Jump to content
Forum Cinema em Cena

The Incredible Hulk (2008)


Recommended Posts

 A questão interesante é' date=' "adaptar" no sentido literal da palavra é fazer ajustes, adequar algo a determinada situação.

 

 Preguiçoso é o cineasta q ao adaptar alguma coisa, mantem tudo igual, sem dar um toque pessoal, só dando vida ao q já estava pronto. não interessa se é gibi, livro, serie de tv, ou seja lá oq for.

 

 Igualmente preguiçoso é o cineasta q muda tudo, vejam bem, eu disse tudo. É muito mais facil fazer isso do q tentar transformar aquele material meia boca em algo assistivel, não é? é muito mais facil desrespeitar o material original do q encontrar uma maneira de fazer daquilo uma coisa boa, certo?

 

 Se vc muda tudo, deixa d ser adaptação. Se comete o pecado da ultra fidelidade, tambem não é bem sucedido na adaptação.

 

 A moral é encontrar o equilibrio.

 

Valeu[/quote']

 

 

 

Concordo. Como exemplo de filme fraco que foi completamente fiel à obra, eu gosto de citar o primeiro Harry Potter. O filme é uma transcrição quase linha por linha do primeiro livro, e esse é um dos motivos para parecer tão absolutamente burocrático (quase deixei passar "democrático" 06.gif ). O mesmo pode-se dizer do segundo filme, mas já que o livro era mais comprido e não caberia totalmente no filme, mudanças foram necessárias e acho que por isso o filme pareceu mais eficiente. A partir do terceiro, a visão dos diretores ficou mais evidente, com várias adaptações no material (mantendo verdadeiramente a essência das obras) e creio que é por isso que os filmes são melhores.

 

 

 

Outro exemplo bom é o seriado O Iluminado, que adapta quase linha por linha o que está no livro e, por isso mesmo, não funciona (aquilo tudo funcionava muito bem no livro, e só). O filme de Kubrick é infinitamente melhor e captou a verdadeira atmosfera do livro, com muitas mudanças que vieram para o bem (embora eu não pense o mesmo do final do filme, que acho pouco satisfatório, mas todo o resto é tão bom que compensa).

Link to post
Share on other sites
  • Replies 1.3k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Novo Hulk provavelmente não será digital     O especialista em efeitos especiais Dennis Muren falou ontem ao site ComingSoon sobre seu trabalho em Guerra dos Mundos. Na entrevista, no

hulk 2! !    

Acontece que o Bell usou a palavra "desrespeita" e isso tira qualquer razão do post pois, como eu já falei, o que é desrespeitar pra você é diferente do que é pra mim. Não existe essa besteira de resp

 Excelentes exemplos,RAZIEL. Outro exemplo q merece ser citado é O CODIGO DA VINCI, esta tudo lá, quase linha por linha, as poucas mudanças q fizeram não prejudicam e não acrescentam nada. O filme é chato, parado, e não funciona como thriller. No livro funciona toda  aquela longas conversas sobre teologia,mas no filme não.

 Só um adendo ao PERUCATORTA, q bom q o titulo de cinefilo não lhe nteressa,mas oque foi que aconteceu com o"nós fãs de cinema"da pagina anterios?seja para um cinefilo ou para um "fã de cinema"aquela sua observação continua sendo ridicula.

 Eu nunca disse q cinema é a arte de adaptar alguma coisa. Eu disse q a adaptação bem sucedida é a q respeita a obra, e o faz com originalidade, e de forma artistica. 

 A qualidade da fonte não determina de forma alguma a qualidade do filme, como vc mesmo disse, e existe ótimos filmes q não são fieis as fontes, mas estes não chegaram até onde podiam, pelo q eu já falei antes. E depende tambem do q a pessoa entende por fidelidade,mas..

 estamos andando em circulos, 

 faço minhas as suas palavras, chega06
Link to post
Share on other sites

Peraí, eu me perdi aqui... Não eram vocês não estavam defendendo a ferro e fogo a fidelidade desde o início? Agora, estão falando que ela não é tão necessária, que depende do diretor e etc? 17

 

Isso que a Raziel acabou de falar é o que o Calvin e Peruca falavam desde o início, ou não?17 Se era, então porque estão discutindo esse tempo todo?170606
Link to post
Share on other sites

Peraí' date=' eu me perdi aqui... Não eram vocês não estavam defendendo a ferro e fogo a fidelidade desde o início? Agora, estão falando que ela não é tão necessária, que depende do diretor e etc?

