Jump to content
Forum Cinema em Cena

São Paulo Futebol Clube


Recommended Posts

Esse Cruzeiro é muito freguês' date=' pqp. 06

E o Fábio adora tomar gol de falta do SP. 06

 

Era vencer ou vencer e venceu, ainda tem chances de título. Pena que perdemos o Rogério por 2 semanas.

 

Agora é pegar Ipatinga fora e Náutico em casa, 6 pontos fáceis se não ficarem de besteira.
[/quote']

 

Ipatinga é 3 pontos.

 

Depois é clássico!
Link to post
Share on other sites
  • Replies 4k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Parece que o São Paulo voltou para a briga de novo, mas só tem uma coisa....

 

Se quiser ser campeão, o São Paulo terá de vencer fora!!!! empatar não dar +++++++++++060606

 

Times que estão na briga

 

Palmeiras

Grêmio

Cruzeiro

Flamengo

São Paulo

 

Serão estes os times que irão brigar por este título.... Serão 10 rodadas de pura emoção!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Link to post
Share on other sites

Com Morumbi "86% pronto", São Paulo rechaça briga por abertura

Guilherme Costa
No Rio de Janeiro

 

Nem o projeto de uma reforma completa no estádio Mané Garrincha, nem a força política de Belo Horizonte. Baseada na importância que a cidade possui nos contextos político e econômico, além de uma necessidade pequena de intervenções no Morumbi, a delegação de São Paulo rechaça uma briga pelo direito de sediar a abertura da Copa do Mundo de 2014, que acontecerá no Brasil.

"Nós não conseguimos imaginar que a abertura não seja em São Paulo. Trata-se de uma cidade do mundo, com uma repercussão internacional muito importante. A estrutura esportiva não está bem no Brasil inteiro, mas a Copa provocará uma ventania e mudará muitas coisas. E quanto a isso, nós partimos de um ponto interessante", analisou Walter Feldman, secretário de Esportes, Lazer e Recreação da capital paulista.

Belo Horizonte, Brasília e São Paulo travam uma disputa política pelo direito de sediar a abertura da Copa do Mundo de 2014. Diferentemente de seus concorrentes, a capital paulista não fala em obras contundentes no Morumbi, estádio escolhido para sua candidatura. Em vez disso, prefere enaltecer o atual momento do local.

"Fizemos uma análise sobre como o Morumbi está e como precisa ficar. Para cumprirmos o caderno de encargos da Fifa, estamos com 86% dos itens prontos. Os 14% que faltam são referentes a setores de imprensa, setores VIPs e algumas adequações no interior", argumentou Ruy Ohtake, arquiteto responsável pelo projeto de mudanças no estádio paulistano.

A obra no Morumbi será realizada paulatinamente, sem a necessidade de fechamento do estádio. O custo do projeto ainda não foi anunciado oficialmente, mas especula-se que o estádio consuma entre R$ 200 milhões e R$ 300 milhões da iniciativa privada.

"Tanto o [governador José] Serra quanto o [prefeito Gilberto] Kassab vetaram qualquer tipo de dispêndio de verbas públicas com a reforma do Morumbi. Trata-se de um estádio privado, e o São Paulo vai conseguir dinheiro para adequá-lo a partir de parcerias com a iniciativa privada. Temos convicção de que o local estará pronto e ajustado a todas as coisas que a Fifa pedir para a Copa do Mundo", ponderou Feldman.

Além dos pontos que integram o caderno de encargos da Fifa, o São Paulo planeja uma cobertura para as arquibancadas do Morumbi. Uma estrutura metálica será instalada na parte externa do estádio, e sustentará um tecido que impedirá a passagem do sol, mas não da claridade.

"Nem havia a necessidade de se fazer isso, mas a diretoria do São Paulo achou importante para modernizar o estádio. Montaremos toda a estrutura fora dali, e faremos apenas a instalação no Morumbi. A obra vai ser feita entre dezembro de 2011 e janeiro de 2012, quando o estádio estiver fechado para as férias", explicou Ohtake.

