Jump to content
Forum Cinema em Cena

Thiago Lucio

Members
  • Content Count

    6374
  • Joined

  • Last visited


Reputation Activity

  1. Like
    Thiago Lucio got a reaction from KarenENZYPE in Martin Scorsese   
    Gosto de "A Última Tentação de Cristo", "Cassino", "Cabo do Medo" e "Os Infiltrados", mas meu voto fica para "Touro Indomável" !!!!!!!!
     
     
     
    Não sou muito fã de "Os Bons Companheiros", "Gangues de Nova Iorque" e "O Aviador" ... os demais não assisti.
  2. Like
    Thiago Lucio got a reaction from KarenENZYPE in Michael Mann   
    Dos filmes dele não gostei muito de "Ali". Preciso rever e tal, mas não está dentre as minhas prioridades ...

     
    Faz muito tempo que vi "O Último dos Moicanos" e achei bem mediano ... e tb "Fogo Contra Fogo" que achei um bom thriller, mas nada muito além disso ... logo, tb preciso revê-los ...
     
    Dos que estão mais "vivos" na minha memória, colocaria nessa ordem:
     
    1) O INFORMANTE - 9/10
    2) COLATERAL - 8/10
    3) MIAMI VICE - 8/10
     
    Particularmente gosto da técnica que Mann imprime em seus filmes, além de ser um bom contador de história por conseguir manter o ritmo e tal ...
  3. Like
    Thiago Lucio got a reaction from TerenceFob in True Blood   
    E convenhamos que isso acaba sendo um tanto quanto irrelevante. Mas não querendo me contradizer, mas já me contradizendo, os vampiros são muito mais liberais com relação a este tipo de assunto, logo é natural que sejam vistos como criaturas bissexuais. O que interessa ao vampiro é a sedução, o domínio, o poder sobre o outro, independente do sexo. Ainda assim tenho que concordar que Eric somente manifestou um sentimento genuíno a alguém justamente com Godrick, logo... mas enfim, esperava um pouco mais do Eric na 3ª temporada, esperando que o triângulo amoroso entre ele, o Bill e a Sookie ficasse mais forte, mas não foi o que aconteceu.Thiago Lucio2010-11-29 04:16:20
  4. Like
    Thiago Lucio got a reaction from WilliamBaB in True Blood   
    E convenhamos que isso acaba sendo um tanto quanto irrelevante. Mas não querendo me contradizer, mas já me contradizendo, os vampiros são muito mais liberais com relação a este tipo de assunto, logo é natural que sejam vistos como criaturas bissexuais. O que interessa ao vampiro é a sedução, o domínio, o poder sobre o outro, independente do sexo. Ainda assim tenho que concordar que Eric somente manifestou um sentimento genuíno a alguém justamente com Godrick, logo... mas enfim, esperava um pouco mais do Eric na 3ª temporada, esperando que o triângulo amoroso entre ele, o Bill e a Sookie ficasse mais forte, mas não foi o que aconteceu.Thiago Lucio2010-11-29 04:16:20
  5. Like
    Thiago Lucio got a reaction from KarenENZYPE in Motoqueiro Fantasma   
    Esse sim, Dook, é candidato ao pior filme do ano ...
  6. Like
    Thiago Lucio got a reaction from harrylg69 in Michael Mann   
    Dos filmes dele não gostei muito de "Ali". Preciso rever e tal, mas não está dentre as minhas prioridades ...

     
    Faz muito tempo que vi "O Último dos Moicanos" e achei bem mediano ... e tb "Fogo Contra Fogo" que achei um bom thriller, mas nada muito além disso ... logo, tb preciso revê-los ...
     
    Dos que estão mais "vivos" na minha memória, colocaria nessa ordem:
     
    1) O INFORMANTE - 9/10
    2) COLATERAL - 8/10
    3) MIAMI VICE - 8/10
     
    Particularmente gosto da técnica que Mann imprime em seus filmes, além de ser um bom contador de história por conseguir manter o ritmo e tal ...
  7. Like
    Thiago Lucio got a reaction from SamuelKen in Michael Mann   
    Dos filmes dele não gostei muito de "Ali". Preciso rever e tal, mas não está dentre as minhas prioridades ...

