Jump to content
Forum Cinema em Cena

Filmes Subestimados


Engraxador!
 Share

Recommended Posts

Que John Carpenter é medíocre' date=' todos já sabem (1), o problema é que esse diretor tecnicamente franco e limitado, (2) só porque dirigiu apenas dois filmes clássicos (Halloween: com a ajuda de Debra Hill e O Enigma de Outro Mundo: refilmagem de O Monstro do Ártico (1951) ) num dos momentos mais raros de extrema inspiração da história do cinema, por pura sorte (3), achou que poderia sair por ai poluindo as telas do cinema com bombas escatológicas a qualquer custo.(4) Evidentemente isso já é motivo suficiente para telespectadores mais leigos, bem equivocados, generalizar toda a obra desse diretor.(5) O pior de tudo, para não dizer lamentável, são os fãs movidos por uma paixão doentia e sem qualquer nexo defender ele por causa de apenas duas obras, vai entender... (6)

 

[/quote']

 

1) Não, eu não sei... me ensine ó mestre sapiente... 07

 

2) Fato ou opinião?

 

3) Pura sorte? Então o cara é o mais sortudo do mundo! Senão vejamos: Fuga de NY, uma homenagem às HQs mostrando a falência da sociedade americana; A Bruma Assassina, um conto fantasmagórico onde a igreja Católica é o nemesis de um grupo de leprosos assassinados a sangue frio pelo clero; Príncipe das Sombras, uma alegoria do apocalipse mostrando que o Mal está dentro de todos nós e que o demônio, muitas vezes, sai de dentro da própria igreja; Eles Vivem, uma crítica ácida e oportuna sobre a sociedade consumista em que vivemos, sobre a nossa passividade frente à forma como o mundo é governado; Quer que eu continue?

 

4) Baseado no que coloquei acima, faça um retrospecto das 'bombas' de Carpenter desenvolvendo seu raciocínio de forma decente. Se não for capaz disso, brinde-nos com o seu silêncio.

 

5) É exatamente o que vc fez em seu post.

 

6) Vc nem precisou de duas obras do diretor... Vc já o defendeu por uma somente. Pode enfiar sua cabeça na privada e puxar a descarga.

 

sanitario.gif
Dook2007-06-19 13:53:26
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 443
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Que John Carpenter é medíocre' date=' todos já sabem, o problema é que esse diretor tecnicamente franco e limitado, só porque dirigiu apenas dois filmes clássicos (Halloween: com a ajuda de Debra Hill e O Enigma de Outro Mundo: refilmagem de O Monstro do Ártico (1951) ) num dos momentos mais raros de extrema inspiração da história do cinema, por pura sorte, achou que poderia sair por ai poluindo as telas do cinema com bombas escatológicas a qualquer custo. Evidentemente isso já é motivo suficiente para telespectadores mais leigos, bem equivocados, generalizar toda a obra desse diretor. O pior de tudo, para não dizer lamentável, são os fãs movidos por uma paixão doentia e sem qualquer nexo defender ele por causa de apenas duas obras, vai entender...

 

[/quote']

 

sanitario.gif

 

 

Além de não ter argumentos, desrespeita as regras do fórum:

 

Tópico%20Fixo Flood e Medidas

Mensagens que não tiverem correlação com o assunto proposto no tópico, chat entre usuários e posts com apenas um smiley (para quem não entendeu o mesmo serve para imagens) serão apagados...

http://www.cinemaemcena.com.br/forum/forum_posts.asp?TID=8403&FID=5&PR=3

Link to comment
Share on other sites

O problema é que T3 era meio desnecessário' date=' a história já tinha se encerrado no 2. Anyways, achei que até funciona pela ação, embora a história (nem tão relevante assim) pareça uma gambiarra.

