Jump to content
Forum Cinema em Cena

Filmes Superestimados


Recommended Posts

Por isso:

 

E isto foi de fato a única coisa descente a se fazer na guerra. Foi salvar uma vida ao continuar as campanhas de morte no fronte.[/quote']

 

Quer dizer que "Parar os Nazistas" fica mais embaixo na sua lista?

 

No entanto, salvar uma vida é muito mais digno do que continuar na campanha para tirar vidas. E isto diminui ambos os lados do front, pois é ilógica a guerra em si.

 

Salvar uma vida não é muito mais digno do que lutar contra forças fascistas. Tem sua dignidade, mas é justamente essa questão que o Spielberg está discutindo: é moralmente correto sacrificar a vida de um time de soldados por apenas um? É correto tirar o foco do objetivo principal da guerra para ajudar um de seus peões? Etc. O Spielberg parece dizer que o sacrifício valeu a pena, mas teve seu custo, e eu certamente não lembro nenhuma cena deixando implicito que o objetivo deles é "muito mais digno" do que o objetivo geral.

 

O personagem do Capitão Miller, Hanks, é o exemplo do exercito, ele é frio, introspectivo até os ossos.

 

O Exército é introspectivo? De que "exército" você tá falando? Dos generais e comandantes que organizam as guerras, ou dos soldados que estão nela? Do Exército como uma entidade? O personagem do Hanks - sensato, sincero, e ele não era um professor de Históra ou Filosofia ou algo assim? - certamente não é o que eu chamaria de uma representação do Exército.

 

No momento de desespero e conflito do grupo pela morte de um dos personagens, o percebemos o quanto humano ele é.

 

O Exército é humano?

 

O foco da missão é um material do qual é absurdamente significativo, demonstra a falta de sentido em gastar recursos para tirar vidas do que para salva-las.


Essa é uma leitura bem simplista do filme. Eu acho que o Spielberg foi mais ambicioso que isso. Não poderia entrar em detalhes agora; faz uns 2 ou 3 anos que eu vi o filme pela última vez.

 

Vin Diesel, fica como deve ficar um mero quase figurante.

 

Cuma? O Vin Diesel deu uma das melhores atuações do filme. Eu lembro vividamente do (curto) momento de destaque dele.

 

talvez nem tanto para o plano técnico, mas para plano humano ele não deixa desejar.


Isso é o mais bizarro de tudo. A grande maioria das pessoas que falam sobre o filme - tanto os que gostam quanto os que não gostam - deixam claro que o "plano técnico" foi espetacular e eclipsou o "plano humano." E eu concordo totalmente. O roteiro tem falhas, mas a direção e montagem da batalha inicial e da final são incríveis.
SisterJack2006-12-21 17:51:27
Link to post
Share on other sites
  • Replies 461
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Por isso:

 

 

Quer dizer que "Parar os Nazistas" fica mais embaixo na sua lista?

 

Salvar uma vida não é muito mais digno do que lutar contra forças fascistas. Tem sua dignidade, mas é justamente essa questão que o Spielberg está discutindo: é moralmente correto sacrificar a vida de um time de soldados por apenas um? É correto tirar o foco do objetivo principal da guerra para ajudar um de seus peões? Etc. O Spielberg parece dizer que o sacrifício valeu a pena, mas teve seu custo, e eu certamente não lembro nenhuma cena deixando implicito que o objetivo deles é "muito mais digno" do que o objetivo geral.[/quote']

 

Olha acredito que nem todos os soldados do regime totalitário lutavam porque queriam. Você já viu a “Queda! As Últimas Horas de Hitler”? Afinal, se seu país entra-se em uma ditadura maluca, você seria obrigado a lutar ou seria considerado desertor sujeito a corte marcial e ao enforcamento.

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Isto não quer dizer necessariamente que você é uma pessoa que segue a risca os idéias do nazi-fascismo.

 

 

 

O Exército é introspectivo? De que "exército" você tá falando? Dos generais e comandantes que organizam as guerras, ou dos soldados que estão nela? Do Exército como uma entidade? O personagem do Hanks - sensato, sincero, e ele não era um professor de Históra ou Filosofia ou algo assim? - certamente não é o que eu chamaria de uma representação do Exército.

 

 

O Exército é humano?

