Jump to content
Forum Cinema em Cena

Sidney Marques

Members
  • Content Count

    13
  • Joined

  • Last visited

  1. Desligue seu cérebro ,no mínimo coloque-o em pausa ou ponto e vírgula,para melhor curtir esse filme.Há até uma certa boa vontade em acertar as coisas aqui,mas como diz o velho ditado,de boas intenções o inferno anda cheio...Assim como Danny De Vito inspirou-se em "Pacto Sinistro" de Hitchcock para criar seu "Jogue A Mamãe Do Trem",temos aqui outra variante da mesma trama.Essa "inspiração",inclusive,é até abertamente citada numa cena do filme.Três caras insatisfeitos com seus respectivos chefes planejam dar fim a eles,trocando de assassinatos.Mas como os assassinos de "Queime Depo
  2. Se os filmes pudessem ser convertidos em gráficos,o gráfico correspondente a "Larry Crowne-O Amor Está De Volta" seria uma linha reta constante e infinita...afinal,que filme morno,devagar,quase parando!Nem a simpatia de Tom Hanks ou a beleza (?) de Julia Roberts podem fazer muito pela fabulazinha sem tempero a que somos apresentados,sobre um homem que percebe tardiamente que precisa fazer uma faculdade para se manter no mercado de trabalho mais e mais exigente do novo século...e acaba tendo um affair com sua rabugenta professora.Faltam conflitos,dramas maiores,falta profundidade.
  3. O título correto para essa comédia romântica deveria ser "O Virgem De 40 anos 2-Depois Do Casamento".Isso porque Steve Carell,ator de quem gosto muito,meio que repete o abobalhado personagem daquele filme que o lançou para o estrelato.Ele é o cara que casou-se muito jovem com a namoradinha do colegial e nunca mais teve outra mulher na vida.Vinte e cinco anos depois ela(a sempre bela e competente Julianne Moore)pede o divórcio e ele perde o rumo de tudo.Não sabe como conquistar uma mulher,desconhece o ritual dos encontros,dos papos de bar,afinal nunca precisou se utilizar desses e
  4. Se os filmes pudessem ser convertidos em gráficos,o gráfico correspondente a "Larry Crowne-O Amor Está De Volta" seria uma linha reta constante e infinita...afinal,que filme morno,devagar,quase parando!Nem a simpatia de Tom Hanks ou a beleza (?) de Julia Roberts podem fazer muito pela fabulazinha sem tempero a que somos apresentados,sobre um homem que percebe tardiamente que precisa fazer uma faculdade para se manter no mercado de trabalho mais e mais exigente do novo século...e acaba tendo um affair com sua rabugenta professora.Faltam conflitos,dramas maiores,falta profundidade.
  5. 2 visualizações Você notou que os filmes brasileiros estão cada vez mais com cara de filme gringo ultimamente?Parece que,depois de anos de peleja,os produtores nacionais aderiram à máxima "se não pode vencê-los,junte-se a eles!".Assim como "Se Eu Fosse Você" bebeu na fonte das estórias de troca de corpos por pessoas com personalidades diferentes que o cinemão americano tanto explorou,"O Homem Do Futuro" recorre à também batida "viagem no tempo",para se defender.Ou seja,não espere originalidade desse filme.Mas como talento faz toda a diferença,aqui um roteiro bacana,bem amarrado
  6. Que decepção!Sou um grande fã da série de tv na qual o filme se baseou.Mas parece que só o título foi levado para o Cinema.O humor inteligente e a simpatia que abundavam na versão televisiva deram lugar a um show de vulgaridades,piadas bobas mais que manjadas e uma sucessão de esquetes que nem sempre adicionam algo à trama,como por exemplo a cena onde Bruno apresenta uma ideia a seu cliente totalmente chapado.Lamentável,pois parece que tornar o filme mais puxado para a baixaria nada mais é que torna-lo palatável a um público que gosta das escatologias de filmes como "Se Beber,Nã
