UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena
Engraxador!

Alfred Hitchcock

Na sua opinião, qual é o melhor filme de Alfred Hitchcock?  

85 members have voted

  1. 1. Na sua opinião, qual é o melhor filme de Alfred Hitchcock?

    • A Dama Oculta
      1
    • Disque M para Matar
      8
    • Festim Diabólico
      16
    • Janela Indiscreta
      15
    • Os Pássaros
      3
    • O Homem que Sabia Demais
      1
    • Pacto Sinistro
      2
    • Psicose
      19
    • Topázio
      0
    • Um Barco e Nove Destinos
      0
    • Um Corpo que Cai
      20
    • Outro. Qual?
      3


Recommended Posts

Eu achei um tanto longo. Algumas subtramas são desnecessárias e não acrescentam muito. Obviamente' date=' é um excelente filme. 107 minutos não é muito, mas a produção acaba se tornando mais longa do que parece. Demora para atingir o clímax. Pelo menos na minha opinião. 03[/quote']

 

Quais são as subtramas? 09

 

E  é a 'demora' que constrói o suspense...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eu achei um tanto longo. Algumas subtramas são desnecessárias e não acrescentam muito. Obviamente' date=' é um excelente filme. 107 minutos não é muito, mas a produção acaba se tornando mais longa do que parece. Demora para atingir o clímax. Pelo menos na minha opinião. 03[/quote']

 

Quais são as subtramas? 09

 

E  é a 'demora' que constrói o suspense...

Não achei tão interessante a construção de tramas sobre outros apartamentos.

 

De fato.. Mas me incomodou. Me deixou irritado. Certo momento cheguei a pensar: 'Droga. Chega logo no fim'. 0606

Share this post


Link to post
Share on other sites
o desenvolvimento da narrativa se dá' date=' primordialmente por falas e se esquece das imagens.[/quote']

Eu to começando a achar que tenho uma queda por esse tipo de filme "falado". Lembra da discussão de Casablanca? Talvez porque eu não seja muito capaz de perceber a importância da direção e só preste atenção no roteiro. Lembra da outra discussão? 08

 

Acontece... Depois de alguns filmes a gente vai percebendo qual é o grande 'toque' da Sétima Arte...

 

Já assitiu 2001? É um perfeito exemplo de história contada por imagens.


Eu simplesmente não entendia qual era a daqueles caras. Porque do nada eles se tornavam assassinos e almejavam cometer o "crime perfeito". A explicação acima joga uma luz sobre isso' date=' embora eu não tenha percebido a temática homossexual no filme.
[/quote']

 

A temática homossexual é extremamente sutil pq na época eles não podiam dizer abertamente em um filme que os protagonistas eram homossexuais. Mas nos extras do DVD o roteirista esclarece que são gays sim e que é justamente essa 'peculiaridade' que dá relevo à temática do filme.

 

E eles se tornam assassinos 'do nada' mesmo... Simplesmente pela diversão. É um desses desvios morais do ser humano que existem e que sempre nos chocam. Explicar tais desvios seria uma tentativa de estabelecer razões para aquilo, o que em última análise, apaziguaria a nossa indignação. A racionalização mina a moral.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não achei tão interessante a construção de tramas sobre outros apartamentos.

 

De fato.. Mas me incomodou. Me deixou irritado. Certo momento cheguei a pensar: 'Droga. Chega logo no fim'. 0606

 

Cara, sério mesmo... Vc está estudando para virar cineasta. Parto do princípio que essa é uma posição extremamente limitada e que poda a apreciação plena da obra. A 'demora' é o pulo do gato do filme. O cara matou mesmo a mulher? Jeffries pirou na batatinha? Será que o calor intenso fritou uns neurônios do protagonista? Será que ele tá precisando de sexo? Enfim, questões que pululam na cabeça quando a gente vê o filme. Se Hitch se apressasse em entregar tudo rapidamente ou mesmo aos poucos (como frequentemente acontece hoje), aquela sequência onde o protagonista e antagonista se enfrentam não seria tão tensa quanto é.

 

E a construção das 'subtramas' dos outros apartamentos não está lá para ser 'interessante' e sim para complementar a trama principal, já que o protagonista bisbilhota todo mundo, logo era necessário criar pequenos plots para cada pessoa bisbilhotada.
Dook2007-09-13 21:51:46

Share this post


Link to post
Share on other sites
Estou ciente' date=' Noonan. Mas a demora em Janela Indiscreta não funcionou para mim. Fiquei impaciente. Talvez por se concentrar tanto tempo em um só ambiente... Preciso rever. [/quote']

 

Vc vai odiar os filmes do John Carpenter então... 06

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tinha algumas especulações no tópico do filme que acho que foi apagado, mas dica: procure explicações para a parte final por curiosidade apenas... O final de 2001 é porreta justamente por permitir que cada um tenha a sua resposta. O final foi feito para NÃO ter um entendimento padrão.

