Jump to content
Forum Cinema em Cena

Quadrinhos é Literatura?


Recommended Posts

Minha opinião, sem nenhum embasamento de qualquer espécie:

 

Quadrinhos é diferente da literatura dos romances, mas pode se encaixar

num gênero diversificado... é válida a leitura de gibis, claro, eu

aprendi a ler graças à Turma da Mônica!

 

 

 

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Não se deve confundir alhos com bugalhos (ou como foi posto, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa).

 

 

 

Quadrinhos são quadrinhos, literatura é literatura, cinema é cinema, teatro é teatro. Um roteiro bem escrito não leva prêmios de literatura, um ator de teatro não leva o Oscar para casa, e quadrinhos não são expostos em galerias de pintura.

 

 

 

O que realmente estão discutindo aqui é o status de arte dos quadrinhos, que eu acho totalmente justificável. Quadrinhos são arte, não é porque existem os Tios Patinhas da vida que isso diminua as demais grandes obras.

 

 

 

Lembrem-se que até da Vinci pintava quadros por encomenda, e Hollywood nos lembra a cada blockbuster que artistas também precisam comer e gostam de dinheiro.

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Tio Patinhas é muito bom e é uma ótima forma de estimulo à leitura.

 

Você não vai dar pra uma criança um Código da Vinci pra ler (não

recomendo nem pra adultos, whatever...). Assim como vc não daria

Preacher pra uma criança ler...

 

Assim como Tio Patinhas é mais legal que Preacher ou Código da Vinci

pra se ler no banheiro, sabe, tudo flui mais fácil. Mas wtf que eu tô

falando agora??

 

 

 

Quando eu disse "Leiam V de Vingança e depois venham falar comigo" não

quis dizer que quadrinhos é literatura e nem disse o contrário. Como

posso dizer... Ler embalagem de xampu e refrigerante é literatura? É

complicado...

 

 

 

Quadrinhos são uma forma de arte que não devem ser menosprezados, por

isso recomendo a leitura dos grandes títulos das HQs pra não fazerem um

julgamento errado dos mesmos.

 

 

 

Falei algo com algo? Espero que sim

 

 

 

 

 

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Pois é, literatura e quadrinho são arte de formas diferentes.

 

Literatura não é só a arte de ler, por que se não, ler folhetos de supermercado seria literatura.

 

 

 

- Fulana, o que cê anda lendo?

 

- Ofertas do Carrefour, e você?

 

- Embalagem de Seda pra cabelos secos. Muuuuito bom!

 

- Bah legal, vou ler também!

 

 

 

Link to post
Share on other sites
  • 1 year later...

"Minha ficção se debruça sobre medos e desejos", diz Gaiman

O mestre dos sonhos Neil Gaiman, 47, vem ao Brasil pela terceira vez na próxima semana, quando participa da mesa "A Mão e a Luva" (5/7), na sexta edição da Festa Literária Internacional de Parati.



Com Gaiman, a Flip se volta pela primeira vez ao universo das histórias em quadrinhos, formato que ele ajudou a revolucionar com a série "Sandman", publicada nos EUA entre 1988 e 1996, e cuja primeira tradução foi brasileira.

"Desde então, os quadrinhos vêm sendo reconhecidos como literatura, e isso, de certa forma, aconteceu no Brasil antes de muitos países", diz Gaiman em entrevista à Folha.

O escritor lembra que há 22 anos era jornalista e tentava escrever sobre quadrinhos em Londres, mas não conseguia fazer com que seus editores se interessassem. Isso, apesar de artistas como Frank Miller e Alan Moore já estarem lançando marcos como "O Cavaleiro das Trevas" e "Watchmen".

"Já havia um corpo de trabalhos sem paralelo no meio, em língua inglesa. Houve, então, uma geração que, como eu, cresceu lendo aquelas histórias. E há cerca de oito anos essas pessoas se tornaram editoras e passaram a encomendar as "graphic novels".

Hoje, estamos num mundo em que a revista "Entertainment Weekly" lista, entre os cem mais importantes livros dos últimos 25 anos, títulos como "Watchmen", "Maus" e "Sandman"."

Recorde de autógrafos

Gaiman esteve no Brasil em 1996 e em 2001. Na segunda vez, bateu seu recorde de autógrafos numa livraria em São Paulo, assinando exemplares de "Sandman - Os Caçadores de Sonhos" para cerca de 1.200 fãs. "Autografei até as 2h da manhã e, ao final, não tinha mais voz. No dia seguinte, fiz uma coletiva de imprensa completamente afônico. Como meu intérprete vinha ouvindo muitas daquelas mesmas perguntas, eu cochichava para ele: "Você pode responder essa, né?"."

A tirar pela troca de mensagens de fãs no fórum do site www.sonhar.net, dedicado à obra de Gaiman, é de se esperar que uma nova horda de "gaimaníacos" vá a Paraty atrás de autógrafos nas cópias de dois livros que estão saindo no Brasil por conta da Flip: "O Mistério da Estrela - Stardust", cuja adaptação para o cinema foi lançada no ano passado; e "Coisas Frágeis", livro com nove contos, entre eles "Golias", que explora o universo do filme "Matrix".

