Jump to content
Forum Cinema em Cena
Nacka

Obituários (in memoriam)

Recommended Posts

 

 A primeira grande perda para o cinema em 2011.

 

Morre o ator inglês Pete Postlethwaite

Nome discreto de rosto peculiar do teatro e do cinema tinha 64 anos

Marcelo Hessel
03 de Janeiro de 2011

4

< style="WIDTH: 55px; HEIGHT: 62px" ="twitter-share- twitter-count-vertical" title="Twitter For Websites: Tweet " =0 ="http://plat0.twitter.com/widgets/tweet_.?_=1293722604046&count=vertical〈=en&text=Morre%20o%20ator%20ingl%C3%AAs%20Pete%20Postlethwaite%20%3E%20Cinema%20%7C%20Omelete&url=http%3A%2F%2Fwww.omelete.com.br%2Fcinema%2Fmorre-o-ator-ingles-pete-postlethwaite%2F" Border=0 allowTransparency scrolling=no>>

< =text/ ="http://plat.twitter.com/widgets.js">


Pete%20Postlethwaite

Pete Postlethwaite em Água Negra

Morreu ontem aos 64 anos, o ator inglês Pete Postlethwaite. Ele lutava contra um câncer nos testículos desde 1990. A notícia foi dada ao jornal Daily Telegraph pelo jornalista Andrew Richardson, amigo do ator.

Postlethwaite começou sua carreira no teatro, nos anos 70, no Liverpool Everyman Theatre, ao lado de nomes como Bill Nighy, Jonathan Pryce e Julie Walters (com quem teve um relacionamento no final da década). Quando entrou no Liverpool Everyman Theatre, Postlethwaite já era professor de artes cênicas em Manchester.

Depois de aparecer em séries da TV inglesa entre 1975 e os anos 90, o ator migrou de vez ao cinema com uma participação em Alien 3, em 1992. No ano seguinte, foi indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante por Em Nome do Pai.

Seu rosto peculiar e seus modos econômicos transformaram, em Hollywood, Postlethwaite em um grande ator de tipos discretos que escondem suas intenções, como o advogado de Os Suspeitos ou, mais recentemente, o mafioso irlandês de Atração Perigosa.

Pete Postlethwaite deixa esposa - a ex-produtora da BBC Jacqueline Morrish - e dois filhos, William John e Lily Kathleen.

FONTE: OMELETE

 

 Era um otimo profissional. Vai fazer falta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aos 80 anos, atriz Anne Francis morre de câncer no pâncreas
A atriz americana Anne Francis, coprotagonista de Planeta Proibido, famoso filme de ficção científica da década de 1950, morreu aos 80 anos por complicações decorrentes de um câncer no pâncreas, informou nesta segunda-feira o jornal Los Angeles Times.

A atriz, que também teve diagnosticado um câncer no pulmão em 2007, morreu no domingo em uma casa de repouso em Santa Barbara (Califórnia), relatou ao jornal sua filha, Jane Uemura.

Anne ganhou fama na década de 1950 com o filme Planeta Proibido, que se tornou um clássico da ficção científica, e nos anos 1960 protagonizou a série Honey West, na qual interpretava uma detetive particular.

Sua carreira artística teve início no rádio e na televisão e antes de começar a atuar no cinema, nos anos 1950, participou de espetáculos na Broadway. Posteriormente, retornou à televisão em dezenas de séries.

Anne trabalhou em mais de 30 filmes, incluindo Conspiração do Silêncio, O Revólver Mercenário, e De Caniço e Samburá, mas se destacou como uma das estrelas de Planeta Proibido, ao lado de Walter Pidgeon e Leslie Nielsen.

http://diversao.terra.com.br/gente/noticias/0,,OI4871158-EI13419,00-Aos+anos+atriz+Anne+Francis+morre+de+cancer+no+pancreas.html Mr. Ibanez2011-01-04 01:15:59

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem triste essa do Postlethwaite mesmo. Era um baita ator, e bem produtivo ainda, só esse ano lembro de ter visto o cara em Inception e The Town.

 

A atuação dele em Em Nome do Pai é inesquecível...

Share this post


Link to post
Share on other sites






Morre o cineasta britânico Peter Yates, diretor de "Bullit"


Londres, 10 jan (EFE).- O cineasta britânico
Peter Yates, diretor do filme "Bullit", protagonizado por Steve McQueen,
morreu no domingo em Londres aos 82 anos após ter enfrentado uma longa
doença, segundo a publicação "Deadline".