[/quote']

 

 

Talvez ai eu tenha me equivocado, mas a princípio ele era visto de forma fria pelos seus soldados e não revelava nada de sua vida. Até parecia um segredo de estado a vida dele.

 

Essa é uma leitura bem simplista do filme. Eu acho que o Spielberg foi mais ambicioso que isso. Não poderia entrar em detalhes agora; faz uns 2 ou 3 anos que eu vi o filme pela última vez.

[/quote']

 

Reveja urgentemente. 12

Visão simplista? Eu poderia usar a mesma retórica. Quer dizer que é perda de tempo salvar vida e é importante combater a “injustiça”. Sinceramente, acho uma desculpa furada. Isto é um principio básico, nada justifica a matança. Não importa se é por um bem maior, acho uma posição radical e unilateral a sua. Não difere de uma mentalidade fanática e na verdade você se iguala a mal que você combate. Afinal, de acordo com os nazistas eles estavam limpando o mundo e fazendo um bem. 

 

 

 

Cuma? O Vin Diesel deu uma das melhores atuações do filme. Eu lembro vividamente do (curto) momento de destaque dele.

 

[/quote']

 

 

Tu ta de brincadeira. “Cuma”? Foi uma atuação clichê, aquela parte que ele tenta levar a garotinha é bem bobinha. Sinceramente não me provocou emoção alguma aquela cena. Ta certo que isto é subjetivo. Mas eu achei um porre, se fosse possível cortar algo do filme seria justamente aquela parte.

 


Isso é o mais bizarro de tudo. A grande maioria das pessoas que falam sobre o filme - tanto os que gostam quanto os que não gostam - deixam claro que o "plano técnico" foi espetacular e eclipsou o "plano humano." E eu concordo totalmente. O roteiro tem falhas, mas a direção e montagem da batalha inicial e da final são incríveis.
[/quote']

 

Bizarro para você cara pálida. O que ressalto aqui é qualidade dos efeitos sonoros e edição de som. E o movimento de câmera usada à mão. Provocando uma idéia de documentário, porém está técnica já foi utilizada <?:namespace prefix = st1 ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:smarttags" />em A Lista de Steven. Fora isto, a cenografia, direção de arte e fotografia principalmente são apenas boas. Olha, em momentos do filme, você não reconhece os detalhes em batalha, não sabe o que é soldado ou escombro na batalha final principalmente. Aquela falha, eu atribuo à fotografia, que não teve um bom desempenho naquele momento. Mas talvez eu esteja errado. Afinal, eu não sou formado na área.06

 

Ainda sim a visualização do terreno e dos escombros é péssima, você não observa detalhes. No combate, você fica confuso. Talvez seja proposital, mas acredito que não.
Plutão Orco2006-12-22 11:26:57
Link to post
Share on other sites

 

Olha acredito que nem todos os soldados do regime totalitário lutavam porque queriam. Você já viu a “Queda! As Últimas Horas de Hitler”? Afinal, se seu país entra-se em uma ditadura maluca, você seria obrigado a lutar ou seria considerado desertor sujeito a corte marcial e ao enforcamento.

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Isto não quer dizer necessariamente que você é uma pessoa que segue a risca os idéias do nazi-fascismo.[/quote']

Como isso é relevante ao que eu estava dizendo? O meu ponto é que o objetivo da guerra foi parar as forças fascistas. Não importa se haviam se haviam soldados que não queriam ser nazistas. Também haviam soldados dos Aliados que não queriam lutar. Isso não torna o objetivo da guerra menos "decente".

 

Visão simplista? Eu poderia usar a mesma retórica. Quer dizer que é perda de tempo salvar vida e é importante combater a “injustiça”. Sinceramente, acho uma desculpa furada. Isto é um principio básico, nada justifica a matança. Não importa se é por um bem maior, acho uma posição radical e unilateral a sua. Não difere de uma mentalidade fanática e na verdade você se iguala a mal que você combate. Afinal, de acordo com os nazistas eles estavam limpando o mundo e fazendo um bem.

 

Você não me entendeu. O que eu quis dizer é que achar que o ponto do Spielberg foi "Guerra é uma perda de recursos pra tirar vidas" me parece meio simplista, ainda mais o Spielberg, com suas tendências conservadoras. Eu acho que ele vê mérito no que aquela equipe fez, mas ele deixa claro que as coisas não são tão preto-e-branco como você está colocando. (SPOILERS) A cena que o Giovanni Ribsi morre dura uns 3 ou 4 minutos. A ênfase ali não foi à toa.