 

Na boa, derruba e faz outro. 06
Angelo Voorhees2008-09-30 15:30:55
Link to post
Share on other sites

Lembram que o Cazumba foi pro Figueirense, né? Pois bem, vejam esse gol do time de Floripa, na comemoração o cara que fez o gol vai correndo e vem um atrás, é o Cazumba, reparem no tombo. 060606

 

Link to post
Share on other sites

 

07/10/08 -

12h39

- Atualizado em

07/10/08 -

13h07

 

Bosco alega que cores não combinam, não troca uniforme e pode ser suspenso

Para Elmivan Alves Andrade, quarto árbitro, goleiro agiu de 'má vontade'

André Amaral

São Paulo

 

 

 

Wander%20Roberto/VIPCOMM

O goleiro Bosco durante treino do São Paulo

Um episódio curioso pode fazer o goleiro Bosco parar no STJD. A

súmula do jogo entre Ipatinga

e São

Paulo relata que ele se negou a trocar de camisa e calção,

apesar de um pedido do quarto árbitro, alegando que a cor não

combinaria com a das meias.

 

Elmivan Alves Andrade, quarto árbitro do jogo apitado por Evandro

Rogério Roman, relatou o episódio na súmula:

 

"Antes do início da partida, fui ao vestiário

das equipes... / Ao solicitar ao goleiro da equipe do São Paulo

que trocasse seu uniforme de cor preta (camisa, bermuda e meia)

pelo uniforme de cor azul (camisa e bermuda), este disse que não

iria trocar, pois não iria combinar camisa azul, calção azul e

meia preta", diz o texto assinado pelo quarto árbitro.

 

Em outro trecho, ele reclama da postura do goleiro

reserva tricolor:

 

"Informei (ao goleiro) que, por haver outro

uniforme que o descaracterizasse dos demais jogadores e também

da arbitragem, isto seria relatado e encaminhado junto a súmula.

Informo ainda que foi por mera má vontade a não troca do

uniforme"

 

A súmula será analisada pelos procuradores do STJD

e Bosco pode até ser denunciado no artigo 251, que fala em

desrespeitar o árbitro e seus auxiliares, o que poderia render

suspensão de uma a quatro partidas. O procurador-geral do STJD,

Paulo Schmitt, diz não se lembrar de nenhum caso parecido, mas

revela que o goleiro será julgado e pode ser punido.

 

 

 

 

 

- Esse tipo de relato na súmula é muito raro. É difícil um

jogador não seguir as orientações do árbitro. O atleta deve ser

denunciado e, conseqüentemente, julgado. Não tenho como dizer se

vai ou não ser punido, mas, realmente, pode pegar uma suspensão

- afirma, por telefone.

 

Se Schmitt vê como real a chance do jogador ser punido, o mesmo

não acontece com Antonio Meccia, procurador do TJD paulista.

Para Meccia, é difícil o goleiro sofrer alguma punição.

 

- É complicado enquadrar no artigo 251. Não chegou

a ser um desrespeito ao árbitro. E o goleiro atuou com a camisa,

não foi punido em nenhum momento pelo árbitro - diz.

 

 

 

Bosco diz que não se recusou a trocar de uniforme

 

 

Procurado pela reportagem do GLOBOESPORTE.COM, Bosco afirmou que

não aconteceu nada no vestiário e que iria procurar a súmula

para saber o que foi relatado.

 

 

*Colaboraram: Julyana Travaglia e Thiago Fernandes

-------------------------------------------------------------------

   Esse tá no time certo, só podia ser bambi 060606

 

 

 

Link to post
Share on other sites

Ae, bambizada... leia com atenção....

 

CBF legitima o penta do Fla - Parte II

Lembram da Taça de Bolinhas — aquela que seria entregue ao clube que vencesse o Campeonato Brasileiro cinco vezes?  

Pois bem, a CBF deve anunciar nos próximos dias a solução para o impasse quanto à nova e definitiva morada do troféu.

E o mais provável é que ele vá mesmo para a Gávea.

Explico:

Fábio Koff, presidente do Clube dos Treze, entregará ao presidente da

CBF, Ricardo Teixeira, a cópia de um documento assinado por dirigentes

de vários clubes solicitando a divisão do título brasileiro de 1987

 entre o Flamengo, por ter vencido o módulo verde, e o Sport Recife,

por ter ganho o módulo amarelo.

O documento teria sido assinado,

inclusive, pelo vice-presidente do clube pernambucano, Milton Caldas

Bivar, um dos quatro vice-presidentes do Clube dos Treze — fato este

que não consegui confirmar.