 

Eu não vi O Rei da Comédia, mas acho que Vivendo no Limite é um filmaço foda mesmo, adoro. Não sei pq foi tão subestimado...
[/quote']

 

O filme T3 é até bom assim como “Alien Ressurreição”, mas desnecessário uma vez que o filme anterior tinha posto fim todos os elementos que ligavam as séries. Acho que foi feito mais para vender mesmo, do que para criar algo novo e interessante. Se eles fizessem isto, eu bateria as palmas para os filmes. Mas como só deixaram apenas lacunas soltas ao invés de emendar direito os filmes anteriores, ficaram abaixo da proposta.

Link to comment
Share on other sites

 

Tá bom Dook!! Eu concordo com você.06 Carpter é tão bom quanto Kubrick, porém cada um é bom a sua maneira de ser. 03 Kubrick com sua capacidade riquíssima de valer qualquer assunto, e Carpenter a sua maneira "única" de seguir “proprositalmente” Ed Wood e CIA. 06

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

 

P.S.: Isto não é uma ironia! Ou será que é? Será? Será?06

Link to comment
Share on other sites

 

Tá bom Dook!! Eu concordo com você.06 Carpter é tão bom quanto Kubrick' date=' porém cada um é bom a sua maneira de ser. 03 Kubrick com sua capacidade riquíssima de valer qualquer assunto, e Carpenter a sua maneira "única" de seguir “proprositalmente” Ed Wood e CIA. 06

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

 

P.S.: Isto não é uma ironia! Ou será que é? Será? Será?06

[/quote']

 

Sinceramente, para quem fala de 'proposta do filme' - algo que eu julgo ser extremamente ínfimo diante de tudo que representa uma obra cinematográfica - me espanta vc achar ruim Carpenter seguir propositalmente Ed Wood...

 

Em tempo: sou mais Ed Wood do que Sam Raimi em Homem-Aranha 3, Bay e toda a sua filmografia, etc, etc, etc.
Link to comment
Share on other sites

 

Sinceramente' date=' para quem fala de 'proposta do filme' - algo que eu julgo ser extremamente ínfimo diante de tudo que representa uma obra cinematográfica - me espanta vc achar ruim Carpenter seguir propositalmente Ed Wood...

 

Em tempo: sou mais Ed Wood do que Sam Raimi em Homem-Aranha 3, Bay e toda a sua filmografia, etc, etc, etc.
[/quote']

 

Está certo que Sam Raim pisou na bola até propositalmente diria teoricamente. Eu concordo plenamente contigo sinceramente. Embora, dei meus argumentos para defender os deslizes do diretor, acho que realmente ele pisou na bola ao mexer com o passado do tio Been. No entanto, também foi criada uma alta expectativa, não só para o aranha, mas para todas estas franquias deste ano na parte III. Além do mais, não estamos discutindo o homem aranha. Acho que já fizemos isto exaustivamente no tópico do filme. 03

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Mas acho que nos referimos aos filmes da cultura trash, temos ressalvas sim em relação à avaliação. Apesar de Raim ser famoso pelo filme “A Morte do Demônio”, francamente o acho uma porcaria como a grande maioria dos filmes do gênero. Vale lembrar, que aqui no fórum se reclama muito dos pilares de um bom filme, como roteiro, direção e elenco. Mas ao se tratar de qualquer trash, aqui eles sofrem tratamento especial. Não se leva em conta os péssimos atores, não se leva em conta a péssima direção e por ai vai. Tudo que se leva em conta é o filme tinha a proposta de ser assim. 09 Bem acho que isto é ignorar, para não dizer que foi como chutar o balde do filme. Tipo:  "...ele é uma porcaria, mas o amo mesmo assim, sem por menores".

