Jump to content
Forum Cinema em Cena

Saga S.

Members
  • Posts

    1951
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

Everything posted by Saga S.

  1. Diria que esse filme sofre do mesmo problema do filme do Superman do Brian Singer. Ficou tão preso na homenagem que o filme mesmo é uma porcaria. Não é ruim de doer, apenas extremamente datado e sem personalidade.
  2. A postagem da cidadã aí teve objetivo apenas de ofender todo mundo, que gostou ou não do filme. Essa cena... Esse filme parece ter sido feito em outra década mesmo, de 3 a 4 atrás... @Questão pontuou bem na sua avaliação.
  3. Filme muito fraco mesmo. Aquele começo, Após o Flashback, é vexatório do começo ao fim, principalmente no Shopping. Entendo a intenção, mas não funcionou para mim. O Pascal parece que encarnou o Jim Carrey. Muito tempo de filme para um fiapo de história que fica andando em círculos. O final é medonho também. Se parar para pensar nos furos então... Minha nota seria 5 por caridade.
  4. Sim, ele pode ter sido mais ponderado nas colocações, entretanto, ele parte de um pressuposto "saudosista". Digo, é óbvio que Blockbusters, Arrasa Quarteirões, Hipermegaproduções há muito tempo são feitos para serem "consumidos" nos cinemas, com cineplexes passando o mesmo filme em diversas salas e horarios, todos abarrotados de gente e com longas filas, e se tornarem "sucessos de bilheteria" o que deixa, principalmente, os estudios com seus bolsos profundos bem cheios. Poderia passa horas escrevendo títulos feitos com esse propósito e bem sucedidos nisso. Entretanto hoje estamos diante de um cenário de certa forma apocalíptico (e veja só, já vislumbrado em filmes) e que não permite, a curto prazo, as aglomerações. A médio e longo prazo não tem como saber o que vai acontecer. A curto já está complicado o suficiente. Os cinemas vão voltar (espero) e com eles as grandes produções. Mas supondo que a médio prazo as salas não possam abarrotar de gente, qual o problema de se conciliar o streaming e o cinema? A estratégia no momento não é estimular as pessoas a ficarem em casa? Então os estudios vão deixar de fazer mega produções? Não, eles vão se adaptar! O conteúdo vai para onde o público está, e hoje não é nas salas de cinema, são em suas casas. As teves estão cada vez maiores, com maior qualidade, e acessiveis ao publico em geral, os equipamentos de áudio também. Acho exagero falar que o streaming é a morte das superproduções, como se as salas de cinema fosse a tabua da salvação. Ok, ao invés de 5 ingressos, por filme, vai vender apenas 1. Mas o Streaming também alcança um público que nem sempre pode ir ao cinema. Parece que esquecem que a tabua de salvação é o Público. Unico e exclusivamente o público. Faz-se cinema para o público, não para as salas de cinema. Tão batendo o pé mas a Warner não está errada no que está fazendo, pelo menos a curto prazo.
  5. Entendo o posicionamento de alguns cineastas, como é o caso aqui. Mas parece que o que move a indústria é a grana, e não é pouca grana, é MUITA grana. Fora ignorar um cenário extremamente adverso em função de uma idealização e romantização. Está errada a Warner em dar uma canetada sem discutir, e mais errado ainda em se pressionar para a Warner manter o prejuízo diante de um cenário de incertezas.
  6. Sim está. E por isso mesmo eu disse "prefiro focar". A longo prazo não sei como vai ser, mas entre um universo "Star Wars" (que existe faz muito mais tempo, eu sei), e um MCU, eu tenho mais interesse em acompanhar esse segundo. Nem Cavaleiros do Zodíaco que eu sou fãzasso eu consegui acompanhar a expansão (Omega, Lost Canvas, etc)... Então quando vejo que estou equilibrando mais pratos do que posso e mais pratos estão aparecendo, não tenho problema nenhum em deixar alguns se espatifarem no chão.
  7. Não sou nenhum afficionado, mas estava acompanhando The Mandalorian. Até achei bacana a primeira temporada, mas esse tanto de Spin Off do universo Star Wars me fez desistir de ir para a segunda temporada dessa série. Tenho dificuldades em gostar de séries que fazem parte de um universo expandido ou em expansão. Essa "pressão" para que se veja outras séries é desgastante, pois o meu tempo é curto e ele vale muito, e excesso de informação e compartimentalização. Por exemplo, eu curtia assistir Chicago Fire, mas era rasa demais. Daí veio Chicago Police, ok. Tinha que assistir a segunda para entender algumas coisas da primeira e a primeira para conhecer a segunda. Então chegou Chicago Med, que você tinha que assistir a primeira, a segunda e a terceira para entender coisas da primeira, da segunda e da terceira. (Céus!) Tentaram Chicago Justice ou algo assim) que flopou, mas... Ou seja, excesso de séries com universo compartilhado e que não me estimula a continuar nele. Desisti de Chicago Fire, Chicago Police e não fui atras da Med ou Justice. Em filmes até vai, mas com limites. Nesse caso, está extrapolando o meu, e como já sei que vai piorar, paro por aqui. Prefiro focar no universo compartilhado do MCU. Star Wars que fique para os fãs e quem goste.
  8. Vi Tenet e achei um filme paradoxal. Ao mesmo tempo que é extremamente emocionante, é extremamente apático. O filho do Denzel Washington pode ser extremamente talentoso, mas a atuação dele é o que torna tudo mais apático ainda. O modo como ele reage, com normalidade absoluta, diante de todo o "absurdo" que se apresenta e sempre com aquele ar de "sou fodão, tô entendendo tudo, sou pica", deixa tudo mais distante ainda do expectador. Já o Pattison é de longe a melhor coisa do filme. Aquele começo eu tava esperando o Bane aparecer e fazer um discursinho. Parecia que eu já tinha visto aquela "atmosfera" (trilha + cenas). E já sabemos que o Nolan não é capaz de tirar o melhor dos atores, vide, por exemplo, a Marion em TDK. Não é um filme ruim. Mas também não é bom. É bom, mas sem ser bom. É um filme no qual quem assiste não é conduzido, é simplesmente exposto e deixado para lá. Um espetáculo da indiferença.
  9. Muito cedo para qualquer coisa, mas realmente a principio assusta. Quanto a mudança de comportamento, no primeiro dia que liberar o cinema 100%, ele enche. Só ver as aglomerações em locais abertos e/ou fechados. Ser humano tem tendência em querer manter o "Status Quo" ao qual sempre esteve habituado, então vai voltar a ele o quanto antes.
  10. Filmão. Fiquei até incrédulo como tais absurdos ocorreram dentro de uma sala da audiência em um país onde a Democracia não é nenhuma novidade e jamais foi "interrompida".
  11. O caminho tem que ser esse mesmo. É estranho se fora parar para pensar, mas abre a possibilidade de se prestar uma homenagem "foderosa" ao Chadwick e ao que esse personagem representou (mesmo que antes dele tenham vindo outros como Blade e outros) sem ser o "seguir em frente que atrás vem gente" e continuar como se nada tivesse acontecido, apenas mudaram o ator, como ocorreram em outros casos.
  12. Explodiu: IMDb: 4,2/10 - 153 Avaliações até o momento https://www.imdb.com/title/tt4685762/ Rotten Tomatoes: 56% - TOMATOMETER - 41 Avaliações até o momento 45% - AUDIENCE SCORE - 22 Avaliações até o momento https://www.rottentomatoes.com/m/the_craft_legacy Nem vou me dar ao trabalho de ir atrás para formar opinião.
  13. Sim, totalmente de acordo. Esse SnyderCut jamais poderá ser visto como uma "versão do Diretor" e comparado ao que foi lançado. É como se fosse outro filme. Original: Não Lançado Whedon Cut: Lançado Snyder Cut: Remake do Original Não Lançado O Original? Jamais saberemos o que seria. Mas não acho que abre precedente não, é apenas um Frankenstein bizarro e único, até o momento.
  14. Saga S.

