Jump to content
Forum Cinema em Cena

Música Clássica


Recommended Posts

Este tópico é para discutirmos e trocarmos algumas idéias (e músicas, por que não?) sobre algumas músicas clássicas. Eu vi um tópico sobre o requiem de Mozart e pensei que seria legal um tópico mais abrangente.

Tá, não sou nenhum especialista em música clássica e nem sei qual é a sua definição (alguma coisa relacionada às músicas compostas depois de Bach até um certo período depois). Mas neste tópico estou falando da música clássica genérica, aquelas instrumentais e não limitada por uma definição. Tanto é assim que um dos meus compositores favoritos é o Haendel, antes de Bach (na verdade contemporâneo), e acho que ele era considerado barroco.

Mas de qualquer jeito está valendo tudo, hehe. E seria legal que as pessoas compartilhassem as músicas, já que não é pirataria, pois as obras de 70 anos atrás e além é de domínio popular.

Começo com duas músicas que acho muito fodas! Minhas favoritas! De um compositor russo chamado Modest Mussorgski (uma música conhecida dele é aquela uma noite no monte calvo do Fantasia). A qualidade não é lá grandes coisas, mas dá para ter uma idéia...

 (as músicas que eu gosto são Great Gate of the Kiev   e   Promenade )

http://www.epdlp.com/compclasico.php?id=1068




Alías, este site é muito bom...   http://www.epdlp.com/
Conan o bárbaro2006-11-08 18:07:30
Link to post
Share on other sites
  • Replies 72
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Adoro Carmina Burana (inclusive tenho um CD) de Carl Orff 10

 

 

é considerada música clássica???08

Eu adoro também, especialmente temas sombrios e apocalípticos. Você já escutou está música no filme Excalibur de John Boorman? Para mim ela caiu como uma luva no filme.<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

A propósito Carll Orff, é difícil definir, pois também não tenho muita informação a respeito. Eu acho que foi da vanguarda do século XX, teve vários movimentos no mesmo período. Tais como Modernismo da Música, Impressionismo, e por ai vai.

 

Como eu adoro a Wiki.

 

Dalhe Wiki para esclarecer melhor sobre o assunto.

Música erudita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

30px-Reciclagem.png
Esta página precisa ser reciclada.
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.


Este artigo é sobre o gênero musical também conhecido como "Música clássica". Há várias controvérsias sobre a terminologia mais adequada, mas até hoje não se chegou em um consenso acadêmico. Para informações referentes ao período da história da música no século XVIII, deverá ir a "Era Clássica". Para procurar artigos sobre música "clássica" não ocidental, veja: Música erudita no mundo

A Música Erudita (do latim, eruditu, que significa conhecimento, saber, sabedoria) é também mencionada como Música Clássica. Há várias controversas sobre a terminologia mais correta no Brasil, mas até hoje não se chegou a um consenso acadêmico.

A divergência é que alguns musicólogos consideram que o termo "Música clássica" deva ser reservado à música erudita produzida somente no período da história da música designado por Era Clássica ou Classicismo, que se estende de 1730 a 1809, caracterizado pela busca do equilíbrio das estruturas, da simetria das frases, da lógica dos desenvolvimentos articulados com a concisão do pensamento. Também há quem dê o nome de Música Acadêmica pelo fato de ser rigidamente estudada e possuir regras minunciosamente matemáticas.

Outros acham que o termo "erudito" é inadequado, por julgarem que se refere a um tipo de música destinado a ser inacessível às massas, preferindo o uso do termo "clássico", pela mesma razão que se fala em "literatura clássica", sem levar em consideração o período em que foi escrita.

Link to post
Share on other sites
Adoro Carmina Burana (inclusive tenho um CD) de Carl Orff 10

 

 

é considerada música clássica???08

 

Realmente é belíssima, mas infelismente ela está vulgarizada. Tenho ódio disso!11 Quando começam a usar uma música para tudo quanto é coisa, e as mais estapafúrdias...

bahhh...um exemplo disso é blue moon, toda vez em que eu ouvia lembrava do excelente lobisomem americano em londres, mas depois daquela novela. PQP!!! Prefiro nem comentar...06
Link to post
Share on other sites

O termo correto para estas músicas' date=' são  Músicas Eruditas. Já que Vivaldi era do período barroco da música assim como Bach e Händel, se não me falha a memória. E Mozart e Haydn que eram do período clássico.03

[/quote']

 

Poisé...mas eu generalizei. Eu não gosto muito de usar o termo música erudita, deixo isso para os músicos e especialistas.

Mas o interessante é o grande número de compositores famosos originários da região da Alemanha/Áustria. Se você for ver, grande parte deles vem de lá.

Mas ultimamente estou gostando daqueles vindos da Itália (o Vivaldi, Puccini), mas principalmente da Rússia! Eu conheço pouco da cultura russa, mas parece ser fascinante.