 

Mas vc pode perguntar aqui:

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não achei tão interessante a construção de tramas sobre outros apartamentos.

 

De fato.. Mas me incomodou. Me deixou irritado. Certo momento cheguei a pensar: 'Droga. Chega logo no fim'. 0606

 

Cara' date=' sério mesmo... Vc está estudando para virar cineasta. Parto do princípio que essa é uma posição extremamente limitada e que poda a apreciação plena da obra. A 'demora' é o pulo do gato do filme. O cara matou mesmo a mulher? Jeffries pirou na batatinha? Será que o calor intenso fritou uns neurônios do protagonista? Será que ele tá precisando de sexo? Enfim, questões que pululam na cabeça quando a gente vê o filme. Se Hitch se apressasse em entregar tudo rapidamente ou mesmo aos poucos (como frequentemente acontece hoje), aquela sequência onde o protagonista e antagonista se enfrentam não seria tão tensa quanto é.

 

E a construção das 'subtramas' dos outros apartamentos não está lá para ser 'interessante' e sim para complementar a trama principal, já que o protagonista bisbilhota todo mundo, logo era necessário criar pequenos plots para cada pessoa bisbilhotada.
[/quote']

Dook. Tudo o que você falou faz sentido. Mesmo. Mas, o filme não funcionou perfeitamente bem para mim. O final é brilhante... Entretanto, senti certa falta de energia no resto do desenrolar.

 

Tudo o que estou proferindo pode ser besteira. Assisti ao filme há uns 4 anos atrás e não sei se estava amadurecido o suficiente. Logo, rever é necessário. A primeira impressão, pode até ser equivocada, que ficou foi essa. 12 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não achei tão interessante a construção de tramas sobre outros apartamentos.

 

De fato.. Mas me incomodou. Me deixou irritado. Certo momento cheguei a pensar: 'Droga. Chega logo no fim'. 0606

 

Cara' date=' sério mesmo... Vc está estudando para virar cineasta. Parto do princípio que essa é uma posição extremamente limitada e que poda a apreciação plena da obra. A 'demora' é o pulo do gato do filme. O cara matou mesmo a mulher? Jeffries pirou na batatinha? Será que o calor intenso fritou uns neurônios do protagonista? Será que ele tá precisando de sexo? Enfim, questões que pululam na cabeça quando a gente vê o filme. Se Hitch se apressasse em entregar tudo rapidamente ou mesmo aos poucos (como frequentemente acontece hoje), aquela sequência onde o protagonista e antagonista se enfrentam não seria tão tensa quanto é.

 

E a construção das 'subtramas' dos outros apartamentos não está lá para ser 'interessante' e sim para complementar a trama principal, já que o protagonista bisbilhota todo mundo, logo era necessário criar pequenos plots para cada pessoa bisbilhotada.
[/quote']

Dook. Tudo o que você falou faz sentido. Mesmo. Mas, o filme não funcionou perfeitamente bem para mim. O final é brilhante... Entretanto, senti certa falta de energia no resto do desenrolar.

 

Tudo o que estou proferindo pode ser besteira. Assisti ao filme há uns 4 anos atrás e não sei se estava amadurecido o suficiente. Logo, rever é necessário. A primeira impressão, pode até ser equivocada, que ficou foi essa. 12 

 

quatro anos atrás? tá brincando, né? pô, alugue logo de novo pra assistir, cara. sério, agora que você está mais desenvolvido dentro do mundo cinematográfico, faz faculdade de cinema, etc., certamente vai perceber que esse é realmente o filme mais perfeito do mundo, haha.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que eu já posso fazer um top do Hitchcock agora. Pelo menos um top5.

 

1. Janela Indiscreta

2. Psicose

3. Um Corpo Que cai

4. A Dama Oculta

5. Interlúdio

 

Eu também já vi Os Pássaros, mas faz tanto tempo que eu prefiro nem colocar na lsita. E de todos aí, o único que eu não gostei tanto foi Interlúdio e as três primeiras posições são ocupadas por filmes muito bons.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Eu tenho que discordar desse tipo de filme onde cada um pensa o que quer. Um filme tem que ser claro. Quando o cara bota um monte de maluquice e diz: "interprete como quiser"' date=' "é um filme profundo que vai direto no sentimento" etc, pra mim ele tá mostrando que não tem o que botar. Não existe um história pra contar. Por que as outras partes do filme são entendíveis? Só aquele viagem ao infinito não? [Acho que isso é assunto pra o outro tópico'].

