Jump to content
Forum Cinema em Cena

Notícias da TV


Mr. Ibanez
 Share

Recommended Posts

SET - Broadcast & Cable

 

 

 

Aconteceu em agosto em São Paulo o Congresso SET - Broadcast & Cable (www.set.com.br), sobre a implantação da TV digital no Brasil. O início das transmissões está previsto para 02 de dezembro em São Paulo.

 

 

 

Entre outros participaram Globo, SBT, TV Cultura, TV Record, Grupo Bandeirantes de Comunicação, Philips, Samsung, Sony e Apple.

 

 

 

Algumas imagens do receptor para o SBTVD da AIKO:

 

th_84540_aikohdyb2_122_611lo.jpg

 

 

 

th_84540_aikohdtrasqw2_122_580lo.jpg

 

 

 

Globo, Bandeirantes e SBT demonstraram suas transmissões:

 

th_05536_globohdft2_122_865lo.jpg

 

 

 

th_05541_bandhdtvbl0_122_478lo.jpg

 

 

 

th_84556_sbthdyi5_122_1092lo.jpg

 

 

 

Nós estamos utilizando o sistema de modulação japonês e os resultados são os melhores possíveis. É uma recepção absolutamente robusta, uma antena interna de muito baixo custo, coisa que não tem hoje com a televisão analógica.

 

 

 

Não sei se ainda está acontecendo mas a Samsung estava demonstrando suas tvs HDTV com o sinal da Globo em alguns estandes (pelo menos em São Paulo). Acho que no Rio também há demonstrações em alguns shoppings.

 

 

 

Parece que vai ser show a nossa tv digital! Vamos torcer para que os testes com as transmissões em outras cidades fique tão bom quanto em São Paulo.

 

ioooi2007-09-18 05:59:58

Link to comment
Share on other sites

Brasília, Rio e Belo Horizonte terão TV digital em janeiro

 

2 de Agosto de 2007

 

 

 

Marcela Rebelo

 

Repórter da Agência Brasil

 

           

 

Brasília - Quem mora em Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro poderá ter acesso, a partir de janeiro do ano que vem, às transmissões de TV digital. A garantia é do ministro das Comunicações, Hélio Costa, que concedeu entrevista hoje (2) a emissoras de rádio parceiras da Radiobrás.

 

 

 

Em São Paulo, algumas emissoras já iniciaram os testes do novo sistema e, a partir de 2 de dezembro, todas elas começam a transmitir o sinal digital em definitivo na capital.

 

 

 

"A partir de janeiro, estamos também com a obrigatoriedade de entrar em Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Em julho do ano que vem, chegamos às demais capitais. A partir de dezembro de 2008, chegamos nas cidades-pólo no Brasil inteiro e em 2009, evidentemente, no resto do Brasil", afirmou o ministro em entrevista à Agência Brasil.

 

 

 

De acordo com Hélio Costa, as emissoras de Brasília, Belo Horizonte e Rio já podem iniciar os testes de transmissão do sinal digital. "Se a emissora quiser agora fazer testes nessas capitais, já tem autorização do Ministério das Comunicações. É só fazer o encaminhamento oficial. Mas em janeiro será obrigatório", disse.   

 

 

 

Segundo o ministro, o conversor de sinal para TV digital pode chegar a custar R$ 100. "Estou com um protótipo na minha mesa, que chegou da Índia ontem por R$ 200, para conversão da TV Digital. Nós vamos, na realidade, ainda baixar para R$ 150 e possivelmente daqui a um ano, um ano e meio, R$ 100", afirmou.

 

 

 

Ele disse ainda que o sistema analógico continua a operar até 2014.

 

 

 

 

fonte: Agência Brasil

 

http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2007/08/02/materia.2007-08-02.1892881821/view

Link to comment
Share on other sites

mais um gênio da TV morreu

assim como Topa Tudo por Dinheiro' date=' Show de Calouros era foda

Morre aos 82 anos Pedro de Lara
 
Morreu nesta quinta-feira, aos 82 anos, no Rio de Janeiro, Pedro de Lara, radialista e ex-jurado dos programas de Silvio Santos. Segundo assessoria de imprensa do SBT, ele passou mal em sua casa e foi levado pela família à Clínica Climed, onde já chegou sem vida.

Pedro de Lara lutava contra um câncer de próstata. Ainda não há informações sobre velório do corpo.

