Jump to content
Forum Cinema em Cena

conan

Members
  • Content Count

    544
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    7

conan last won the day on December 31 2019

conan had the most liked content!

About conan

  • Rank
    Fotógrafo de Still
  1. Concordo! Foi a mesma sensação que eu tive. Está muito na zona de conforto, genérico. Faltava algo mais ousado e autoral.
  2. Não é nem questão de cores, mas de design de mundo. Falta a sensação de "wonder'. O que separa as grandes obras de ficção das obras apenas boas é a concepção de mundo. Star Wars, Blade Runner, Alien. Todos esses filmes são visualmente marcantes. Imagina o filme Alien, exatamente igual, mas sem o xenomorfo do Giger? Às vezes, uma concepção marcante até ajuda a elevar um filme apenas mediano, como é o caso do Predador. Sei que Duna está preso ao fato de que já existe um filme de ficção muito bom, com toques de elementos medievais, que se passa, parte dele, em um planeta deserto. Mas le
  3. Sei lá. Algo na estética do filme não me agrada, por enquanto. Está meio genérico... os cenários, as roupas, as naves... Acho que tinha espaço par ter algo mais ousado ou com personalidade. vou ler o livro e ver se é falta de inspiração, ou se o diretor está sendo fiel ao que é descrito.
  4. A trilogia prequel foi mal dirigida. Mas o Lucas tinha clareza de onde ele saiu e onde ele queria chegar. Teve um início, meio e fim. Tanto é assim que a trilogia, apesar de ser meia boca, deu origem a um tanto de material extra riquíssimo. As animações só foram boas por causa do material apresentado e do universo estabelecido.
  5. Meu balanço do ep. VII é essa: -Apresentaram protagonistas muito interessantes e carismáticos. A conexão com todos (Rey, Finn, Poe) é imediata. -Apresentou um vilão genérico meia boca (Snoke), sem explicar nada sobre de onde veio (nunca ninguém ouvir falar de um ser tão poderoso na saga anterior). A morte dele no ep. VIII não fez falta nenhuma e ajuda a enxugar a história. O que não aconteceu no IX. - Mas teve um antagonista bem interessante, o Ben Solo. Apesar de que ele é mais interessante como personagem do que como vilão. - Preguiça de mergulhar no universo e explorar o
  6. A trilogia começou errado. Por mais que o ep. VIII tenha desagradado muitos fãs, o problema veio da concepção. O ep.VII além de ter sido uma cópia do IV, ele não sabia de onde vinha e para onde iria. JJ Abrams só jogou um tanto de ideia sem ter a mínima ideia do porque as coisas estarem daquele jeito e sem ter ideia de como desenvolver. Mas o Boyega falou foi é pouco. O que fizeram com a Rose Tico foi uma das coisas ais deploráveis na história do cinema. Disney e diretor chancelaram as agressões contra a atriz.
  7. Não sei vocês, mas aqui abaixou o hype com estas fotos kkkk Parece figurino de série sci-fi dos anos 90, uns Stargate da vida
  8. O Vin está com a síndrome de Stallone. Está se levando a sério demais. Enquanto isso, o The Rock está seguindo os passos do Schwarza e está se dando bem
  9. Não estou pessimista. O que avacalhou o Indiana Jones 4 foi o próprio Spielberg. O cara já está em outra pegada na carreira. Não conseguiu recriar o clima da trilogia e produziu um filme horroroso. O mesmo com o Ridley Scott e o Alien. Parece que o único diretor que é a exceção é o George Miller. Aliás, agora ele está ainda mais insano do que quando era jovem
  10. A trilha me lembra na hora a marcha imperial do Star Wars. Sei lá. Achei estranho.
  11. Sensacionais! Pinta de que seria um filme bem melhor. Não precisava ter despedido o cara, bastava ter negociado alguns ajustes para o final para ser menos pessimista e mais digerível para o povão Mas o tom do filme vai totalmente contra o espírito da Disney. É um filme subversivo que cultua a anarquia e a revolta. Seria fantástico
  12. Continuação muito mais orgânica. Parte da responsabilidade é dos fãs chatos. Mas, de qualquer forma, acho que a Disney não ia comprar esta ideia não. Kylo não se redimir não é a cara da Disney
  13. O pior é que este filme, sim, detonou a família Skywalker, e não o ep VIII. Fuderam com o arco do Anakin. O sacrifício final serviu para nada. A profecia de que ele seria o escolhido para trazer o equilíbrio na força era mentira. A busca do dom de salvar a vida, que acabou levando Anakin para o lado negro da força, é totalmente dominado pela Rey sem mais nem menos. Se Anakin tivesse o conhecimento que a Rey passou a ter do nada (e depois o Ben Solo aprende do nada também), ele não teria sido seduzido pelo lado negro. É um amontoado de conveniências e coicindencias que jogam o legado
  14. Este trecho foi difícil viu. Fechei os olhos... mas depois deu para dar uma boa gargalhada. Acabaram de se beijar de boas, e do nada o Kylo morre. Faltou o Didi narrando "e morreu..."
  15. Acho que foi um pouco arrogante mesmo. Mas a questão é que é difícil para o diretor fazer um filme que atenda às expectativas (mas nem todas), e que seja capaz de provocar quem assiste. Igual a um mágico, ele não pode atender às demandas do público para revelar o segredo da mágica. Tem que manipular as pessoas. O Hitchcock já dizia que o diretor tem que ser sádico com o público. Mas no final tem que recompensar. O Rian foi além do necessário nas provocações em uma saga cultuada. Rogue One foi um dos melhores filmes e, para mim, tem a melhor batalha de todos os filmes. Mas Ele e o Ma
×
×
  • Create New...