Link to comment
Share on other sites

Mas acho que nos referimos aos filmes da cultura trash' date=' temos ressalvas sim em relação à avaliação. Apesar de Raim ser famoso pelo filme “A Morte do Demônio”, francamente o acho uma porcaria como a grande maioria dos filmes do gênero. Vale lembrar, que aqui no fórum se reclama muito dos pilares de um bom filme, como roteiro, direção e elenco. Mas ao se tratar de qualquer trash, aqui eles sofrem tratamento especial. Não se leva em conta os péssimos atores, não se leva em conta a péssima direção e por ai vai. Tudo que se leva em conta é o filme tinha a proposta de ser assim. 09[/quote']

 

Vc parte de uma falsa presunção... No fórum se reclama de filmes RUINS e estes podem ou não serem filmes trash. Já ouviu falar em cultura camp? O seu problema é exatamente esse: pra vc a denominação trash não descreve um estilo de cinema, mas descreve tão somente um filme ruim e isso não poderia estar mais longe da verdade.

 

Os bons filmes trash são aqueles que são trash deliberadamente. Veja Kill Bill por exemplo, com suas mortes exageradas, sua trama clichê... Quer mais trash que aquilo? E o que dizer então do novo Tarantino Grind House? Agora há os filmes trash ruins que são os trashs involuntários, quando o diretor tem uma outra meta com seu filme e o tiro sai pela culatra. Joel Schumacher é um expoente perfeito.

 

Nesse sentido, leva-se em conta sim tudo que faz o filme, mas leva-se o que diretor quer dizer com seu filme. DUVIDO que Sam Raimi quis chutar o balde com o Aranha-EMO... Principalmente depois de dois filmes que primavam por um tom sério, que fugia do farsesco...

 

Só me lamenta que, em sua sapiência, vc não tenha a sensibilidade de perceber sobre o quê é o cinema de Carpenter, chegando inclusive a compará-lo com Kubrick, como se o cinema de ambos fosse semelhante, podendo sofrer qualquer tipo de comparação. Sinto muito Plutão... aqui vc está correndo à margem do assunto e se quer uma dica de amigo, seja coerente em suas colocações e não conveniente, pois vc adora os Batman do Burton (assim como eu) e são ambos os filmes apegados a um tom farsesco e camp, quase caindo no trash...
Dook2007-06-19 18:42:09
Link to comment
Share on other sites

o que é trash pra vc, plutão?

 

evil dead é o melhor filme do raimi, por favor. está muito além dessa formulinha de bom roteiro + bons atores + gooflessness. está em como ele se apropria desses elementos para compor um filme, e no caso, criar um clima bem pesado e bizarro.

 

se vc, quando vê um suposto defeito, já anota numa listinha como se fosse algo que invariavelmente piorasse o filme, meus pêsames.

 

agora dook, eu acho sim que o raimi aloprou completamente com o aranha-emo. 06 e tinha motivos para, como a inclusão do venom por pressão do estúdio, etc.
Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

 

 

Bom, em primeiro lugar deve ficar claro que proposta + realização da proposta + percepção de aspectos técnicos não são "desvinculáveis". Se atribuo nota alta a um filme: e considero Evil Dead um dos melhores filmes de todos os tempos - e não é só do gênero - TODOS esses fatores funcionam CONJUNTAMENTE para a minha percepção. Você faz duas grandes confusões, Plutão:  confunde direção trash com direção ruim, o que não faz sentido a medida em que compreendemos que há um objetivo, um estilo peculiar a esses filmes: se você gosta do estilo, provavelmente quando for aumentando sua experiência,  vai ser capaz de detectar que alguns diretores o fazem bem, outros não. Se não gosta, achará todos ruins, porque eles NÃO seguem os padrões comuns de "consumo"(não têm as tecnologias mais "bonitas", dentre outros), mas se esquece que ainda podem ser EXTREMAMENTE criativos e inteligentes (o que importa é realmente tecnologia bonitinha ou o seu "personagem ideal" é o que se encaixa nos objetivos da estória, por exemplo?).