     
    Faz muito tempo que vi "O Último dos Moicanos" e achei bem mediano ... e tb "Fogo Contra Fogo" que achei um bom thriller, mas nada muito além disso ... logo, tb preciso revê-los ...
     
    Dos que estão mais "vivos" na minha memória, colocaria nessa ordem:
     
    1) O INFORMANTE - 9/10
    2) COLATERAL - 8/10
    3) MIAMI VICE - 8/10
     
    Particularmente gosto da técnica que Mann imprime em seus filmes, além de ser um bom contador de história por conseguir manter o ritmo e tal ...
  8. Like
    Thiago Lucio got a reaction from lari__ in Breaking Bad   
    TOP BREAKING BAD
     
     
     
    4ª TEMPORADA - 9/10
     
     
     
    1ª TEMPORADA - 8/10
     
     
     
    2ª TEMPORADA - 7.5/10
     
     
     
    3ª TEMPORADA - 7/10Thiago Lucio2012-04-15 11:03:17
  9. Like
    Thiago Lucio got a reaction from lari__ in Breaking Bad   
    A 4ª temporada de "Breaking Bad" foi de altíssimo nível e o que mais impressiona é a capacidade que os realizadores tiveram de trabalhar com situações-limites ao longo de toda a temporada de maneira criativa e marcante. "Alguém desta família precisa proteger a família do homem que protege esta família". Sensacional !!!! A temporada inicia-se lá em cima justamente por se encarregar de encerrar o arco dramático da temporada anterior deixando White cada vez mais enroscado com seus chefes e sua esposa enquanto que Jesse parece estabelece uma relação de pai e filho, aprendiz e tutor com o capanga de aluguel do Big Boss. Os pontos altos da temporada ficam a cargo do trio Jesse-Gus-Mike, mas ainda assim a dinâmica entre Jesse e Walter tornou-se ainda mais complexa mesmo sugerindo que estavam seguindo rumos diferentes ou até mesmo sendo colocados um contra o outro, o que não chega a ser uma novidade, mas que aqui assume contornos mais drásticos. Existem algumas passagens antológicas, como ao mostrar a morte do parceiro de Gus ou até mesmo a sua vingança. A temporada não oscilou tanto como nas 2 temporadas anteriores, mas fica evidente que os 2 últimos episódios, ironicamente, foram os mais fracos da temporada se comparados com toda a construção realizada nos episódios anteriores, valendo-se apenas pela morte de um personagem importante e o twist final. O "calcanhar de Aquiles" da temporada foram as investigações de Hank sustentadas por uma sucessão de deduções pedestres que ganhavam destaque sem que ao menos tivesse um mínimo de coerência ou lógica, valendo-se por mero achismo mesmo. Ainda assim trata-se de uma série espetacular com um elenco maravilhoso. Que dupla Walter-Jesse (Bryan-Aaron) !!!! Belíssima série !!! 9/10
  10. Like
    Thiago Lucio got a reaction from Cliftonsr in True Blood   
    E convenhamos que isso acaba sendo um tanto quanto irrelevante. Mas não querendo me contradizer, mas já me contradizendo, os vampiros são muito mais liberais com relação a este tipo de assunto, logo é natural que sejam vistos como criaturas bissexuais. O que interessa ao vampiro é a sedução, o domínio, o poder sobre o outro, independente do sexo. Ainda assim tenho que concordar que Eric somente manifestou um sentimento genuíno a alguém justamente com Godrick, logo... mas enfim, esperava um pouco mais do Eric na 3ª temporada, esperando que o triângulo amoroso entre ele, o Bill e a Sookie ficasse mais forte, mas não foi o que aconteceu.Thiago Lucio2010-11-29 04:16:20
  11. Like
    Thiago Lucio got a reaction from Mr. Scofield in O Que Você Anda Vendo e Comentando?   