    The Boys

    Essa sérié é muito foda. Consegue ser politicamente incorreta e "lacradora" ao mesmo tempo sem ser forçada.
  15. A mim incomoda também, pois vai acirrar o "Fla X Flu" entre "DCnauta e Marvete" ou seja lá como são chamados, focando mais na comparação dos filmes do que aproveitar cada universo por si só. E os estúdios fomentando isso direta ou indiretamente.
  16. Vi o trailer e que parece uma bomba daquelas. Anne Hattaway se perdeu na carreira...
  17. Esse Supercw aí ta parecendo mais saído de um filme de Bollywood... Talvez nesse universo a américa seja a Índia e que seria a Índia é a américa.
  18. "Exclusively Available to Disney+ subscribers who Unlock Premier Access" E lá embaixo: With Additional Fee Estamos chegando a era das "DLC" dos sites de Streaming?
  19. E os assinantes vão se sentir assaltados. Isso é, não sei como funciona a plataforma e se essa cobrança "por fora" é algo que já ocorre de maneira recorrente. Mas se for como Netflix ou Amazon, é foda você assinar o negócio e depois começarem a lançar filmes que você tem de pagar adicionalmente para assistir o conteúdo específico.
  20. Só esse olho "de vampiro" aí que está estranhão... ? Vampiro, não crepúsculo...
  21. Hollywood é uma bolha, acho que pelo menos 80% das grandes estrelas podem possuir pelo menos um esqueleto dentro do armário. É um mundo "paralelo" no qual os personagens se confundem com os atores e os atores se confundem com os personagens, é muita loucura. Nesse caso aí, dois porras loucas se relacionaram de maneira abusiva e tóxica para ambos. E o Paul, bem, tá nessa bolha.
  22. Reboot então? É possível... Dependendo de como for a recep($$$$)ção do público e crítica
×
×
  • Create New...