Jump to content
Forum Cinema em Cena

Cyclops

Members
  • Content Count

    409
  • Joined

  • Last visited

Reputation Activity

  1. Like
    Cyclops got a reaction from Gust84 in Tópico de Apresentação e Interação   
    Caros,
    Notei que o fórum já não apresenta mais a subseção anteriormente dedicada a apresentação e boas vindas a novos membros. Considerando que pode ser interessante que os membros conheçam melhor uns aos outros para incentivar as interações no fórum, decidi propor esse tópico. Espero que ele não esteja em dissintonia com as regras do fórum.
    Pensei em estimular a apresentação dos usuários antigos e também reservá-lo para que eventuais novos membros possam se apresentar.
    Poderíamos falar um pouco mais de nós mesmos e também do papel que o cinema exerce em nossas vidas (se um hobby, se envolve atuação profissional, etc.).
    Começando: meu nome é Guilherme, tenho 30 anos e moro no Rio de Janeiro. Sou servidor público e também estudante de doutorado, na área de Relações Internacionais. O interesse por cinema surgiu muito devido à influência do meu pai. As maiores lembranças de interação na infância com ele envolvem justamente nós dois assistindo e comentando filmes juntos. Um dos primeiros filmes que lembro de ter assistido foi "O Retorno de Jedi", filme esse que catalisou em mim uma paixão por Star Wars que carrego até hoje.
    Esse ano comecei um curso de audiovisual, que tem sido bastante proveitoso para prover um conhecimento mais holístico do cinema, tanto em seus aspectos técnicos quanto artísticos. Temos atuado basicamente em quatro vertentes: atuação, direção, roteiro e produção. Embora tenha começado esse curso com objetivos para além da atuação profissional na área propriamente dita, o curso tem fortalecido ainda mais o meu interesse por cinema. E, talvez por conta disso, tenha decido revisitar o fórum esse ano.
    Fui usuário frequente do fórum CeC em 2004/2005, e com o passar do tempo acabei me afastando. Mas ainda o tenho como uma grande referência na área do cinema, além de ter um profundo afeto pelo fórum, já que foi nele que descobri, pela primeira vez, que a internet poderia ser um espaço para fazer amigos e ter conversas frutíferas sobre os mais variados assuntos. Cheguei ao fórum para debater sobre Harry Potter, uma série que despertava muito interesse na juventude. Mas com o tempo comecei a transitar por outras áreas e a aprender um pouco mais sobre cinema.
    Notei que o fórum, embora já não tenha tantos usuários ativos, tem ainda discussões muito profícuas. Inclusive já tive o prazer de ler posts bastante interessantes, que evidenciam elevado conhecimento sobre cinema (e que, confesso, às vezes até mesmo inibem comentários de uma pessoa mais leiga como eu, de tão elevado nível que são). Então me bateu a curiosidade de conhecer melhor os usuários, e saber se de repente há aqui, para além de cinéfilos, pessoas que atuam mais diretamente nessa área.
    Aproveitando, caso interessem, tenho coletado algum material em pdf sobre cinema, sobretudo roteiro (que tem me interessado mais). Caso alguém aqui tenha interesse nessas leituras, posso compartilhar o material com prazer!
    É isso. Caso tenham interesse, apresentem-se e falem um pouco mais sobre o papel do cinema nas suas vidas! Espero que tenham gostado da ideia, e que participem!
  2. Like
    Cyclops reacted to Big One in Tópico de Apresentação e Interação   
    Seja bem vindo Guilherme.
  3. Thanks
    Cyclops got a reaction from Big One in Tópico de Apresentação e Interação   
    Caros,
    Notei que o fórum já não apresenta mais a subseção anteriormente dedicada a apresentação e boas vindas a novos membros. Considerando que pode ser interessante que os membros conheçam melhor uns aos outros para incentivar as interações no fórum, decidi propor esse tópico. Espero que ele não esteja em dissintonia com as regras do fórum.
    Pensei em estimular a apresentação dos usuários antigos e também reservá-lo para que eventuais novos membros possam se apresentar.
    Poderíamos falar um pouco mais de nós mesmos e também do papel que o cinema exerce em nossas vidas (se um hobby, se envolve atuação profissional, etc.).