Em segundo lugar acha que compreende a percepção de todo mundo através da sua...minha percepção de Evil Dead envolve interpretações dos atores excelentes (de acordo com a proposta que abstraio, óbvio); uma direção BÁRBARA que consegue criar uma ambientação e tensão incomparáveis aliados a um clima de insanidade torturante (que apresenta eco em vários elementos presentes no filme como as risadas infantilizadas, as filmagens estranhas de alguns objetos da casa, etc); um grande pessimismo e violência psicológica e física obtidos com enorme sucesso;  dentre outras coisas - portanto RADICALMENTE oposta à sua).

Enfim, porque acha que ignoramos os aspectos técnicos (não é porque VOCÊ os acha ruins que temos que achar também)? Posso muito bem achar que se você acha tudo ruim é porque não tem percepção para compreender os objetivos reais dos elementos dentro da estória e portanto não compreende o estilo de filme para fazer uma análise (afirmativa que acho, sinceramente ridícula)...poderia até perguntar quem está certo e entraríamos em uma discussão infinita. 03

 

Mr. Scofield2007-06-19 19:41:55

Link to comment
Share on other sites

O grande problema com o terceiro Poderoso Chefão é que só o final é que vale a pena (e confesso, até chorei quando assisti 04), porque o resto deixa a desejar, o elenco é bem fraco (Sofia Coppola, totalmente inexpressiva, graças à Deus largou a profissão de atriz, Joe Mantegna que não convence em nenhum momento como gângster, e aquele Andy Garcia, mauricinho 06).

 

O filme é focado na "redenção" do personagem de Al Pacino e as insinuações de corrupção na Igreja, mas fora isso, não tem mais atrativos, e se arrasta em vários momentos.

 

Eu gosto da trilogia, mas continuo com minha opinião de que deveriam ter parado no primeiro filme. Não precisavam ter feito nenhuma sequência (e discordo de quem afirma que o segundo é melhor que o original).

Link to comment
Share on other sites

Bom, em primeiro lugar deve ficar claro que proposta + realização da proposta + percepção de aspectos técnicos não são "desvinculáveis". Se atribuo nota alta a um filme: e considero Evil Dead um dos melhores filmes de todos os tempos - e não é só do gênero - TODOS esses fatores funcionam CONJUNTAMENTE para a minha percepção. Você faz duas grandes confusões, Plutão:  confunde direção trash com direção ruim, o que não faz sentido a medida em que compreendemos que há um objetivo, um estilo peculiar a esses filmes: se você gosta do estilo, provavelmente quando for aumentando sua experiência,  vai ser capaz de detectar que alguns diretores o fazem bem, outros não. Se não gosta, achará todos ruins, porque eles NÃO seguem os padrões comuns de "consumo"(não têm as tecnologias mais "bonitas", dentre outros), mas se esquece que ainda podem ser EXTREMAMENTE criativos e inteligentes (o que importa é realmente tecnologia bonitinha ou o seu "personagem ideal" é o que se encaixa nos objetivos da estória, por exemplo?).
Em segundo lugar acha que compreende a percepção de todo mundo através da sua...minha percepção de Evil Dead envolve interpretações dos atores excelentes (de acordo com a proposta que abstraio, óbvio); uma direção BÁRBARA que consegue criar uma ambientação e tensão incomparáveis aliados a um clima de insanidade torturante (que apresenta eco em vários elementos presentes no filme como as risadas infantilizadas, as filmagens estranhas de alguns objetos da casa, etc); um grande pessimismo e violência psicológica e física obtidos com enorme sucesso;  dentre outras coisas - portanto RADICALMENTE oposta à sua).
Enfim, porque acha que ignoramos os aspectos técnicos (não é porque VOCÊ os acha ruins que temos que achar também)? Posso muito bem achar que se você acha tudo ruim é porque não tem percepção para compreender os objetivos reais dos elementos dentro da estória e portanto não compreende o estilo de filme para fazer uma análise (afirmativa que acho, sinceramente ridícula)...poderia até perguntar quem está certo e entraríamos em uma discussão infinita.
03
[/quote']

 