Mito da TV
Pedro de Lara, conhecido pelo jeito rabugento e brincalhão de ser e pelos lírios que carregava nas mãos, nasceu em Pernambuco, e é natural de Bom Conselho. No início da década de 70, passou a fazer parte do júri do Show de Calouros, uma parte do Programa Silvio Santos. De 1980 em diante, Pedro participou do programa do Bozo, um grande sucesso da TVS e do SBT durante os anos 80 interpretando o Salsi Fufu.

Pedro de Lara também foi astrólogo nas revistas Amiga e Sétimo Céu e radialista na Rádio Atual, além de empresário de sua esposa Mag de Lara, escritor, ator e cantor. Uma de suas últimas atuações na tevê como jurado foi no programa Gente que Brilha, do SBT.
[/quote']

Várias frases dele:

Link to comment
Share on other sites

A nova empreitada da Record agora é criar um canal de esportes 24 horas' date=' pois é gente a guerra tá declarada quem vence a Record ou a Globo.

OBS. fonte site Na Telinha.
[/quote']

 

se eles irão vencer não sei dizer, mas é fato que a Record tá saindo na Frente03 uma vez que a rede bobo só dispoem destes seguimentos de esporte e noticias na tv fechada03
Link to comment
Share on other sites

É Connie, pode ser que estejam saindo na frente no que se trata de tv aberta mas tem que ser bem feito senão não adianta muito.

 

Aqui no Rio na minha tv por exemplo o canal 52 UHF (futura Record News, atual Rede Mulher) entra com bastante chuvisco, não dá pra ver nada, já outros canais como o Futura no 18, NGT no 26 ou a TV Aparecida no 54 entram muito bem. Se continuar assim só pelo satélite ou cabo.

 

Será que tão pensando na qualidade do sinal também?

Link to comment
Share on other sites

TV digital gera polêmica em torno de gravar ou bloquear

 

19/9/2007

 

 

 

http://clipping.planejamento.gov.br/Noticias.asp?NOTCod=382948

 

 

 

 

 

 

Não está claro no texto se haverá proibição de gravação através de gravador de DVD por exemplo. Se for somente pelo decodificador com HD e esse gravar em alta definição a discussão é válida, não que eu concorde, mas é válida. Eu imagino que com gravadores de alta definição no mercado o usuário vai desejar gravar em alta definição.

 

 

 

Sou contra qualquer tipo de bloqueio das gravações utilizando-se um video-cassete ou gravador de DVD. Ao gravar um programa transmitido em HDTV, tanto por video-cassete quanto por gravador de DVD, a qualidade da imagem não ficará HDTV, a grande vantagem ao meu ver é que se a transmissão e recepção do sinal for boa então sua gravação ficará com um aspecto excelente.

 

 

 

Basicamente o sinal digital vai variar chegando até 1080 linhas de resolução, sendo 1080 o verdadeiro HDTV, os aparelhos atuais não chegam a isso devido a limitações de tecnologia. Isso por si só já é um bloqueio.

 

 

 

O cuidado com a pirataria é justificável mas tem limite pra tudo!!!

 

 

 

E me assusta um pouco esse tipo de assunto ter tão pouca ou nenhuma citação por parte das próprias tvs.

 

 

 

Abraçosioooi2007-09-26 08:40:21

Link to comment
Share on other sites

É Connie' date=' pode ser que estejam saindo na frente no que se trata de tv aberta mas tem que ser bem feito senão não adianta muito.
Aqui no Rio na minha tv por exemplo o canal 52 UHF (futura Record News, atual Rede Mulher) entra com bastante chuvisco, não dá pra ver nada, já outros canais como o Futura no 18, NGT no 26 ou a TV Aparecida no 54 entram muito bem. Se continuar assim só pelo satélite ou cabo.
Será que tão pensando na qualidade do sinal também?[/quote']

 

acho que tens razão tambem, qualidade no sinal é o minimo que eles devem se preocupar realmente para atender as espectativas dos telespctadores 03 espero que estejam pensando nesta qualidade tambem, mas acredito que seja possivel afinal estamos as portas da Tv digital 03
Link to comment
Share on other sites

Calma ioooi' date=' vamos esperar inalgurar o canal pra ver se o sinal melhora, a final a Record não vai querer pagar esse mico, quanto a Globo eu fiquei sabendo que ela ia contra atacar abrindo o sinal da Globo News em UHF.[/quote']

 

É o que eu espero Draco' date=' vai ser muito bom ter um canal só de notícias aberto e se abrir a Globo News melhor ainda.[/quote']

 

é impressionante meus queridos amigos o que a simples ameaça de outra emissora em abrir um canal de noticias em tv aberta causa na emissora concorrente, vulgo Globo, a mesma ao se sentir ameaçada está até pensando em abrir a Globo News em Tv aberta13, canal este classicamente incluida em pacotes de tv fechada como a Sky ao qual possuo, é impressionante o que a concorrencia faz, muita cara de pau da globo viu 06
Link to comment
Share on other sites

A quem interessar dei uma editada básica nos meus últimos posts de notícias nesse tópico.