 

 

 

Isso que a Raziel acabou de falar é o que o Calvin e Peruca falavam desde o início, ou não? Se era, então porque estão discutindo esse tempo todo?[/quote']

 

 

 

Não. A posição do Dr. Calvin e do Peruca Torta é que pode-se mudar TUDO (pois o cinema é uma arte independente), enquanto nós achamos que alguns detalhes podem ser mudados (alguns até DEVEM ser mudados), mas outros detalhes devem ser MANTIDOS (pois esses detalhes imutáveis são aqueles que preservam a essência da obra, e é por isso que devem estar obrigatoriamente no filme).

 

 

 

Mas quero deixar claro que ainda acho preferível que se mantenha a maior quantidade de elementos da obra original possível, contanto que não constituam obstáculos contra a narrativa cinematográfica (e se algum detalhe essencial do livro constitui um obstáculo na adaptação para as telas, então que não façam a porcaria do filme!). Superman de Richard Donner, pra mim, foi a melhor adaptação de uma história em quadrinhos, e não mudaram praticamente nada. Mudaram o design de Kripton, por exemplo, e essa foi uma mudança bem vinda, já que a Kripton dos quadrinhos sempre me pareceu meio besta. Fizeram o pai do Clark morrer (nos quadrinhos ele continua vivo), mas isso dá início a jornada do jovem Kent (mudança que condiz com a narrativa cinematográfica, deixa tudo redondinho). Os detalhes mais importantes foram mantidos (poderes, aparência e caráter do herói), detalhes que, se também tivessem sido mudados, estragariam o filme.

 

 

 

Acho que a narrativa linha por linha do primeiro Harry Potter foi um obstáculo contra a boa narrativa cinematográfica, pois preservar a essência não é simplesmente TRANSCREVER LINHA POR LINHA, mas sim transmitir a mesma mensagem usando O CINEMA, que é uma linguagem diferente, portanto algumas mudanças são naturais e necessárias.

 

 

 

Acho que o que iniciou nosso debate foi falar sobre aqueles fãs de quadrinhos que não querem que se mude NADA, querem transcrições linha por linha. Eu não sou partidário disso, da mesma forma que não concordo que mudem TUDO.

 

 

 

Mas evidentemente todos nós concordamos em certos detalhes, porém discordamos nesse ponto central.RAZIEL2008-07-18 18:55:38

Link to post
Share on other sites

O problema Raziel' date=' é que a sua tolerância à mudanças é diferente da do Questão, que é diferente da minha, ou seja, é impossível agradar todo mundo quando se cria essa obrigação de certa fidelidade. Por isso eu prefiro me abstrair da obra original, tendo ou não lido/visto ela.

 

[/quote']

 

 

 

Ser impossível de agradar todo mundo é algo que sempre vai acontecer, independente de haver ou não essa obrigação com certa fidelidade...

 

 

 

Com certeza, há niveis de tolerância diferentes. Vcs acham que eu também não me irrito qdo alguém vem me dizer que "Homem Aranha é uma porcaria, pois nos quadrinhos ele lança o fluído de teia por um aparelho e não pelo pulso!". Eu sempre digo algo como "bem, sorte que não resolveram fazer um Homem-Aranha ultra-realista que, ao invés de lançar teias pelos pulsos, se balança pela cidade lançando teias pela bunda!" Mas só achei importante frisar que nem todos os fãs de quadrinhos são xiitas (e inclusive acho que esses xiitas são a minoria)

 

 

 

Oras, eu acho que deve ser ótimo vc conseguir se abstrair da obra original. Em certo nível, eu até gostaria de conseguir me abstrair, mas não consigo (da mesma forma que as vezes penso "vou manter minhas expectativas baixas em relação à tal filme", e qdo vejo, estou contando os dias para a estréia e o filme me decepciona num primeiro momento, como ocorreu com o novo Indiana Jones). De fato, depois desse debate eu prentendo ser ainda mais flexível nesse ponto, mas não sei se vou conseguir (e se não conseguir, é o que falei pro Dr. Calvin, vou ser feliz do jeito que sou 03.gif )

 

RAZIEL2008-07-18 20:58:21

Link to post
Share on other sites

Eu, fã de quadrinhos que sou, só fico imaginando um Wolverine de uniforme amarelo e azul pulando na tela do cinema. Seria bizonho! Neste caso, até os quadrinhos se adaptaram ao visual usado no cinema.