 

Mas é verdade, eu não vejo o filme a muito tempo. Pode ser que eu esteja me confundindo, e que a "mensagem" do filme realmente seja meio simplista. Terei que rever.

 

Tu ta de brincadeira. “Cuma”? Foi uma atuação clichê, aquela parte que ele tenta levar a garotinha é bem bobinha. Sinceramente não me provocou emoção alguma aquela cena. Ta certo que isto é subjetivo. Mas eu achei um porre, se fosse possível cortar algo do filme seria justamente aquela parte.

 

Eu achei rock 'n roll. 16

 

Fora isto, a cenografia, direção de arte e fotografia principalmente são apenas boas. Olha, em momentos do filme, você não reconhece os detalhes em batalha, não sabe o que é soldado ou escombro na batalha final principalmente. Aquela falha, eu atribuo à fotografia, que não teve um bom desempenho naquele momento. Mas talvez eu esteja errado. Afinal, eu não sou formado na área.

 

São justamente essas afirmações que parecem tão bizarras. Você é a primeira pessoa que eu vejo falando mal da direção/fotografia do filme. E eu já li bastante sobre esse filme. Não estou falando que você está "errado", mas que você está numa provavelmente minúscula minoria.


E a direção de arte estava ruim? Eu não consigo imaginar como aqueles cenários podiam ficar mais perfeitos/evocativos.

 

Ainda sim a visualização do terreno e dos escombros é péssima, você não obesrva detalhes. No combate, você fica confuso. Talvez seja proposital, mas acredito que não.

 

É totalmente proposital.
Link to post
Share on other sites
Outro tb que não gostei foi Sinais. Tantas críticas dizendo coisas maravilhosas sobre ele' date=' sendo recomendadissimo para cinéfilos e não cinéfilos e tal. Quando assisti não entendi o alvoroço é um filme comum que não inova em nada.[/quote']

 

Na verdade, o filme inova sim. Ele mostra uma invasão alienígena de um ponto de vista extremamente restrito. Depois teve Guerra dos Mundos fazendo mais ou menos a mesma coisa (só que mais expansivo), mas Sinais foi provavelmente o primeiro.

 

Não que um filme precise inovar pra ser bom.
Link to post
Share on other sites

 

Outro tb que não gostei foi Sinais. Tantas críticas dizendo coisas maravilhosas sobre ele' date=' sendo recomendadissimo para cinéfilos e não cinéfilos e tal.[/quote']

 

Não concordo com o q está em negrito... este filme dividiu opiniões... vi mais criticas do q elogios...

 

Verdade esse filme não foi muito elogiado não....

 

 

mas eu gostei hehehe

 

Link to post
Share on other sites
não adianta esse filme não entra na inha cabeça. não tem nada demais. é muito simplista.não gostei.

 

Este é o ponto' date=' enxergar além do aparente simplismo do Shy.
[/quote'] há um filme dele lançado esse ano que se pode ir alem do simplismo. o filme é a dama na agua (para mim um dos melhores do ano). é um filme que tem várias camadas, dá para ir alem. mas em sinais não dá. é uma simples história de invasão de aliens, e ponto.
Link to post
Share on other sites

Eu até entenderia se você reclamasse do subtexto do filme ser ruim (eu o considero), mas dizer que é "só sobre aliens" é dizer que não assistiu o filme.

o filme JOGA NA SUA CARA todo o subtexto (chato) da procura da fé do personagem do Mel Gibson, e como ela é restabelecida pela invasão dos aliens e seu subsequente desenrolar (Tell your brother... To Swing).

Eu acho que você deveria rever esse na-minha-opinião.
Link to post
Share on other sites
Outro tb que não gostei foi Sinais. Tantas críticas dizendo coisas maravilhosas sobre ele' date=' sendo recomendadissimo para cinéfilos e não cinéfilos e tal. Quando assisti não entendi o alvoroço é um filme comum que não inova em nada. Depois de assisti lembrei logo de Contatos imediatos que dá de mil a zero.[/quote']

 

Então vc viu o filme com a perspectiva errada... O foco de Sinais não é a invasão alienígena... Quem o assiste esperando um novo Contatos Imediatos ou Independence Day, quebra a cara...
Link to post
Share on other sites

 

 Este é o ponto' date=' enxergar além do aparente simplismo do Shy.
[/quote']

 

há um filme dele lançado esse ano que se pode ir alem do simplismo. o filme é a dama na agua (para mim um dos melhores do ano). é um filme que tem várias camadas, dá para ir alem. mas em sinais não dá. é uma simples história de invasão de aliens, e ponto.