    Começando: meu nome é Guilherme, tenho 30 anos e moro no Rio de Janeiro. Sou servidor público e também estudante de doutorado, na área de Relações Internacionais. O interesse por cinema surgiu muito devido à influência do meu pai. As maiores lembranças de interação na infância com ele envolvem justamente nós dois assistindo e comentando filmes juntos. Um dos primeiros filmes que lembro de ter assistido foi "O Retorno de Jedi", filme esse que catalisou em mim uma paixão por Star Wars que carrego até hoje.
    Esse ano comecei um curso de audiovisual, que tem sido bastante proveitoso para prover um conhecimento mais holístico do cinema, tanto em seus aspectos técnicos quanto artísticos. Temos atuado basicamente em quatro vertentes: atuação, direção, roteiro e produção. Embora tenha começado esse curso com objetivos para além da atuação profissional na área propriamente dita, o curso tem fortalecido ainda mais o meu interesse por cinema. E, talvez por conta disso, tenha decido revisitar o fórum esse ano.
    Fui usuário frequente do fórum CeC em 2004/2005, e com o passar do tempo acabei me afastando. Mas ainda o tenho como uma grande referência na área do cinema, além de ter um profundo afeto pelo fórum, já que foi nele que descobri, pela primeira vez, que a internet poderia ser um espaço para fazer amigos e ter conversas frutíferas sobre os mais variados assuntos. Cheguei ao fórum para debater sobre Harry Potter, uma série que despertava muito interesse na juventude. Mas com o tempo comecei a transitar por outras áreas e a aprender um pouco mais sobre cinema.
    Notei que o fórum, embora já não tenha tantos usuários ativos, tem ainda discussões muito profícuas. Inclusive já tive o prazer de ler posts bastante interessantes, que evidenciam elevado conhecimento sobre cinema (e que, confesso, às vezes até mesmo inibem comentários de uma pessoa mais leiga como eu, de tão elevado nível que são). Então me bateu a curiosidade de conhecer melhor os usuários, e saber se de repente há aqui, para além de cinéfilos, pessoas que atuam mais diretamente nessa área.
    Aproveitando, caso interessem, tenho coletado algum material em pdf sobre cinema, sobretudo roteiro (que tem me interessado mais). Caso alguém aqui tenha interesse nessas leituras, posso compartilhar o material com prazer!
    É isso. Caso tenham interesse, apresentem-se e falem um pouco mais sobre o papel do cinema nas suas vidas! Espero que tenham gostado da ideia, e que participem!
  4. Like
    Cyclops reacted to Questão in Sexta-feira 13 - 13º Filme   
    Se tiver interesse de conversar mais sobre a série como um todo, sugiro este tópico CYCLOPS
     
     
  5. Like
    Cyclops got a reaction from Questão in Sexta-feira 13 - 13º Filme   
    Coincidentemente, revi esse filme essa semana. Estou revendo todos os filmes da série desde que comecei a jogar "Friday The 13th: The game", que comprei recentemente.
    Após rever o segundo filme, fui pesquisar sobre o final e tinha visto essa ideia alternativa de finalizar de forma um tanto macabra com a cabeça da Pamela abrindo os olhos, sugerindo ainda a morte do personagem Paul (o que nunca foi mostrado no filme, e tampouco no início do terceiro filme). Não imaginava que a cena havia sido de fato filmada. Vai ser interessante conferi-la!
  6. Like
    Cyclops got a reaction from Jailcante in Sexta-feira 13 - 13º Filme   
    Coincidentemente, revi esse filme essa semana. Estou revendo todos os filmes da série desde que comecei a jogar "Friday The 13th: The game", que comprei recentemente.
    Após rever o segundo filme, fui pesquisar sobre o final e tinha visto essa ideia alternativa de finalizar de forma um tanto macabra com a cabeça da Pamela abrindo os olhos, sugerindo ainda a morte do personagem Paul (o que nunca foi mostrado no filme, e tampouco no início do terceiro filme). Não imaginava que a cena havia sido de fato filmada. Vai ser interessante conferi-la!
  7. Like
    Cyclops got a reaction from Big One in Alien Covenant   
    Confesso que nunca fui muito entusiasta da ideia do Ridley Scott em explicar as origens do xenomorfo. Para mim, é justamente a origem desconhecida da espécie, aliada à indefinição quanto à identidade do piloto da Space Jockey, que contribuem para a manutenção do clima de terror e suspense do primeiro filme.