 

Só a França, tadinha, tão intelectual mas deixa a desejar na música. 06
Link to post
Share on other sites

 

Poisé...mas eu generalizei. Eu não gosto muito de usar o termo música erudita' date=' deixo isso para os músicos e especialistas.

Mas o interessante é o grande número de compositores famosos originários da região da Alemanha/Áustria. Se você for ver, grande parte deles vem de lá.

Mas ultimamente estou gostando daqueles vindos da Itália (o Vivaldi, Puccini), mas principalmente da Rússia! Eu conheço pouco da cultura russa, mas parece ser fascinante.

 

Só a França, tadinha, tão intelectual mas deixa a desejar na música. 06
[/quote']

 

Não é por menos que eles falam que Viena é cidade dos Músicos, não só Viena como toda a Áustria. Boa parte de seus compositores é de origem austríaca, quando não é de origem alemã.

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Opa pode até ser! Mas temos Debussy. E outros que não me lembro. Mesmo assim ainda temos Debussy. Heheheh!05

Plutão Orco2006-11-13 16:07:57
Link to post
Share on other sites

Meus compositores preferidos são:

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 Antonio%20Vivaldi

Antonio Vivaldi, com as suas famosas “As Quatro Estações do Ano”. Elas retratam não só a passagem do tempo se tratando do clima, mas também no desenvolvimento do individuo ou do ser vivo <?:namespace prefix = st1 ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:smarttags" />em si. Aqui temos o nascimento que é a primavera, a eloqüência juvenil no verão, a maturidade no outono e a velhice do inverno. Além disto, adoro como talvez a obra mais retrataria de seu período barroco com a música sacra “Glória”. Temos ainda várias as músicas que se tornaram parte da atração turística de Veneza ou até mesmo da cultura musical de Veneza, que fazem um tremendo sucesso até hoje na Itália.

 

Johann%20Sebastian%20Bach

Johann Sebastian Bach, que é um dos melhores compositores do período barroco, se não o melhor. Ele se inspirou em Vivaldi e Pachelbel e criou o seu próprio estilo de compor música. E minha música preferida e inclusive é considerada uma das melhores músicas acadêmicas, que é o famoso Conserto Em Brandenburgo. Todas as músicas deste conserto, são memoráveis relíquias musicais de intenso conflito é a representação daquele tempo. Se a vida fosse um filme, esta música seria a trilha sonora daquele período. E outra música que se destaca do mestre do barroco erudito, é na minha opinião a “Paixão segundo São Mateus”.

 

debussy_blanche.jpg

Claude Debussy, que só por compor a “Clair de Lune”, já bastava para toda a sua vida e outras vidas. Está é música mais bela em todos os sentidos. Apaixonante, doce, suave é como se ela fosse o fundo sonoro do meu primeiro amor.

 

orff2.jpg

Carl Orff, que destaco e conheço somente de Carmina Burana “O Fortuna”. Dedicado à deusa da Fortuna, mas ela é desintegrada pelo conjunto de Pacas ou deusas do destino que tecem a vida do indivíduo. O tema das Pacas ou Moiras já foi posteriormente desenvolvido, por filósofos, escritores como Shakespeare ao relatar a vida de Macbeth. Ou pintores e agora músicos como Carl. E aqui se trata da “Roda do destino” na qual todos nos trilhamos e encontramos entraves ou glórias.

Frédéric%20Chopin%20pintado%20por%20Eugène%20Delacroix

Frederico Chopin, que música melhor para representar o compositor tubérculo do que a sua famosa “Marcha Fúnebre”. Outras que deixo em minha memória, são “Noturno Op.9 nº 2 em Mi Bemol Maior” e diversas valsas e marchas, que não me lembro o nome.

%20Georg%20Händel

George Friedrich Handel, o compositor de reis. Com sua pomposa e suntuosa música, ele conquistou diversos monarcas e foi um dos poucos compositores que não caiu nem no esquecimento ou ficou na miséria. Entre suas obras primas destaco na minha opinião: A Missa da Coroação de o tema “Izadoc O Sacerdote”, Salomão “A Chegada da Rainha de Sabá” e pomposa música da família real britânica “Fogos de Artifícios Reais”.

 

 

%20Beethoven:%20pintado%20por%20Joseph%20Karl%20Stieler

Ludwig van Beethoven, com a sua humanista “Nona Sinfonia”, que representa todos os ideais da revolução francesa tais como Liberdade, Fraternidade e Igualdade. Ou como se diz na música a principal é Freiheit!!! E outra que é o símbolo de sua severidade é a 5 Sinfonia. Mas também Beethoven não era só furor como pessoa e na música, tanto que temos composições belíssimas como a “Pobre Elisa”, aquela musiquinha famosa tocada nas caixinhas de música. Ou “Für Elise” em alemão. Outra bela e apaixonante música é a belíssima “Sonata ao Luar”. Existem inúmeras outras, que são igualmente graciosas até o momento são estas que vem primeiro a minha mente.