 

Não é... reveja o filme com a mesma perspectiva mais 'ampla' que vc viu em A Dama na Água e você verá que Sinais fala de um monte de coisas e a invasão alienígena é apenas UMA delas e nem de longe é a de mais importância...
Link to post
Share on other sites

 

 Este é o ponto' date=' enxergar além do aparente simplismo do Shy.
[/quote']

 

há um filme dele lançado esse ano que se pode ir alem do simplismo. o filme é a dama na agua (para mim um dos melhores do ano). é um filme que tem várias camadas, dá para ir alem. mas em sinais não dá. é uma simples história de invasão de aliens, e ponto.

 

Não é... reveja o filme com a mesma perspectiva mais 'ampla' que vc viu em A Dama na Água e você verá que Sinais fala de um monte de coisas e a invasão alienígena é apenas UMA delas e nem de longe é a de mais importância...

 

Poisé...o próprio título "sinais" se remete à outros sinais, não só aqueles feitos nas plantações.
Link to post
Share on other sites
  

mas em sinais não dá. é uma simples história de invasão de aliens' date=' e ponto. [/quote']

Perdoa-a, Senhor, ela não sabe o que está falando !!

 

0606. Sei que não é só sobre aliens também aborda  o lado da fé perdida e tal é que faz tempo que o vi e me esqueci dessa abordagem  .Mas mesmo assim já vi filmes melhores sobre o tema.
Link to post
Share on other sites
Eu até entenderia se você reclamasse do subtexto do filme ser ruim (eu o considero)' date=' mas dizer que é "só sobre aliens" é dizer que não assistiu o filme.

o filme JOGA NA SUA CARA todo o subtexto (chato) da procura da fé do personagem do Mel Gibson, e como ela é restabelecida pela invasão dos aliens e seu subsequente desenrolar (Tell your brother... To Swing).

Eu acho que você deveria rever esse na-minha-opinião.
[/quote']

Não é que faz tempo mesmo que o vi e esqueci dessa abordagem da fé deita por ele. Não sei se a palavra "chato" pode ser considerado um instrumento de crítica mas foi isso que achei dele. Posso rever e até achar outros pontos além da fé e aliens mas vou continuar achando chato.
Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Senhor dos Anéis - Trilogia:
Uma trilogia chata e ainda por cima com 3 horas de duração cada filme!!! Nem precisava tanto, já que em menos de 1:20h de filme eu já estava dormindo.

Titanic:
Esse é o fenômeno dos superestimados, com mais de 3 horas em pura encheção de lingüiça com uma história idiota apenas para dar mais dramatização na morte de jack, ou seja, o pior filme do mundo.

Link to post
Share on other sites
Outro tb que não gostei foi Sinais. Tantas críticas dizendo coisas maravilhosas sobre ele' date=' sendo recomendadissimo para cinéfilos e não cinéfilos e tal. Quando assisti não entendi o alvoroço é um filme comum que não inova em nada. Depois de assisti lembrei logo de Contatos imediatos que dá de mil a zero.[/quote']

 

Então vc viu o filme com a perspectiva errada... O foco de Sinais não é a invasão alienígena... Quem o assiste esperando um novo Contatos Imediatos ou Independence Day, quebra a cara...

 

Contatos Imediatos pra mim tbm não é só um filme sobre invasão alienígena. Precisaria rever, mas ele desenvolve um dos temas favoritos do Spilba, que é carência familiar. Numa interpretação do Dreyfuss que vai ficando cada vez mais pirado.

Parte disso foi reciclado de maneira ao contrário em Guerra dos Mundos, talvez.

 

Estou pra achar um filme mais superestimado que O Poderoso Chefão. Eu revi e continuou da mesma maneira - ainda mais depois de ler o livro.

 

Morra.

 

Vi que vc também acha Taxi Driver superestimado.

 

Porque tanto ódio no coração?

 

edit: placar - quote 3 x 0 eu
rubysun2007-01-09 15:51:27
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...