 

 

 

Embora não haja muito destaque nos sites de notícias, alguns deles proibem a reprodução até mesmo em fóruns de discussão. Sei que muitos usuários não ligam pra isso ou não têm consciência disso, que mesmo reproduzindo a notícia geram tráfego para as fontes e como eu muitas vezes acabam lendo a notícia em sites de terceiros sem ter como saber a fonte. Não sei se há amparo legal pra esse tipo de proibição, acredito que haja.

 

 

 

Pra não criar algum tipo de problema pro fórum resolvi editá-los, mesmo tendo quase certeza de que nada iria acontecer já que isso é tão comum quanto jogo do bicho, senador dono de tv, o SBT mudar a programação...

 

 

 

É interessante ver que essa prática tão comum na internet também pode ser vista na televisão (eu preciso citar os programas?).

 

 

 

Abraços.

 

 

 

André

 

 

Link to comment
Share on other sites

Esse artigo escrito por Ethevaldo Siqueira do site Observatório do Direito à Comunicação trata sobre o direito de gravar TV digital. Mesmo sendo de junho é bem interessante já que o assunto ainda não foi definido.

 

 

 

Todo cidadão tem direito de gravar TV digital

 

Ethevaldo Siqueira -

 

26.06.2007

 

   

 

No final de maio, eu e muitos brasileiros estávamos entusiasmados com a posição do ministro das Comunicações, Hélio Costa, quando ele defendia nosso direito de gravar programas de TV digital. “Proibir a gravação é inconstitucional' - bradava Costa, na mesma linha dos demais ministros que compõem o Comitê de Desenvolvimento da TV Digital.

 

 

 

Esse comitê discordou publicamente da proposta das emissoras de TV de instalar bloqueadores nos aparelhos de TV digital para impedir a cópia de filmes, jogos de futebol e novelas. E pediu aos membros da Câmara do Sistema Brasileiro de TV Digital (SBTVD) para que não especificassem nenhuma tecnologia capaz de inibir ou bloquear a possibilidade de gravação de programas digitais pelos telespectadores em suas residências.

 

 

 

Como cidadão e telespectador, minha concordância com o ministro durou, pois Hélio Costa mudou de posição, após almoçar na terça-feira com diretores de emissoras de TV, em sua residência, em Brasília.

 

 

 

“Nós éramos contra porque achávamos que (bloquear gravação) era inconstitucional, mas se tiver uma cláusula que supere isso, tudo bem” - explica Hélio Costa. Presente ao mesmo almoço, a ministra Dilma Rousseff, da Casa Civil, esclareceu, em nota oficial, no dia seguinte, que nada foi decidido pelo governo.

 

 

 

Esclareçamos a questão: gravar programas de TV, analógica ou digital, é um direito do cidadão, nos Estados Unidos, na Europa e na maioria dos países democráticos e desenvolvidos. Até recentemente, o telespectador brasileiro gravava livremente em videocassete seus programas favoritos, para vê-los ou revê-los mais tarde. Agora grava em DVD ou em discos rígidos. O mesmo critério deve prevalecer para a TV digital. Como assinante de TV via satélite Sky, gravo tudo, digitalmente, num Personal Video Recorder (PVR), com disco rígido de 160 gigabytes.

 

 

 

CUSTO DO CONVERSOR

 

 

 

Um dos argumentos utilizados pelo ministro das Comunicações é o da redução de custos do licenciamento de conteúdos e do próprio conversor. Como disse em entrevista na quarta-feira, a liberdade de gravar encarece os custos de licenciamento de filmes, programas, grandes coberturas esportivas ou novelas. Num receptor de TV digital, é usado um cabo de conexão, chamado High Definition Multimedia Interface (HDMI), para liberar o sinal para gravação. Para bloquear, usa-se outro dispositivo que inibe a capacidade de gravar, o High-Bandwidth Digital Content Protection (HDCP).

 

 

 

Supondo-se um total de 100 mil receptores digitais, o custo da licença, sem restrição para gravar, é hoje de US$ 0,31, por dispositivo.