    Contudo, abracei de bom grado as promessas de Prometheus. Acho que o filme tinha premissas bastante interessantes, mas que falharam na execução. Fiquei com a impressão de que muito foi prometido, e pouquíssimo foi entregue.
    Em Alien Covenant a decepção foi ainda maior. A questão da criação-destruição ficou amplamente em segundo plano, em favor de ações envolvendo personagens pouco explorados, cujos desfechos não geram maiores impactos para o público. Contudo, considero que o conceito de criação da espécie "perfeita" por um sintético tem um potencial muito grande. Fico com a impressão de que parte dessa discussão mais filosófica foi deliberadamente preterida em favor de cenas de ação com o neomorfo/xenomorfo (talvez por pressão do próprio estúdio, já que, aparentemente, uma das reclamações com Prometheus foi justamente a ausência do alien). Tampouco me agradou o desfecho que deram à personagem Elizabeth Shaw (pela participação tão central no filme anterior, ela merecia ao menos constar na edição final do filme).
    Dito isso, e com base também no fato de que Alien: Covenant termina em um cliffhanger, também endosso a ideia de um terceiro filme para concluir essa saga prequel e explicar a origem da Space Jockey, fazendo o link com o primeiro filme. Também confesso que sigo com fascínio pela história dos engenheiros e sua relação com os xenomorfos. Só resta torcer para que Ridley Scott consiga acertar na execução e entregar um desfecho satisfatório. Alien transcendeu o "massacre da serra elétrica espacial" e gerou um universo riquíssimo, mas que há muito está devendo na sétima arte.
  8. Like
    Cyclops got a reaction from Big One in Star Wars Ep. IX - A Ascensão Skywalker   
    Sendo bem sincero: a concepção de uma terceira trilogia a suceder a trilogia clássica nunca me agradou. Nesse sentido, partilho muito da concepção original do George Lucas: Star Wars sempre foi sobre a trajetória de ascensão - corrupção/declínio e redenção de Anakin Skywalker. A trilogia clássica terminou de forma muito satisfatória, e dar sequência àquela história (a meu ver, finalizada), seria um tanto arriscado, além de trazer um potencial destrutivo em retrospecto. É o que sinto, hoje, ao rever a trilogia clássica: pensando em tudo o que viria a seguir, não deixo de sentir uma certa melancolia, além de considerar que as escolhas e trajetórias de vários personagens centrais acabam enfraquecidas.
    Contudo, como bom fã, não conseguia deixar de sentir uma certa euforia. Afinal, Star Wars retornava aos cinemas depois de mais de dez anos. Mas não consegui gostar de nenhum dos filmes da nova trilogia. Os problemas que vejo são fundacionais mesmo. Eles optaram por rumos narrativos que não apenas subvertem parte dos argumentos originalmente desenvolvidos, como parecem sugerir que Star Wars deva estar necessariamente preso a uma fórmula que pretensamente traduziria uma "essência" do que é, efetivamente, Star Wars: Rebeliões contra forças autoritárias, laços familiares que convergem, a eterna disputa entre a luz e as trevas, o contraste entre tecnologias bastante desenvolvidas, e o misticismo de filosofias e crenças que dialogam com questões existenciais e religiosas. 
    O problema não seria, em si, resgatar esses elementos, mas repeti-los em fórmulas narrativas muito parecidas às que foram mobilizadas nos filmes originais. "O despertar da força" me incomodou muito por conta de paralelismos inquestionáveis com o roteiro de "Uma nova esperança". Como o próprio Lucas disse, ao assistir o filme pela primeira vez: não há nada de novo ali. Os outros filmes que se seguiram tentaram inovar mais em alguns aspectos, mas estavam presos no mesmo pano de fundo: forças da resistência tentando se insurgir contra os remanescentes do império e refundar as bases da ordem galática. 
    Não que me incomode o fato de o Império ter sobrevivido (obviamente haveria remanescentes, considerando a extensão do Império Galático), mas preferiria que esse embate não ditasse a ordem dos novos filmes. A Nova República, recém fundada, caiu da mesma maneira que a anterior, à diferença que a última perdurou por milhares de anos (ao passo que a nova não completou nem 30 anos). A ordem jedi ressurgiu apenas para ser destruída. Mais uma vez temos um membro da família Skywalker sendo seduzido para o lado sombrio. Eu particularmente considero essas escolhas narrativas como bastante questionáveis.
