma pessoa, esse tipo de substantivo abstrato tem o mesmo valor subjetivo. Quanto a sua colocação final, só esclarecendo, exatamente o que você imaginou. Portanto creio que você entendeu o que eu quis dizer sim.
  3. mas não se pode dizer que só porque é diferente de outro que é errado.. só tentei concretizar meu ponto de vista Sim' date=' compreendo, mas não é necessário "concretizar" seu ponto de vista com definições do dicionário se cada autor apresenta uma visão diferente (evidência explícita de que não há um consenso)... basta explicá-lo de forma coerente..repito, pra mim, a existência de várias definições distintas para a mesma palavra em dicionários de autores diferentes é evidência que não existe um conceito bem estabelecido e inquestionável pra ela, o que apóia a hipótese de que a definição é, na verdade, subjetiva. A definição que colocou, portanto, só mostra que outra pessoa concorda com você...[/quote'] Eu acho que definições diferentes, não querem dizer definições subjetivas, seriam subjetivas se elas se contradizessem, mas nao é o caso, o caso é que eles se complementam. Obras-primas sim, são inquestionáveis, e não o que as define. Muitas pessoas ja disseram isso aqui, mas me digam agora, o que torna uma obra-prima inquestionável? Continuo achando que TODO diretor, produtor, etc, tem sua obra-prima, porém nao um existe critério para definí-las, ~portanto penso eu q obras-primas, sim(a palavra em si), são subjetivas, sendo assim, impossivel definir qual obra do autor é uma obra-prima jonas2006-7-16 1:53:12
  4. Dicionário é que nem cú' date=' cada um tem o seu, e cada um gosta de um mas não se pode dizer que só porque é diferente de outro que é errado.. só tentei concretizar meu ponto de vista
  5. definição do dicionário -> "obra-prima: Obra perfeita, a melhor obra de um autor." Na minha opinião nao se compara obras-primas, não existe uma obra-prima entre todas as obras-primas, simplismente se é ou não uma obra prima, aí vai da capacidade de interpretação de cada um..
  6. nao vi The Godfather part III O.O
  7. concordo, com a das caras chatinhas, mas tanto faz, ela é bem coadjuvante nesse filme ^^, nao me irritei com ela falando merda pro Xavier toda hora ¬¬ jonas2006-7-10 21:53:14
  8. amo suspense, acho o melhor jeito de se prender a um filme até o final sem assistir forçado pq ja alugou
  9. Josie e as gatinhas, adoro o jeito que é trabalhado a idéia de mensagem subliminar no filme, eu acho genial aliás xD
  10. Gostei muito desse filme, ironiza bem as confusões do cara e da galera que mora com ele, temuma filmagem legal e uma direção boa =D eu dou 4/5 Assitam, eu recomendo xD abraços
  11. bom eu quero muito saber o nome de um filme que é o seguinte: Um carinha no governo americano, começa a fazer a cabeça do presidente dizendo que no canadá é tudo perfeito, pq todos estavam começando achar o canadá melhor q os eua ai o carinha fez que fez a cabeça do presidente, e o carinha bolou um plano para começar a fuder com o canadá e para entrarem em guerra com eles, a midia começou a manipular as pessoas dizendo q o canadá tinha armas de destruição em massa etc, ai o governo americano fez um ataque na usina hidrelétrica de detroid divisa com o canadá , com um esquadrão disfarçado de soldados canadenses. E antes disso várias pessoas ja estavam se armando para se preparar contra o canadá... então o plano da destruição da hidrelétrica falhou, pq o delegado da cidade prendeu o esquadrão. Esse mesmo delegado resolveu atravessar o rio para ir ao canadá zuar o país, ai a policia pegou a mulher que estava com eles... ai a mulher é super bem tratada no canadá, ai o delegado vai resgatar a mulher, ai o estados unidos ativa uma arma la pra destroir o canadá, que o próprio estados unidos tinha vendido a arma nuclear, mas a arma estava mirada para os eua, ai soh um cara sabia a senha e ele é morto no final,,, Meio complicado de intender neh hahahaeiu é um filme ironico, que ironiza os métodos norte americanos, e critíca os meios ridículos que são iniciadas as guerras. se alguém conseguir entender e lembrar o nome eu agradeço =D
  12. cidade de deus pra mim... fume um baseado, assista cidade de deus e chore muito!
×
×
  • Create New...