Na ampla filmografia de
Yates, nascido em Aldershot (Hampshire) em 1929, figuram também outros
filmes famosos como "John e Mary", "Sob Suspeita", "O Fiel Camareiro" e
"Os Amigos de Eddie Coyle".

O britânico foi quatro vezes indicado
ao Oscar, primeiro como Melhor Diretor e Melhor Produtor por "O
Vencedor" (1979), e depois por "O Fiel Camareiro" (1983), adaptação da
obra de teatro homônima de Ronald Harwood, nas mesmas categorias.

O
êxito de "Os Vinte e Seis do Expresso Postal" (1967), filme de ficção
inspirado no grande roubo do trem de Glasgow de 1963, que inaugurou um
gênero de "thrillers" de roubos de banco, abriu as portas de Hollywood
ao diretor, onde fez seu primeiro longa-metragem americano, "Bullit"
(1968), considerado um clássico dos filmes de perseguição.

"Bullit"
ganhou o Oscar de Melhor Edição e quatro Globos de Ouro: direção,
montagem, trilha sonora e ator coadjuvante (Robert Vaughan).











Share this post


Link to post
Share on other sites

Morre o cineasta britânico Peter Yates' date=' diretor de "Bullit"


Londres, 10 jan (EFE).- O cineasta britânico Peter Yates, diretor do filme "Bullit", protagonizado por Steve McQueen, morreu no domingo em Londres aos 82 anos após ter enfrentado uma longa doença, segundo a publicação "Deadline".

Na ampla filmografia de Yates, nascido em Aldershot (Hampshire) em 1929, figuram também outros filmes famosos como "John e Mary", "Sob Suspeita", "O Fiel Camareiro" e "Os Amigos de Eddie Coyle".

O britânico foi quatro vezes indicado ao Oscar, primeiro como Melhor Diretor e Melhor Produtor por "O Vencedor" (1979), e depois por "O Fiel Camareiro" (1983), adaptação da obra de teatro homônima de Ronald Harwood, nas mesmas categorias.

O êxito de "Os Vinte e Seis do Expresso Postal" (1967), filme de ficção inspirado no grande roubo do trem de Glasgow de 1963, que inaugurou um gênero de "thrillers" de roubos de banco, abriu as portas de Hollywood ao diretor, onde fez seu primeiro longa-metragem americano, "Bullit" (1968), considerado um clássico dos filmes de perseguição.

"Bullit" ganhou o Oscar de Melhor Edição e quatro Globos de Ouro: direção, montagem, trilha sonora e ator coadjuvante (Robert Vaughan).
[/quote']

 

 

Dele vi O Fiel Camareiro e tenho Bullit em dvd... uma pena mesmo.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Putz, mais um bom diretor foi embora.

 

 

 

Dele, além dos dois citados pelo Nacka, vi "Sob Suspeita" (bom) e "O Vencedor (ótimo). E tenho o DVD duplo de "Bullit" (que para mim é OP). Aliás, hoje a noite vou rever "Bullit" em homenagem a ele...silva2011-01-11 10:02:40

Share this post


Link to post
Share on other sites


Atriz Susannah York morre aos 72 anos


Susannah atuou em filmes como 'A noite dos desesperados', de 1969.
Segundo a imprensa, a atriz lutava contra um câncer.












Da Reuters













A%20atriz%20Sussanah%20YorkA atriz Susannah York (Foto: John Annie/Wikimedia)


Morreu a atriz inglesa Susannah York, uma das faces mais conhecidas do
cinema dos anos 1960, informou neste sábado (15) a mídia local. Ela
tinha 72 anos e lutava contra um câncer.


Susannah ficou mais conhecida como a antagonista de Jane Fonda em "A
noite dos desesperados", de 1969, papel pelo qual foi indicada ao Oscar.
"Ela era uma mãe fantástica", disse seu filho, o ator Orlando Wells, ao
jornal "Sunday Telegraph".


Ela conquistou fama internacional graças a filmes como "As aventuras de
Tom Jones", de 1963, e "O homem que não vendeu sua alma", de 1966. Seus
papéis se tornaram menos relevantes durante os anos 1970, ainda que ela
tenha atuado em "Superman - o filme", de 1978.