    Um dos pontos mais inovadores que os filmes novos trouxeram foi justamente o personagem Finn e o seu background como stormtrooper. Afinal, converteram um dos personagens mais genéricos da saga (e, paradoxalmente, um dos mais associados a Star Wars na cultura popular) em um dos protagonistas. A história de Finn tinha muito potencial (inclusive devido ao fato de o personagem ser sensível à força), então é bastante compreensível a frustração do John Boyega. Não só a dele, mas acho que de todos os fãs que de fato vislumbravam ali uma oportunidade de desenvolvimento de personagem então inédito nos principais filmes.
    O que foi feito com a Rose realmente é bastante triste, sobretudo quando considerado todos os ataques que a Kelly Marie Tran sofreu na Internet (muitos com teor racista e misógino). É quase como se essas atitudes tivessem, ao final, compensado. 
    Da "Era Disney", tenho me interessado sobretudo pelos spin-offs e obras derivadas. "Rogue One", foi, para mim, o melhor filme dessa leva. "Star Wars: Rebels" e "The Mandalorian" são produções muito interessantes. A sétima temporada de "Clone Wars", após um começo meio moroso e recheado de fillers, trouxe uma conclusão satisfatória. Mas a nova trilogia como um todo, para mim, foi uma grande decepção. Sinceramente espero que a Disney explore melhor o universo tão rico de Star Wars em outras temporalidades, ou dando foco a outros personagens em spin-off e séries, e esqueça um pouco a família Skywalker. Star Wars é possível (e rentável) sem ela.
    E, sim, percebo nitidamente uma falta de planejamento da Lucasfilm. Certamente faltou da parte deles uma concepção narrativa que permeasse os três filmes e orientasse os trabalhos das equipes individuais. Lembro das primeiras imagens que surgiram quando anunciaram a nova trilogia. O elenco original reunido com o novo, e também com a Kathleen Kennedy, o J J Abrams e parte da equipe. Não faltavam elogios, inclusive da parte do trio original. Me parecia à época que eles tinham sim um projeto bem delineado, mas os filmes se encarregaram de desmentir essa impressão.
  9. Like
    Cyclops got a reaction from conan in Star Wars Ep. IX - A Ascensão Skywalker   
    Sendo bem sincero: a concepção de uma terceira trilogia a suceder a trilogia clássica nunca me agradou. Nesse sentido, partilho muito da concepção original do George Lucas: Star Wars sempre foi sobre a trajetória de ascensão - corrupção/declínio e redenção de Anakin Skywalker. A trilogia clássica terminou de forma muito satisfatória, e dar sequência àquela história (a meu ver, finalizada), seria um tanto arriscado, além de trazer um potencial destrutivo em retrospecto. É o que sinto, hoje, ao rever a trilogia clássica: pensando em tudo o que viria a seguir, não deixo de sentir uma certa melancolia, além de considerar que as escolhas e trajetórias de vários personagens centrais acabam enfraquecidas.
    Contudo, como bom fã, não conseguia deixar de sentir uma certa euforia. Afinal, Star Wars retornava aos cinemas depois de mais de dez anos. Mas não consegui gostar de nenhum dos filmes da nova trilogia. Os problemas que vejo são fundacionais mesmo. Eles optaram por rumos narrativos que não apenas subvertem parte dos argumentos originalmente desenvolvidos, como parecem sugerir que Star Wars deva estar necessariamente preso a uma fórmula que pretensamente traduziria uma "essência" do que é, efetivamente, Star Wars: Rebeliões contra forças autoritárias, laços familiares que convergem, a eterna disputa entre a luz e as trevas, o contraste entre tecnologias bastante desenvolvidas, e o misticismo de filosofias e crenças que dialogam com questões existenciais e religiosas. 
    O problema não seria, em si, resgatar esses elementos, mas repeti-los em fórmulas narrativas muito parecidas às que foram mobilizadas nos filmes originais. "O despertar da força" me incomodou muito por conta de paralelismos inquestionáveis com o roteiro de "Uma nova esperança". Como o próprio Lucas disse, ao assistir o filme pela primeira vez: não há nada de novo ali. Os outros filmes que se seguiram tentaram inovar mais em alguns aspectos, mas estavam presos no mesmo pano de fundo: forças da resistência tentando se insurgir contra os remanescentes do império e refundar as bases da ordem galática. 