"Stardust" é um conto de fadas intencionalmente leve, alegre e mágico, e foi bem filmado, em minha opinião. "Coisas Frágeis" é uma coletânea de contos muitas vezes sombrios. Provavelmente muito longa. Eu deveria pensar numa "director's cut" [versão do diretor], que teria apenas dois terços do tamanho", diz o escritor.

Gaiman ressalta que sua obra se debruça quase invariavelmente sobre os medos e os desejos primais. No caso de "Os Lobos Dentro das Paredes", livro infantil lançado no Brasil em 2006, a história da menina assombrada por lobos em sua casa é tanto uma fábula sobre o medo quanto sobre a coragem para dominá-lo.

"O mais importante não é dizer que os dragões existem, e, sim, que eles podem ser derrotados. Você pode lutar e vencer os dragões que tem em si. E isso é algo especialmente relevante em histórias infanto-juvenis, porque você está dizendo para as crianças e os adolescentes que há esperança. Assim é em toda a minha ficção, seja ela triste ou alegre", afirma.

Punk

Há 16 anos vivendo nos Estados Unidos, Gaiman se aproximou da indústria cinematográfica e vem escrevendo roteiros como o do longa "Beowulf" (2007), ou as versões de seus livros "Coraline" e "Os Filhos de Anansi", ambos editados no Brasil. Seu nome também tem aparecido associado ao do diretor mexicano Guillermo del Toro ("O Labirinto do Fauno"), na adaptação de "Doutor Estranho", do quadrinista americano Steve Ditko, um dos criadores de "Homem-Aranha".

O envolvimento de Gaiman com o cinema faz parte do que o autor chama de estética e ética herdadas do movimento punk, que o escritor diz ter vivido de perto, durante a sua adolescência, na Inglaterra.

"A maior influência que tive do punk foi a idéia de que você não precisava de nenhuma qualificação para fazer determinada coisa. Simplesmente tinha de fazê-lo. O movimento me ajudou a ser um escritor que faz tudo. Sua ética tem sido extremamente forte e poderosa para mim."
Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...
Eu penso que quadrinhos são obras literárias' date=' e, como tal, podem (e devem) ser chamadas literaturas. Ou um livro infantil ilustrado como, por exemplo, o original de Alice no País das Maravilhas não é literatura???
Eu tenho um blog http://www.www.reviewsemquadrinhos.com.br que trata basicamente de quadrinhos, porém há livros ali no meio. Amanhã mesmo vou postar meus comentários sobre Solaris do Stanislaw Lem... Ambos para mim tem o mesmo status, e as diferenças estão em bons e ruins. Não em livros e quadrinhos
[/quote']

 

Concordo plenamente!

 

Acho que estamos (sem generalizar) acostumados a pensar a Literatura como só prosa e poesia.

 
Link to post
Share on other sites

HQs são literatura sim, independente de a base estar na imagem, e não no texto. Alan Moore está aí para provar isso.

 

E falando em HQs, tem algum fanzóide do Batman para me indicar algumas HQs para ler? Me refiro a essas sagas que volta e meia saem numa edição de luxo, como O Longo Dia das Bruxas. Li A Piada Mortal apenas. Dentre as recomendações de sempre tem O Cavaleiro das Trevas, Ano Um e Asilo Arkham (Grant Morrison). Alguma outra sugestão? 03

 

 

Link to post
Share on other sites
HQs são literatura sim' date=' independente de a base estar na imagem, e não no texto. Alan Moore está aí para provar isso.

E falando em HQs, tem algum fanzóide do Batman para me indicar algumas HQs para ler? Me refiro a essas sagas que volta e meia saem numa edição de luxo, como O Longo Dia das Bruxas. Li A Piada Mortal apenas. Dentre as recomendações de sempre tem O Cavaleiro das Trevas, Ano Um e Asilo Arkham (Grant Morrison). Alguma outra sugestão? 03
[/quote']

 

Particulamente gosto muito de A Morte de Robin !
Link to post
Share on other sites
Pois é' date=' literatura e quadrinho são arte de formas diferentes.
Literatura não é só a arte de ler, por que se não, ler folhetos de supermercado seria literatura.

- Fulana, o que cê anda lendo?
- Ofertas do Carrefour, e você?
- Embalagem de Seda pra cabelos secos. Muuuuito bom!
- Bah legal, vou ler também!
[/quote']

 

 

wtf 060606
Link to post
Share on other sites
  • 2 months later...

 Acho q nunca o traço vai ser mais importante q a arte, nunca o roteiro ficara em segundo plano. São duas coisas q se complementam. Belos desenhos não salvam uma historia ruim, assim como um bom roteiro não salva uma historia com desenhos terriveis.

  E não podemos nos esquecer de obras em q os desenhos tem mais q uma função ilustrativa, e sim uma função narrativa, exemplo, SIN CITY e BATMAN: O LONGO DIA DAS BRUXAS.
Link to post
Share on other sites

Não sei se já comentaram isso, mas quadrinhos não é literatura, mas é arte. Se não me engano é conhecido como a 9a Arte.

Música, Dança, Pintura, Escultura, Literatura (Prosa, Poesia, etc...), Teatro, Fotografia, Cinema, Quadrinhos.

Quadrinhos não é literatura por uma questão simples, assim como Cinema engloba Imagem + Som, Quadrinhos é Imagem + Escrita.

 

 
Link to post
Share on other sites
  • 3 years later...
  • 1 month later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements

×
×
  • Create New...