Jump to content
Forum Cinema em Cena

Nica75

Members
  • Content Count

    657
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Nica75

  1. Nica75

    Envelhecer

    Eu também não vejo envelhecer com maus olhos, não, antes pelo contrário envelhecer é sinónimo que vivemos, e as rugas são a prova que sorrimos, choramos nos emocionamos, as nossas mudanças tanto fisicas como psicologicas são a maior prova que existimos e temos vivências. Eu tenho 33 e me sinto muito bem, não tenho medo de morrer e gosto de envelhecer, estou a adorar a experiencia, mas tal como o autor do post assinalou, só comecei mais a dar por isso aos vinte e tal, até lá tudo era rápido demais. Lembra-me que com 26 anos andava a sofrer de dores nas costas e a minha médica disse-me isso mesmo: até aos 25 é uma coisa, a partir daí é tudo a degenerar e estamos a envelhecer cada dia que passa. Eu pensei, que tolice, se tu soubesses o que eu faço para ter estas dores de costas... Ela me garantiu que ficariam para a vida, o que é certo é que passaram até hoje e, continuo a fazer os mesmos excessos... Gosto de envelhecer, olho para trás e vejo a minha vida e como passou rápido. Vejo o que aprendi, o que ignorei, o que fui feliz, infeliz não posso dizer que fui, mas obviamente tive momentos menos felizes como todos, e se tivesse de morrrer agora, lógico que tinha pena mas ía de consciencia tranquila, porque VIVI! Acima de tudo, o que a vida me tem demonstrado, é para não ter pressa de viver, e não a tenho, que a seu tempo tudo o que mais desejamos e lutamos acaba por se realizar. Penso que o nosso conceito de «velhice» também muda ao longo dos anos, pelo menos para mim mudou, ou seja eu lembro-me da minha avó quando eu era criança, e achava que era velha... Hoje vejo a minha mãe com a idade dela na altura e não a acho velha. Lógicamente que não a acho uma menina, pois é mãe e tem idade para isso, mas a minha avó para mim sempre foi velha, hoje então já avisei que anda a roubar uns aninhos a alguém, pois tem 85, mas garanto que passa bem pelos 70 mas continua velha... Da minha experiencia de envelhecimento, ainda não tenho nenhum cabelo branco, (ás vezes questiono-me qual vai ser a minha reacção quando aparecer) felizmente sou saudável até a data, tenho a mesma genica que tinha aos vinte, contudo sou muito mais reservada. Se há algo que me incomodava, era achar que começaram a surgir alguns sintomas na face, como as primeiras rugas. Contactei um especialista que me chamou louca, disse que eram apenas rugas de expressão tipicas da idade(é verdade eu expresso-me muito facialmente a falar, e falo bastante) mas o que é certo é que anteriormente elas estavam cá mas não as notava tanto. Mas superei, pensei mal de mim se não as chegasse a ter, é sinal que existo e passo pelo processo natural da vida. Se chegar a velha e não tiver autonomia, isso talvez vá mexer mais comigo... Mas tenho planos, vou poupar para se esse dia chegar poder estar onde e como quero sem chatear ninguém, e caso não me dê bem com as limitações entra o plano B. Uma coisa vos garanto, a partir dos meus 65, se estiver bem vou fingir ser senil para fazer o que me der na gana sem ninguém me apoquentar (filhos) e dizer-me que já não tenho idade. Também tenho um plano para isso, para o caso de me quererem internar! Acima de tudo penso que para envelhecer bem é preciso gostar de viver a aperciar tudo o que a vida nos dá, seja ele bom ou menos bom. Ás vezes encaro a vida como um jogo, onde tenho missões e que as tenho de superar para passar ao nivel seguinte. Se não passar de nivel, começo outra vez pois há-de estar salvo em algum lugar, se não estiver salvo... GAME OVER, foi divertido enquanto durou.