    RUBY SPARKS - A NAMORADA PERFEITA - 9/10 - É uma estranha, bizarra e deliciosa comédia com toques dramáticos que aposta em uma boa dose de humor negro e narrativa surreal para ilustrar o romance de um escritor (Paul Dano) com a personagem principal do seu próximo romance, a apaixonante Ruby (Zoe Kazan). Os diretores Jonathan Dayton e Valerie Faris, os mesmos responsáveis pelo encantador e igualmente bizarro "Pequena Miss Sunshine", exploram com sutileza a psicodelia temática do ótimo roteiro feito pela própria Zoe Kazan que de uma maneira bastante inusitada explora alguns dos dilemas do escritor e sua crise de inspiração assim como dos relacionamentos amorosos, como a idealização da mulher perfeita, a aceitação dos defeitos, a submissão, a dependência e o desapego. É uma temática que se assemelha com "Mais Estranho Que A Ficção" com a diferença que o escritor é consicente das ações que coloca no papel. O maior dos pecados do filme, talvez, seja a pequena "barriga" imposta pela narrativa para apresentar os pais de Calvin, o escritor, que embora permita duas performances inusitadas de Annette Bening e Antonio Banderas acaba chamando mais atenção pela estranheza, sem oferecer maiores subsídios para o desenvolvimento da narrativa, mas que em seguida retoma seu rumo. Contando com um clímax extremamente melancólico e que beira o doentio, o filme consegue ao longo de sua narrativa um alcance muito maior que a média das produções de gênero justamente por apostar em uma narrativa que mescla inteligência e criativa, fugindo de lugares comuns e apostando na extravagância e na estranheza da proposta. Logo, não deixa de ser uma grata surpresa e uma recompensa mais do que bem-vinda já que o próprio Calvin faz questão de não exigir do espectador que esperemos respostas definitivas e que aceitemos pelo menos a hipótese de que tudo aquilo realmente poderia ter ocorrido. E o final acaba sendo lindo e romântico por permitir que o arco dramático se encerre de uma forma positiva sem soar piegas ou impositivo. Um filme belíssimo pela sua esquisitice e bizarrice!!!!"
  12. Like
    Thiago Lucio got a reaction from jujuba in O Que Você Anda Vendo e Comentando?   
    RUBY SPARKS - A NAMORADA PERFEITA - 9/10 - É uma estranha, bizarra e deliciosa comédia com toques dramáticos que aposta em uma boa dose de humor negro e narrativa surreal para ilustrar o romance de um escritor (Paul Dano) com a personagem principal do seu próximo romance, a apaixonante Ruby (Zoe Kazan). Os diretores Jonathan Dayton e Valerie Faris, os mesmos responsáveis pelo encantador e igualmente bizarro "Pequena Miss Sunshine", exploram com sutileza a psicodelia temática do ótimo roteiro feito pela própria Zoe Kazan que de uma maneira bastante inusitada explora alguns dos dilemas do escritor e sua crise de inspiração assim como dos relacionamentos amorosos, como a idealização da mulher perfeita, a aceitação dos defeitos, a submissão, a dependência e o desapego. É uma temática que se assemelha com "Mais Estranho Que A Ficção" com a diferença que o escritor é consicente das ações que coloca no papel. O maior dos pecados do filme, talvez, seja a pequena "barriga" imposta pela narrativa para apresentar os pais de Calvin, o escritor, que embora permita duas performances inusitadas de Annette Bening e Antonio Banderas acaba chamando mais atenção pela estranheza, sem oferecer maiores subsídios para o desenvolvimento da narrativa, mas que em seguida retoma seu rumo. Contando com um clímax extremamente melancólico e que beira o doentio, o filme consegue ao longo de sua narrativa um alcance muito maior que a média das produções de gênero justamente por apostar em uma narrativa que mescla inteligência e criativa, fugindo de lugares comuns e apostando na extravagância e na estranheza da proposta. Logo, não deixa de ser uma grata surpresa e uma recompensa mais do que bem-vinda já que o próprio Calvin faz questão de não exigir do espectador que esperemos respostas definitivas e que aceitemos pelo menos a hipótese de que tudo aquilo realmente poderia ter ocorrido. E o final acaba sendo lindo e romântico por permitir que o arco dramático se encerre de uma forma positiva sem soar piegas ou impositivo. Um filme belíssimo pela sua esquisitice e bizarrice!!!!"