 

Nananinanão... Assistir um filme é uma experiência sensorial emocional no qual a pessoa o vê utilizando seu sistema de valores e princípios e isso varia de pessoa pra pessoa. Portanto, ver um filme é uma experiência subjetiva. Se vc condiciona o público a uma única e padronizada interpretação, vc mina o significado da obra como um todo.

 

Um exemplo claro disso é A Paixão de Cristo, de Gibson: muitos acharam anti-semita; outros não viram nada que fosse motivo de ira para contra os judeus.

 

Um filme não é 'uma história pra contar', mas sim o que o diretor quer falar através dessa história. Kubrick fala sobre a evolução do ser humano e sobre a sua mecanização, a perda de sua humanidade. É isso que ele quer falar. Agora o que significa concretamente aquele final, o que realmente ocorre ali, fica para cada um pensar.
Dook2007-09-13 23:25:10

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu não acho que existam 'certos filmes que cada um pensa o que quer', e sim que TODOS são assim. Senão fosse assim, o mundo não teria a menor graça, todos iam gostar das mesmas coisas, ia ser tudo um monte de robô padronizado. Ver qualquer filme é uma experiência pessoal, e yada yada yada. rubysun2007-09-13 23:40:40

Share this post


Link to post
Share on other sites

assim como todas as outras formas artísticas. ver um filme é uma experiência completamente pessoal e totalmente intransferível. foi você quem viu o filme, com teus próprios olhos, portanto, automaticamente,todas as mensagens visuais e sonoras que foram absorvidas durante o tempo de duração da obra passaram por um processo de interpretação teu. você não vê um filme com os olhos de outra pessoa, e vice-e-versa. nem muito menos com os olhos do diretor, mesmo que o material seja um documento intelectual dele.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se for falar sobre o Kubrick, fala naquele tópico lá mesmo...

 

Agora se for para começar uma discussão sobre essa questão de 'entendimento padrão', melhor abrir outro tópico... que já nascerá com pinta de tópico bombado...

 

06

Share this post


Link to post
Share on other sites


1958 - Um corpo que cai (Vertigo) - 9' date='5 (impecável em todos os sentidos até ... o fimzinho,

 sem noção a kim novak ao lado de stewart se suicidar ao ver uma suposta assombração subindo as escadas enquanto na verdade era uma freira! 09 

)


[/quote']

 

Mas ela não se suicida... ela toma um susto e perde o equilíbrio caindo...

 

vc tem realmente certeza sobre isso? 

eu poderia jurar q ela pula consciente e desesperadamente pq ela vê uma "assombração" (a freira) subindo as escadas, e não pq ela perde o equilíbrio com o susto e cai igreja abaixo, ..., tenho q rever urgentemente esse final aí 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Acho Disque M prolixo' date=' o que o tira da lista de melhores (mas não o considero ruim)... o desenvolvimento da narrativa se dá, primordialmente por falas e se esquece das imagens. Não é à toa que, anos mais tarde, Hitch diria que esse fora o seu pior filme.

 

Acho Vertigo o melhor Hitch que já assisti;

 

Considero Festim uma aula de suspense, mas também um filme ousadíssimo em sua temática que, se feito hoje, seria execrado pois coloca os homossexuais (minoria rejeitada que os setores politicamente corretos da sociedade tentam inserí-los no grupo maior) numa posição em que eles se sentem 'superiores' aos demais 'pobres humanos', se catalogando capazes de se expressar artisticamente através de um assassinato e ainda por cima, ousam rotular os seres humanos em 'inferiores' e 'superiores' de acordo com a sua lógica distorcida. Um filme ímpar, não só tecnicamente, mas tematicamente também.
[/quote']

 

sinceramente eu não vejo necessidade de um filme ser contado com imagens de uma forma mais contundente do q pela narração ou diálogos (algo q acontece em 99,9% dos filmes atuais), enquanto existe um roteiro tão absurdamente bem escrito, tão brilhante qt esse de disque M para matar, e no mais, do q adianta um filme ter um belo visual como o de um alien 4 e ser uma bomba em termos de estória, de desenvolvimento dos personagens, etc?

 

e qt ao pior filme de hitch, acho q ele se referiu na verdade ao festim diabólico, pq penso eu q de certa forma ele foi pressionado pela crítica ao dizerem q seu filme era inferior a peça de teatro e dentre um dos motivos era esse q os personagens não transparessiam a homossexualidade, ao contrário da peça, blarghhh, ridículo 09

Share this post


Link to post
Share on other sites

sinceramente eu não vejo necessidade de um filme ser contado com imagens de uma forma mais contundente do q pela narração ou diálogos (algo q acontece em 99' date='9% dos filmes atuais), enquanto existe um roteiro tão absurdamente bem escrito, tão brilhante qt esse de disque M para matar, e no mais, do q adianta um filme ter um belo visual como o de um alien 4 e ser uma bomba em termos de estória, de desenvolvimento dos personagens, etc?
[/quote']

 

Cinema é a arte da imagem e som... Meio ilógico a força de um filme se concentrar SOMENTE em narração ou diálogos. Pelo seu torto raciocínio, os filmes mudos são um LIXO, posto que não tem diálogos, nem narração.

