Jump to content
Forum Cinema em Cena

Audrey

Members
  • Content Count

    23
  • Joined

  • Last visited

  1. cliffhanger é aquela cena final que te faz ligar a tv na semana seguinte pra assistir a série, ou não mudar de canal quando vem o comercial, uma "revelação" num momento estratégico.
  2. Plano aberto: Pega todo o objeto da filmagem e nada mais. mas eu confesso que nunca vi usarem essa nomeclatura...... Master shot - é quando a gente filma toda ou boa parte de uma cena , normalmente em plano geral ou plano de conjunto. é um plano de segurança, se alguma coisa der errado a gente tem o master pra salvar na edição... aqui tem um pequeno glossário..... http://www.mnemocine.art.br/index.php?option=com_content&view=article&id=179:glossarioaudiovisual&catid=34:tecnica&Itemid=67
  3. Sim,sim um estrangeiro que queira aprender português vai aprender alguma coisa vendo os filme e também vai pegar aspectos da nossa cultura que estão nos filmes, muitos dos quais a gente mal percebe porque estamos inseridos nessa cultura. Acho até que esse segundo aspecto é mais forte para um estrangeiro do que as expressões e gírias do português.
  4. Olha, se mundo fosse "meio" medíocre a gente tava muito melhor. "Just think how stupid the average person is and then realize half of them are even stupider." Mas, voltando ao assunto: atriz estigmatizada é uma coisa, atriz ruim é outra. No filme a Buffy ainda tá tentando se passar por adolescente, parece, é tudo muito fake e muito bobo.
  5. Eu gostei do filme, eu não sei bem porque... tem várias coisas que eu achei detestáveis, mas, no gera foi... simpático. E o cauã surpreende no filme, ele nem atrapalha nada.
  6. o filme é tão ruim quanto vocês imaginam. 90 minutos anulados de vida. E eu nem sou uma dessas pessoas que condena o Paulo Coelho por ter nascido e querer ganhar dinheiro, o filme que é bem fraquinho mesmo. E a buffy tá feia, velha e aparentemente não melhorou em nada a atuação.
  7. Ame ou odeie, o filme tem que ser visto sim. E olha que eu nem era fan do Lars Von Trier. Eu vi ontem. Achei brilhante. Nauseante,mas brilhante. No entanto eu me reservo o direito de mudar completamente de idéia quando for rever, muito em breve. Mas estou surpresa, entrei aqui porque imaginei que teria um monte de posts cheios de teorias e discussões fervorosas. Eu sei, eu sei... pode ser tudo uma grande perda de tempo, o filme é pra ser sentido, não analisado e blá, blá, blá..., o que eu posso dizer? eu gosto de masturbação mental.
  8. Audrey

    Doctor Who

    Viram que anunciaram o 11º doctor? Matt Smith o nome da criatura... alguém já ouviu falar? procurei ele no imdb, só fez coisas pra tv... nada que eu tenha visto.... fiquei mt desconfiada com o cara... ele é mt freaky Já to com saudades do tennant. Enfim... esse ano vão sair mais dois especias com o tennant (páscoa e natal - yeap! Natal.... láááá em dezembro... que infeliz) e na quinta temporada já teremos o novo doctor. nhai. Alguém viu o especial de natal 2008? Ou só eu sou sem vida o suficiente para passar o dia 25 de dezembro esperando pelo doctor? Não foi assim o melhor, mas gostei muito da parte do doctor...
  9. Putz, to super perdida no festival, de novo... Fui ver uns filmes aleatoriamente: Better things, Homem de lugar nenhum e Leonera... nenhumdos três mudou em nada a minha vida, mas gostei do primeiro. Hoje tem um doc sobre a patti smith que deve ser legal... No mais, to aceitando sugestões de filmes
  10. não vi "to catch a tief" ainda, mas... não podia perder de comentar janela que é uma aula de cinema (alguém já deve ter dito isso). Adoro esse filme. É uma brincadeira do hitch com aquilo que ele mesmo diz sobre manter a tensão do expectador... (o expectador deve saber mais que o personagem)E o cara é tão brilhante que ele consegue fazer o contrário do que diz e ainda manter esse clima... brilhante. eu sempre digo que rope émeu preferido,mas pensando assim janela deveria ser.
  11. possiveis spoilers nhai, uma das coisas que eu mais gosto do hitch é a capacidade de transformar histórias simples, "fáceis" de serem produzidas em filmes que a gente fica ligado do início ao fim. Dial m tem praticamente um só cenário, 5 personagens, uma plot simples, no entanto o espectador fica sempre intrigado com o que vai acontecer depois... mas, enfim, confesso que não passei aqui para comentar o filme, queria uma ajuda. Estou fazendo um trabalho sobre psicose, mais especificamente a cena do banheiro, é uma comparação entre como o público recebeu essa cena 40 anos atrás e como recebe ela hoje e gotaria de saber a opinião do pessoal daqui que sabe mais de hitch do que eu. Se puderem postar aqui ou me mandar seus coments sobre o filme e essa cena eu agredeço.
  12. Audrey

    House M.D.

    Nhai, eu to vendo a quinta temporada... Não gostei muito não, a história com o Wilson tá bobinha demais... mas já foi uma grande melhora do final da quarta, que melodrama foi aquele, por merlin.
  13. nhai, desculpa se eu for repetir algo que já foi falado aqui, mas não rolou de ler todo o tópico. É óbvio que nem todo mundo vai aprecia cinema da mesma forma, para muitos é só entretenimento, escapismo. Eu tb uso cinema assim às vezes, vou ao cinema ver aquele filme que eu sei que não vai ser nenhuma obra de arte, mas me faz entrar em outro mundo por duas horas. E até me divirto indo no cinema com alguns amigos para ver algumas super-produções clichês e passar o tempo todo criticando o filme, mas tem coisas que realmente a gente não aguenta ver. Acho que todo cinéfilo que se preste tem esse problema de não poder assistir filmes com qualquer amigo ou parente, mas com o tempo a gente s acostuma. Sempre que eu vou na locadora, tem disso. Minha mãe, da qual eu definitivamente não herdei o meu gosto por cinema, sempre quer assistir alguns filmes comigo, o que eu faço é buscar um meio termo. Por exemplo, minha mãe adora filmes de romance, eu assisti Antes do amanhecer e antes do pôr do sol com ela e ela amou os filmes. Depois disso até me motivei a procurar filmes para ver com ela, mas claro, de vez enquando tenho que ouvir umas reclamações com as minhas manias para locar filmes e ir no cinema, mas... Sabendo um pouco do que a pessoa gosta, dá para contornar, achar um meio termo e quem sabe, até educar as pessoas. Até porque ninguém nasce amando Berman e Truffaut, eu, pelo menos, não nasci, mas vi um filme que mudou a minha forma de encarar o cinema e passei a procurar mais e mais filmes "fora do normal".
  14. Nossa, com ele tá velho nessa foto. É o Draco mesmo, neh?! Se continuar assim, essas crianças vão ter uns 25 anos quando o último filme sair..... alguém sabe quando começam as filmagens do 7°?
  15. Um dos meus filmes favoritos, cresci assistindo ele. Bizarramente envolvente. Mas, eu devo confessar que gosto mais da sequencia, que nem é tão boa, eu sei, mas eu era pequena quando vi esses filmes pela primeira vez e era muito mais fácil eu me identificar crianças e cachorrinhos, logo o filme tinha bem mais impacto. O que vocês acharam da sequência?
×
×
  • Create New...