  13. Like
    Thiago Lucio got a reaction from Big One in The Dark Knight Rises (#2)   
    BATMAN - O CAVALEIRO DAS TREVAS RESSURGE - 8.5/10 - Como o 3º ato de uma trilogia, "Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge" cumpre o seu papel com competência, embora como filme seja um tanto quanto irregular, especialmente em sua 1ª hora. O impecável Christopher Nolan é responsável pelos momentos menos inspirados de toda a trilogia no estabelecimento desta narrativa, uma vez que até a sequência em que a ladra Selina promove o encontro de Batman e Bane, a trama patina seja ao tentar justificar o retorno de Batman às ruas (até então a ameaça de Bane não justificava o fim da sua aposentadoria que se dava por uma forte ideologia), o interesse repentino e abrupto de Bruce Wayne em Miranda Tate (por mais que seja uma personagem feminina bem defendida pela Cotillard), além das intervenções da própria Selina, do comissário Gordon e do policial John Gordan, cada um participando da trama perifericamente, mas sem muitos méritos. É como se as peças do quebra-cabeça de Nolan não tivessem a mesma complexidade e inteligência vistas nos filmes anteriores, especialmente no 2º filme, tornando a evolução dos eventos um pouco arrastada e burocrática e o próprio trabalho na direção, revela uma certa preguiça por parte de Nolan, especialmente na sequência que mostra Batman fugindo de moto dos policiais que o cercam ou quando Bane escapa do cerco policial na frente da Bolsa de Valores. Dois momentos orquestrados e montados de maneira canhestra por Nolan, sem um pingo de ambição ou apelo visual. A partir do confronto entre Bane e Batman, Nolan finalmente mostra o seu verdadeiro propósito para o filme e para a trilogia de uma maneira geral, estabelecendo o caos em Gothan e uma nova perspectiva da jornada de Wayne, criando uma combinação brilhante, poética e filosófica com o 1º filme que eleva este 3º filme a um patamar de altíssimo nível, culminando em um ressurgimento digno, bem orquestrado, épico e de alta qualidade. Toda a construção da revitalização física e mental de Wayne na prisão é maravilhosa, remetendo diretamente ao 1º filme sob uma perspectiva ambiciosa e diferente. Bane pode ser interpretado como um terrorista extremista como tantos outros, mas é uma ameaça física muito bem inserida dentro deste universo justamente por ser aquele que mais promove a destruição física da cidade de Gothan, ou seja, enquanto que no 1º filme, os vilões queriam promover a paranóia nos habitantes e no 2º, o Coringa era a personificação do caos, aqui Bane instaura o caos literalmente com o propósito de levar tudo às ruínas, trata-se da destruição em massa mesmo. A composição física de Tom Hardy é muito eficiente assim como o seu importante trabalho de voz e não há como negar que fisicamente Bane é uma figura imponente e amedrontadora, especialmente pela máscara que altera o som da sua voz (que não deixa de ser um interessante contraponto ao próprio Batman). Anne Hathaway não decepciona e transforma sua personagem em uma figura atraente, mesmo que ela tenha apenas um peso secundário dentro da trama principal. Cristian Bale está mais à vontade do que nunca na pele do Batman, Michael Caine é responsável por segurar muitíssimo bem os momentos de maior carga dramática enquanto que Gary Oldman, Morgan Freeman e Joseph Gordon-Levitt conferem dignidade aos seus personagens. Mesmo não possuindo a mesma complexidade vista no 2º filme e contando com alguns poucos momentos de brilhantismo, a trilogia se encerra de maneira competente, sendo responsável por finalizar o arco dramático do personagem central de maneira autêntica.
×
×
  • Create New...