Mas não acho de todo improvável. Afinal, o impasse não interessa ao atual campeão da Copa do Brasil.

Pelo

contrário, dividindo com o Flamengo a legitimação da honraria por

enquanto conferida apenas a ele, o Sport se alia aos poderosos do Clube

dos Treze e de tabela ajuda a CBF a resolver um imbróglio que a

atormenta: a questão da Taça de Bolinhas.

Porque reconhecendo

oficialmente os dois clubes como campeões do Brasileiro de 87, a

entidade legaliza o penta rubro-negro e entrega o troféu na Gávea...

____________________________________________________________________________________

Primeiramente, um lembrete: a questão é polêmica e por isso se arrasta há 21 anos.

É

engraçado ver companheiros de imprensa se manifestando sobre um caso

que nem todos à época acompanharam "in locco", cobrindo as reuniões e

ouvindo as duas partes principais do imbróglio.

Vem daí as

"certezas" de alguns leitores que hoje se manifestam, até com

radicalidade, baseadas em falsas premissas e em verdades manipuladas de

acordo com preferências _ clubísticas, pessoais e comerciais.

Mero casuísmo.

Isso posto, complemento a informação e esclareço alguns pontos.

O

documento em questão, que será apresentado ao presidente da CBF,

Ricardo Teixeira, foi assinado pelo então presidente do Sport, em 1997,

Luciano Bivar, irmão do atual presidente, Mílton Bivar.

E que o diz o documento?

Simples: o

Sport queria se filiar ao Clube dos 13 e, conforme o estatuto da

instituição, teria de conseguir a aprovação unânime dos representantes

dos clubes filiados.

O Flamengo manifestou-se contrário ao fato a menos que, em condicão sine qua non,

o clube pernambucano assinasse um termo reconhecendo, ao lado dos

outros afiiados, a legitimidade do título do clube carioca, conquistado

em 87, no Módulo  Verde.

O Sport não criou objeção, assinou o documento e teve sua filiação aceita.

O

Clube dos 13 garante ter enviado o documento à CBF mas, como houve

mudança na diretoria do Flamengo, os representantes da nova gestão não

se preocuparam em fazer o acompanhamento.

O assunto caiu em esquecimento até que o São Paulo conquistasse seu quinto título Brasileiro, em 2007.

Enfim,

a fonte me informa ainda que o encontro entre Fábio Koff e Ricardo

Teixeira só não aconteceu nesta semana porque o Teixeira teve de viajar

para um encontro com executivos da Nike, nos Estados Unidos.

A

expectativa é de que após o jogo entre Brasil e Colômbia, no Maracanã,

um encontro entre os dois formalize a entrega de uma cópia do documento.

Teixeira

deverá encaminhar o caso para o STJD que, finalmente, deverá pôr um

ponto final no caso, anunciando a divisão do título:

Flamengo, campeão brasileiro do módulo verde.

Sport Club Recife, campeão brasileiro  do módulo amarelo.

Ou seja: o Flamengo, primeiro pentacampeão brasileiro (80,82, 83, 87 e 92), ficará com a Taça de Bolinhas.

 

 

 

Link to post
Share on other sites

" Lembram da Taça de Bolinhas — aquela que seria entregue ao clube que vencesse o Campeonato Brasileiro cinco vezes?  

Pois bem, a CBF deve anunciar nos próximos dias a solução para o impasse quanto à nova e definitiva morada do troféu.

E o mais provável é que ele vá mesmo para a Gávea. "

 

Deveria era entregar pro São Paulo, pois o tricolor é o atual bicampeão, já o Fla está na fila a uns tantos anos... ehehhehe
Link to post
Share on other sites
Ae' date=' bambizada... leia com atenção....

CBF legitima o penta do Fla - Parte II

blablablablabla


[/quote']

 

Jesus, como são chatos... ainda bem que não vão mais disputar o título ferrenhamente, pq ter que aguentar vcs mais os porcos seria demais. 06

Ele falava do Chicão, um mito do SP menos lembrado do que merecia que morreu no dia, e vcs já desviam pra esse papo que ninguém aguenta mais, carajo... 0606
Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

Announcements


×
×
  • Create New...