  7. Quando digo que Woody Allen é genial,é por motivos como esse filme.Só mesmo um grande cineasta pode se reinventar depois de tantas obras,de tanto que já fez.É seu melhor filme em muito tempo.Que cativante!Que gostoso de se ver!Não tem pudor de ser acusado de se auto-plagiar,pois é impossível não ser remetido à sua obra-prima,"A Rosa Púrpura Do Cairo";mas é só uma ideia.Os filmes nada tem a ver.Talvez apenas a maestria de Allen.É sobre um casal em férias na bela Paris,casal que logo de cara vemos que não tem nada em comum.Ele é um saudosista,do tipo cuja frase recorrente é "eu nã
  8. Um bom vilão é a metade dos ingredientes necessários para a receita do sucesso de um filme de heróis.Imagine Superman sem Lex Luthor,Harry Potter sem Voldemort e Luke Skywalker sem Darth Vader.Pois o problema número um de "Lanterna Verde" é a falta de um bom vilão.De que adianta a simpatia de Ryan Reynolds(que não é filho de Burt Reynolds,como se imagina)...De que vale um personagem com um dos poderes mais bacanas de todos os super-heróis,que é tornar real tudo aquilo que imagina?Uma estória bacana,com efeitos bons,se o filme tem um dos piores vilões que eu já vi em minha carreir
  9. Uma surpresa fantástica.Não punha muita fé em mais essa prequela(palavra esquisita mas que existe mesmo)de um filme famoso.Se pensarmos bem,a franquia de "O Planeta Dos Macacos" foi o "Harry Potter" dos anos 60 e 70.Fez um sucesso estrondoso.Agora,resolveram realizar uma indefectível narrativa prévia que tenta explicar os porquês da famosa saga.Esperava pouco disso tudo e fui surpreendido por um dos mais eletrizantes e bem feitos filmes dos últimos tempos.Graças a um roteiro excelente e muito bem escrito,o filme tem uma base sólida e não tem como não dar certo.A direção é segura
  10. Resumo da ópera:"Apollo 18" = "A Bruxa De Blair No Espaço".Mas vamos desenvolver um pouco mais.Desde que os filmes com câmera em primeira pessoa se tornaram opção para algo fora do comum,para fugir da mesmice,surgiram boas surpresas ("REC","Distrito 9"),coisas medianas("Cloverfield","Atividade Paranormal")e outras que queria poder esquecer("Bruxa De Blair 2","Contatos De 4º Grau").Aqui,mais uma vez,sob o rótulo de que se trata de algo real,coisa que não é,pois nem faria muito sentido se fosse(como se recuperaram as filmagens?),este "Apollo 18" usa desse recurso que,como tudo no C
  11. Desligue seu cérebro ,no mínimo coloque-o em pausa ou ponto e vírgula,para melhor curtir esse filme.Há até uma certa boa vontade em acertar as coisas aqui,mas como diz o velho ditado,de boas intenções o inferno anda cheio...Assim como Danny De Vito inspirou-se em "Pacto Sinistro" de Hitchcock para criar seu "Jogue A Mamãe Do Trem",temos aqui outra variante da mesma trama.Essa "inspiração",inclusive,é até abertamente citada numa cena do filme.Três caras insatisfeitos com seus respectivos chefes planejam dar fim a eles,trocando de assassinatos.Mas como os assassinos de "Queime Depo
  12. Essa é a típica produção que gosto de chamar "filme milk-shake".Imagine um liquidificador gigante onde são colocados vários filmes famosos.Depois de misturados e batidos,esse seria o resultado.Os ingredientes aqui foram "Os Goonies","E.T.","Cloverfield" e uma pitada de "Contatos Imediatos do Terceiro Grau".Pronto,essa batida é "Super 8"!Até hoje tenho trauma de qualquer coisa assinada por J. J. Abrams,devido àquela masturbação mental que foi "Lost".No Cinema,ele não fede nem cheira.Aqui se aliou a Spielberg e acabou fazendo um filme tão spielberguiano que imagino que Abrams só as
  13. Você notou que os filmes brasileiros estão cada vez mais com cara de filme gringo ultimamente?Parece que,depois de anos de peleja,os produtores nacionais aderiram à máxima "se não pode vencê-los,junte-se a eles!".Assim como "Se Eu Fosse Você" bebeu na fonte das estórias de troca de corpos por pessoas com personalidades diferentes que o cinemão americano tanto explorou,"O Homem Do Futuro" recorre à também batida "viagem no tempo",para se defender.Ou seja,não espere originalidade desse filme.Mas como talento faz toda a diferença,aqui um roteiro bacana,bem amarrado e um elenco muito
×
×
  • Create New...