  2. Eu quando era miuda, amava demais essas coisas. Aprendi a ler as mãos, Tarot, cartas normais, runas, entre outras coisas e evocava espiritos em aparatosas sessões com amigas em que aconteciam coisas um pouco estranhas. Também usava hipnose. Ou seja, eu era uma grande maluca e apanhei uns belos cagaços quer acreditem ou não, mas a loucura dos 16 anos permitia-mo. Hoje sou bastante céptica, apesar de certas coisas me deixarem de pé atrás, e um pouco receosa. Por exemplo, uma vez fiz uma sessão em "grande" na minha casa, e nos dias seguintes aconteceram algumas coisas estranhas. Sempre me fascinou. E a minha curiosidade era enorme. Uma vez fui a uma mulher que lia pedras, foi a minha unica experiencia, mas olho para trás e tudo o que ela me disse acabou acontecendo. Será que fui eu que fiz força? Muitas coisas já tinha esquecido, e hoje recordo-me das suas palavras apesar de terem passado mais de 10 anos. No entanto quando tenho amigos cá em casa, a meio da noite dizem sempre: vamos fazer qualquer coisa dessas! Acabamos por fazer algumas coisas curiosas. Há uma coisa que volta e meia fazemos, que já conheço desde os meus 15, que se diz que é para ver qual foi a ultima reencarnação, que é ficar com uma luz muito fraquinha (vela) em frente a um espelho, e fixar o nosso olhar nos olhos. Não se pode pestanejar nem engolir em seco. Com calma e concentração, passados uns minutos a nossa cara fica preta depois branca e por fim acaba por surgir outra no espelho. Resulta sempre com pessoas diferentes, e o interessante é que nós assistindo uns dos outros, quando fazemos a descrição da pessoa que vemos coincide sempre. A ilusão optica funciona deste modo? Ou seja todos eem o mesmo? THX excelente explicação!!! Kika e Chica, temem saber o futuro? Ou simplesmente não acreditam?
  3. Crenças e artes adivinhatórias, acreditam? Recorrem? Eu bem lá no fundo, penso que não acredito em nada, mas há sempre uma dúvida que permanece sobretudo quando as coisas batem certo. Não recorro, mas acho piada e no passado tive algumas experiências interessantes. No entanto, gosto de ter essas coisas. Tenho bola de cristal pura, nunca usada, tabuleiro de Ouijá, runas, tarot, etc. Tudo o que tenha a ver com o assunto, quando vejo adquiro, no entanto apenas o Tarot lia para os amigos bastantes vezes, hoje em dia nem tanto. E batia certo, e é isso que me fascinava, apesar de o meu lado mais cientifico lutar com o meu lado espiritual dizendo-lhe que é tudo uma fantochada. E voces, o que pensam?
  4. Essa é violenta Marko! Não conhecia, gostei! Acho que depende muito da relação com o pai e com o património em causa, mas sem dúvida que é uma frase que nos faz ficar a pensar. Somos cada vez mais seres materialistas, e no meu caso só de imaginar a morte de um dos meus pais que amo tanto, sei lá, sofro só de pensar... Mas por outro lado, compreendo o sentido, porque a perda de património é uma coisa que estamos sempre pensando eu pessoalmente "se eu tivesse que recomeçar do zero, erguia os braços e recomeçava", mas aí é que está a questão, sería talvez um recomeçar com revolta e obcessão, e aí entendo que isso nunca mais saisse da cabeça, claro conforme a situação da perda. Morte é algo que apesar de nos fazer sofrer imenso quando nos toca um ente querido, estamos minimamente preparados (ou deveriamos estar) pois é a unica certeza que temos ao nascer, e ao longo da vida vamos vendo acontecer, daí que supostamente deveria ser uma coisa com a qual soubessemos lidar. Eu não sei, infelizmente, por exemplo morreu-me um gato e eu fiquei uma semana de cama, ridiculo mas verdade, tinha-lhe amor, mas já perdi pessoas próximas que lógicamente sofri, mas aceitei, ao fim de alguns dias estava bem, e nunca fui à cama, por isso penso que depende muito da grandeza do amor que sentimos neste caso especifico pelo pai. Se me perguntassem neste momento o que eu preferiria eu daria tudo o que tenho e não tenho para ter o meu pai, mas se perguntassemos por exemplo ao meu pai que não fala com os meus avós há mais de 30 anos, penso que a resposta seria o oposto da minha! Cada caso é um caso, mas faz pensar sem dúvida!
  5. Aqui poderemos apresentar e discutir as nossas frases e citações favoritas, algumas delas lemas de nossa vida e começo pela minha frase favorita de todo o sempre: "Porque estás de braços cruzados, se o maior homem do mundo morreu de braços abertos?"Nica752008-03-09 20:02:45
  6. Nica75