Share this post


Link to post
Share on other sites

Suposta morte de Florinda Meza vira assunto mais comentado do Twitter

A notícia da morte da atriz, ainda está muito confusa e nada confirmado oficialmente o site Terra Colômbia publicou uma matéria falando a respeito. Mas a CNN México negou a morte da atriz.

Veja a notícia no site Terra: ''O que começou como um boato no Twitter sobre a morte da atriz Florinda Meza, foi confirmada através da mesma rede do host Paty Chapoy.


Embora não seja definitivamente conhecida causas de morte, a notícia já se repetiu em vários meios de comunicação mexicanos que permanecem na expectativa.

Nascido em 8 de fevereiro de 1948, Meza se tornou um dos mais memoráveis da televisão muejres em seu país por seu papel como o seriado Dona Florinda é "El Chavo del 8".
Depois de seu romance com Roberto Gómez Bolaños, foi um dos casais com mais experiência no domínio da televisão no México. ''



Share this post


Link to post
Share on other sites

Agora eu estou REALMENTE de luto...

 

Morre compositor John Barry, autor de música de filmes de James Bond

 

 

 

 

 

 

 

 

Seg, 31 Jan, 07h16

 

 

 

 

Londres, 31 jan (EFE).- O compositor britânico John Barry, famoso por

seus trabalhos nas trilhas sonoras dos filmes do agente James Bond, "A

História de Elza", "Entre dois amores", "Dança com lobos" e "Perdidos na

noite", morreu aos 77 anos de ataque cardíaco, informou nesta

segunda-feira à rede "BBC".

 

PUBLICIDADE

 

 

 

 

 

PID_1520666_OGL009_ESHV_Q4_ES_growth_300x250_inpage.gif

activitysrc=2516595met=1v=1pid=57794394aid=235390124ko=0cid=40392952rid=40410739rv=1&timestamp=6247452eid1=9ecn1=1etm1=0

 

 

 

Advertisement

bP=qddVcMiYqKucHq5ITS7n9AFzyVIwfk1GyS4AAXsd&T=13ums7817%2fX%3d1296484654%2fE%3d97671410%2fR%3dbrnews%2fK%3d5%2fV%3d2.1%2fW%3dHR%2fY%3dBR%2fF%3d3996315349%2fQ%3d-1%2fS%3d1%2fJ%3d75A898C8&U=13f3a99vi%2fN%3dfjgCNMiYqDk-%2fC%3d789522.14563622.143804039149%2fD%3dLREC%2fB%3d6301913%2fV%3d1

Nascido

em York (norte da Inglaterra) em 3 de novembro de 1933, Barry ganhou

fama como líder do grupo The John Barry Seven, mas é mundialmente

conhecido pela música dos filmes do agente 007 "Goldfinger" e "You only

live twice".

 

Seu trabalho, com estilo que se caracterizou pelo uso de instrumentos

de sopro-metal, permitiu ganhar cinco Oscar e recebeu prêmio especial

Bafta (o Oscar britânico) em 2005.

 

Barry, que casou-se quatro vezes, compôs mais de dez trilhas sonoras dos filmes de James Bond. EFE

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O ator Nildo Parente, 76, morreu na madrugada de segunda-feira. De acordo com informações do Hospital Silvestre, na região central do Rio, ele sofreu um AVC e estava internado há cerca de um mês.

Globo lamenta morte do ator Nildo Parente

O velório acontece nesta tarde no Cemitério São João Batista, em Botafogo, na zona sul do Rio, e o corpo do ator será enterrado no mesmo local, às 17h.

A morte de Parente vem menos de uma semana após a morte de outros dois atores da mesma época da televisão, John Herbert e Geórgia Gomide.

Parente nasceu em 1936, em Fortaleza, no Ceará, e fez filmes como "Azyllo Muito Louco", "Tenda dos Milagres", "Memórias do Cárcere" e "Gabriela, Cravo e Canela", além de diversos papéis na televisão, como "Pátria Minha", "A Viagem", "O Dono do Mundo", "Vereda Tropical" e "Pai Herói".

O último filme em que ele havia atuado foi "Chico Xavier", de Daniel Filho, no ano passado. Ele também fez a minissérie "A Lei e o Crime", na Record, "Paraíso Tropical", "Malhação", "América", "Senhora do Destino" e "Celebridade", todas na Globo.