 

E esqueça a história... o mote todo é o que o diretor faz com a história. Tróia tem uma história fascinante e o que aconteceu? Virou um filme sem alma com astros anabolizados. E sinceramente, em Alien - A Ressurreição a protagonista é levada a um outro nível e alguns personagens acompanham isso. Só vc que não percebeu...

 

e qt ao pior filme de hitch' date=' acho q ele se referiu na verdade ao festim diabólico, pq penso eu q de certa forma ele foi pressionado pela crítica ao dizerem q seu filme era inferior a peça de teatro e dentre um dos motivos era esse q os personagens não transparessiam a homossexualidade, ao contrário da peça, blarghhh, ridículo 09
[/quote']

 

Nope... Hitch foi CLARO ao dizer que Disque M era seu pior filme... Quando a Festim Diabólico, ele diria anos mais tarde que a experiência de filmá-lo continuamente, com quase nenhum corte, teria restado desperdiçada uma vez que ele não chegou a lugar algum com a técnica e que o filme é tão lembrado por ela quanto por sua narrativa singular, esta vinda da peça teatral.

Share this post


Link to post
Share on other sites

sinceramente eu não vejo necessidade de um filme ser contado com imagens de uma forma mais contundente do q pela narração ou diálogos (algo q acontece em 99' date='9% dos filmes atuais), enquanto existe um roteiro tão absurdamente bem escrito, tão brilhante qt esse de disque M para matar, e no mais, do q adianta um filme ter um belo visual como o de um alien 4 e ser uma bomba em termos de estória, de desenvolvimento dos personagens, etc?
[/quote']

 

Cinema é a arte da imagem e som... Meio ilógico a força de um filme se concentrar SOMENTE em narração ou diálogos. Pelo seu torto raciocínio, os filmes mudos são um LIXO, posto que não tem diálogos, nem narração.

 

E esqueça a história... o mote todo é o que o diretor faz com a história. Tróia tem uma história fascinante e o que aconteceu? Virou um filme sem alma com astros anabolizados. E sinceramente, em Alien - A Ressurreição a protagonista é levada a um outro nível e alguns personagens acompanham isso. Só vc que não percebeu...

 

e qt ao pior filme de hitch' date=' acho q ele se referiu na verdade ao festim diabólico, pq penso eu q de certa forma ele foi pressionado pela crítica ao dizerem q seu filme era inferior a peça de teatro e dentre um dos motivos era esse q os personagens não transparessiam a homossexualidade, ao contrário da peça, blarghhh, ridículo 09
[/quote']

 

Nope... Hitch foi CLARO ao dizer que Disque M era seu pior filme... Quando a Festim Diabólico, ele diria anos mais tarde que a experiência de filmá-lo continuamente, com quase nenhum corte, teria restado desperdiçada uma vez que ele não chegou a lugar algum com a técnica e que o filme é tão lembrado por ela quanto por sua narrativa singular, esta vinda da peça teatral.

 

o negrito marcado na minha sentença explica a sua resposta q não tem nem razão de existir da forma como ela foi colocada (caso esse muito típico em q a pessoa não sabe ler ou não consegue compreender o significado da frase), tendo em vista q nunca disse q um filme deva ser "mais diálogo" a frente de "mais imagem", só disse q isso poderia ocorrer sim, como é o caso de disque M para matar, festim diabólico, etc, cujos filmes se concentram em pouquíssimos cenários e muito mais diálogo, e qual o problema? a rigor não vejo problema algum, muito pelo contrário, foram excelentemente bem concebidos e bem realizados dessa forma, e no mais, não ganho absolutamente nada perdendo meu tempo falando com alguém q se julga ser "mais isperto" do q a outra, sinceramente não tou aqui pra perder o meu tempo com isso, portanto pq vc não vai procurar os bamby´s q vc conhece pra fazerem parte da sua festinha particular? vai ser melhor pra todos, vai por mim
D4rk Schn31d3r2007-09-21 01:16:50

Share this post


Link to post
Share on other sites

Da enquete eu vi Disque  M para matar, Festim Diabólico, Janela Indiscreta, O Homem que sabia demais, Psicose e Um corpo que cai.

 

O meu prefirido é o menos badalado desses: Disque M para matar. Sensacional. 10

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×