    Carros

    Cá os carros tambem estão carissimos, em comparação com o resto da europa, e tendo em conta que os nossos ordenados são mais baixos que os da UE. Importar um carro fica sempre mais barato, até mandar vir de USA, apesar do imposto de importação ser uma machadada, mas às vezes continua a compensar, há muitos que o fazem. Mas aqui apesar de os carros estarem carissimos, todo o mundo tem carro, 1 ou 2. É lei, "se o vizinho tem eu também tenho de ter". Então, o curioso é que se conta pelos dedos as pessoas que o pagam com dinheiro à vista, a esmagadora maioria atola-se em creditos, e muitas das vezes acaba por ter de devolver os carros. Mas depressa se metem em outra. Isto aqui está a tornar-se um caos na medida que o salario minimo são 426€, e tendo em conta que é o que a maioria da população ganha, sabendo que o aluguer de uma casa ou a mensalidade do emprestimo da compra de casa custa fazendo as contas por baixo 500€, como é que vivem e ainda compram carros? Aqui recorre-se a credito para tudo, e cada vez mais estão as pessoas perdendo casas, carros, e outros bens, porque não conseguem suportar os encargos, mas tem de ser assim, pois o "portugues" tem de ter carro novo cada 4 anos, apesar de não ter dinheiro para o pagar. É deprimente.
  7. Não é filme, mas é uma edição especial de música, especialmente postada para o Moviolavideo The Duke Ellington Centennial Edition - The Complete RCAVictor Recordings (1927-1973) (24 Discs)<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /> Complete discography with 128-page full color book Discs 01-07: The Early Recordings (1927-1934) Discs 08-13: The Early Forties Recordings (1940-1942) Discs 14-16: The Complete Mid-Forties Recordings (1944-1946) Disc 17: The All-Star Sessions and the Seatle Concert (1952) Discs 18-20: The Three Sacred Concerts (1965/1968/1973) Discs 21-24: The Last Recordings (1966-1973)
  8. Nica75

    Carros

    E o Lotus Elise? Alguém gosta? Há umas semanas, cruzei-me com um nas portagens da autoestrada e deu para admirar bem. Eu gostei. Até da cor, era um pouco mais escuro que este, era laranja escuro.
  9. Nica75

    Carros

    AMEI!!!!Gostava de ter um ...
  10. Nica75

    Carros

    Compreendo, sedã cá é sedan, mas nem é um termo muito utilizado. Mas repare, eu jamais compraria um sedã de 5 portas, pois na minha opinião não tem "look" que gosto, como nos carros desportivos. Cá chamamos carro de executivo a grandes máquinas de 5 portas. Por exemplo: Saab 9-3 - Premiado no Concurso Troféu Automóvel 2003 O melhor Executivo O Saab 9-3 Sport Sedan foi eleito o Carro Executivo do ano 2003 Agora em relação ao Mercedes: Sem dúvida que tendo em conta o carro em questão, o desempenho será excelente, sem a minima dúvida, apesar de não ser mesmo o meu estilo pois não gosto de Mercedes, contudo grandes máquinas, não há como negar. Meu pai além de desportivos, gosta desse tipo de carros Sedans, eu não. Gosto mesmo deles pequenos, baixos e... rápidos tambem! O meu marca 260km/h, ainda não conseguidos por mim apesar de já ter andado perto, mas meu pai ja lá tocou Agora claro que conduzir esse Mercedes deve ser um espectaculo, embora para mim não fosse uma opção de compra.
  11. Nica75

    Carros

    Ah então Mrs. Ramius é das minhas!!!!! Não há adrenalina melhor no mundo na minha opinião' date=' que conduzir um desportivo pedal a fundo!!!!!!!!!! A condução, as emoções à flor da pele, a estrada rolando a nossa frente bem rápido Lindo![/quote'] Existem sedãs que tem desempenho semelhante a um esportivo e com muito mais conforto . Os Mercedes AMG , por exemplo . Tem velocidade limitada eletronicamente , mas isso é simples de mudar Olha eu não sei o que voces chamam de sedãs!!! Mas calculo que se refiram a carros executivos. Não estou a ver qual é o Mercedes AMG. Agora na questão de conforto, eu tenho um Roadster e é super confortavel, mas mesmo super, até posso garantir que é dos carros mais confortaveis que andei. Outro exemplo disso é o Porsche, que também acho super confortavel. Penso que actualmente essas diferenças de conforto já não sejam tão notadas. Temos o exemplo do novo A5 que testei e tambem fiquei convencida, quer pelo desempenho, passando pelo conforto a performance em estrada e claro a velocidade como resposta imediata. Agora o que penso que será mesmo o unico critério de escolha, é o aspecto visual do carro, ou se gosta ou não se gosta. Apesar de existirem alguns modelos de algumas marcas, que possuem designs extremamente inovadores, e alguns até algo extravagantes, um desportivo será sempre um desportivo, e destinado directamente pessoas que aperciam tal "look" num veiculo. Sei de muita gente que odeia desportivos, tal como eu não gosto de modelos executivos, muito requisitados, por isso penso que tomar uma desição de comprar um desportivo ou executivo, não passa por critérios como desempenho, velocidade e conforto, uma vez que como disse anteriormente, as diferenças são minimas, e penso que a decisão só se mantém no gosto pessoal da pessoa. Um factor importante também na decisão de compra é o numero de lugares, o que muitas vezes tambem limita de algum modo a compra de desportivos como único carro, independentemente do gosto, em relação a uma familia. A grande e esmagadora maioria dos desportivos, possuem 2 ou 4 lugares o que condiciona sem dúvida a decisão de compra por parte dos fãs, exceptuando se se trata de um 2º ou 3º veiculo, destinado apenas para momentos de lazer. O meu por exemplo tem 4 lugares, mas é impossivél alguem fazer mais que um pequeno passeio sentado atrás, e de notar que grandes velocidades não são aconselhaveis, pois não se tornam nada confortaveis para os passageiros traseiros Aí, sim entra o conforto, mas na minha opinião um desportivo não é para andar com ninguém atrás, é apenas para uso do condutor e do pendura. Aliás, no meu, tem a indicação para que nos bancos detrás apenas andem crianças com altura máxima de 1,50m, apesar de já terem andado pessoas de aproximadamente 1,60m e não reclamam, mas de facto o espaço para as pernas é muito pequeno. Eu por curiosidade já tentei sentar-me uma unica vez lá atrás, (tenho 1,65m) e consegui mas a cabeça tinha que inclinar um pouco agora também confesso que ao fim de menos de 30 segundos pensei "pronto, está visto" e a maior dificuldade foi sair, pois é mesmo muito apertado, só apenas à segunda é que foi, pois da primeira levanto-me lançada e o espaço era tão minimo que me fez recuar para tras novamente e exclamar "olha não consigo!!"
  12. Nica75