    Não que me incomode o fato de o Império ter sobrevivido (obviamente haveria remanescentes, considerando a extensão do Império Galático), mas preferiria que esse embate não ditasse a ordem dos novos filmes. A Nova República, recém fundada, caiu da mesma maneira que a anterior, à diferença que a última perdurou por milhares de anos (ao passo que a nova não completou nem 30 anos). A ordem jedi ressurgiu apenas para ser destruída. Mais uma vez temos um membro da família Skywalker sendo seduzido para o lado sombrio. Eu particularmente considero essas escolhas narrativas como bastante questionáveis.
    Um dos pontos mais inovadores que os filmes novos trouxeram foi justamente o personagem Finn e o seu background como stormtrooper. Afinal, converteram um dos personagens mais genéricos da saga (e, paradoxalmente, um dos mais associados a Star Wars na cultura popular) em um dos protagonistas. A história de Finn tinha muito potencial (inclusive devido ao fato de o personagem ser sensível à força), então é bastante compreensível a frustração do John Boyega. Não só a dele, mas acho que de todos os fãs que de fato vislumbravam ali uma oportunidade de desenvolvimento de personagem então inédito nos principais filmes.
    O que foi feito com a Rose realmente é bastante triste, sobretudo quando considerado todos os ataques que a Kelly Marie Tran sofreu na Internet (muitos com teor racista e misógino). É quase como se essas atitudes tivessem, ao final, compensado. 
    Da "Era Disney", tenho me interessado sobretudo pelos spin-offs e obras derivadas. "Rogue One", foi, para mim, o melhor filme dessa leva. "Star Wars: Rebels" e "The Mandalorian" são produções muito interessantes. A sétima temporada de "Clone Wars", após um começo meio moroso e recheado de fillers, trouxe uma conclusão satisfatória. Mas a nova trilogia como um todo, para mim, foi uma grande decepção. Sinceramente espero que a Disney explore melhor o universo tão rico de Star Wars em outras temporalidades, ou dando foco a outros personagens em spin-off e séries, e esqueça um pouco a família Skywalker. Star Wars é possível (e rentável) sem ela.
    E, sim, percebo nitidamente uma falta de planejamento da Lucasfilm. Certamente faltou da parte deles uma concepção narrativa que permeasse os três filmes e orientasse os trabalhos das equipes individuais. Lembro das primeiras imagens que surgiram quando anunciaram a nova trilogia. O elenco original reunido com o novo, e também com a Kathleen Kennedy, o J J Abrams e parte da equipe. Não faltavam elogios, inclusive da parte do trio original. Me parecia à época que eles tinham sim um projeto bem delineado, mas os filmes se encarregaram de desmentir essa impressão.
  10. Like
    Cyclops got a reaction from Big One in Planos-Sequência marcantes   
    "O protetor" (2005): 
     
  11. Like
    Cyclops got a reaction from Big One in Fórum CeC - 10 Anos   
    Muito bom relembrar o fórum CeC. Era usuário frequente no biênio 2004-2005 (com o nick Squirtle), ainda durante a adolescência. Foi uma época bem bacana, de muito aprendizado sobre cinema, e também de primeiro contato com esse ambiente virtual. Lembro até hoje de alguns usuários que conheci por aqui, e com quem conversava com frequência no antigo Msn.
    Bom ver que o fórum continua ativo. Continuo acompanhando o Pablo nas redes sociais, mas fazia muito tempo que não acessava o fórum. Espero voltar a fazê-lo com mais frequência. Também é muito bom rever esses tópicos antigos. Frequentava bastante a seção "Star Wars", e lembro bastante de alguns usuários que apareceram nesse tópico do episódio III.
  12. Like
    Cyclops got a reaction from SergioB. in Fórum CeC - 10 Anos   
    Muito bom relembrar o fórum CeC. Era usuário frequente no biênio 2004-2005 (com o nick Squirtle), ainda durante a adolescência. Foi uma época bem bacana, de muito aprendizado sobre cinema, e também de primeiro contato com esse ambiente virtual. Lembro até hoje de alguns usuários que conheci por aqui, e com quem conversava com frequência no antigo Msn.
    Bom ver que o fórum continua ativo. Continuo acompanhando o Pablo nas redes sociais, mas fazia muito tempo que não acessava o fórum. Espero voltar a fazê-lo com mais frequência. Também é muito bom rever esses tópicos antigos. Frequentava bastante a seção "Star Wars", e lembro bastante de alguns usuários que apareceram nesse tópico do episódio III.
×
×
  • Create New...