 

 

 

Com restrição ou bloqueio de gravação, o custo cai para US$ 0,15. Confira esses valores no site HDMI ou no site Digital CP.

 

 

 

Talvez sem compreender bem esse mecanismo, o ministro das Comunicações afirmou quarta-feira passada que, se o Brasil inibir o direito de gravar, o custo dos conversores cairá 30%. Isso não é verdade, dizem os especialistas.

 

 

 

QUE É PIRATARIA?

 

 

 

Copiar programas em casa para vê-los mais tarde é um benefício que a TV digital proporciona a milhões de pessoas no mundo civilizado. Pirataria é outra coisa.

 

 

 

Os verdadeiros piratas têm quebrado praticamente qualquer código de proteção para fazer milhares de cópias.

 

 

 

O crime não está em fazer uma cópia de um programa de TV digital para uso pessoal e doméstico, mas em multiplicar essas cópias para revendê-las, sem remunerar os detentores de seus direitos. É essa pirataria que deve ser combatida.

 

 

 

O risco maior é o governo, com seu imediatismo, optar pelo caminho menos inteligente, constrangendo milhões, a título de combater a fraude.

 

 

 

Isso equivaleria a punir 99,999% da população, a pretexto de se evitar a pirataria, praticada por apenas 0,001% das pessoas. E vale repetir: os delinqüentes quebram quaisquer bloqueios.

 

 

 

Como sabemos, o Brasil é um dos campeões mundiais de pirataria, seja de conteúdos de CDs, de softwares ou de DVDs. A impunidade é total. Os produtos pirateados são vendidos ostensivamente, a qualquer hora do dia nas ruas de São Paulo, do Rio e de outras cidades. Isso, sim, precisa mudar.

 

 

 

COMBATE AO CRIME

 

 

 

Existem, pelo menos, três caminhos para se combater a pirataria. O primeiro e mais eficaz deles é a educação, embora só tenha seus melhores efeitos em longo prazo. Pais e professores deveriam ensinar as crianças a respeitarem a propriedade intelectual e os direitos autorais.

 

 

 

O segundo caminho é o uso de tecnologias avançadas para a detecção da fraude. O terceiro é uma legislação implacável com os fraudadores - mas que seja, efetivamente, aplicada e aplicável.

 

 

 

Nossa esperança é que o Comitê de Desenvolvimento da TV Digital, formado por dez ministros defenda a sociedade e os direitos do cidadão, nesta semana, e libere a gravação de todos os programas.

 

 

 

 

Fonte: Observatório do Direito à Comunicação

 

http://www.direitoacomunicacao.org.br/novo/content.php?option=com_content&task=view&id=735

 

Link to comment
Share on other sites

Esse artigo escrito por Ethevaldo Siqueira do site Observatório do Direito à Comunicação trata sobre o direito de gravar TV digital. Mesmo sendo de junho é bem interessante já que o assunto ainda não foi definido.

Todo cidadão tem direito de gravar TV digital

Esclareçamos a questão: gravar programas de TV' date=' analógica ou digital, é um direito do cidadão, nos Estados Unidos, na Europa e na maioria dos países democráticos e desenvolvidos. Até recentemente, o telespectador brasileiro gravava livremente em videocassete seus programas favoritos, para vê-los ou revê-los mais tarde. Agora grava em DVD ou em discos rígidos. O mesmo critério deve prevalecer para a TV digital. Como assinante de TV via satélite Sky, gravo tudo, digitalmente, num Personal Video Recorder (PVR), com disco rígido de 160 gigabytes.

[/quote']

 

a pirataria realmente é um mal dos tempos modernos, gera esse tipo de polemica, pode gravar ou não pode? baseado no que li e no que já ocorre a anos não vejo problema em, com o advento da Tv digital se gravar qualquer tipo de conteudo, conforme o artigo, isso já é feito a decadas onde sempre gravamos em fitas k7 de video, ao meu ver não há cabimento em instalação de bloqueadores de gravação alegando-se como motivo "pirataria", há outros meios para se combater isso, e com certeza não é impedindo os cidadãos em seus lares de gravar o que quiser na tv03
Connie2007-09-26 17:09:39
Link to comment
Share on other sites

Eu pude ver pela parabolica, mas o sinal é igualzinho do que era Rede Mulher, continua ruinzinho e não melhorou em nada.

 

Eu acredito q esse canal deva dar bem mais audiencia do q a Rede Mulher, q passava quase toda sua programação infocomerciais, mas tmb pelo q a Record gastou vai ter q recompensar. 
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...