Renato Rocha Miranda/Divulgação/TV Globo

Nildo%20Parente%20em%20foto%20de%20divulgação%20da%20novela%20Paraíso%20Tropical,%20em%20que%20ele%20interpretou%20o%20personagem%20Pacífico

Share this post


Link to post
Share on other sites

03/02/2011 - 11h46

 

Morreu Maria Schneider, protagonista de "Último Tango em Paris"

 

 

afp.gif

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PARIS, 3 Fev 2011 (AFP) -A atriz Maria Schneider, protagonista com

Marlon Brando do filme "Último Tango em Paris", que provocou escândalo

na década de 70, morreu nesta quinta-feira em Paris aos 58 anos em

consequência de uma longa doença, informou a família.

 

 

 

"Maria morreu esta manhã em Paris após uma longa doença", declarou um

parente da atriz, que tinha 19 anos quando protagonizou o filme dirigido

pelo cineasta italiano Bernardo Bertolucci, que estreou em 1972.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

04/02/2011 - 11h54

Morre a atriz sueca Lena Nyman

A atriz sueca Lena Nyman, que trabalhou com diretores famosos como Vilgot Sjoeman e Ingmar Bergman, morreu nesta sexta-feira, aos 66 anos, após um longo período de doença, confirmou um amigo à agência sueca "TT".

Lena se formou como atriz no Teatro Nacional sueco (o popular Dramaten) e durante sua longa carreira participou também em revistas e séries de televisão.

Após estrear no cinema aos 11 anos, Lena começou sua colaboração com Vilgot Sjoeman, um cineasta experimental, que adquiriu fama internacional com "491" (1964).

O sucesso chegou três anos depois com a obra "Jag Aer Nyfiken-gül" ("Sou Curiosa, Amarelo") e sua continuação, que atraíram a atenção por suas provocadoras cenas de sexo e valeram a Sjoeman um processo judicial nos Estados Unidos por obscenidade e pornografia.

Lena interpretou também um dos papéis protagonistas em "Höstsonaten" ("Sonata de outono"), de Ingmar Bergman, junto com Liv Ullmann e Ingrid Bergman.

 

11035317.jpeg
laure2011-02-04 13:31:14

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isabella Cerqueira Campos, baiana da cidade de Mundo Novo, morreu aos 72 anos. Isabella esteve à frente do movimento Cinema Novo na década de 50.  Isabella atuou no filme “Cinco Vezes Favela” de Cacá Diegues, mas é reconhecida pelo papel da bela Capitu, do filme homônimo dirigido por Paulo Cesar Saraceni. As causas da morte não foram divulgadas. O corpo da atriz será cremado hoje (4/3) pela manhã no bairro do Caju, Rio de Janeiro. Com informações do G1.

http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2011/02/morre-atriz-isabella-cerqueira-campos-ao-72-anos.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

17/02/2011 - 10h45

Ator Len Lesser, da série "Seinfeld", morre aos 88 anos

DEAN GOODMAN
DA REUTERS, EM LOS ANGELES

 

Len%20Lesser,%2088,%20ficou%20conhecido%20pela%20participação%20na%20série%20Seinfeld%20no%20papel%20de%20Tio%20Leo

 

O ator Len Lesser, que atuou em "Seinfeld" no papel do excêntrico Tio Leo, morreu na quarta-feira, aos 88 anos, em decorrência de câncer.

Um amigo dele disse à Reuters que Lesser havia ingressado várias semanas atrás em um centro de reabilitação perto de sua casa, na cidade de Burbank, e morreu tranquilamente depois do café da manhã.

Veterano da TV e do cinema, ele havia aparecido em apenas 15 episódios de "Seinfeld", mas seu personagem, um tipo chato, foi marcante na série que fez sucesso nos anos 1990.

Nascido em Nova York, o ator começou a carreira na TV nos anos 1950.

Atuou no cinema ao lado de Steve McQueen, em "Papillon", e Clint Eastwood, em "Os Guerreiros Pilantras" e "Josey Wales - o Fora da Lei".

Nos últimos anos, Lesser participou da série "Everybody Loves Raymond". Seu último trabalho foi num episódio do seriado televisivo "Castle".

Uncle Leo...040404
Jailcante2011-02-17 11:15:02

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...