    Carros

    Ah, então fico feliz por saber que não sou a unica Louca aqui!!! Faço festinha, já dei beijo, e "temos" uma cumplicidade que quando em estrada a "mulher e a máquina" se transformam NUM SÓ! Assumo: SOU LOUCA POR MEU CARRO! Aqui em pt conheço algumas pessoas assim, mas até estava com medo de falar num forum sem ser de AUTO! Mas tem uma explicação: Eu não sou uma consumidora excessiva, ou seja só compro o que AMO mesmo, o que me deixa louca, e geralmente é tudo "sofrido" demora algum tempo, dai que quando adquiro o que desejo, dou muito valor à coisa, entende? Penso que é isso, pois o meu carro andei 9 meses para o comprar após tomar a decisão, e então quando chegou, ah eu venerei ele, até troquei de casa e tudo para dar uma garagem para ele, pois a outra que vivia não tinha! Mimo muito o meu menino, sim!
  13. Nica75

    Carros

    Ah então Mrs. Ramius é das minhas!!!!! Não há adrenalina melhor no mundo na minha opinião, que conduzir um desportivo pedal a fundo!!!!!!!!!! A condução, as emoções à flor da pele, a estrada rolando a nossa frente bem rápido Lindo!
  14. Nica75

    Carros

    Bem então aqui ficam os meus 2 sonhos de consumo: Em PRETO e só desportivos, Roadsters que são os carros que amo: Porsche Carrera GT E o Audi R8...
  15. Nica75

    Carros

    Estava achando mesmo uma grande diferença, assim está mais ou menos ela por ela, sobretudo quando é um carro europeu (alemão) estava supreendida de ser muito mais barato aí que aqui!
  16. Nica75

    Carros

    Eu tenho umas revistas sobre carros em casa' date=' se não me falha a memoria uns U$ 25.000,00 - zero Km.[/quote'] Sério?! Cá em 2ª mão custa muito mais que isso!! Por exemplo com 2 anos e quase 30000km mais de 26.000€!!!!! Mesmo os mais antigos andam entre os 11 mil € e os 20 e tal mil, ora tendo em conta que o € está mais alto que o Dollar, custa muito mais um carro em 2ª mão que novo em USA! O problema aqui mesmo são os impostos para importar, nem no resto da Europa que os carros em 2ª mão são mais baratos que cá, nos livramos do "grande imposto" e na minha opinião não compensa, tendo em conta que os melhores negócios surgem na alemanha, um pais onde há neve e para quem não sabe, estraga muito os veiculos. Quando comprei o meu carro, fiz questão de arranjar um nacional, até porque na Europa há um grande negocio de importação de carros acidentados, e aí tu olha para o carro está lindo, novinho, não sonha que se partiu todo a cento e tal km/h e um dia vai andar nele, tem um pequeno acidente e fica supreendido como um carro tão bom se partiu todo!!!! Pois os carros que sofrerão grandes acidentes, são arranjados e a resistencia à colisão nunca é mais a mesma!!!! Gosto do Beetle, não é um sonho de consumo, mas acho bonito.
  17. Nica75

    Carros

    Hum... Interessante!!! Logo logo vou tirar foto do meu "menino" mimado, sim mimado eu mimo o meu carro, sei que é loucura mas pronto, e posto aqui!!!
  18. Jack Bauer só há um: Kiefer Sutherland e mais nenhum!! Acho que não conseguiria ver o 24 da mesma forma caso alguém tome o lugar do Bauer
×
×
  • Create New...