Jump to content
Forum Cinema em Cena

Mozts

Members
  • Content Count

    4514
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Everything posted by Mozts

  1. Mozts

    The Witcher (Netflix)

    Lauren Schmidt Hissrich, escritora de The Defenders e Daredevil, está adaptará os livros à TV. http://variety.com/2017/tv/news/netflix-witcher-lauren-schmidt-hissrich-1202630021/
  2. The Beguiled perdeu o impulso pelo visto, né?
  3. Pra Circe eu voto na Rebecca Ferguson:
  4. Joss Whedon e Ron Howard indisponíveis?
  5. Jovem Jon McClane, Bruce Willis e Len Wiseman... Credo, tem com piorar?
  6. A empresa produtora dele, que funcionava no parque da FOX, está sendo esvaziada. https://www.hollywoodreporter.com/heat-vision/bryan-singers-fox-offices-shutting-down-1064305?utm_source=twitter Tem caroço nesse angu.
  7. Que ódio esses trailer para trailer.
  8. A impressão que eu tive foi que Clark Kent = Reshoot, Superman = original. Salvo é claro, pela abertura.
  9. A impressão que eu tive foi que Clark Kent = Reshoot, Superman = original. Salvo é claro, pela abertura.
  10. Mas tem cenas lá que não são reshoots, nesse caso teriam que refilmar tudo usando a barba...
  11. Incerto até onde eu entendo. O projeto nunca saiu de rascunhos. O nome seria "Son of Strangelove" e se passaria num bunker.
  12. Meio fora de tópico, mas aí vai. Estava lendo um pouco sobre Dr. Strangelove... O próprio Kubrick estava interessado em uma sequencia nas mãos do Terry Gilliam. Não me oporia a esse filme ser feito hoje. Talvez o próprio Gilliam não esteja mais no melhor momento pro filme, mas posso imaginar outros diretores fazendo um bom trabalho. O tema principal do filme não é mais tão relevante, contudo não há falta de políticas para ser alfinetadas. O que vocês acham? Heresia?
  13. O que torna a morte dele muito melhor Ele e Thor vão tentar fazer "get help" no Thanos.
  14. Estou indo cronologicamente na filmografia de Kubrick. O avanço dele como diretor é claro até 2001 A Space Odyssey. Impressionante também como é variado. Ele vai de Paths of Glory para Spartacus para Lolita para Dr. Strangelove para 2001. Parece que ele nunca parou de se desafiar com temas e tons diferentes.
  15. Dr. Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb Profundamente satírico, engraçado e inteligente. É impressionante o avanço do diretor até aqui. O elenco deve ser um dos melhores conjuntos da história. "Gentleman, you can't fight in here, this is the war room" Hilário. 2001 - A Space Opera Talvez o filme mais icônico de Kubrick e com razão. É loucura como fizeram esse filme antes mesmo do homem ir a lua. Deve ser uma experiencia e tanto no cinema. O conjunto audio-visual poem no chinelo maioria dos sci-fi. A influência do filme é abundante e inegável. É impressionante como um filme tão enigmático pode dizer tanto.
  16. The Post não qualificou pro Satellite Awards ou simplesmente não gostaram?
  17. Será que o Roger Deakins vai ser cinematografo?
  18. Suponho que seja parte da razão, certamente. São duas coisas na verdade, a iluminação e a correção de cor, mas parece que ambas estão sendo usadas sem intenção, como comodidade, não como ferramente de cinema. Nem de longe isso é problema só do MCU. O remake do Ghostbuster ou Ghost in The Shell... Coisa de pesadelos. A correção de cor até entendo, não concordo, mas entendo. Produzindo vários filmes ao mesmo tempo, querem manter certa consistência do universo, então faz sentido manter o visual menos alterado. Mas iluminação, não vejo desculpa. Estão iluminando feito sitcom, todas cenas com mesmo jeito, independente de sentimento. Recomendaria uma regulagem na TV
  19. Foi pra lista. Diz aí Soto, você sempre comenta aqui uns filmes bons que não ouvi falar. Você vai pegando aleatoriamente ou tem algum veículo que você segue para descobrir esses filmes? Alguma revista, site...?
  20. Estou me educando em Kubrick. Paths of Glory O primeiro grande filme de Stanley Kubrick. A produção aproveita muito bem as limitações técnicas e financeiras, a direção é firme e cheio de painéis bem compostos e complexos. O roteiro não deixa de alfinetar a realidade e continua relevante. Spartacus Ao procurar "épico" no dicionário, deveríamos encontrar "Spartacus" na definição. Algumas das pinturas são um pouco notáveis, mas lindas dentro do contexto. Os sets e figurinos são demais e invejáveis por muitas produções de hoje. Apesar de sua enorme escala épica, é um filme bem pessoal. Dos filmes do Kubrick até aqui (estou vendo em ordem cronológica), é de longe o melhor. Lolita Depois de um épico, Kubrick se aventura entre as quatro paredes. Confesso que aos olhos modernos o filme me deixou um tanto desconfortável. E talvez não dá maneira pretendida... Tem belas composições e a atuação da menina, Sue Lyon, é muito boa. Kubrick não perde oportunidade em sensualiza-la - de forma que hoje pode não parecer muita coisa - mas certamente inapropriado. Por sorte, o filme deixa os personagens guiarem a história e o julgamento moral totalmente para nós. Achei um tanto monótono ali no meio e que usaram a narração como muleta, mas no geral gostei.
  21. E cinematografia, como o universo se sai? Não se limita ao universo Marvel, vários filmes hoje tem iluminação muito ruim. The Mummy vem em mente. No trailer de Infinity War já achei que beneficiaria de uma iluminação mais direcionada, umas sombras e tal, "hard lightning" acredito ser o termo técnico. É só um photoshop porco mas serve de exemplo: Ou uma comparação com outros blockbuster: Em Force Awakens, tem um enorme sombra de um lado do rosto e uma luz mais forte do outro lado. Entendo que nem toda cena pede um contraste como esse, mas MCU é assim na maioria das cenas, até uma cena que tematicamente poderiam usar umas sombras: Os avengers derrotados: Bruce Banner, aterrorizado por sí mesmo. Os irmãos, sucumbem ao "dark side" Todas iluminadas com clareza, sem indicação do tom da cena. Em comparação, Logan quebra o coração da menina, sombra quebra metade do seu rosto. César confronta seus impulsos sombrios: Enquanto Stark faz algo semelhante: Relacionado, um video:
×
×
  • Create New...