 

Cinema e quadrinhos são artes primas, são artes sequenciais... mesmo assim são formas diferentes de se apresentar uma obra.
Link to post
Share on other sites

levei um susto. achei que aqui era um tópico sobre o filme do hulk. =p

 

só metendo o bedelho onde não fui chamado (mas essa é a graça de um fórum de discussão)... eu concordo aí quando disseram que "equilíbrio" é um bom caminho para adaptações. Na verdade, equilíbrio é a chave para tudo na vida.

 

Se vc é 100% fiel a obra (hq, livro, teatro, etc) vc não tem identidade e perde uma maravilhosa chance de inovar.

 

Mas se você altera completamente o conteúdo, você pode até ter "um filme autoral", mas desrespeita grande parcela do público que já conhece a história através de outra mídia e espera identificá-la nas telas de cinema. E não são apenas "espinhentos" que curtem HQ, desenho animado, etc. Como o meu caso, que tô rompendo a barreira dos 30 anos de idade, curto tudo isso e não pretendo deixar de gostar.

 

Os novos filmes do Batman (Nolan) são ótimos exemplos de filmes que foram modificados, mas mantiveram a essência da fonte de origem.

 

Já Sin City, na minha opinião, foi um filme interessante e até inovador, mas não passa de uma HQ em movimento. Acredito que seria melhor nos moldes mais tradicionais e colorido, com um enredo fluente e não episódico.

 

Se você pega uma fonte, adapta para o cinema de forma totalmente diferente, rompendo com todos os conceitos originais, na verdade você tem uma obra totalmente nova, que tem em comum com a original apenas o nome. =p
Link to post
Share on other sites

Estão vendo? Mais fãs de quadrinhos que não querem adaptações literais das obras para o cinema, mas ainda desejam que a essência seja preservada.

 

 

 

Lembrei de um exemplo de filme que muda absolutamente TUDO que estava no livro de origem: Blade Runner. O filme é fantástico, sem dúvida, mas o livro também é. Teria sido mais justo mudar o nome do filme, tamanhas as alterações feitas. Mas fazer o quê, típico caso em que quiseram manter o nome para atrair fãs do livro (eu acho), que acabaram sendo as pessoas mais "enganadas".

 

 

 

Se eu acho que o filme não deveria ter sido feito? De forma alguma! Se eu acho que deviam ter mudado o nome do filme, e ter dito que era apenas baseado no livro Blade Runner? Sem sombra de dúvida.

Link to post
Share on other sites

Acontece que o Bell usou a palavra "desrespeita" e isso tira qualquer razão do post pois, como eu já falei, o que é desrespeitar pra você é diferente do que é pra mim. Não existe essa besteira de respeitar. Hulk respeita e é uma merda.

 

Veja, o Questão achou desrespeito a forma com que eu estava discutindo. Eu nunca acharia.03

 

E eu queria ser enganado todo dia por um Blade Runner, chame ele da forma que chamar...06 E outra coisa, eles disseram que era o que? Adaptado? Ué, mas foi, de certa forma, isso também é relativo...

 

 

Link to post
Share on other sites
Estão vendo? Mais fãs de quadrinhos que não querem adaptações literais das obras para o cinema' date=' mas ainda desejam que a essência seja preservada.

Lembrei de um exemplo de filme que muda absolutamente TUDO que estava no livro de origem: Blade Runner. O filme é fantástico, sem dúvida, mas o livro também é. Teria sido mais justo mudar o nome do filme, tamanhas as alterações feitas. Mas fazer o quê, típico caso em que quiseram manter o nome para atrair fãs do livro (eu acho), que acabaram sendo as pessoas mais "enganadas".