 

Johann%20Pachelbel

Pachelbel com o seu maravilhoso “Kanon em Ré Maior”. Está música é comumente tocada em casamentos devido a sua suavidade e tranquilidade harmonica. E mera semelhança sonora com o famoso compositor Bach não é atoa, já que Johann Sebastian se baseou muito na obra de Pachelbel.

 

%20Richard%20Wagner

Richard Wagner, o cara é um mito ou um adaptador de mitos de sua cultura. Embora fosse, um declarado xenófobo e por conseqüência um anti-semita. Ainda sim, o que conta é sua obra feita não suas ações como pessoa.  Dentre suas obras mais notáveis temos o conjunto de Óperas Lohengrin, Tannhäuser, que pertecem ao repertório a Tetralogia O Anel dos Nibelungos. E claro!!! O que seria Wagner sem suas Valquírias cavalgando sobre o crepúsculo? Em sua famosa “A Cavalgada das Valquírias”. Suas músicas foram temas de filmes de época em diversos períodos. Dentre eles Fritz Lang, Coppola. E outras que adoro é o “Holandês Voador” e “Tristão & Isolda”.

 

Retrato%20de%20Mussorgsky%20por%20Ilya%20Repin%20%281881%29,%20pintado%20dias%20antes%20da%20morte%20do%20compositor

Modest Mussorgsky, tai um compositor que gostaria de conhecer mais músicas. Além da sua famosa composição “Uma noite no monte calvo”. E que me lembro do desenho Fantasia da Disney, quando o demônio Chernobog desse da montanha para atormentar a todos. A música é justamente esta, ela é super sinistra e trata justamente desta criatura da mitologia eslava. Chernabog ou Chernobog, é o conhecido deus negro ou das trevas. E foi figurada na imagem de Vlad, o Empalador, ou como Stoker denominou de Drácula. Um demônio que desce das montanhas, para ressuscitar os mortos ou e se alimentar dos mortais.

 

Wolfgang%20Amadeus%20Mozart

 

Wolfgang Amadeus Mozart, com o seu legado fúnebre o famoso “Requiem”. As outras obras dignas do grande compositor são na minha opinião: Don Giovani, que é tão sombria quanto o próprio Requiem. “A Flauta Mágica”, que deixo em salvo aqui a parte da “A Rainha da Noite”. A bela e estupenda “A Grande Missa”. E claro o que seria Mozart sem a sua famoso Concerto No. 9 em Mi Bemol Maior, K271, aquela famosa música tocada em piano.Aquela tocada por Salieri no filme Amadeus, logo no início.  

Link to post
Share on other sites

Finalmente alguém resolveu abrir um tópico sobre música clássica! Parabéns!

 

Sou grande fã de música "erudita" e tenho vários cds e alguma literatura a respeito. Meu compositor favorito é Mozart, Beethoven, Bach, Tchaicovsky... Bem, com o tempo vou colocando minhas músicas e meus compositores favoritos. Mas gosto muito da era romântica e barroca.

 

Inclusive, meu casamento foi ao som de "Bolero" de Ravel. Deveria ter sido ao som do Concerto para Harpa e Flauta número dois de Mozart, mas não consegui encontrar a tempo o CD com a música. Hoje, felizmente eu tenho esta e muitas outras. Inclusive a trilha sonora completa do filme Amadeus!

 

Aliás, "Bolero" de Ravel é uma coisa inexplicável: Como uma música de mais de 17 minutos, com variações da mesma nota, consegue ser tão impactante e bela??

 

Esta música tem uma relação comigo muito particular. Quando fui marcar o casamento o padre não aceitava de geito nenhum que a música fosse um "Bolero" alegando não ser uma música apropriada para o momento. Eu tentando convencê-lo e ele irredutível: Bolero é coisa de cabaré, dizia ele!!!

 

- Como de Cabaré, seu padre? disse eu indignado!

 

- É sim, nunca vi bolero em casamento e não vai ser na minha igreja! Se tu não queres casar com a Valsa Nupcial eu tenho outros discos para escolheres a música. Espere um pouco aqui no altar que vou colocar uma outra música que é muito bonita... e saiu o padre lá pra sacristia onde estava o aparelho de som.

 

Ficamos eu e a mulher conversando no altar indignados com a reação do padre. De repente começa a tocar o Bolero de Ravel! Me volta o padre dizendo alto e bom som:

 

- Esta música é boa. Poderia ser esta, não?