 Dá-lhe, Scofa!! 10 Percebemos o filme de modo diverso, mas ambos concordamos num ponto: "Evil Dead" é FO-DA!!16
Link to comment
Share on other sites

 Dá-lhe' date=' Scofa!! 10 Percebemos o filme de modo diverso, mas ambos concordamos num ponto: "Evil Dead" é FO-DA!!16[/quote']

 

Depois malham o efaontes sem olharem para o próprio umbigo.  “A Noite do Demônio” é foda. A Fotografia é foda, os atores são fodas, a direção de arte é foda. Tudo é tão foda que a película é fodida. 06

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Aproveitando sei perfeitamente da falta de recursos próprositalmente diga de passagem na maioria em muitos filmes do gênero. Nem todo trash é um trash. Mas isto deve ter impacto nas péssimas atuações, afinal paga mal carece recursos e carece atuações convincentes na proposta do filme. Ou me venha falar que as atuações canhestras e pra lá de ridículas de Bruce Campbell & Cia são tragáveis?

 

Tenho até carinho pelo filme, mas não o ponho em um pedestal olímpico. 06

Link to comment
Share on other sites

Diga de passagem que a cultura do trash, só pelo trash é idolatrada pelos nerds. Não difere das várias comedias românticas que vemos por ai, adorado pelas patrícias ou dos pastelões de comédia de todo ano adorado pelas massas. Diga de passagem que é um público alvo bem restrito, ou é mentira minha?  17

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Sinceramente acho que não vi nenhum trash aqui sendo malhado, acho gênero bem intocável aqui. A série de filmes Sexta Feira Treze, A Hora do Pesadelo e companhia sempre foram defendidos a ferro e fogo. É incrível o grau de amor, ele cega até a coerência de vocês ao avaliar outros filmes de outros gêneros.

Link to comment
Share on other sites

 

 

Diga de passagem que a cultura do trash' date=' só pelo trash é idolatrada pelos nerds. Não difere das várias comedias românticas que vemos por ai, adorado pelas patrícias ou dos pastelões de comédia de todo ano adorado pelas massas. Diga de passagem que é um público alvo bem restrito, ou é mentira minha?  17

[/quote']

Sinceramente me impressiona ver alguém tão inteligente falar algo assim. Lamentável. 

 

Link to comment
Share on other sites


Sinceramente me impressiona ver alguém tão inteligente falar algo assim. Lamentável. 
[/quote']

 

É inconcebível para mim poder da aval de boa qualidade a toda obra trash. Não estou generalizando o gênero trash, e muito menos os outros estilos de filmes citados. Estou dizendo que boa parte do que é produzido não presta e este gênero é o maior campeão de péssimas produções sendo grandiosas, ou pseudo-independentes. Não estou falando asneira, se estivesse sendo obtuso, ou sendo parcial como tiraram falsas conclusões não iria odiar “A Noite dos Mortos Vivos” e demais filmes de George. A Romero, “Poltergeist”, “A Companhia dos Lobos”, “Um Lobisomem Americano Em Londres” e assim pro diante.

Link to comment
Share on other sites

 Apesar de alguns comentários boçais e de não concordar com a afirmativa, devo admitir que você mandou bem aqui, Plutão:

 

"Depois malham o efaontes sem olharem para o próprio umbigo.  “A Noite do Demônio” é foda. A Fotografia é foda, os atores são fodas, a direção de arte é foda. Tudo é tão foda que a película é fodida." 06 06 06

 

  Em tempo: quem é efaontes??! 17 09  
Link to comment
Share on other sites

tive o singelo prazer de ver vários filmes q vcs postaram aí como sendo filmes subestimados, a praia, vanilla sky, pearl harbor, meninas malvadas, tropas estrelares, sinais, serenity, alexandre, poseidon, pretty woman, evita, etc, etc, etc, eu tb não creio q esses filmes sejam umas porcarias, são todos execráveis, mas nem tanto né?

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...