Se eu acho que o filme não deveria ter sido feito? De forma alguma! Se eu acho que deviam ter mudado o nome do filme, e ter dito que era apenas baseado no livro Blade Runner? Sem sombra de dúvida.[/quote']

 

Blade Runner é baseado no conto Do Androids Dream of Electric Sheep, portanto o nome do filme foi alterado. Se todas as adaptações fossem produzidas com 1% da qualidade de Blade Runner já me bastaria.

  
Link to post
Share on other sites

Estão vendo? Mais fãs de quadrinhos que não querem adaptações literais das obras para o cinema' date=' mas ainda desejam que a essência seja preservada. Lembrei de um exemplo de filme que muda absolutamente TUDO que estava no livro de origem: Blade Runner. O filme é fantástico, sem dúvida, mas o livro também é. Teria sido mais justo mudar o nome do filme, tamanhas as alterações feitas. Mas fazer o quê, típico caso em que quiseram manter o nome para atrair fãs do livro (eu acho), que acabaram sendo as pessoas mais "enganadas". Se eu acho que o filme não deveria ter sido feito? De forma alguma! Se eu acho que deviam ter mudado o nome do filme, e ter dito que era apenas baseado no livro Blade Runner? Sem sombra de dúvida.

 

[/quote']

 

 

 

Blade Runner é baseado no conto Do Androids Dream of Electric Sheep, portanto o nome do filme foi alterado. Se todas as adaptações fossem produzidas com 1% da qualidade de Blade Runner já me bastaria

 

 

 

Oh My God! É verdade, sinto muito, engoli mosca nessa! É que eu tenho o livro e, obviamente, aqui no Brasil traduziram como O Caçador de Andróides! Bem, então os responsáveis pelo filme foram completamente coerentes em alterar o título (ou melhor, eles concordam com a minha posição 06.gif).

 

 

 

Obs. Não é um conto, mas um romance completo. São 265 páginas.RAZIEL2008-07-20 14:38:46

Link to post
Share on other sites

Sim, Abominável, Líder e Samson foram adaptados, mas a "essência" (de novo esta palavra) dos personagens está lá. Exceto, talvez, por Leonard Samson que teve pouca participação na trama.

 

As origens de cada um foram apresentadas com coerência em relação aos gibis. O visual mudou e algumas situações mudaram, certamente, mas não tive dúvidas de estar vendo os personagens dos gibis bem transpostos para as telas, quando vi o filme.
Link to post
Share on other sites
  • 4 weeks later...
  • 3 weeks later...
  • 1 month later...

Capitão América no DVD do Hulk?

Por Sérgio Codespoti (09/10/08)

Incrível%20HulkO DVD Incrível Hulk, que chegará às lojas americanas em 21 de outubro, trará uma curiosidade para os fãs da Marvel: uma seqüência de abertura alternativa, que foi cortada da versão cinematográfica.

Nesta cena de abertura, Bruce Banner fugiu para o Ártico, e tenta se suicidar, mas acaba se transformando no Hulk e destruindo uma geleira. E é aí que começa a "busca ao Capitão América".

Quem tiver imaginação e olhos de águia poderá ver na imagem um "possível" Capitão América preso no gelo com seu escudo redondo. É difícil de ver nas imagens abaixo.

Outras referências ao Capitão América nos filmes da Marvel incluem: em Incrível Hulk, o General Ross com o soro do Super-Soldado; e uma cena no Homem de Ferro, com uma versão moderna do escudo do Capitão América ao fundo.

DVD_hulk1.jpgDVD_hulk2.jpgDVD_hulk3.jpgDVD_hulk4.jpg

Tó vendo que vou ter que juntar as minhas moedas, para comprar este dvd

Já comprei do Homem de Ferro que e muito inclusive os extras, agora imagine este do Hulk com 70 minutos corrtados ?03
Link to post
Share on other sites

Onde está Wally? 06.gif

 

 

 

Pra mim, estão tentando pregar uma peça nos nerds. E outra coisa:

 

 

 

"Quem tiver imaginação e olhos de águia poderá ver na imagem um "possível" Capitão América preso no gelo com seu escudo redondo. É difícil de ver nas imagens abaixo."

 

 

 

"Com seu escudo redondo"? Mas o escudo do Capitão não estava com o Tony Stark? 17.gif Ehhhh laiá...

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...