 

Respondo mais atônito do que surpresso:

 

- Foi o senhor que colocou esta música que estamos ouvindo na igreja? Pois fique o senhor sabendo que esta é a música BOLERO, de Ravel e é com esta música que eu vou casar!!!

 

Na véspera do meu casamento estava muito nervoso e não conseguia dormir de geito nenhum. Deu meia-noite e eu bem desperto tentando, desesperadamente,dormir. Maia-noite e alguns segundos depois me toca no rádio (Guaíba FM) adivinhem: Bolero de Ravel! Levantei da cama pela manhã sem ter fechado os olhos!

 

Na primeira viagem que fiz a Curitiba a trabalho, depois de alguns anos de casado (primeira vez que me ausentava de casa) Meus colegas e eu fomos a um restaurante para jantar. Tinha um rapaz com um piano elétrico destes que possuem programas para fazer acompanhamentos de outros instrumentos e coisa e tal. Assim que sentamos à mesa, ele toca ... Bolero de Ravel! Claro que me levantei e fui lá comprimentá-lo e pedir bis!

 

 

 

 

 

 
Link to post
Share on other sites

 Gosto de todos pois acho que tem que ter muito talento e estudo (não necessariamente conecimentos gerais... falo de piano mesmo) para poder tocar essas músicas (falo por experiência própria) o que mais me fascina é Beethoven que mesmo surdo compunha músicas. E que músicas! Não me canso de tocar a segunda parte de Pour Elise...

Link to post
Share on other sites

O próprio nome já diz Musica Acadêmica, ela é baseada no conhecimento. Por isto esta alusão ao erudito, à falta de um dos sentidos não é fator determinante para uma pessoa compor. Antes de sua total surdez, Beethoven, já era compositor. Sua surdez foi gradativa, de tal modo que ele já tinha um conhecimento expressivo da notas e nos seus estudos musicais. Deste modo, ele poderia criar uma harmonia tal qual se lembrará quando não tinha esta mazela.

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Diferente dos outros estilos musicais, que são mais artísticos do que estudos. Pode se dizer inclusive, que a “música erudita” é uma equação precisa e exata da música. Sendo um ‘intercambio’ da ciência e arte. Troque as notas por números, que você vai ter valores logísticos inclusive. Embora, eu seja um completo leigo nesta área. Estou dando uma pincelada desse estilo musical. Alguém aqui pode confirmar o que eu digo sobre a exatidão matemática da “Música Clássica”?

Link to post
Share on other sites

Plutão, não sei quanto a melodia, mas na própria essência da música  está a matemática: a questão das notas, das oitavas, e etc. Acho que este esquema que utilizamos, a partitura, foi os pitagóricos quem criaram, que matematicamente colocaram ordem nos sons tirados dos instrumentos. Mas de qualquer jeito, acho que deve ter algo de complexo mesmo na mússica erudita, mas não sei patavinas. Melhor quem sabe de exatas explicar. Tanto é assim, que geralmente quem tem afinidade com o piano, tem facilidade com a matemática.

 

Mas conheço um compositor grego mais recente,  Iannis Xenakis, cujas músicas são a aplicação de fórmulas matemáticas. Não é algo lá agradável de ser escutado, e é até bizarro, mas é bem interessante.
Link to post
Share on other sites

Sim... sim... eu por exemplo sempre tive facilidade com matemática, ja que toco desde que entrei na escola, na verdade minha professora diz que a música como tem tempos e isso tudo tem que ser contado juntando coordenação e rítmo, acaba desenvolvendo um lado do cerebro que normalmente não utilizamos. Pode até ser que a música clássica seja matemática pura desde a melodia até tempo e ritmo (razão pela qual Pestana de Um homem célebre - Machado de Assis nunca tenha conseguido compor nada além de polcas)... mas isso ainda pede um estudo mais aprofundado. Vou procurar pesquisar. Semyzero2006-11-28 19:03:29

Link to post
Share on other sites

Adorei esse tópico, só tem gente com bom gosto musical aqui. Eu tbm sou muito fã do Mozart e do Beethoven, mas ouço muito mais Tchaikovsky e Schubert q são hipnotizantes.Apesar disso, nenhum deles me emociona mais do q o maior genio q ja apareceu nas américas e na minha opinião grande o suficiente para dar pareo aos europeus: Heitor Villa Lobos!

 

Link to post
Share on other sites

Dependendo dá musica eu não consigo dormir. E muito menos relaxar, seria igual ao efeito que proporciona ao personagem de Alex <?:namespace prefix = st1 ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:smarttags" />em Laranja Mecânica. Um tremendo conflito na minha alma. 19<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Especialmente quando eu escuto o Réquiem de Mozart a parte do ‘Dies Irae’.  Dia de Ira, eu me deixo levar pela música e fico fulo da vida. Eu escuto principalmente quando estou de mau humor, que comumente é quase todo dia. 11

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...